BOMBA! Veja a primeira promo oficial de Lost com imagens da quinta temporada!

Outubro 22, 2008

Nem queria acreditar quando fui visitar o Lost Spoilers e me deparo com o primeiro vídeo promocional oficial da quinta temporada de Lost, vídeo esse que contém cenas da mesma. Lá podemos ver os Oceanic 6 e ainda uma personagem que parece ser Faraday a fazer uma descoberta na ilha. Eu estou completamente chocado com o que vi, não fosse Lost a minha série favorita. E até eu que estava com sono depois do episódio de Desperate Housewives que vi, fiquei com os olhos arregalados! Sem mais demoras, confiram…


Desperate Housewives (5.04) – Back Business

Outubro 22, 2008

Este foi um típico episódio filler de Desperate Housewives que até me deu um pouco de sono. Antes de mais, queria realçar, mais uma vez, a falta de protagonismo de Katherine que até foi considerada nas fotos promocionais desta nova temporada como uma dona de casa como as outras. A actriz é extraordinária e não merece o tão pouco direito de antena que lhe é dado. Vamos lá produção: queremos mais Katherine Mayfair!

Voltando ao episódio. Como eu disse, foi um episódio filler onde quase nada de impactante e importante aconteceu. Mike está de volta a Wisteria Lane. Ok. Bree e Olson vivem, mais uma vez, uma crise no casamento. Ok. Gaby manipula a própria filha para ter sexo com Carlos. Ok. Ok. Ok. Tudo foi razoávelmente bom, mas ainda assim tivemos bons momentos, como por exemplo com o filho de Susan que é uma crinça que representa muito bem.

Nota: 7,7


True Blood (1.07) – Burning House of Love

Outubro 22, 2008

Definitivamente, Fringe não é a melhor série nova. O lugar foi roubado pela nova e maravilhosa série do mesmo criador de Six Feet Under e que eu estou a adorar, assim como muitas outras pessoas, pelo que vejo e leio. True Blood, além de ter o selo de qualidade HBO, é uma série que consegue cativar, principalmente pelos seus finais que nos deixam ansiosos pelo próximo episódio.

Burning House of Love é mais um excelente episódio que nos deixa com a dúvida no ar: quem será o quarto vampiro do caixão? Sim, porque eu não acredito que Bill seja um deles. Por outro lado, temos mais uma cena estranha de Sam e a busca de Jason por V (WTF?! Que cena foi aquela de ‘transfusão’?). Além disso, Tara até que tornou interessante devido ao exercocismo da sua mãe, e agora ficamos a saber que ela está possuída também.

Acho que True Blood reserva grandes surpresas e revelações para o final que se aproxima. No final de Novembro, já nos despedimos da primeira temporada de True Blood que depois só regressa no próximo ano. Eu confesso que, se a série continuar assim, vou sentir mais falta do que alguma vez imaginei.

Nota: 9,0


Worst Week (1.04) – The Truck

Outubro 22, 2008

Quando uma série nos apresenta um produto de qualidade nos primeiros episódios, basta ter, depois, um episódio mediano para que eu fique um pouco desiludido. Isso acontece com The Truck, que apesar de ter os seus momentos de comédia, é de longe o pior episódio desta primeira temporada de Worst Week. O quinto episódio já saiu, mas vou esperar a legenda primeiro, e espero que melhore muito em relação a esse episódio.

Mais uma vez digo que o Sam é uma personagem carismática e é impossível não simpatizar com ele. Quem também está ganhar terreno é a própria Melani que começou a ficar tão trapalhona quanto o seu futuro marido (talvez nem tanto, mas está a começar também a ficar com uma ‘péssima semana’). Interessante a reacção da família ao saber da gravidez e do futuro casamento de Melani com Sam, mas como tudo o que é bom dura pouco, Sam volta a fazer das suas ao explodir, sem querer, o camião do sogro.

Nota: 7,4


Pushing Daisies (2.03) – Bad Habits

Outubro 22, 2008

Como eu estava curioso para ver esse episódio depois de falarem tão bem dele. É com algum atraso que faço o review, mas com grande satisfação porque foi um episódio de revelação, divertido e do que Pushing Daisies sabe fazer de melhor. Numa altura em que o cancelamento é quase certo, a história tem de começa a desenvolver-se para que a série tenha um final merecido e decente.

Já começava a sentir falta de Olive na Pie Hole e a forma que os guionistas arranjaram para ela voltar foi genial: um crime no convento. Tanta não foi a minha surpresa quando vi quem era o assassino da freira e ainda fiquei mais surpreendido com o rápido desenvolvimento do segredo de Olive. Nunca pensei que Ned fosse contar a verdade a Chuck ainda em Bad Habits. Mas fê-lo e muito bem!

Nota: 9,2