Gossip Girl (2.15) – Gone With the Will

gg215Ual! Que episódio bombástico esse de Gossip Girl. Eu diria que foi o melhor episódio da temporada para mim. Primeiro tivemos Jack Bass, tio e tutor de Chuck, mostrando suas verdadeiras intenções de roubar a presidência das Indústrias Chuck de seu sobrinho, ao armar toda uma situação em que ele parecesse um galinha irresponsável na frente da diretoria da indústria, usando também Blair como parte de seu plano – bem, funcionou. É claro que Chuck teve sua parcela de culpa, mas não é sempre assim em Gossip Girl? Sempre alguém age na inocência e é enganado por outra pessoa, o divertido do episódio foi ver que os que foram traídos aqui foi o casal que mais prega peças em outras pessoas: Chuck e Blair. É uma pena que Blair tenha desistido de Chuck ao fim do episódio, mas eu duvido que dure muito, os dois foram definitivamente feitos um para o outro e, além do mais, eles precisam armar um plano para tirar Jack Bass da presidência da empresa.

No outro núcleo do episódio tivemos mais revelações bombásticas vindo à tona. Nelly tem se mostrado uma fiel seguidora de Blair! Não é que a ingênua CDF do início da temporada conseguiu roubar o celular de Dan e finalmente descobrir o segredo que ele vinha escondendo de Serena? Convenhamos, Vanessa foi muito estúpida ao mandar uma mensagem de texto comentando sobre o segredo sem nenhuma sutileza, mas é para isso que Vanessa está aí: sempre para estragar tudo – sim, eu detesto essa personagem. A ousadia de Penélope de mandar tudo para a Gossip Girl também foi chocante: certamente foi a fofoca mais séria e bombástica que eu já vi a Gossip Girl publicar. Mas no fim ocorreu tudo bem. O interessante foi notar as diferentes reações dos personagens: enquanto Dan e Serena ficaram mais preocupados, principalmente achando super esquisito um relacionamento entre os dois ser possível após essa revelação; Jenny e Eric – que é sempre ótimo de ver em cena – reagiram totalmente bem, e adoraram a idéia de serem tipo “irmãos”.

A única parte do episódio que foi chata e previsível foi a envolvendo Rufus e Lily. Oras, não estava óbvio que o pai do menino adotivo tinha inventado toda aquela história? Até porque como telespectadores sabemos que seria ridículo introduzir um personagem na trama apenas para matá-lo na semana seguinte – isso são as minhas únicas críticas com relação a Lost, por exemplo. Mas terminamos o episódio vendo uma luz no fim do túnel: parece que ambos finalmente vão assumir seu relacionamento, e isso nos poupará horas de cenas desnecessárias entre os dois em que tentam disfarçar e fugir de seus próprios sentimentos, como temos visto desde a estréia de Gossip Girl. Quanto a Nate, pelo menos ele apareceu nesse episódio, mas se for para vê-lo figurando por Nova York o resto da temporada prefiro que ele saia da série, é triste ver um personagem bom como ele ser desperdiçado dessa maneira. Outra coisa interessante é que Georgina foi citada no blog de Gossip Girl, será um aperitivo que anuncia o retorno da moça? Sabemos que a atriz irá participar novamente da série nessa temporada, só não sabemos em que episódio, mais surpresas bombásticas estarão nos esperando semana que vem?

Nota: 9,5

0 Responses to Gossip Girl (2.15) – Gone With the Will

  1. Solimar diz:

    Gostei muito do episódio e vibrei com a cena final quando Lily pega na mão do Rufus na frente dos filhos, assumindo o romance de uma vez!!

    P.S.: O Nate é um personagem bom??? Aonde???
    Ele e a Vanessa deveriam morrer de forma bem trágica…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: