Lost (5.03) – Jughead

snapshot20090129152612

Definitivamente, essa será a melhor temporada de Lost até agora. E digo isso, mesmo antes de ver os restantes 14 episódios, por uma simples razão: Evangeline Lilly (Kate) diz que a primeira parte da quinta temporada é mais fraca a comparar com a segunda. Se estes três episódios já são excelentes (já houve melhores, eu sei), imaginem o que vem por aí. Vai ser algo mesmo de extraordinário! Esperemos que sim, pois Lost é, para mim, a melhor série de televisão da actualidade. Desde a primeira temporada que o foi, e até agora continua a o ser.

Jughead tem um dos melhores inícios de episódios de sempre da série. Há dois anos atrás dos acontecimentos actuais dos Oceanic 6, Penny tem um filho a quem lhe chamam Charlie. Muito bonita essa homenagem a uma das personagens responsáveis pela união do casal nesse momento, que nos últimos segundos de vida tentou, e conseguiu, a muito custo, salvar a vida de muitos sobreviventes do voo 815 da Oceanic. A cena do parto foi muito realista e é sempre bom ter episódios centrados no Desmond, pela sua peculiaridade, emoção e confrontos.

eeb03065e5374625087391f49e78f6caDeterminado a achar a mãe de Faraday, Desmond vai a Oxford mas lá não encontra registos dele. Nota-se mesmo que a série está a caminhar para o final, pois se isso nas primeiras temporadas era considerado um mistério, agora é respondido cinco minutos depois numa simples conversa. A sua ‘investigação’ deva-o à pessoa que ele mais odeia, o seu sogro, Charles Widmore. Este diz ao genro, lembrando-se das ameaças de Benjamin Linus, para proteger Penny.

Ora se a mãe de Faraday é a Mrs. Hawking, o perigo espreita na família Hume, pois tivemos a confirmação no final do episódio passado que Benjamin Linus trabalha para a tal misteriosa mulher. Resta agora saber como vai ser o encontro dos dois, depois de Penny apoiar o marido nessa sua viagem. Será que Ben vai usar a morte de Penny para fazer Desmond voltar ou o contrário, ou seja, vai manter Penny viva até que Desmond volte para o lugar de onde conseguiu sair há três anos atrás?

Por falar em Widmore, temos a fantástica descoberta que ele era um dos Outros, grupo chefiado por Richard Alpert. Sabe-se que os Outros são um grupo que é composto por alguns membros supostos da Dharma (supostos porque estavam infiltrados) e pelos Hostis, aqueles que são os habitantes originais da ilha. Em 1954, ainda não tinha sido criada a Dharma, por isso aquelas pessoas que conhecemos neste episódio são apenas habitantes da ilha.

Agora aquela conversa de Charles e Ben no final do episódio 4.09 faz muito mais sentido (‘A ilha já foi minha’ – Charles Widmore), principalmente depois de Alpert dizer que o líder dos Outros tem de ser uma pessoa nova. Se daqui a dois anos, em 1956, Alpert vai visitar Locke no seu nascimento (como eu já disse, tudo começa a fazer bastante sentido), quem o deve substituir é Widmore, pois é uma das pessoas que possui essa característica (ser nova).

3dc3610e71f40ae1386559b7c19d0c90Só que quando Ben foi para a ilha aos 10 anos de idade e começou a se interessar por este modo de vida, conseguiu o lugar de Líder, que antes pertencia a Widmore, indirectamente, pois nessa altura esse já estava fora da ilha, com o regresso de Alpert. Esses últimos dois parágrafos são apenas uma teoria e não spoilers confirmados. Nunca fui muito bom a teorizar, mas até que a primeira parte (das datas 1956…) até faz muito sentido.

Por fim, devo dizer que não gostei muito da história de Jughead, não o episódio, mas sim a bomba. Pareceu-me que serviu mais para entreter o personagem interpretado por Jeremy Davies, Faraday, e para este arranjar uma desculpa para declarar o seu amor por Charlotte. Também não tivemos Oceanic 6 nesta semana e devo dizer que não senti muita falta deles. Acho que se fosse o contrário, episódio dedicado aos seis da Oceanic e nada sobre a ilha, seria muito mais aborrecido.

Pelo alvoraço que estava a ser feito por este Jughead, confesso que esperava mais, mas mesmo assim temos um grande episódio de Lost. Desci quatro décimas em cada um dos episódios anteriores porque acho que a saudade deixou-me levar e visto que isso melhora a cada dia, não tenho escala para mais de 10. Temos de ser justo e admito o meu erro, pois não pensei que Lost melhora sempre ao longo que a temporada avança. Enfim, erro corrigido e que venham mais episódio, porque 45 minutos por semana ninguém merece.

Nota: 9,3

Advertisements

0 respostas a Lost (5.03) – Jughead

  1. gonca26 diz:

    É por isto que Desmond é o meu personagem favorito.

  2. Davi diz:

    É por isso que eu so leio review de lost aqui, valeuu Marco!! Foi muito interessante você ter mencionado a conversa do Ben e do Widmore do episódio 4.9(na qual eu nem me lembrava) até voltei lá para ver denovo, e o Ben diz, “você vai se arrepender de ter mudado as regras”. o que será que ele quis dizer com isso?!…
    Ainda bem que não apareceu os oceanic six, tava cansado dessa história já. Por isso que eu achei esse o melhor episódio da quinta. Essa da bomba foi complicada tbm, pelo jeito, ela não é uma bomba de H…como diz o Faraday em uma parte do episódio. Uma das partes que mais me espantou foi o Lock de cara a cara com o Widmore kid..hehehe…muito foda..Esse episódio foi tão bom que merece um 9,9!
    Concordo plenamente contigo, 45 min é muito pouco! 😦 … Mais ansioso do que nunca pra ver o próximo episódio.

  3. Tb gostei do episodio de lost centrado em desmond, realmente concordo cng Marco não senti mt falta do ocenic 6

  4. Uma coisa que acabei de lembrar ao rever algumas cenas do episódio centrado em Ben na terceira temporada, aquele em que o Outros acabam com a Dharma, é que aquele gás (hidrogénio) que tava na Jughead pode ter sido o mesmo que foi utilizado para extinguir a Dharma Initiative. O que acham?

    Cumpz

  5. Um episódio cheio de revelações para a melhor série da actualidade. E estou a espera que chegue a próxima quinta.

  6. Marcia diz:

    Nossa Marco, n tinha pensado sobre esse gás, mar agora que você falou, é bem provável.

    Mas quanto ao episódio em si, foi bacana pois nos esclareceu mais quanto as estranhas visitas de Richard à criança Locke, além de finalmente confirmar o que muitos suspeitavam: que Widmore esteve na ilha antes.

    Porém foi isso, o resto do episódio inteiro foi um pouco chato, sem muita ação ou textos que realmente interessassem… a história inteira da bomba foi péssima, para mim também vejo como um pretexto para fazer Faraday se declarar para Charlotte.

    A única coisa difícil de engolir é que John Locke tem 48 anos na história, sendo o ator tem 57 e o pior, aparenta ter 57. 😄

  7. rafa diz:

    episódios centrados no Des sempre são os melhores

  8. Eu adorei este episódio! E concordo com você que esta temporada tem tudo para ser uma das melhores até agora. Para mim, o melhor momento foi o encontro de Locke com Richard Alpert. Os dois personagens estão entre os mais interessantes do seriado, e os atores os interpretam com maestria.
    Até então, eu nunca havia entendido como o Richard sabia que havia algo interessante em Locke desde seu nascimento. Agora, tudo fez sentido.
    Quanto ao Widmore, foi ótimo vê-lo jovem, entre os “Outros”. A cara de surpresa de Locke ao vê-lo é ótima!

  9. LOSTboy diz:

    Lembrando também, se não me engano. Richard estava presente no nascimento do John, e não apenas no dia que fez ele escolher os objetos!!

  10. Matheus diz:

    Muito bom esse episódio.
    Mas o que me deixou brabo foi que o pessoal da cidade não apareceu. 😦
    E o que eu quero saber é quando que eles voltarão para ilha? Se continuar nesse ritimo… eu acho que vai ser só na Season Finale!

  11. Na season finale nao vai ser de certeza. Os produtores nao iriam fazer isso. Eu acho que deve ser lá para o meio da temporada.

    cumpz

  12. Lucas diz:

    Nossa MARCOO. eu tb nao vi o episodio por esse lado!
    Achei o episódio um pouco fraco e continuo na opiniao que a temporada está confusa até entãoo! Tenho certeza que as coisas ainda vao melhorar mais pra frente, mas por enquanto acho que não começaram…

    Mas o que não posso discordar é que esse episodio trouxe algumas coisas que são muito importantes para a história da série! Algumas excelentes descobertas!

  13. regismoura diz:

    Episódio muito bom, alguns misterios quase revelados, confesso que to com saudades de ver Sayid, Hurley, Ben e Desmond na ilha.

  14. J.J. diz:

    Não dá mais pra ficar sem Lost. Eu como fã digo que estarei com lost até o fim. Não importa que venha pessoas e falem que Lost nao presta. Coitadas …..
    xDDDD

  15. anonimo diz:

    so tem 3 motivos pra nao curtir lost
    1 vc é burro
    2 vc nao tem senso de qualidade
    3 ja virou fã de outra serie e nao admite q lost é bem melhor
    ssdasdfvgh 57852752
    lost é a melhor wsschnnj

  16. Manola diz:

    Ótimo episódio, esta temporada está se mostrando muito boa até o momento. E eu também gosto muito do Desmond, pois ele é muito intenso em sua interpretação.

  17. LostBoy diz:

    Pow.. não sei o que me deu.. mas quis trazer isso pra cá.. não sei se já falaram sobre isso.. mas eu nunca vi nada.. estava eu vendo blogs a toa.. eis que me deparo com um post a respeito de QI de pessoas mortas.. e vejam só a lista.. e comparem nomes e combinação de nomes..

    PESSOAS MORTAS

    1º sir Isaac Newton – QI de 190 pontos
    2º Voltaire – QI de 190 pontos
    3º Leonardo Da Vinci – QI de 180 pontos
    4º Michelangelo – QI de de 180 pontos
    5º Johannes Kepler – QI de 175 pontos
    6º Blaise Pascal – QI de 171 pontos
    7º Michael Faraday – QI de 170 pontos
    8º Antoine Lavoisier – QI de 170 pontos
    9º Lutero – QI de 170 pontos
    10º Galileu Galilei – QI de 165 pontos
    11º Johann Sebastian Bach – QI de 165 pontos
    12º Thomas Hobbes – QI de 165 pontos
    13º John Locke – QI de 165 pontos
    14º Ludwig van Beethoven – QI de 165 pontos
    15º Renè Descartes – QI de 162 pontos
    16º Albert Einstein – QI de 160 pontos
    17º Robert Boyle – QI de 160 pontos
    18º Benjamin Franklin – QI de 160 pontos
    19º Linus Pauling – QI de 156 pontos
    20º Rembrandt – QI de 155 pontos
    21º Miguel de Cervantes – QI de 155 pontos
    22º Charles Darwin – QI de de 153 pontos
    23º Wolfgang Amadeus Mozart – QI de 153 pontos
    24º Nicolau Copérnico – QI de 150 pontos
    25º Abrahan Lincoln – QI de 150 pontos
    26º Napoleão Bonaparte – QI de de 145 pontos
    27º George Washington – QI de 140 pontos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: