Kyle XY (3.07) – Chemistry

Março 7, 2009

snapshot20090305003925 Após uma intensa declaração de amor, descobrimos como Kyle reage em relação aos sentimentos de Jessi. Numa cena um tanto cómica, vemos Jessi pedindo conselhos para Lori e Kyle conversando com Declan sobre o mesmo assunto. Por mais puro e bonzinho que o “Mr. Brightside Blue Eyes” seja, ele reagiu da mesma forma que qualquer garoto, dizendo a Jessi que a via como amiga. Todos sabemos que preferimos ser insultadas ao ter que escutar essa palavra. Recebendo conselhos da Mestra Jedi Lori, Jessi Padawan retira tudo que disse a Kyle, alegando que estava num momento de insanidade e confusão. Todos sabem que Jessi é totalmente instável e volátil em suas atitudes, porém a pedidos do XY, Cassidy resolve dar uma chance e a aceita no grupo dos gênios.

O casal X recebe a tarefa de criar um tema para a festa da Latnok. Festa? Onde estão os caras maus e seus projetos estranhos? O tema da festa surge num momento de ciúmes, que por sinal deixou Kyle adoravelmente apaixonante. Colar de compatibilidade de DNA?! São as cores que determinarão sua cara metade. Tudo isto como plano de fundo para comprovar que Amanda não é compatível à Nate. As vezes, me pergunto de onde veem tanta criatividade! Assim, Kyle “rouba” o DNA dos dois para testá-los. Resultado: Cores diferentes, argh! Nunca posso deixar de comentar sobre meu casal favorito e as consequências que ele terão que enfrentar devido a péssima de Andy no último episódio, restando saber como isto afetará o relacionamento dos dois. Adoro o jeito da Andy, surpreendente quando ela cruelmente fingiu ser o Josh e marcou um encontro para ele pela internet. Por outro lado, nossa “Padawan Apaixonada”, segui os três passos de sua Mestra Jedi e como já era de se esperar, neutraliza tudo mesmo, trocando os colares de Amanda, para que esta seja compatível com Nate. Estava demorando muito para Cassidy mostrar suas garras e não demorou para Kyle descobrir um esconderijo dentro de seu escritório, no qual ele esconde o anel que Adam deu a Sarah.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Nip/Tuck – Quinta Temporada (2007/09)

Março 7, 2009

niptuck

Existem séries que quando olhamos para o que ela já foi e o que é agora, ficamos bem agradados com o seu crescimento, como por exemplo Pushing Daisies, Supernatural e Smallville. Outras como Heroes, Terminator: The Sarah Connor Chronicles e Desperate Housewives têm a reacção contrária em mim. Em que lista se encaixa a quinta temporada de Nip/Tuck? Sem sobras de dúvida que na segunda.

Tenho pena de ver no que a série se tornou. A primeira temporada foi mesmo algo de extraordinário e a segunda foi simplesmente perfeita, a terceira foi agradável e a quarta suportável, mas esta quinta substitui o bom drama pelo choque barato. Se anteriormente tínhamos os dois protagonistas com dramas mesmo poderosos, com um relacionamento excelente com os paciente, agora temos duas personagens fúteis, gastas e estragadas.

Christian não passa mais do mesmo: encontra uma mulher, vai para a cama com ela, uma outra mulher encontra eles dois, outras vezes nem por isso, e coisas do género. Antes o Christian era uma personagem sofrida por causa de diversos factores como a violação que teve quando criança, e agora é simplesmente desprezível. Não se encontra nenhum tipo de evolução nesta personagem a não ser quando este descobre que tem cancro da mamã e começa a sua deplorável relação com Liz.

Leia o resto deste artigo »