As coisas que eu gosto e odeio em… One Tree Hill

Fevereiro 28, 2009

untitled-1

Depois da boa aceitação que teve a primeira edição da rubrica que estreou no dia 20 de Janeiro com Lost, chega a vez de One Tree Hill ver destacados os seus melhores e piores momentos. Lembrando que esta é uma lista pessoal, mas que gostaria também de ver opiniões de outros fãs nos comentários. No final tem uma sondagem para eleger a próxima série a ver-se confrontada com ‘As coisas que eu gosto e odeio’ nela.

Melhores personagens:

  • Jamie Lucas Scott
  • Brooke Davis
  • Nathan Scott

Piores personagens:

  • Rachel Gatina
  • Cooper Lee
  • Fergie

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Supernatural regressa dia 12 de Março

Fevereiro 28, 2009

supernatural__castiel_by_maferDepois de uma pausa em Dezembro, Supernatural regressou no início do ano para quatro episódios sem qualquer desenvolvimento na história desta quarta temporada. Após a exibição de ‘Sex and Violence’, os irmãos Winchester tomaram mais umas férias mas estão prestes a regressar no dia 12 de Março, com o episódio ‘Death Takes a Holiday’. Pelo vídeo promocional que se segue, podemos adivinhar que será um episódio excelente! Depois de ver este vídeo fiquei mesmo entusiasmado para o regresso da série (só faltam duas semanas!).

He is doing God’s work!

E vocês, também estão curiosos para ver o que nos reserva os oito episódios restantes desta temporada? Lembrando que a série criada por Eric Kripke já foi renovada para uma quinta e última temporada, e que Jeffrey Dean Morgan gostaria de voltar para a mesma.


Battlestar Galactica (4.17) – Someone to Watch Over Me

Fevereiro 28, 2009

snapshot20090228150109Como é bom ter a velha e boa série Battlestar Galactica de volta. Depois de dois episódios maus, o drama de ficção científica volta com um episódio centrado em Starbuck, uma das minhas personagens favoritas. Só o início do mesmo, com toda aquela rotina dela, foi dos melhores inícios desta temporada, e não demorei muito para descobrir que os restantes 35 minutos também eram fabulosos. Faltam apenas três episódios para o grande e badalado final da série que conquistou a crítica americana e apenas alguns fãs de produtos televisivos.

No bar, ela conhece um pianista que, aparentemente, não tem nada a ver com ela. Mas ela engana-se quando percebe através de cada gesto e ensinamento do mesmo que se trata do seu pai, pois este é que lhe ensinou a tocar piano. E a música que ele lhe ensinou é a mesma que os quatro Cylons ouviram no final da terceira temporada! Restam dúvidas que o pai de Starbuck é o tal décimo terceiro Cylon perdido? Sendo assim, Starbuck é uma meia Cylon (assim como Hera) e talvez seja por isso que as duas são tão especiais.

Leia o resto deste artigo »


Lost (5.07) – The Life and Death of Jeremy Bentham

Fevereiro 27, 2009

snapshot20090227230156

A vida é feita de conselhos. A minha vida é muito melhor com Lost. A tua, se és fã da série, talvez necessite de algumas recomendações…

Conselho n.º 1: Não criar expectativas pelo título

A vida e a morte de Jeremy Bentham foi pouco surpreendente e isso deveu tudo a culpa minha. Não, não li spoilers do episódio (apenas vi os vídeos promocionais), mas só o nome do mesmo já dava para criar uma certa expectativa. E esse foi exactamente o meu problema: a criação de um sentimento elevado que este seria, simplesmente, o melhor episódio da temporada. Infelizmente, não o foi, acabando por ser, para mim, um dos piores dos sete exibidos.

Conselho n.º 2: Saber que Lost tem os seus momentos aborrecidos

Sim, eu achei uma parte deste episódio chata. E essa parte é quando John Locke conversa com os Oceanic 6. A conversa com Sayid foi a pior de todas, assemelhando-se muito com a da Kate. Com o Jack, a conversa já foi mais interessante quando metemos o pai deste, Christian Shepard, ao barulho. Foi assim que começaram as suas viagens que vimos no final da terceira temporada. A conversa com o Hurley e com o Walt, bem… isso fica mais para a frente.

Conselho n.º 3: Os mortos não fazem mal, mas sim os vivos

Pelo menos é isso que pensa o Hurley quando Locke o visita. A situação foi engraçadíssima e muito paradoxal. Se todos os humanos se assustariam ao ver um morto conhecido à frente deles, o Hurley assustasse quando acontece o contrário. Ele continua a ser uma das personagens que faz Lost valer ainda mais a pena. Tenho saudades das cenas dele com o Charlie, que eram do mais divertido que existia na série. Infelizmente este morreu, mas ainda anda vagueando pelo centro de psiquiatria.

Leia o resto deste artigo »


Bones (4.15) – The Princess and the Pear

Fevereiro 27, 2009

bones-415Só agora é que entendi a atitude dos argumentistas de Bones. Começou com Zach, segue-se com Booth. O que os argumentistas estão a fazer é colocar sangue novo na série, fazer as pessoas pensar quem será o próximo a substituir Zach, partindo de uma lista fixa. Depois temos a chegada da Perotta para deixar o melhor actor da série, David Boreanaz, a descansar. O homem merece, eu percebo, mas Bones sem Booth sabe a pouco (e sabe mal). Isto faz com que nós, espectadores, fiquemos a espera do próximo episódio, pelo menos para ver quem será o próximo a fazer as vezes de Zach.

De resto, temos um episódio que me faz voltar, no princípio, a Merlin. O episódio foi muito bem construído, apesar de ser mais do mesmo. Todos os episódios tratam de coisas diferentes, mas vêm todos do mesmo cesto. Claro que o que me consegue prender a série ainda são as infantilidades de Sweets, a ignorância de Bones e o relacionamento de Booth com Brennan. Pouco mais. Prendia se “ressuscitassem” (termo muito actual, por estes dias) o pai de Bones, trouxessem umas pitadas de Zach e um caso que dure, pelo menos, dois episódios (para ver se isto fica melhor). O caso até foi interessante, pois recordou-me vários filmes que vi, mas não é aquela coisa que já deu para ver em Bones. Bones fica com uma última oportunidade, pois se o próximo não arrebentar com a escala, deixo-a parada, e volto no final da temporada para a apreciação global.

Nota: 7,8


The Simpsons e Survivor duplamente renovadas

Fevereiro 27, 2009

simpsons-wallpaperDois dos programas com mais temporadas nos Estados Unidos foram renovados para não uma, mas sim duas novas temporadas, totalizando 22. Começando pela série animada da FOX, que conta a história de uma família amarela conhecida pelos Simpsons, a emissora decidiu pedir mais 44 episódios, ou seja, duas temporadas, totalizando assim 493. Tendo já tido ultrapassado o recorde de Flinstones como a série animada com mais episódio de sempre e acabou de bater o recorde de Gunsmoke (1955-1975) como a série mais longa até hoje.

Por outro lado, um dos reality shows mais populares mundialmente – Survivor – também ganha mais duas temporadas. Actualmente na décima oitava temporada (que eu estou completamente viciado a acompanhar, assim como The Amazing Race), Survivor continua a ter uma audiência bastante boa. Assim, os dois novos ciclos vão ao ar na próxima temporada (um na fall season e outro na midseason), comemorando 10 anos de exibição e 20 ciclos.


O Portal Comenta… 27 de Fevereiro

Fevereiro 27, 2009

Aonde está escrito “reviews”, leia “comentários”. E em The Office, aonde diz “Fora isso”, leia “Também” e aonde diz “uma taque cardíaco”, leia “um ataque cardíaco”.

Dessa vez tenho fé que o post não vai sumir do nada. 

Leia o resto deste artigo »