Flashpoint (2.05) – Business as Usual

Março 8, 2009

flashpoint-205Depois de uma paragem, Flashpoint regressa a caixinha mágica. E o regresso trouxe-nos mais um episódio cheio de adrenalina, um episódio à Flashpoint. Primeiro devido a divisão/junção dos casos, depois a excelente narrativa dos acontecimentos. Como sempre, após a excelente montagem, o caso começa a se desenrolar. E do que se trata este. Trata-se de um accionista sem escrúpulos, que não se preocupa com quem de tem de atirar a baixo para conseguir os seus objectivos. E os lesados, neste caso, são três trabalhadores, que a custa da ganância do accionista, ficaram sem casa. Claro que a vingança foi jurada, por isso decidem que o preço a pagar é pedir desculpas publicamente.

Mas o accionista não quer descer, por isso dois deles vão buscar ao escritório e outro fica em frente as câmaras. O caso vai se desenrolando brilhantemente, sem deixar perceber nada do que ocorreria no final. E Flashpoint também não é daquelas séries que sempre acaba bem. É mais um pormenor que me deixa preso ao ecrã. De resto, temos Jules “lesionada” e a chegada de uma substituta. Problemas para Jules? Parece que sim, e até Sam, no final, parece reconhecer que a vida de Jules não será fácil. Foi um episódio bom de Flashpoint. Fica-se com algo no ar para os próximos, e é isto que prende os fãs à série.

Nota: 8,4


Lie to Me (1.05) – Unchained

Março 8, 2009

lie-to-me-105Eu sempre vi Lie to Me como uma série que poderia vir a revolucionar os famosos procedurals. Lie to Me é um dos (poucos) procedurals que não necessita de um homicídio para fazer um episódio. Resta ter um pouco de imaginação para se conseguir arranjar algo que não envolva menos uma pessoa na face da Terra. Este episódio foi um somatório dos dois. Temos um homicídio e temos, noutro caso, a salvação de uma pessoa a morte. Primeira consideração: os argumentistas podiam ver que o melhor episódio foi quando reuniram a equipa. Acho que alguma coisa teve a ver.

O episódio reflectiu-se principalmente na mudança de atitude (e na falta dela). Começando pelo caso secundário (muito desaproveitada está a equipa composta por Dr.Gillian e Eli. Parece que os patinhos feios ainda não merecem nadar no lago interessante, ficando para segundo plano). O caso não foi mais que um misto de racismo e amor (o principal catalisador de homicídios). Foi mais interessante que o principal, pois tem sempre aquele suspense de ver quem é que é o homicida, mas cansa ver estes casos, quando a série ainda está na sua fase embrionária, e que quer se manter viva. Segunda consideração: e o marido de Gillian? Onde é que ele anda?

Leia o resto deste artigo »


O Portal Comenta… 8 de Março

Março 8, 2009

portalcomenta5

Leia o resto deste artigo »


Battlestar Galactica (4.18) – Islanded in a Stream of Stars

Março 8, 2009

snapshot20090308144738

Quem vê Battlestar Galactica sabe que a série não é de ficção científica. Quer dizer, até pode ser, mas não tanto como o bom drama que o transmite. Foi esse factor que me fez gostar tanto desta maravilha que, segundo os críticos, está em conjunto com Lost e 24 nas melhores séries da década de 2000. Antes de ir ver qualquer episódio, dou uma passagem rápida pelo TV.com para ver a nota que está lá e quando vejo um simples 8.9, a minha expectativa baixou abruptamente. E isso não é, necessariamente, mau…

E por que não? Ao ver este ‘Islanded in a Stream of Stars’ a sensação que tive foi de 40 minutos de grandes actuações, montagens de cena e um guião simplesmente fabuloso. A série remeteu-nos nesse antepenúltimo episódio para o sentimentalismo dos personagens como já não víamos há muitas semanas atrás, onde os homens choram e as mulheres estão à beira da morte. Com uma banda sonora que nunca se torna gasta, por mais que repetidas sejam algumas músicas (como ‘Roslin and Adama’), Bear McCreary dá um toque ainda mais emotivo às cenas.

Como seria de esperar, os dois temas principais a serem tratados neste episódio são a destruição de Galactica e o rapto de Hera (criança essa que parece crescer de um momento para o outro). Começando pelo desaparecimento dela, vemos para onde Boomer a leva e a expressão desta ao ver Hera a pedir-lhe ajuda, já com Cavil, dá-nos a impressão que a personagem vai ter a sua redenção final. Eu acho que Boomer vai dizer a Galactica onde está a Hera (atenção que eu não leio spoilers e isso é pura especulação), mas acabará por ser morta depois de tudo o que fez.

Leia o resto deste artigo »


Passatempo 'Viaja com a celebridade'!

Março 8, 2009

o_aviador_2Saudades de um passatempo? Chegou o dia de poderes ganhar mais um prémio oferecido pelo Portal de Séries. Mais uma vez, tenho um DVD do filme que ganhou cinco Óscares ‘O Aviador’ de Marton Scorsese e protagonizado por Leonardo DiCaprio. Para ganhar é simples, bastando responder à pergunta que se segue. A melhor resposta ganhará o filme e esta será escolhida por mim. Coloquem o e-mail verdadeiro de modo a poder contactar o vencedor que não pagará nada (incluindo os portes de envio). Apenas podem participar pessoas de Portugal e o passatempo está aberto até às 15h00 (GTM) de Domingo. Espero que participem e boa sorte a todos. Tenham criatividade!

SE TIVESSE UMA AVIONETA E PUDESSES VISITAR QUALQUER LUGAR DO MUNDO COM UMA PERSONALIDADE, QUAL SERIA ESSE LUGAR E ESTA CELEBRIDADE? PORQUÊ?

PASSATEMPO ENCERRADO!

E A VENCEDORA É A SANDRA COM A SEGUINTE RESPOSTA:

Eu, em nome da maioria dos portugueses, levaria o Sr. Engenheiro Sócrates para o infinito numa viagem de ida e volta para mim e uma só de ida para ele! :D

Em breve mais passatempos, fiquem atentos! A vencedora será contactada por e-mail nesta semana que se aproxima.