Samurai Girl (Minissérie) – Parte 3 e 4

Setembro 7, 2008

Quando uma série começa perfeitamente bem, como aconteceu com Samurai Girl, o nosso principal receio é que os próximos episódios não correspondam às expectativas que se elevaram com o episódio anterior. A grande questão é: Será que essa terceira e quarta parte, de seis, de Samurai Girl desiludiram? A resposta é não. Pelo contrário: o nível mantém e até supera a cada cena, cada diálogo, cada acção que se passa.

Nesse segundo episódio, somos confrontados com os acontecimentos após a ligação de Heaven ao seu pai. Esta minissérie é tão bem feita que pode ser amada pelos fãs de todos os géneros: policiais, acção, comédia, mitologia e romance. Vou tentar não repetir os mesmos elogios que fiz no outro artigo, mas uma coisa que queria realçar mais uma vez é a interpretação maravilhosa de todo o elenco, principalmente da protagonista.

Ver Brendan Fehr, da eterna série chamada Roswell, já dá para matar um pouco dessa série da WB que foi precocemente cancelada. Agora só falta mesmo ver no pequeno ecrã Maria DeLuca e o Max Evans de volta, já que Liz Parker (Shiri Appleby) estará na décima quinta e última temporada de ER (que eu decidi ver só por causa dela). Quanto à Tess, podemos vê-la em Lost como Claire e a Isabel está agora como a Dr.ª Izzie em Grey’s Anatomy.

Voltando a falar de Samurai Girl. É sempre bom aprender coisas novas, e a cultura japonesa, assim como a sua mitologia, é muito interessante. O modo como esses temas estão a ser tratados na série é simplesmente perfeito (quantas vezes já repeti essa palavra nas reviews dessa minissérie?). Todo o mistério que envolve a história de Heaven, o seu suposto ‘poder’ e a acção em que as cenas se desenvolvem são simplesmente geniais.

Por fim devo realçar como o episódio acabou. Sentimento como vingança, guerra, família, mitologia são bem comuns nessa série, mas há um que simplesmente nos apaixona por ela: a lealdade. Que ingrata escolha aquela que Heaven tem de fazer no final do episódio e ainda mais ingrato é esperar mais 24 horas para ver o desfecho dessa magnífica história. É caso para dizer que:

SAMURAI GIRL É A OBRA PRIMA DA ABC FAMILY

Nota: 9,5

[poll id=”3″]

Episódio disponível para download na nossa secção dedicada a Samurai Girl.