Fringe (1.08) – The Equation

Fringe tem duas vertentes: uma boa e uma má. A boa é que consegue ter casos que nós não poderíamos imaginar ser possível e óptimas interpretações dos actores do elenco principal e até dos secundários. A parte má da série é que deixa sempre para trás o caso que deixou em aberto na semana anterior, iniciando um novo a cada semana. Algo que eu nem sei se é bom ou mau é o facto da banda sonora da série ser uma cópia da de Lost e quem disser ao contrário das duas uma: ou defendo Fringe com unhas e dentes ou então precisa de ir comprar um pacote de cotonetes à loja.

Apesar de tudo, The Equation conseguiu ser um dos melhores da temporada até agora. Pelo menos conseguiu cativar-me do início até ao fim, algo que a série já não conseguia há alguns episódios. Mais uma vez temos um final completamente inesperado e com uma ciência inimaginável: ‘atravessar’ o que é sólido! Já vimos isso em Heroes, mas em Fringe tudo é mais realista e explicável. Outra coisa que gostei foi da visita de Walter ao manicómio. Quem será aquele ‘duplo’ que falou com ele enquanto ele estava deitado?

Nota: 8,6

0 Responses to Fringe (1.08) – The Equation

  1. Daniel diz:

    Eu gostei bastante do episódio que pareceu ser mais uma peça da mitologia do seriado (se é que podemos dizer que Fringe já tem uma), mas ele segue o padrão de apenas criar perguntas novas e nunca respondê-las algo característo do produtor que faz a mesma coisa com Lost, isso é perigoso porque deixa agente insatisfeito, e depois de um tempo acaba enchendo o saco.

  2. Aguerra diz:

    O episódio foi bom…mas concordo com o Marco…se Fringe continuar assim a deixar casos abertos, será necessário uma nova temporada só para resolver esses casos…

  3. Tiago Duarte diz:

    será que sou só eu que este é apenas o começo de uma serie brilhante. Atenção que muita coisa está agora a ser introduzida ainda, LOST também começou assim. Sinceramente eu estou muito interessado em ver o resto, acho que vem ai tanta coisa espectacular. E este episódio creio que deu muito mais a historia geral da temporada que os outros, a parte do manicómio parecia um episodio de lost essa parte. Eu estou mesmo muito empolgado

  4. DMM diz:

    ja se previa que não abordassem os casos deixados em aberto na semana anterior, acontece sempre isso, e é um dos motivos pelos quais deixei de ver a série, para além de ter um Sci-Fi “deprimente” e completamente impossível…
    #
    Aguerra diz: 13 de Novembro de 2008 em 23:14

    Fringe teve mais um episódio razoável…a série só vale ver só pelas cenas finais, que deixam um suspense para a semana seguinte

    #
    DMM diz: 14 de Novembro de 2008 em 19:51

    Aguerra: Deixam suspense mas depois na semana seguinte não abordam esse tema por isso é o mesmo que não tivesse essas cenas finais

    eu avisei, lol

  5. Marcelo diz:

    Olá! Também sou um fã da série Fringe, e já agora aproveito para perguntar se algum sabe qual é a música que dá quando o filho do walter bishop toca piano para descobrir a equação.
    se alguem souber por favor envie ou diga qualquer coisa.

  6. Patricia diz:

    Acho esta serie incrivel, é uma das melhores que eu ja vi. Sou completamente viciada em fringe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: