Gossip Girl (2.18) – The Age of Dissonance

blair-and-danAdorei a volta de Gossip Girl! Nesse ótimo episódio, vimos o fim das chatas histórias que cercavam os personagens Chuck e Blair, mostradas no último episódio antes do hiatus, e com isso, o melhor: a história avançou para caminhos inesperados, e quase foi parar no Brasil!

O episódio começou com um belo pano-de-fundo: uma apresentação de uma peça teatral pela turma de veteranos do ensino médio da série. A peça escolhida não poderia ter sido melhor: A Época da Inocência, baseada no romance de Edith Wharton, assim como no filme homônimo de 1993, dirigido por Martin Scorsese. Enquanto todos se preparavam para encenar uma história ambientada nos costumes e regras rígidas da alta sociedade da Nova York de 1870, eventos na vida particular de cada um dos atores principais convergiram para o clímax final, durante a representação da peça: sua total ruína com Nathan, Blair e Serena explodindo suas mágoas particulares para uma platéia, que ficou sem entender absolutamente nada – incrível pensar que o crítico de teatro acreditou que toda aquela “cena” realmente fizesse parte da peça. Mas que fatos eram esses, que deixaram todos irritados?

Começando por Blair. Desde o episódio passado ela ainda tinha assuntos mal resolvidos com a intragável professora Rachel, e em The Age of Dissonance, ela recebeu a notícia de que tinha perdido sua tão sonhada vaga em Yale para a nerd fashion Nelly, pois alguém misterioso resolveu armar uma vingança contra ela, revelando para o reitor da Yale que a moça tinha armado um escândalo para cima da “ingênua” professora. Não contente com a situação, Blair ficou apenas acusando as pessoas ao seu redor de traição, prometendo vingança porém sem efetivamente fazer qualquer coisa. Com isso, além de chatear Serena – o que fez com que as duas brigassem de novo, uma vez que a própria Serena teve um de seus segredos revelados pela vingadora misteriosa e acabou culpando erroneamente Blair pela fofoca –, Blair acendeu em Dan a desconfiança de que Rachel poderia estar atrás dessas fofocas, o que se provou correto.

Com a descoberta da verdade, Dan terminou tudo com a professora, que nesse mesmo episódio zarpou de volta para Iowa – os fãs agradecem. Porém a resolução da história só provou que Blair aprendeu alguma coisa com aquela situação, quando, mesmo tendo um segredo bombástico nas mãos, que poderia acabar com a vida da professora e até mesmo a de Dan, resolveu guardá-lo para si e dar a Rachel algo pior do que uma vingança: o gosto do arrependimento e da culpa. Se muitas vezes Blair se mostra imatura e mimada, nos levando a pensar que ela talvez não mereça mesmo Yale, são em momentos como esse que mudamos completamente de opinião e passamos a torcer para que a personagem consiga sempre realizar seus todos os seus desejos.

Nathan e Vanessa, que vêm conquistando minha simpatia a cada episódio, também viveram sua primeira briga, por motivo bobo, ciúmes, mas que só fez aproximar mais os dois: mais fofo impossível. Jenny foi relegada ao segundo plano, mas não fez a menor falta, assim como qualquer cena entre Rufus e Lily – que, aliás, se quer lembro de ter visto no episódio.

Finalmente, o astro da série, Chuck também ganhou uma conclusão para o aborrecido caso da prostituta que corria perigo por estar sendo perseguida por aquela sociedade secreta do qual seu pai fazia parte. Felizmente a mulher foi embora, revelando a Chuck que estava apenas atrás de seu dinheiro, mas apesar de decepcionar o rapaz, ela disse uma frase mágica: “Você tem um bom coração. Você deveria dá-lo para alguém que se importa”, o suficiente para Chuck procurar a única pessoa por quem já se apaixonou um dia: Blair, é claro!

Porém, às vezes o acaso pode ser a peça mais cruel que o destino pode nos pregar: mesmo estando no lugar certo, Chuck chegou na hora errada. E assim terminamos esse excelente episódio de Gossip Girl, com Blair no bar, dando mole para outro playboy milionário e rival de Chuck, Carter.

Nota: 8.7

0 respostas a Gossip Girl (2.18) – The Age of Dissonance

  1. Matheus diz:

    Eu não gostei muito desse episódio, e Gossip Girl está ficando cada vez pior (na minha opinião).
    É uma pena que a 2ª temporada não conseguiu manter o nível da 1ª.

  2. DMM diz:

    eu vi a primeira temporada desta série e contra o que esperava até gostei…
    comecei a ver a segunda, mas rapidamente desisti…

  3. Marcia Silva diz:

    Matheus, do que exatamente vc n gostou nesse episódio? =D

    DMM, Gossip Girl realmente tem seus altos e baixos, talvez você tenha parado de ver justamente quando a série estava ruim, quem sabe ver mais alguns episódios não te animam novamente?

  4. dana diz:

    fantástico o episódio.execelente reviravoltas. estas novas historylines parecem prometer!

    vejo novamente a chama de gg reavivada! chuck and blair( troubles).

  5. A vida definitivamente imata a arte! Foi mto comico ver Blair contracenando com seu atual namorado na vida real, o Sebastian( vulgo Carter)….Pelo visto veremos coisas aconter entre eles…O timing do Chuck nunca é preciso….E Blair pelo que vi vai fazer a RAPA na série!!! O famoso ditado ” NGM é de ngm” se aplica mto, tanto na série quanto na vida real.
    Foi um bom episódio, mas pelo que vi GG voltará a tentar ser polêmico e causar o famoso ” OMFGG”, que já é marca registrada! Exatamente oq vc disse Má, são os autos e baixos…E alguém pq favor avisa o DAN e a SERENA que eles estão insuportavéis!!!

  6. silvia diz:

    eu nao gostei deste episodio e ate tenho gostado de muitos que criticaram até agora, mas este para mim foi quase só despachar velhas histórias p começar novas, como o dan c a rachel e o chuck e a sua recente paixao, despachar a historia do “oh nos somos muito diferentes” do nate e da vanessa e arranjaram uma historia estupida de paixoneta da serena so p ela ter como aparecer neste episodio. ansiava muito esta volta e fiquei desiludida…

  7. dana diz:

    SILVIA: tens que ver aquilo que está alem do obvio.este espisódio foi uma boa apresentação das novas history lines que ai vem. penso que apartir de aqui, a série vai ganhar o rumo que a 1a temporada, já nós tinha prometido mostrar.

  8. Marcia Silva diz:

    pois é, Silvia, acho que boa parte do motivo que me fez gostar desse episódio era que não estava esperando absolutamente nada dele. Manter a espectativa alta é sinônimo de se desiludir em qualquer série, se isso já aconteceu comigo com Lost, porque não iria acontecer com você em Gossip, né?

    Mas como um episódio que acabou com a trama chata de antes do hiatus e já nos apresentou novas histórias muuuuito mais interessante, ele foi ótimo, mesmo sendo filler. =D

  9. Tiago diz:

    Não gostei do episódios. Essas reviravoltas… uma hora é amigo, outra não. Uma hora namorados, outra não…. cansa…. aQuela coisa do Chuck ficar atrás da prostituta… ah, até parece que ele é tão ingenuo assim…
    Acho que falta uma história mais concisa que perdure por mais tempo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: