Lost – The Constant (Comentários)

111327_059_pre.jpg
.
newpicture9.png

Lost in Portugal
– Eu encontrei-te Desmond
– Prometo…
– Não importa que…
– Voltarei para ti
– Não desistirei
– Eu prometo
– Eu amo-te 

LOST – THE CONSTANT (4.05):

ATENÇÃO: SPOILERS

Sem dúvida foi mesmo o melhor episódio desta temporada. Lost superou o limite da originalidade e criou um episódio nada convencional para o seu formato (flashbacks ou flashfowards).

Desmond é uma das minhas personagens favoritas de Lost e os seus flashbacks são sempre fantásticos. Trazem sempre algo de novo (se não, trazem algo mais aprofundado) e são reveladores.

Na cena inicial, em que Desmond está no helicóptero e depois “volta” a 1996, dá logo um gostinho do que vai ser o episódio para a frente. À semelhança do que aconteceu na semana passada, o episódio “é” da pessoa que é centrada, nesse caso não é Kate, mas sim Desmond.

Foi muito engraçado ver como as viagens do tempo vão explicar muitos mistérios da ilha. Também gostei de perceber que as viagens são apenas mentais, não físicas.

Foi bom perceber que a “roda” da chave que Desmond deu na estação Cisne (que provocou uma implosão electromagnética) afectou a sua vida e os seus flashes, e também gostei de ver que Daniel (personagem novo mais interessante até agora, com uma interpretação excelente) sabe alguns mistérios da ilha, nomeadamente essa mudança de Desmond. Sendo Daniel físico, iremos ter muitas respostas da boca dele.

Ainda interessante foi ver uma pessoa com o mesmo “problema” de Desmond. Mais interessante foi saber que esta pessoa é a mesma que comunicou, no início, com os sobreviventes.

A corrida contra o tempo que Desmond tem para encontrar a sua “constante” para poder sobreviver foi um dos factos que tornaram esse episódio o melhor da quarta temporada, e descobrir que Penny era essa constante (mesmo antes de Desmond o dizer) não foi nada difícil.

Widmore apareceu e deu que falar. Primeiro porque tem dinheiro suficiente por comprar um diário que lhe custou milhares (380.000 libras). Segundo porque esse diário é o diário de bordo de Black Rock, barco que é encontrado na ilha na primeira temporada, onde os sobreviventes pegaram as dinamites. Aí vai uma teoria que mais parece uma conspiração (em Lost, tudo é possível): Não sabemos como esse diário conseguiu “sair” da ilha, nem com quem, mas a verdade é que o pai de Penny comprou-o e segundo o apresentador do leilão o conteúdo do diário nunca foi revelado. Eu não acredito no “o barco foi encontrado 7 anos depois no Madagáscar”. Assim, Widmore irá saber o conteúdo do diário em 1996, que terá informações da ilha, e em 2004, depois do acidente de avião, irá contratar uma equipa para achar a ilha e procurar alguém (que pode ser Ben, pois já vimos que Miles está à procura dele).

Foi muito engraçado ver toda a história de Desmond à procura de Daniel em 1996, toda a história com os ratos, a inteligência com que foi tudo mostrado. A sequência de acontecimentos foi fantástica. Como já referi, a história d’A Constante como meio de salvamento, foi fabulosa.

O telefona final de Desmond a Penny foi muito emocionante. Além disso, deu-me um arrepio ao perceber que estávamos perante imagens fora da ilha sem ser flashbacks ou flashfowards. Na realidade, foi a segunda vez que isso acontece (a primeira foi quando aparece uns brasileiros no final da segunda temporada, a detectar uma anomalia electromagnética e a avisar Pennny do sucedido). Como tudo fica tão ligado…

À semelhança dos últimos episódios, a última cena é sempre 100% fabulosa. Será que Daniel escreveu aquilo de “Se alguma coisa correr mal, Desmond Hume será a minha constante” em 1996 ou em 2004?

newpicture10.png
Lost in Portugal

Eu acho que foi escrito no passado, pois Daniel sempre demonstrou uma pessoa muito cuidada com as suas experiências, e se Desmond do futuro disse a ele que conhece o Daniel do futuro, Daniel do passado conclui que Desmond é a sua constante, pois já conheceu nos dois “tempos”. Agora a pergunta é se Daniel sofre do mesmo “problema” de Desmond e Minkowski? Afinal, a constante serve apenas de cura para esse problema e não fazia sentido que Daniel possuísse uma se não tem esse problema…

E para terminar o comentários, queria deixar duas anotações:

  • Depois de ver esse episódio, considero que o casal de Lost é Desmond e Penny, e não Kate e Jack ou Kate e Sawyer.
  • O cargueiro é diferente daquilo que imaginei: pouco povoado, pessoas pouco acolhedoras (assustadoras), compartimentos velhos e um espião de Ben ajuda os sobreviventes (claro que é Michael).
  • O parceiro TvDependente deixou um comentário interessantíssimo: o dia da acção do episódio é 24 de Dezembro de 2004. Quer dizer que, dois dias depois, foi o dia do tsunami. Será que a ilha vai ser afectada pelo fenómeno?

VEJA A CLASSIFICAÇÃO QUE DEI AO EPISÓDIO AQUI.

9 Responses to Lost – The Constant (Comentários)

  1. Pedro A. diz:

    Bem.. esta temporada de LOST ta fabulosa! cada episodio surpreende mais q o anterior!

  2. […] Eu achei o último episódio fantástico (podem ver os meus comentar no meu blog, AQUI) e não percebo esta fraca (não é fraca… mas eu acho fraca para o que Lost demostra ser) […]

  3. Joe diz:

    acho que você não entendeu… ele escreveu no diário se por acaso ele tiver “efeitos colaterais” nas viagens pra ilha ele a constante dele vai ser o desmond, ele está se prevenindo.

  4. Marco diz:

    Joe, mas achas que ele se iria prevenir por nada? E lembra-te daquele jogo das cartas… xD é intrigante…

  5. missfacas diz:

    para mim este episodio foi lindo! A constante foi uma ideia mt bem construida. Sim o casal de lost n é kate e jack ou kate e Sawyer mas desmond e penny, ela é q anda ha anos a fazer tudo para o encontrar. As pessoas do cargueiro assustam-me. Gosto do Daniel e acho que aquilo que escreveu foi no passado. Quando terminei de ver este episodio só me apetecia ver mais e mais lost!

  6. Também gostei muito.

    Há episódios que olho para as horas para ver se ainda demora muito para acabar, depois há episódios como este que vejo as horas a pensar que vou ter que esperar uma semana até ao próximo.

  7. Sofia diz:

    Bem, este último episódio foi… fenomenal! Deixou me sem palavras! E aquele momento final foi tão… profundo! A história de Desmond e Penny é muito bonita! E apesar de ser uma enorme Jater, tenho que concordar que eles sim são o casal da série!

  8. R. Taylor diz:

    Este episódio pra mim foi genial, espectacular, fulcral, decisivo… enfim, ainda por cima com uma das minhas personagens preferidas, senão a mais mesmo. Acho que o facto de terem encurtado a duração da temporada foi positivo (apesar de doloroso) porque assim não dá espaço espaço para fillers, como foi o caso do casal interpretado pelo Rodrigo Santoro e pela sua namorada (que para mim nunca sequer devia ter aparecido na série). Mal posso esperar pelo próximo episódio de Lost… o fim está próximo e as respostas também!

  9. Karla diz:

    Bem, este episodio foi fabulastico!!! prendeu-me à tv e sempre à espera que não acabasse… Os autores da serie foram mt longe. Pegaram num ideia que (pelo menos eu) não tinha considerado.
    Pesquisei por outros sites (tipo brasil – eles são fanáticos pelo Lost) e todos partilham a nossa opinião.Como eles dizem,este episodio “surtou”. Espero para ver o próximo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: