Lost – Season 4 (Comentários)

Junho 15, 2008

Tanta coisa aconteceu que nem sei por onde começar…! Ha… já sei… e que tal ‘esta foi a melhor temporada de Lost’? É uma boa forma de alguém começar um comentário sobre a melhor série da actualidade (esta frase sim é cliché, o resto da série não é), sendo que esta é a série favorita desse alguém.

O início da temporada começou muito bem. Foram-nos apresentados quatro novos importantes personagens, cada um deles com uma história interessante, mas nem sempre bem aproveitada (prefiro pensar que vai ser abordado o assunto na quinta temporada). Dos novos personagens, o meu favorito é o Daniel Faraday. Além de ser perfeitamente interpretado por Jeremy Davies, é o que desperta mais interesse por ser um físico conturbado e com muitas respostas na ponta da língua.

Temos também a história dos Oceanic 6 (pessoas que estavam no avião e sairam da ilha). Já sabíamos no final da terceira temporada que Jack e Kate eram dois deles, e ao longo dos sete primeiros episódios soubemos a identidade dos restantes quatro: Hurley, Sayid, Sun e Aaron. O último mencionado foi alvo de controvérsia por parte de alguns fãs, pois alegavam que Aaron não constava na lista de passageiros. Mesmo depois dos produtores terem confirmado que Aaron era um dos Oceanic 6, as pessoas insistiam em levantar uma polémica completamente desnecessária.

Muitos personagens foram subaproveitados nesta temporada como Claire, Sawyer, Juliet (apesar de ter tido um episódio centrado em si) e até Michael (que voltou nesta temporada como o espião de Ben na fragata). Debruçarmo-nos com um dos melhores episódio da série nesta temporada, de seu nome The Constant, que fora centrado em Desmond e trouxe uma narrativa completamente engenhosa e cativante. É nesta temporada que vemos que Lost está cada vez mais a caminhar para um lado científico e verdadeiramente cativante.

Mistérios…? Sim, houveram muitos resolvidos. Apesar de muitos fãs (nem sei se devo chamar-lhes isso) dizerem que está a haver enrolação demais, aposto com vocês que 90% dessas pessoas nem vêm a série, gostam apenas de criticar algo que se tornou ‘moda’, mas uma ‘moda’ justa, na minha opinião. Existe algum fundamento nessa frase: ‘Lost está cada vez pior e estão a enrolar demais’? É que se existe expliquem-me o quê e porquê, pois eu ainda estou para perceber o contexto. Voltando ao assunto: mistérios…, ficámos a saber da grande envolvência de Charles Widmore na fragata, a saída de Desmond, Ben, Locke e Frank da ilha, o resgate por parte de Penny, a ilha a ‘desaparecer’, o morto do caixão, as mentiras dos Oceanic 6, as macabras aparições de Christian, a volta do monstro da fumaça e o seu controlo, o desaparecimento de Claire, o acto heróico de sawyer… querem mais? Vejam a série.

A season finale foi, para mim, a melhor de toda a série e também da temporada 2007/08. A tarefa dos produtores em fazerem uma revoravolta na narrativa como fizeram com a entrada dos flashfowards no final da terceira temporada era dada como impossível. Mas aquilo que se tornou algo virado para a adrenalina fizeram-me passar um dos melhores momentos que já tive a assistir uma série. Ficou tudo tão perfeito que achar críticas negativas sobre a season finale apetece é mesmo não voltar a visitar os blogs dessas pessoas, apenas por não terem fundamento nenhum para tal. Descobrimos de forma surpreendente a identidade da pessoa do caixão (Locke), o plano de Ben em voltarem para a ilha, o desaparecimento da ilha, o salvamento conturbado dos Oceanic 6, tudo.

E sabem como vou terminar esse comentário? Transcrevendo uma frase que foi dita por Locke a Jack no final da temporada e é uma das frases mais poderosas da temporada, uma das gosto mais.

If you leave this place, that knowledge is gonna eat you alive from the inside out, until you decide to come back.

Tradução: Se saires desse lugar, este conhecimento vai-te consumir por dentro até que decidas voltar.

Nota da temporada: 9,6


Episódio de Fringe vaza! E eu já vi…

Junho 15, 2008

Perfeito! É a palavra que me saiu da boca depois de ver o piloto da nova série da FOX, que teve o seu episódio na Internet três meses antes da estreia oficial.

Em http://www.portal-series.com/fringe pode fazer download do episódio e ainda ler já um resumo do mesmo, sendo o primeiro site a fazê-lo mais rapidamente. Não perca mais tempo! Vale mesmo muito a pena. Em breve o episódio estará online para todos poderem assistir sem necessitar de fazer download.