Brothers & Sisters (3.18) – Taking Sides

snapshot20090316233516 Nada como um bom episódio para preencher lacunas, onde todas aquelas perguntas que deixei no ar no último review serão solucionadas agora. O casal vinte faz um pacto para não deixar seu relacionamento se abalar, porém o drama Harper’s X Walker’s está longe de ser solucionado. Nora que está totalmente no escuro em relação aos acontecimentos da Ojai Food, prepara ansiosamente um jantar para apresentar Ryan para seus filhos, porém nem consegui imaginar que seu filho Tommy está numa audiência sendo acusado de fraude. Acho incrível a naturalidade que ele encarra a situação, concordo parcialmente com seu desespero em recuperar o patrimônio da família e também com toda a pressão depositada sobre ele após a saída dos outros Walker da Ojai Foods, mas nada justifica a jogada sem limites que ele elaborou e como já diriam os sábios: Toda ação tem uma reação. Por consequências, Julia decidi expulsá-lo de casa após tamanha falta de honestidade com ela.

Holly por outro lado está sendo precionada a retirar as acusações contra Tommy para evitar que este seja preso, mas mesmo assim ele perderia todas as ações da Ojai e nunca mais poderia colocar os pés lá dentro. Seria uma solução similar ao que aconteceu com William Walker, mas ela reluta em fazê-lo. David tenta aconselhar, apelando para o fato de que ela mereça viver sua própria vida e não como uma sombra viva dos Walker. A própria Becca, mesmo relutante acaba pedindo para sua mãe evitar a acusão, pois teme que isto possa destruir seu relacionamento com Justin. Por outro lado Robert está de repouso após a cirurgia e recebe em casa a visita da ex-mulher e seus filhos, porém previsivelmente Kitty fica cautelosa para que ele descanse e não se esforçe tanto, deixando-o totalmente irritado. O grande dilema é contar a verdade para as crianças, que aliás veem a ser mais um grande momento de Rob Lowe na série, mostrando a carga dramática e o envolvimento total com a personagem. As revelações e o sofrimento que ele expõe a Kitty foram emocionantes e fazem pensar até quando ele suportará ficar nesses termos.

É impressão minha ou tudo gira em torno da mesa de jantar? Sem dúvida esse é o local favorito da família para uma tensa e cabulosa discussão, pois enfatizo muito a palavra tensa para esse último acontecimento. Nora ingenuamente conta com a colaboração de todos para impressionar de forma positiva o novo membro da família, aliás abro um sorriso enorme só de recordar a cena na qual Ryan aparece e todos “simpaticamente” dizem: “Hiiiiiiiiiiiiii”. Meio que escondido Ryan acaba escutando conversas sobre o processo que Tommy enfrenta na justiça e por ingenuidade acaba comentando com Nora, achando que esta já sabia. Nunca canso de elogiar a Sally Field e mais uma vez ela mostra que é o centro da série. Numa aclamada discussão com Tommy, ela o condena por agir exatamente como seu pai e  que isto gerou tremendo desgosto a ela no passado. Indiretamente ele acaba chamando a mãe de interesseira, o que resulta num merecido tapa na cara. Neste momento eu já estava chocada e quase deitada no chão de tamanho choque e intensidade das cenas. Tommy e Rebecca discutem, gerando uma reação apática e dividida em Justin. Também compreendo sua posição, mas é frustante ver que ele nem sequer esboça sinal de envolvimento com a situação, ele simplesmente se cala. Como diz o episódio, chegou o momento de escolher lados e isto fica claro após o rompimento dos dois. Achei um pouco extremado a atitude dela ao informar a mãe que podia seguir com o plano de “acabar” com o Tommy judicialmente, mas também consigo entendê-la com essa atitude. Sei que já me alonguei demais, porém vale ressaltar o diálogo final entre Saul e Nora, onde fica visível a franqueza e transparência que eles possuem um com o outro, ainda mais quando Saul a acusa de recusar a enxergar a verdade em determinados momentos. Assim Nora não poderia responder de forma mais coerente; ” I changed and my eyes are open now”.

Finalizando, gostaria de entender algumas coisas: A mudança e permanência de Ryan, assim como sua aproximação com Becca. Será que teremos agora uma espécie de triângulo incestuoso entre Justin, sua ex-irmã e agora atual ex-namorada e seu novo irmão? Como ficará o relacionamento de Nora e Tommy, considerando também qual seria o desfeixo para a persgonagem. Seria essa a deixa para o ator abandonar a série? Levando em consideração os boatos de que o ator não continuaria.


Nota: 9,3

Advertisements

0 respostas a Brothers & Sisters (3.18) – Taking Sides

  1. Matheus diz:

    Esse episódio foi muito bom. Gostei muito da cena em que Nora fala pro Saul: ”I changed and my eyes are open now”, que bom que você colocou essa frase no review, Mary.
    Na questão do relacionamento do Tommy com a Nora, eu acho que os dois personagens vão se acertar, duvido que o ator deixará série.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: