Lost (5.03) – Jughead

Janeiro 29, 2009

snapshot20090129152612

Definitivamente, essa será a melhor temporada de Lost até agora. E digo isso, mesmo antes de ver os restantes 14 episódios, por uma simples razão: Evangeline Lilly (Kate) diz que a primeira parte da quinta temporada é mais fraca a comparar com a segunda. Se estes três episódios já são excelentes (já houve melhores, eu sei), imaginem o que vem por aí. Vai ser algo mesmo de extraordinário! Esperemos que sim, pois Lost é, para mim, a melhor série de televisão da actualidade. Desde a primeira temporada que o foi, e até agora continua a o ser.

Jughead tem um dos melhores inícios de episódios de sempre da série. Há dois anos atrás dos acontecimentos actuais dos Oceanic 6, Penny tem um filho a quem lhe chamam Charlie. Muito bonita essa homenagem a uma das personagens responsáveis pela união do casal nesse momento, que nos últimos segundos de vida tentou, e conseguiu, a muito custo, salvar a vida de muitos sobreviventes do voo 815 da Oceanic. A cena do parto foi muito realista e é sempre bom ter episódios centrados no Desmond, pela sua peculiaridade, emoção e confrontos.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Leverage (1.07) – The Wedding Job

Janeiro 28, 2009

leverageUm ótimo episódio de Leverage, que vem mostrando que está tomando um bom rumo. Nesse episódio, o caso é sobre uma amiga de Sophie, e como consequência disso, temos um destaque nela, e principalmente em seu relacionamento mal resolvido com Nate, que resulta em ótimas cenas, como a do casamento. Esse foi sem duvidas um dos meus episódios preferidos de Leverage. Apesar de não ter tido uma grande resolução do plano, porque a maioria foi feito aos nossos olhos, ainda assim conseguiu me surpreender. Eu realmente achei que iriam apenas pegar o dinheiro, mas conseguiram ainda liberar o marido da mulher, que foi preso injustamente.

Mexer com a máfia é algo perigoso e grande, mas o caso desse episódio está longe de ser o que o torna interessante. Cada personagem teve seu toque de particularidade. Seja o Nate em cenas constrangedoras e cheias de indiretas com a Sophie, ou o Hardison no maior clima com a Parker, que até usa a desculpa de transar com ele para escapar.

Leia o resto deste artigo »


O Portal Comenta… 28 de Janeiro

Janeiro 28, 2009

portalcomenta2


Madagascar vira série de TV

Janeiro 27, 2009

penguins2

Skipper, Kowalski, Private e Rico são os quatro pinguins que viajantes de Madagascar (nos dois filmes). As versões cinematográficas contam com nomes conhecidos (Ben Stiller e Chris Rock por exemplo), mas não são eles que darão as vozes à série animada porque os protagonistas são os pinguins mencionados no início da notícia, e que estão na foto que a ilustra. Segundo o Poltrona.TV, esse é o mote principal da história:

De volta ao zoológico do Central Park, os quatro pinguins – que acreditam fazer parte de uma tropa de elite – embarcam em missões secretas por Nova Iorque (EUA) e precisam lidar com um novo vizinho: Julien, o rei dos lémures.

A série começa a 4 de Abril e já garantiu 52 episódios, divididos em duas temporadas com 26 cada. A produção e exibição fica a cargo do Nickelodeon dos Estados Unidos. Curiosos para ver?


Kyle XY (3.02) – Psychic Friend

Janeiro 27, 2009

snapshot200901241144404Após escrever o review da semana passada, achei que havia pegado muito pesado com o retorno de XY, porém vi que realmente não fui tão dura assim. A série voltou diferente, voltou sem uma grande trama ou um grande arco que complementasse a segunda temporada. Vemos um episódio sem muito ritmo e cansativo no qual Kyle, como já era de esperar após o sequestro de Amanda fica totalmente preocupado e meio neurótico com sua garota, atitudes nas quais a deixam bem irritada. É interessante ver a sempre boa moça e pacata( apelidos leves para não dizer chata) Amanda mostrar que tem sangue correndo nas veias quando é impulsionada a reagir. Durante a festa (aqueles Carnivals típicos dos americanos), eles acabam tendo sua grande briga séria, pois Kyle revela o sequestro na noite do baile. Assim por conselhos de Josh, ele decidi ir na vidente e ouvir o que essa tem a dizer.

Façam relações ao “Coelho Branco”, “Água” e “Alma Gêmea que precisa de você”, nesse momento pensei de cara na Jessi em vez da Amanda. Jessi está passando por mal momentos devido ao abandono de sua mãe e vemos o quão mãezona é a Nicole, pois esta a convida para morar na casa dos Tragger. Apesar de achar a Jessi estranha demais até para os padrões mais estranhos, acho que ela senti algo pelo Kyle que Amanda não senti por ele, a maneira com que ela o olha ao final, nunca achei que fosse admitir, mas é tocante e foi tão bonita quanto as cenas meigas e adoráveis do casal ternurinha. O fato de Jessi fazer tudo que Kyle pede a ela, mesmo estando sem condições e mesmo quando ele nem sequer percebe que ela que precisa mais dele.

Leia o resto deste artigo »


Flashpoint (2.03) – Fight or Flight

Janeiro 26, 2009

flashpoint-2031Inovar – tornar novo; mudar ou alterar as coisas, introduzindo-lhes novidades; renovar. Uma série que inova refaz-se, mas mantém a identidade. Uma série que inova não entra na monotonia, mas consegue desfazê-la. Uma série que inova é como algo que novo nasceu, uma Fénix que primeiro teve de passar pelo fogo antes de renascer. Uma Fénix que está pronta para voltar a voar. Foi tudo isto, e ainda noutras metáforas, que pensei ao ver o episódio de Flashpoint. Flashpoint teve uma primeira temporada, que como disse muitas vezes, muito boa. Teve os dois primeiros episódios um pouco mais fracos e este terceiro renasceu. Uma Fénix autêntica, pois teve um crescimento e maturação durante a primeira, teve de “morrer” durante os dois primeiros episódios da segunda para neste episódio renasce.

Mas o renascimento deve-se a uma mudança na série, uma inovação como foi dito em cima. E essa inovação foi introduzida por um caso mas sentimental, mais emotivo, se calhar o mais emotivo da série, mais pessoal. O episódio retrata dois casos em um. Começamos com a chegada de Danny ao centro de operações especiais. Danny foi um dos primeiros que fizeram parte deste grupo, e por isso é reconhecido por todos. Mas a equipa recebe uma chamada e precisa de sair. O caso que têm de tratar trata-se de uma ameaça de bomba num dos locais mais movimentados da cidade. A equipa, ao chegar, recebe uma chamada do centro a avisar que Danny estava com uma arma no centro. Danny barricou-se com um ficheiro, um caso passado. Este caso trata-se de uma negociação realizada por Danny, onde morre uma criança.

Leia o resto deste artigo »


Saudades de Heroes? Não? Olha que pelo trailer isso promete!

Janeiro 26, 2009

heroes_title_card_3Prometer, promete, vamos é lá ver se tal é cumprido. Eu também fiquei muito entusiasmado com o trailer de Villains e depois foi a desilusão que foi. Mas com a entrada de Bryan Fuller para a série, sem muitas personagens novas, uma história que até pode dar que falar e o regresso dos personagens às origens (Peter como enfermeiro, Mohinder como taxista, e por aí adiante), confesso que estou curioso para ver o que vai sair daí. Greg Grunberg, o Matt Parkman de Heroes, disse que o episódio 3.22 é simplesmente fabuloso! Ele também elogiou a volta do criador de Pushing Daisies como argumentista.