The Office (5.08) – Frame Toby

Novembro 25, 2008

Nesse episódio divertido tivemos a volta de Toby, para o desespero de Michael, que passa o dia tentando achar formas de demitir o pobre e pacato RH da empresa. Adorei ver as tentativas frustradas dele de incriminar Toby de alguma forma: a melhor delas foi Dwight se voluntariando para paquerá-lo e, por sim, processá-lo por assédio sexual – “os homens me acham atraente”, explica Dwight.

Aliás, a melhor cena do episódio foi a de Dwight explicando como seria seu crime perfeito, um roteiro digno de filme, mas completamente sem noção: roubar o lustre da Tiffany’s, uma vez que é uma peça inestimável, e escondê-lo em Berlin (então porque roubá-lo, não é mesmo?). Só Dwight para achar alguma lógica em seu “crime perfeito”.

Rapidamente, o final em que Jim mostra a casa de seus pais,que comprou para ele e Pam morarem, para ela foi bastante tenso. Por um momento achei que ela tinha odiado o lugar, me surpreendi, foi uma cena bonitinha, não acham?

Nota: 8,5


Californication (2.06) – Core Dick & The First Kick

Novembro 25, 2008

Californication é uma série com um enredo muito bom, não sei se sou eu, mas parece que aquela magia da 1ª temporada se perdeu um pouco, os episódios continuam bons, mas não consigo achá-los extraordinários, como o da temporada passada.

O episódio começa com o Hank tentando descobrir o que a mulher citada por Lew como, uma das melhores coisas que aconteceu na vida dele, tem de tão especial. Acredito que eles devem ter tido uma relação muito forte, e que provavelmente o Lew tenha ferrado tudo com ela, afinal o modo de vida dele é meio doentia, ela de alguma forma nega que o conhece ou que ele tem alguma importância pra ela,.

Charlie se vê numa situação não muito agradável, após investir 100 mil dólares num filme com um sucesso no mínimo “incerto”, só para ajudar a cliente de sua mulher, Daisy, que é simplesmente, uma atriz pornô frustrada por nunca ter seu trabalho reconhecido e sempre fazer papéis “secundários”. Daisy se assusta com a oportunidade que lhe é dada, mas Runkle consegue fazê-la enxergar, que ela tem importância e que ela é boa no que faz. De quebra Runkle ainda consegue transar com ela, com o consentimento de sua mulher, só para conseguirem terminar o filme. Será que o filme vai dar certo?

Hank após flagrar o Julian transando com outra mulher pensou que poderia desmascará-lo, mas infelizmente o improvável aconteceu, e ele descobre que eles realmente tem um relacionamento aberto. Seu relacionamento com Karen ainda é bastante conturbado, e ele ainda não tomou uma posição definitiva em relação ao filho que pode ser dele. Conhecendo bem o Hank, qual será sua atitude em relação a isso?

Nota: 7,0

Eu, Marco, agradeço ao Caio por estar a escrever os reviews de Californication que estavam atrasados.