Brothers & Sisters (3.15) – Lost & Found

mailgooglecomEstou totalmente atrasada e em dívida nos meu reviews, mas estou aos poucos voltando aos eixos. Nora após receber a ligação de Ryan no último episódio, resolve viajar para conhecer o verdadeiro ilegítimo “R dos Walkers”, gerando um pouco de preocupação no Tio Saul, ainda mais que ela não revelou nada aos filhos. Se não conhecêssemos essa família tão bem, seria bem difícil prever quais serão as consequências dessa nova união. Após visitá-lo no café em que trabalha, tenta interagir com o rapaz de forma que não o deixe pressionado e confuso, o que é bem difícil, tratando-se de Nora Walker. Nostalgicamente mostra fotos de William e revela que mesmo seu verdadeiro pai ter sido um canalha traidor, ele não era totalmente ruim. E por fim compra uma passagem para que este  viaje com ela e passe um dia de Walker. Assustador até pra mim, só de imaginar este pobre garoto no meio do circo da Grande Família.

Becca após brigar com Justin, decidi viajar a New York e passar algum tempo com seu pai? Achei bem repentino isto, recorrer depois de milênios ao pai, ainda mais num momento que ela precisa esclarecer algumas coisas em sua cabeça, a respeito do plano de Tommy, que afetará totalmente seu futuro e o de sua mãe. Agora por que afastar-se da mãe e correr pro pai? Ainda mais agora que Holly está cada vez mais desconfiada do que Tommy está aprontando. Compreendo a situação e talvez seja isto que Becca realmente precise, alguém imparcial e deslocado de sua vida turbulenta. Interessante ver o retorno de Ken Olin, também direto da série, num momento crucial para desempenhar o pai de Becca. Super válida a bronca que ele dá na filha sobre sua súbita aparição e sobre o fato dela não saber o que quer, principalmente no que desrespeita ao seu papel como pai.

Kitty e Robert enfrentam problemas no casamento, desde a revelação de sua candidatura a governador da Califórnia. Para piorar ainda mais, Kitty revela detalhes particulares de seu marido durante sua entrevista para a Revista Times, gerando cada vez mais conflitos entre os dois. Kevin já havia previsto que ela faria algo parecido, pois agir calmamente como ela agiu não faz parte do perfil. Gostei e desgostei da personagem da Calista por um bom tempo, mas agora acredito que ela encontrou um eixo e finalmente desprendeu qualquer imagem que a marcava. O relacionamento dela com Robert, traz situações muito relevantes para a trama, pois são eles que mantêm mesmo que da forma deles, o relacionamento mais sério entre os Walkers, considerando também que Kevin e Scotty encontraram sua estabilidade, mas eless tem sido pouco explorados ultimamente, desde o momento que Kevin aceitou o cargo de diretor de comunicação de Robert. Mesmo com Robert reconhecendo que precisa dedicar-se mais a família e ao filho que está chegando, nada o impede de cancelar a publicação da entrevista de Kitty. Estabilidade definitivamente não consta no vocabulário deles. Algo realmente me surpreendeu: Brothers & Sisters terá um episódio especial de 2 horas, que aliás mesmo sem a ajuda de Desperate Housewives no domingo em que foi ao ar, rendeu bons números de audiência. Parabéns Walkers!

Nota: 8,0

Anúncios

0 Responses to Brothers & Sisters (3.15) – Lost & Found

  1. Matheus diz:

    Esse episódio não muuuito bom. Mas o especial de 2 horas é incrível! 😛

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: