Grey's Anatomy (5.19) – Elevator Love Letter

greys-519Drama e mais drama é o que se esperava deste episódio de Grey’s Anatomy, confesso que tinha elevadas expectativas para este episódio. E logo no início essas expectativas não saíram defraudadas. Karev parece perdido, sem saber que caminho seguir perante a doença de Izzie. Ausenta-se, e raramente a vai visitar. Mas há lições e partidas que a vida nos prega e depois de tratar de uma paciente às portas da morte já há tempo suficiente para causar desespero nos seus familiares, Karev aprende a sua lição, pois pessoas são melhores que ninguém. E finalmente apercebe-se do seu papel e do caminho a seguir. Izzie é operada e a cirurgia corre bem para alívio de todos os que aguardavam ansiosamente notícias. Já Christina sofre mais um forte ataque na sua relação com Hunt. Este tem novo pesadelo e acaba por estrangula-la e não fosse a rápida acção de Callie e talvez Christina não tivesse sobrevivido para contar a história.

Hunt sempre tentou manter a distância, reconhecendo que o seu problema é mais do que um pesadelo e que é homem desfeito em pedaços. O Iraque, a guerra pode mudar um homem, Hunt que o diga. Christina mais uma vez não se encontra disposta a desistir facilmente do seu relacionamento, perante um olhar perplexo de Callie e Meredith. Mas depois da primeira noite de sexo, Christina sofre com o medo que tem em fechar os olhos e não acordar mais, acabando por acabar com Hunt. Este resolve aceitar a opinião de Derek e recorrer a tratamento e ajuda. Quem também decidiu lutar foi Derek, finalmente caiu em si e retoma a sua posição no hospital bem como o seu lugar ao lado de Meredith. Derek tem momentos de hesitação, mas Meredith mais uma vez consegue demonstrar a sua confiança e fazer Derek cair em si. Uma personagem que sempre teve ao lado de Izzie, de melhor amigo passou por namorado, O’Malley parece não ter reagido nada bem ao facto de Izzie não lhe ter contado. Amizade ferida, mas como diz o provérbio é nos momentos difíceis que se vêem os verdadeiros amigos. O’Malley parece que não esteve à altura da situação. Foi preciso Callie interferir para colocar bom senso em O’Malley, que resolveu descarregar a sua frustração e preocupação em bocados de gesso.

Quem neste episódio foi o ombro amigo e mereceu a camisola de Izzie foi Bailey, que sempre este ao seu lado e conseguiu colocar juízo aos restantes residentes. Para terminar um episódio perfeito, temos finalmente o verdadeiro pedido de casamento, em pleno elevador é contada a história de amor do casal mais conturbado, amado em Seatle Grace, tendo por base exames médicos e que culmina com uma declaração e um pedido aceite. Demorou o pedido, mas valeu a pena esperar. Enquanto uns casais dão um passo em frente há muito esperado, uns separam-se, outros lutam para sobreviver e permanecer junto do ser amado, e outros divertem-se e tentam descobrir lentamente o seu caminho. Um episódio brilhante de Grey’s Anatomy, as expectativas foram totalmente correspondidas, tivemos drama, amor, amizade, sofrimento, separações, muita emoção. Grey’s conseguiu reerguer-se totalmente, e a Grey que temos visto nos últimos episódios é a série à qual estávamos habituados durante os seus tempos áureos, capaz de nos emocionar, de nos fazer soltar um lágrima e de nos fazer envolver com a vida e sofrimento das personagens. Por estas razões e mais algumas para mim o episódio foi perfeito e merece nota máxima.

Melhor personagem: Difícil escolher num episódio tão bom, mas talvez o Karev mereça o destaque, andou perdido no início do episódio mas achou o seu caminho.

Melhor momento: Foram vários, mas destaco o pedido no elevador.

“If there’s a crisis, you don’t freeze. You move forward. You get the rest of us to move forward, because you’ve seen worse, you’ve survived worse. And you know we’ll survive, too. You say you’re all… dark and twisty, but that’s not a flaw. It’s a strength. It makes you who you are. I’m not gonna get down on one knee. I’m not gonna ask a question. I love you, Meredith Grey and I want to spend the rest of my life with you.”

Nota: 10

Advertisements

0 Responses to Grey's Anatomy (5.19) – Elevator Love Letter

  1. Matheus diz:

    Eu ainda não vi esse episódio, mas se foi nota 10… deve ter sido muito perfeito. Vou ver logo!

  2. Matheus diz:

    Realmente esse episódio foi incrível. Esta quinta temporada de Grey’s Anatomy começou meio fraca, mas de umas semanas pra cá vem melhorando muito. Elevator Love Letter me lembrou dos episódios da 2ª temporada, de quando a série era perfeita todas as semanas, tomara que a trama continue boa desse jeito.

  3. adorei o facto de ter sido o karev a narrar o episódio. terminei de ver a pouco e também achei perfeito! greys está no topo das minhas séries favoritas neste momento, depois de um inicio de temporada algo ‘menos bom’. esta ultima meia duzia de episodios foram excelentes mesmo. parabens filipa pelo review. adorei!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: