Best Of… Melhores Dramas Actuais

Hoje em dia existem vários géneros de séries, como comédia, drama ou ficção científica. Contudo, aquele em que as emissoras apostam mais, é mesmo o drama, seja pela perfeição da história, ou grande quantidade de audiências. Os dramas médicos e policiais são aqueles que as emissoras norte-americanas pedem mais pilotos, mas nem todos são bem conseguidos. Como bem sabem, já há muitos policiais, séries de advogados ou dramas médicos, mas é a essência de cada um que faz com que a série consiga cativar um determinado publico. Hoje em dia, o mistério numa série está a ganhar cada vez mais força no telespectadores, como podemos comprovar com a enorme legião de fãs de Lost.
Confira agora uma lista em que eu enumerei aqueles que são para mim e para muitos outros os melhores dramas a serem exibidos actualmente.

lost11.jpg Após desmaiar, a primeira coisa que Jack (Matthew Fox, “Party of Five”) sente é dor. Depois, o sol queimando o seu rosto. Uma floresta de bambu. Fumaça. Gritos. Logo ele chega à terrível descoberta de que o avião em que ele estava se partiu no ar e caiu numa ilha do Pacífico. Logo seus instintos de médico lhe dizem que as pessoas estão precisando de ajuda. Perdidos, os 48 sobreviventes tentam pegar o que for possível para a sobrevivência deles entre os destroços do avião. Muito pânico. Muitos guardam suas últimas esperanças enquanto aguardam o resgate. Outros descobrem novas forças que eles nem imaginavam que tinham — como Kate (Evangeline Lilly), que, sem nenhum treinamento médico, logo se vê costurando os ferimentos do médico. Hurley (Jorge Garcia) — um homem com um ingênuo senso de humor apesar da situação desesperadora — faz o possível para manter a calma e ajudar as pessoas próximas a sobreviver. Charlie (Dominic Monaghan, “O Senhor dos Anéis”) é um astro do rock em decadência que esconde um doloroso segredo. Sayid (Naveen Andrews, “O Paciente Inglês”) é um homem do oriente médio que terá que lutar contra o preconceito racial demonstrado por alguns de seus colegas sobreviventes.

nip-tuck.jpg Ambientada na sensual região de South Beach, em Miami, Nip/Tuck traz à tona o mundo superficial da cirurgia plástica, revelando os dramas e a natureza pra lá de frágil de pacientes que tentam mascarar seus conflitos psicológicos com um “retoque” na aparência física. No centro da trama está o cirurgião plástico Christian Troy (Julian McMahon), um homem autoconfiante que aproveita todas as vantagens que sua carreira de sucesso pode lhe oferecer. Ele é sócio de uma clínica com o Dr. Sean McNamara (Dylan Walsh), um amigo desde os tempos de faculdade. A série traz ainda a atriz Roma Maffia no papel da anestesista Liz Cruz. Apesar de Christian ainda usar o dinheiro e o charme com as mulheres para se autoafirmar, os longos anos que passaram vendendo uma imagem superficial das coisas acabaram custando mais caro para Sean, que enfrenta problemas com a esposa Julia (Joely Richardson), e os filhos Matt (John Hensley), de 17 anos, e Annie (Kelsey Lynn Batelaan), de 8 anos.

greys3.jpg Meredith é uma jovem cirurgiã no Seattle Grace Hospital, onde há o mais rígido programa para residentes de Harvard. Ela e seus colegas Cristina Yang, Izzie Stevens, George OMalley e Alex Karev, que também são residentes, eram estudantes até pouco tempo. Hoje, eles são médicos em um mundo onde o aprendizado pode ser uma questão de vida ou morte, e ainda precisam lidar com os problemas de suas vidas pessoais. A ambição médica de Meredith é ofuscada por um grande segredo: sua mãe, uma reconhecida cirurgiã, está sofrendo de uma trágica doença; Cristina é altamente competitiva e recusa qualquer favor para fazer tudo sozinha; Izzie Stevens é uma garota do interior que cresceu pobre e atua como modelo para sustentar a carreira médica; George OMalley, além de carismático é inseguro, e sempre faz a coisa errada na hora errada; e Alex Karev, o residente que seus companheiros adorariam ter, esconde com arrogância o verdadeiro motivo pelo qual escolheu a profissão.Os internos são guiados por uma equipe de médicos que estão determinados a formá-los em habilidosos cirurgiões ou então acabar com a carreira deles.

prisonbreak.jpg Michael Scofield (Wentworth Miller, “Joan of Arcadia”) é um homem desesperado numa situação desesperadora. Seu irmão, Lincoln Burrows (Dominic Purcell, “John Doe”), está no corredor da morte e será executado em alguns meses, após ser condenado por um assassinato que Lincoln não cometeu. Sem outras opções e com o tempo diminuindo, Michael assalta um banco para que ele seja preso e levado para a penitenciária estadual Fox River, o mesmo local onde seu irmão está cumprindo pena. Uma vez lá dentro, Michael — um engenheiro civil com as plantas da prisão — começa a executar um elaborado plano para libertar Lincoln e provar a inocência dele. Com a ajuda de seu companheiro de cela, Sucre (Amaury Nolasco), Michael começa a se aliar a um grupo de diferentes prisioneiros, incluindo o ex-chefão da máfia John Abruzzi (Peter Stormare), “(Minority Report)” e Charles Westmoreland (Muse Watson, “(Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado)”, um homem que muitos acreditam ser o famoso ladrão D.B. Cooper. No lado de fora, Michael tem apenas uma aliada, sua advogada e amiga de longa data Veronica Donovan (Robin Tunney), “(Fim dos Dias)” — que também é a ex-namorada de Lincoln. Entre os personagens secundários também estão a Dra. Sara Tancredi (Sarah Wayne Callies, “(Tarzan)”, que Michael acaba visitando por diversas vezes na enfermaria do presídio; o policial Bellick (Wade Williams), “(Colateral”), que está determinado a ficar de olho em seu novo prisioneiro; e o poderoso Warden Pope (Stacy Keach, “Titus”), que finge ter um relacionamento próximo, quase uma relação entre pai e filho, com seu novo condenado.

dexter1.jpg A série é baseada no livro Darkly Dreaming Dexter de Jeff Lindsay e conta a história de Dexter Morgan, um assassino em série que só mata outros assassinos e que trabalha como analista forense especialista em padrões de dispersão de sangue para o Departamento de Polícia do Condado de Miami-Dade. Ao longo da primeira temporada, Dexter é confrontado por uma serial killer que é intitulado “Ice Truk Killer” em que este mata prostitutas sem deixar rastos de sangue nestas, de modo a que Dexter não consiga fazer o seu trabalho. No final, Dexter descobre que o que os une é mais forte de tudo o que os possam separar.

heroes1.jpg Quando um eclipse total joga sua sombra ao redor do globo, um professor de genética da Índia (Sendhil Ramamurthy), guiado pelo desaparecimento de seu pai, acaba descobrindo uma secreta teoria — a de que pessoas com super poderes vivem entre nós. Um jovem sonhador (Milo Ventimiglia, “Gilmore Girls”, “The Bedford Diaries”) tenta convencer seu irmão político (Adrian Pasdar, “Judging Amy”) de que ele pode voar. Uma cheerleader (Hayden Panettiere, “Ally McBeal”) descobre que ela é indestrutível. Uma stripper de Las Vegas (Ali Larter, “Premonição”), que luta para sustentar seu pequeno filho (Noah Gray-Cabey, “My Wife and Kids”), descobre que sua imagem no espelho guarda um segredo. Um fugitivo da lei (Leonard Roberts, “Buffy, a Caça Vampiros”) continua a confundir as autoridades, que por duas vezes foram incapazes de contê-lo. Um artista dotado (Santiago Cabrera), cujo vício em drogas está destruindo sua vida e seu relacionamento com sua namorada (Tawny Cypress, “Third Watch”), consegue pintar o futuro. Um infeliz policial de Los Angeles (Greg Grunberg, “Alias”) consegue ouvir os pensamentos das pessoas, o que o coloca no rastro de um serial killer. E, no Japão, um jovem homem (Masi Oka, “Scrubs”) desenvolve uma maneira de parar o tempo através de sua força de vontade. E logo eles descobrem que o destino deles será nada mais do que salvar o mundo.

house.jpg House é um misterioso novo drama médico onde os vilões são as doenças e o herói é um irreverente e controverso médico que não confia em ninguém, com exceção dos seus pacientes. O Dr. Gregory House (Hugh Laurie, Stuart Little) é contra o contato com os pacientes e evita até mesmo falar com eles se não for preciso. Lidando com sua constante dor física, ele usa uma bengala que parece acentuar seu comportamento rude e brutalmente honesto. Embora seu comportamento possa ser taxado como anti-social, House é um médico dissidente cuja maneira nada convencional de pensar e instintos certeiros permitem que ele seja respeitado por todos. Especialista em doenças infecciosas, ele é um brilhante médico que adora os desafios de quebra-cabeças médicos que ele terá que solucionar para poder salvar vidas. Entre os casos de House estão doenças inexplicáveis que os outros médicos não conseguem solucionar, e ele uniu uma equipe de elite de jovens especialistas médicos para ajudá-lo a solucionar diagnósticos misteriosos. Os métodos de House talvez sejam suspeitos, mas seus resultados não.

bsg.jpg Os cylons são andróides criados pelos seres humanos para facilitar a vida nas colônias. Alguns desses andróides, os mais “nobres”, possuem autoconsciência e, auxiliados pelos menos inteligentes, os centuriões, rebelaram-se contra seus mestres. Seguiu-se uma longa guerra, concluída com um acordo de paz e a retirada dos cylons para outro planeta, um mundo onde poderiam se desenvolver por sua própria conta. Contudo, após anos de silêncio, eles desfecharam um fulminante ataque nuclear contras as doze colônias. Esse ataque só foi possível porque os cylons evoluíram e passaram a imitar a forma humana, isto é, tornaram-se humanóides. Dessa forma, eles ludibriaram Gaius Baltar (James Callis), uma espécie de gênio científico responsável por um programa de computador que controlava a defesa das colônias; conseguiram, com sua cooperação involuntária, um vírus que paralisou totalmente a defesa dos humanos, inclusive a das naves de combate. Apenas a Galactica se salvou desse ataque inicial, isso porque, a mando do Comandante William Adama (agora interpretado pelo ator Edward James Olmos), os computadores da nave não estavam em rede e, portanto, não eram vulneráveis ao vírus utilizado nesse ataque. O resto da história é semelhante ao da primeira série, a Galactica reuniu cerca de setenta e cinco naves civis, com uma população de quase cinqüenta mil pessoas e passou a procurar a Terra, sempre perseguida pelos cylons. Entretanto, a nova série é bem mais profunda, não se limita a aventuras e batalhas espaciais; explora também as relações humanas em uma microcivilização ameaçada de extinção, na qual os humanos lutam entre si tanto como contra os cylons.

oth.jpg Nathan e Lucas são dois meio irmãos que só tem em comum o pai Dan Scott e o dom para jogar basquete. Nathan foi criado como o queridinho do papai e sempre teve de tudo, ele é ídolo do time de basquete e o garoto mais popular da escola, enquanto o solitário Lucas foi criado por sua mãe Karen e pelo tio paterno Keith, com muita dificuldade e, apesar de ser um execelente jogador de basquete, só joga por diversão. O destino faz com que as vidas dos dois se cruzem e Lucas tem a chance de jogar novamente no time do colégio, o que provoca a raiva de Nathan e do seu pai que não quer que nada ou ninguém venha atrapalhar a trajetória profissional que ele sonhou para si no passado e agora traçou para o seu filho. A disputa entre os garotos não vai ser apenas pelo controle da quadra de basquete, mas também pelo amor da bela Peyton, uma líder de torcida e atual namorada de Nathan.

smallville.jpg Smallville é baseada na história do maior super-herói da DC Comics de todos os tempos, o popular personagem estadunidense, Superman. A série mostra a vida do adolescente Clark Kent, que vive e cresce em Smallville. O seriado mostra como Clark lida com os problemas enfrentados durante a adolescência de qualquer humano comum, somando-se ao fato de enquanto isso manifestar novos poderes anormais, o que traz o lado dramático ao formato desejado pelos produtores: mostrar a vulnerabilidade de um pseudo-humano enquanto ele é completamente invulnerável. A ideia geral no seriado é a de que Clark seja assim, uma pessoa também vulnerável, principalmente quando está próximo das pedras de Kryptonita e dos problemas do coração, diga-se Lana Lang e sua família. A idéia original dos produtores era distanciar aquele conceito de imortalidade criado em cima do Superman, coisa até certo ponto entediante, para trazê-lo mais perto ao telespectador comum. Identificar e empatizar-se com aquele super-herói, também comum e vulnerável, era a missão chave da primeira tamporada de Smallville e seu episódio piloto. Apesar deste lado humano e fraco dos sentimentos humanos, Clark Kent também tem de passar a imagem do super-herói mais poderoso do universo DC, a tarefa talvez mais difícil do seriado. Como dito antes, uma de suas fraquezas são as Kryptonitas, diferentes Kryptonitas afetam Clark Kent de maneiras diferentes: a Kryptonita Verde enfraquece-o fisicamente e possivelmente pode matá-lo se ele for exposto a ela durante muito tempo.

Como é normal, esta lista não vai agradar todos, e provavelmente gostariam que a sua série ficasse alguns lugares acima, mas o importante é que compreendam que tal como foi fazer a listas dos melhores episódios de Lost, fazer essa foi igualmente difícil. Alguns poderão não concordar o segundo lugar de Nip Tuck, mas se assistirem a série, irão ver como é um dos dramas mais poderosos que existe actualmente. Outros poderão não concordar o sexto lugar de Heroes, mas é preciso haver uma certa comparação de história e originalidade com as séries acima do sexto lugar, e também espero que percebam que o sexto lugar não é assim tão mau. É preciso fazer uma distinção entre popularidade e qualidade. 

Postado originalmente na IsFree por mim. Sinopses retiradas da IsFree.

9 Responses to Best Of… Melhores Dramas Actuais

  1. Sofia diz:

    Bom, na minha modesta opinião, Dexter merecia estar mais em cima… e Heroes mais em baixo!
    Smallville podia trocar com One Tree Hill, assim como Prison Break com Grey’s Anatomy.

  2. telmo diz:

    dexter nao está mais acima pk acho k ele só viu a primeira temporada…se visse a segunda o primeiro lugar era inqustionável!

  3. missfacas diz:

    ya dexter merecia mais acima, nao consigo gostar de nip tuck. One tree hill é uma série que ja ando para sacar para ver há bués, mas a falta de tempo… Ando muito curiosa visto que falam muito bem dessa série. Heroes a segunda temporada… Se há uma coisa que é verdade Dexter tem duas temporada fenomenais.Até acho que da primeira pra segunda cresce a qualidade. O que é raro nas séries.

  4. Nuno Silva diz:

    1 – Lost
    2 – House
    3 – Dexter
    4 – Californication (Drama/Comédia)
    5 – Pushing Daisies (Drama/Comédia/Romance)
    6 – Eli Stone (drama/Comédia)
    7 – Boston Legal (Drama/Comédia)
    8 – Heroes
    9 – Dirty Sexy Money
    10 – Moonlight

  5. Dexter chutou bundas!
    Nunca fiquei tão escravo da telinha!

    Agora tô tentando dar uma chance pra Pushing Daisies, já que tá difícil esperar os episódios de Lost e Ugly Betty!
    Heroes eu simplesmente cansei! É bem produzido, mas subestima demais a nossa inteligência. Smallville faz tempo que eu parei de assistir. Simplesmente intragável. House me parece ser impecável. Às vezes, pego um pedacinho lá na Record e fico vidrado com o pouco que vejo, mas sou daqueles que prefere não assistir se a temporada já está no meio. Preciso começar a ver desde o piloto!

    Saudades msm de Big Love, de Six Feet Under, La Femme Nikita… Hehehehe… Tenho um gosto bastante eclético quando o assunto são séries…

  6. vitoscano diz:

    Para mim as melhores séries da actualidade são 14 e peço desculpa por isso a ordem é completamente aleatória com excepsão da nº1 e da nº2. Os titulos estão todos no original
    1- Dexter
    2- House
    3-Lost
    4- CSI NY(apenas esta temporada que está mesmo muito bem e bem melhor que as outras 2 e é algo que já vinha acontecendo no final da temporada anterior)
    5- Brothers and Sisters
    6- Pushing Daisies
    7- Californication(a 6ª e a 7ª só vi alguns épisódios e são excelentes)
    8- greys anatomy
    9- Prision Break(mais a 1ª e 2ª temporada que esta de que não gosto tanto)
    10- Boston Legal(não vi todos)
    11- Closer( vi alguns episódios e gostei)
    12- Demages
    13- Nip/Tuck
    14- The Shield
    Dou tambem 16 menções honrosas(embora algumas não as veja muito)Without a Trace, Cold Case, CSI Las Vegas, Jericho, Dirty Sexy Money, Shark Men in Trees, Monk, Ghost Whisperer, Heroes, Battlestar Galactica, Gossip Girl, Private Practice, Bones, 30 Rock e Two and a Half Men( as 2 ultimas não são drama é comédia mas pronto são interessantes), a estas 16 falta á maioria deleas qualquer coisa para mim para serem excelentes e têm na minha opinião muitos épisódios sem interesse. Menciono tambem uma série Europeia de Espanha Cuenta Atrás da qual a 1ª temporada foi recentemente transmitida pelo AXN sendo na minha opinião talvez a melhor produção Europeia que eu vi até hoje. Tambem aconselho uma série que ainda têm poucos épisodios para ter a certeza New Amsterdam, mas para já vai bem e por fim 2 séries que têm muitos fãns mas que eu não gostos são elas Supernatural e Moonlight. A melhor que vi até hoje para mim foi os Sopranos e nenhum destas consegue suplanta-los ainda que Dexter e alguns épisodios de Dr House estejam muito perto. Tudo o resto de séries que existem expecialmente americanas(excpsão ao CSI Miami alguns dos vários Law & Order Criminal Minds e NCSI de que vi alguns e se não vir não vou a correr á procura isto é nem me aquecem nem me arrefecem se vir vi se não tambem não estou preocupado) não vi e de momento não estou interessado, já tenho bastante com estas(minto só capaz de tentar Reaper esta quarta no AXN a curiosidade é maior eheh).
    Ps: ER e Smalville na minha opinião já terminavam e a série de nome em Português Tal Mãe tal Filha tenho pena que tenha terminado.

  7. gilov diz:

    Para mim neste momento as melhores séries são:

    1-Lost
    2-House
    3-One tree hill
    4-Prison break
    5-Heroes
    6-Smalvillle
    7-Supernatural
    8-Dirty Sexy money
    9-Two and a half men
    10-How i met your mother

    como e k smalville ja terminava, ainda ha muita coisa a desvendar, das series k o pessoal esta dizendo k sao as melhores: Pushing daisies , boston legal,Nip/Tuck,CSI NY sao uma merda, ja vi uns episodios e n presta mesmo.

  8. Anónimo diz:

    1-lost
    2-heroes
    3-prison break
    4-dexter
    5-eureka
    6-smallville
    7-simpsons
    8-eleventhour
    9-the shield
    10-weeds

  9. Nhiocca diz:

    Vá… Digamos que essa lista é mais máscula, não? Também não proponho uma menos feminina (xP), mas serão (+/-) assim os meus gostos:

    1- How I Met Your Mother
    2- Family Guy
    3- True Blood (muito bom! É daquelas séries que o pessoal começa a ver e consegue-se surpreender a cada episódio…)
    4- Gossip Girl (mas se fazem mais alguma temporada para além desta, perdem muito!!!)
    5- House Md (De longe preferível à Anatomia de Grey, uma vez que é mais fantasioso e não tão ludibrioso qunato á verdadeira realidade da vida hospitalar)
    6- Heroes (Muito bom mesmo!!! Se já não acompanhásse tantas s+éries, certamente era mais uma a acrescentar á lista! Muita qualidade tanto na história como nas personagens!)
    7- Greek
    8- Ugly Betty
    9- The Tudors (Será que retorna?)
    10- The Vampire Diaries (é muito recente, mas parece-me já dar cartas…)

    Se ainda podesse continuar, Smallville estaría nas minhas escolhas, e claro, Californiation (quem vÊ The Tudors e não Californication? E claro, quem ainda não deu uma olhada no Secret Diary of a Call Girl? – Mas esta última não é MESMO nada de especial…). Aah! Supernatural, claro! E Dexter! Tmabém são igualmente bons! MAs é comom tudo… Fazer uma lista destas é mesmo muito subjectivo! Pode-se fazer uma lista para quem gosta de séries de terror, de fantasia, de desenhos animados, de comédias, de sexo,… ufah!

    Aah! Também tenho que dizer que não são as emlhores exacetamente por esta ordem, mas certamente serão das melhores!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: