Pushing Daisies – Pie-lette e Dummy (Comentários)

Tal como prometido e mais vale tarde que nunca, trago-vos os meus comentários para a mais recente aposta da Fox Life: Pushing Daisies

PIE-LETTE – 1.01 

No primeiro episódio, Pie-lette, ficamos a conhecer Ned, um rapaz que através do seu toque consegue trazer mortos de novo há vida. Tudo seria maravilhoso se não fosse duas condições:

  • Se o morto ficar vivo mais que um minuto, uma pessoa próxima morre;
  • Caso o morto-vivo seja tocada uma vez mais por Ned, morre e para sempre.

Adulto, Ned trabalho junto com um detective para conseguir resolver crimes, achando o assassino. Ned toca no assassinado, pergunta quem é que o matou, e volta a tocar no morto para voltar a morrer. Situações caricatas.

A história começa a desenvolver-se quando Ned ressuscita Chuck, o seu amor de infância. Contudo, Ned esconde um segredo de Chuck: matou o pai dela ao salvar a sua mãe.

O amor entre os dois é imediato e tem muito amor pelo meio. Vão viver juntos mas não se podem tocar, como já era esperado.

Personagens engraçadas não faltam. As tias de Chuck, Vivian e Lily, são realmente caricatas. Aquela cena em que uma delas não consegue ver a sobrinha que julga estar morta por causa do seu olho foi muito inteligente. Também temos Olive, empregada do The Pie Hole, lugar onde trabalha Ned, a fazer tortas. Ela gosta deste e tem um dom especial e humorístico para a música. Além disso, sofre uma grande crise de ciumes.

A situação em que eles descobrem que os bonecos que têm em sua posse são de ouro, também foi fabulosa.

Um episódio exelente, de uma série que me tem cativado bastante.

Clique aqui para ver a pontuação que eu dei.

DUMMY

Embora mais fraco que o piloto, este episódio continua a surpreender.

Importantes cenas humorísticas destacaram este episódio. O facto de Chuck chamar o frigorífico de Caixa de Queijo, visto que as suas tias são loucas por queijo e não têm outra coisa no frigorífico a não ser isso.

Outra situação foi vermos mais nesse episódio do que no primeiro que na série existe mesmo um “caso” de assassinato em cada episódio. Sinceramente, eu gostei mais do caso do terceiro episódio, mas não vou adiantar nada, para não estragar a surpresa a alguém. Mas a história que rodeia o dono do carro maravilha e toda a sua obsessão para que seja um sucesso, foi muito bem conseguida.

Situação engenhosa de Olive a pendurar-se na janela com um espelho para ver o que Ned estava a fazer.

Créditos a Hotvnews pela imagem

Por fim, mas não menos importante, foi o beijo caricato de Chuck e Ned dentro do carro. Foi mesmo bom saber que os produtores decidiram não adiar muito esse momento.  Além disso, o carro que Ned fez ficou fantástico. Aquela luva no meio do vidro diz tudo.

Beijo do qual falei, no vídeo a seguir entre 1:28 segundos a 1:57 segundos:

Clique aqui para ver a pontuação que eu dei.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: