Battlestar Galactica (4.10) – Revelations

snapshot200812302222011

Crew of Galactica, people of the fleet, this is Admiral Adama.
Three years ago, I promised to lead you to a new home.
We’ve endured a difficult journey.
We’ve all lost, we’ve all suffered, and the truth is I questioned whether this day would ever come.
But today, our journey is at an end.
We have arrived, at Earth.

Euforia. Revolta. Felicidade. Tristeza. Desilusão. Sonhos. Realidade. Perda. Amor. Luta. Consciência. Ao ver este episódio de Battlestar Galactica, tenho a sensação de que isto é do melhor que se faz em televisão. Eu queria tanto chegar à parte de fazer este review e agora faltam-me as palavras. Não sei por onde começar, não sei o que dizer primeiro e muito menos expressar-me. Foi tudo tão perfeito que não me importava de ter isto estendido por uma hora e meia (talvez até fosse melhor).

Ainda com os Cylons, Roslin e o resto do pessoal que está com ela tem a confirmação de que apenas quatro estão na frota. Por onde anda o quinto Cylon? Várias teorias podem ser válidas, como o facto de ele estar na Terra, ou ser uma das pessoas que estava com ela quando ela fez a revelação ou ainda ser alguém morto que pode voltar (Ellen? Billy? Cally?). Uma pergunta que só vai ser respondida a partir daqui a pouco mais de duas semanas (já falta tão pouco!). Para mim, o último Cylon está na Terra e foi ele o responsável por toda esta viagem desde há três anos atrás, uma espécie de Deus.

Mas as revelações, tal como o nome do episódio indica, não ficaram por aqui. Com a ida de D’Anna a Galactica, a tripulação descobre quem são os quatro que viviam em segredo. A revelação é feita por Tigh, aquele que é o Cylon que mais sofreu por ser desta natureza. A revolta que Bill sente ao descobrir a verdade sobre o seu melhor amigo é interpretada de tal grandiosidade que nos faz perceber que há poucos actores como Edward James Olmos e personagens como Bill Adama. Simplesmente sensacional!

Para quem as palavras estavam custosas de sair, isto já vai meio grande e ainda tenho tanta coisa para dizer (talvez não seja assim tanta). Por exemplo, a grande dedicação e inteligência das acções de Lee como presidente das doze colónias. As suas decisões, apesar de serem bastante pesarosas para ele, foram as mais correctas (no contexto do ser humano que odeia aqueles que acabaram com a maior parte da sua raça – os cylons). Mas os três cylons que ainda estavam em Galactica não foram mortos e porquê: porque eles encontraram a Terra.

snapshot20081231012815Sim, aquilo que eles tanto procuraram, lutaram, imaginaram estava prestes a estar diante dos olhos de todos os humanos e cylons. Mas antes disso, foi feito um acordo de paz entre as duas raças. Primeiro temos a euforia. Todo aquele sentimento de felicidade extrema rondava a tripulação. Esta é uma das cenas que guardo com mais carinho no meu TOP, por uma simples razão: pelo o que estava para chegar. Quando finalmente aparece a Terra, a desilusão nos personagens é evidente. Aí chegamos a uma das melhores cenas da televisão americana, um dos maiores cliffhangers de 2008 (senão o maior, ultrapassando Lost).

Sabem aquelas cenas em que nem 1.000, nem 10.000, nem 100.000 podem descrever? Que só vendo os olhares, as reacções, a tristeza estampada no rosto daqueles que sempre sonharam por aquele lugar é que podemos realmente sentir aquilo que acabamos de ver? Que nem tudo está ao nosso alcance e que finais felizes podem não durar para sempre? Agora vamos imaginar ser alguém da Galactica. Como reagíamos ao saber o que a Terra, a terra-prometida, é a pior das desilusões? Fantástico! Fabuloso! Inesquecível! O que aconteceu com a Terra só no dia 16 de Janeiro é que vamos saber. Mas de uma coisa eu tenho a certeza: desilusão, só por parte da Galactica, porque eu estou abismado com o crescimento constante desta temporada.

Nota: 10

Anúncios

0 Responses to Battlestar Galactica (4.10) – Revelations

  1. DMM diz:

    sinceramente acho que este episódio deverá estar entre os 3 melhores episódios de uma série que já vi

    não te esqueças que apenas estavam 4 cylons na frota galactica, o outro poderia estar na nave dos cylons e não apenas morto!

  2. Tiago Duarte diz:

    Eu acho que o cylon final é uma personagem muito conhecida, quando penso nisso, o nome que me vem a cabeça e laura Roslin, mas nao sei, prefiro nao entrar neste tipo de questoes

  3. DMM diz:

    para mim ou é o Balter(o meu personagem favorito da série), o Adama ou a Roslin!
    pois estes estavam na nave cylon quando disseram que estavam 4 cylons na galactica!

  4. Marco diz:

    se for alguem q estava na baseship dos cylons, eu aposto na roslin tambem, o q poderia explicar o facto de ela se ter curado uma vez com as celulas cylons. pelo q eu me lembro, mais ninguem foi testado e curado.

    cumpz

  5. syrin diz:

    Uma série brilhante, com um banda sonora de sonho e personagens que tão cedo não irão regressar. Faltam 17 dias… can’t wait! 😀

    (PS – Marco, já viste os webisódios todos? Vi ontem o último, e é excelente!)

  6. Marco diz:

    Ainda não syrin, só até ao 5. Tou inquieto para descobrir quem é o assassino. tava a espera de legendas mas acho q vou ver sem as mesmas.

    cumpz

  7. Gabriel diz:

    Feliz 2009 Marco…
    Muitas felicidades, e que tenhamos mais séries neste ano…
    Abraços…

  8. Vinicius diz:

    Falar que foi um cliffhanger melhor que Lost é puro exagero pra mim. NENHUMA série me faz sentir o que eu sinto quando vejo Lost, é inexplicável.
    Mas concordo que a ultima cena foi fantastica. E o ultimo Cylon, ou tá na terra ou é o Gaius, ele é o escolhido !!

  9. Marcia diz:

    Esse episódio foi maravilhoso. A chegada na Terra, a descoberta dos Cylons… a única coisa de que n gostei mesmo foi o argumento ridículo da D’anna de querer apenas 4 Cylons… e o quinto? Ela falou que o quinto n estava na fleet… c eu n me engano, mas é lógico que isso é mentira dela… foi bem idiota ao meu ver, n sei que plano ela está tramando, mas segurar a identidade do quinto cylon me pareceu mais um planos dos roteiristas que n queriam entregar os mistérios da história todas antes do hiatus…

    Depois q eu voltar de viagem verei os episódios 11, 12, 13 e 14… aí estarei junto com a transmissão americana! o/

    PS.: Já vi The Face of the Enemy, e achei muito, mas muuuuuito chato… os únicos webisódios interessantes foram aqueles sobre o Bill Adama.

  10. Simplesmente perfeito…desde o princípio até ao fim o episódio encheu-me as medidas e deixou-me colado ao PC…E agora faltam 4 episódios para começar a acompanhar semana a semana…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: