Supernatural (4.04) – Metamorphosis

Outubro 10, 2008

Sr. Kripke, porque é que andaste a escrever episódios perfeitos para ‘mimar’ agente? Agora não podemos apreciar verdadeiramente os episódios normais que a série já nos acostumou. Ou será que ainda podemos?! Não sei se é por estar a idolatrar Supernatural nesta temporada, mas a verdade é que, mesmo sem o anjo Castiel, adorei mais este episódio, apesar de ser um pouco… disgusting. Esta temporada está mesmo a compensar a descida do nível que a terceira temporada sofreu (na minha opinião) e é a que mais revelações tem feito em tão poucos episódios.

Existem duas histórias diferentes neste episódio: a da descoberta de Dean ao perceber dos poderes psíquicos de Sam e a metamorfose de Jack. No que ao início poderia sugerir duas linhas de acção distintas, percebemos que a vida dos dois acaba por entrelaçar-se, havendo uma espécie de comparação entre Jack e Sam. Mas existe uma coisa que senti falta: o habitual rock. Contudo, isso foi recompensado pela excelência das cenas entre os dois irmãos.

Nota: 8,8

Só eu que estou com receio do que vem no próximo episódio de Supernatural? Aquele em preto e branco? Olhem lá o vídeo promocional de ‘Monster Movie’.


Smallville (8.04) – Instinct

Outubro 10, 2008

Esta série está mesmo diferente! E para melhor. Eu gostei da sétima temporada, mas esta está ainda melhor, demonstrando que a troca de argumentistas e a saída de alguns actores resultaram em algo positivo para a série. Mas, apesar de estar a gostar da personagem Tess Mercer, tenho saudades do vilão Lex Luthor, e se ele estivesse nesta oitava temporada, diria que estaria a ser perfeita. Mas enquanto Smallville não consegue atingir a perfeição, consegue criar bons episódios e isso já é suficiente.

Mais uma personagem da banda desenhada/quadradinhos foi introduzida na história. Desta vez foi Maxima, uma deusa que procurava o verdadeiro homem um kryptoniano. Após ser enviado um ‘sinal’ do cristal, ela vai até a Terra disposta a encontrar o seu amor, matando assim muitos homens que morrem após um beijo dela. Gostei muito do final do episódio que deixa algumas pontas para os próximos que prometem ser muito bons. E a relação de Clark e Lois está fabulosa!

Nota: 8,3