Audiência EUA: O enterro cada vez mais provável de Dollhouse

Abril 4, 2009

dollhouse3

AUDIÊNCIA DE SEXTA-FEIRA, 3 DE ABRIL DE 2009

CBS ganhou a noite de sexta-feira, apesar de duas das suas três séries terem sido repetições. Já para Dollhouse e Terminator- as crónicas de Sarah Connor a noite foi negra. Se os números da semana passada já não eram animadores, esta semana ainda conseguiram baixar mais e ambas as séries caminham a largos passos para o cancelamento já muito falado, ou será que ainda pode haver luz ao fundo do túnel para os fãs? As notícias parecem não ser animadoras. Os fãs de Friday Night Lights, depois de verem a renovação da série confirmada não para uma mas para duas temporadas, podem respirar de alívio e apesar da série ter baixado um pouco em relação à semana passada já não há motivo para preocupação.

Time Net Show 18-49 Rating/Share Viewers (Millons)
8:00 CBS Ghost Whisperer (R) 1.6/6 7.30
  ABC Wife Swap 1.5/6 4.62
  FOX Terminator: The Sarah Connor Chronicles 1.3/5 3.35
  NBC Howie Do It 1.1/4 3.56
  CW Everybody Hates Chris 0.6/2 1.79
         
         
8:30 CW The Game 0.8/3 1.86
         
9:00 CBS Flashpoint 1.8/6 8.64
  ABC Supernanny (R) 1.4/5 4.55
  FOX Dollhouse 1.4/5 3.49
  NBC Friday Night Lights 1.2/4 3.61
  CW America’s Next Top Model (R) 0.6/2 1.37
         
         
10:00 ABC 20/20 1.8/6 6.67
  CBS Numb3rs (R) 1.6/5 7.50
  NBC Dateline 1.4/5 4.89

Fonte: TvbytheNumbers


Law & Order: SVU renovada

Abril 4, 2009

law-order
Após os rumores do cancelamento de My Name is Earl, é altura de falar em renovações. Os fãs de Law & Order: SVU podem estar felizes, pois, segundo o colunista Michael Ausiello, a NBC chegou a acordo com o produtor da série, Dick Wolf, para o regresso da série para a sua 11ª temporada. Mas nem tudo são boas notícias. A emissora ainda não chegou a um acordo com Chris Meloni e Mariska Hargitay, protagonistas desta série. E parece que o acordo vai ser difícil de acontecer pois, após as negociações realizadas em 2007, Meloni publicou no seu blog o seu desagrado como as negociações foram conduzidas. Para além disso, Mariska confessou numa entrevista que a série lhe roubava muito tempo, e que este tempo serviria para apoiar o seu filho. Eu não vejo a série, mas pergunto aos fãs: Acreditam que a série sobreviverá sem os seus protagonistas?


Damages (2.13) – Trust Me

Abril 4, 2009

damages-213-12Com uma temporada onde ficaram uma enormidade de questões no ar, este episódio vem responder, se não a todas, a quase todas. Os tramas foram decorrendo durante 12 episódios, e este veio trazer as respostas que faltavam e a resolução de vários problemas. Podem-se ver claramente três fios por onde a temporada, uma teia complexa, se construiu: o caso da UNR e as suas consequências, e o passado de Ellen, que se divide em duas personagens e consequentes teias: Patty e Frobisher. Depois temos os pormenores da família da Patty, algo que foi tratado de forma subtil.

Durante toda a temporada tivemos algumas pistas para todas as partes do trama, e o final lá se foi formando. Cada peça do complexo puzzle que é Damages lá encaixou, e aquelas que estavam mal colocadas, ou melhor, davam a entender que o seu local era outro, encaixaram no sítio certo. Como uma teia, onde os fios de ceda se vão interligando, também em Damages as narrativas se vão interligando. Nada se constrói separadamente, e há sempre a peça a ligar as três partes, peça que tem o nome de Ellen Parsons. Ela é o motor da série e, claro, foi a mais focada nos flashfowards que a série teve durante a temporada.

Mas falemos da season finale.O caso da UNR ficou num entrave, pois Patty Hewes ficou reduzida a uma única prova, e esta foi obtida ilegalmente. Claro que Patty, a qual Ellen caracteriza, e bem, como corrupta, narcisista e cruel,damages-213-51 tenta arranjar maneira da prova ser aceite em tribunal. Ao enviar Tom para subornar o juiz o jogo passava a ser jogado a sua maneira. E, claro, quem não fica muito feliz é Ellen, que assim não tem oportunidade de apanhar Hewes em falso. Com a ajuda do FBI, Tom fica fora da jogada e Ellen com o seu caminho livre para a sua vingança.

Mas Patty lembra-se da sua base de vida, não confiar em ninguém, e desiste do suborno. Para tentar dar a volta a situação tenta utilizar Finn Garrity como testemunha dos apagões e das consequentes inflações do preço da energia. Mas Finn tenta ganhar alguma coisa com a situação, indo chantagear Walter Kendrick e Dave Pell. Claro que a posição do último fica fragilizada, e este não querendo ir para a prisão, vai falar com Patty e promete-lhe que entregaria Kendrick e que acabaria com a investigação que estava a decorrer sobre ela. Mas Patty quer mais, quer Ellen. Pede-lhe para que Ellen seja presa por subornar um juiz e ela deixaria a UNR em paz.

Enquanto isso, Finn recebe ameaças de morte, e como aconteceu com Katie na primeira temporada, tenta juntar-se ao lado de Patty Hewes. Mas Patty já tinha tudo o que queria, e ao rejeitar a sua ajuda, ele ataca-a no abdómen, deixando-a em risco de vida quando ia ter com Ellen para entregar a pasta com o dinheiro. Patty não desiste, e quando lá chega, temos o momento mais esperado da temporada. Ellen com uma arma apontada a Patty. O que parecia uma coisa virou outra, sendo a arma unicamente utilizada para retirar o FBI da jogada. E quando estão a sós, damages-213-64Patty confessa que tentou matar Ellen devido aos conhecimentos que possuía sobre ela.

Mas a parte do suborno continua de pé, e Ellen lá vai entregar o dinheiro ao juiz. E quando tudo parecia ir de mal a pior para Ellen, a inteligência de Patty faz com que o caso fique como ela queria: Walter e Dave presos, tal como o agente corrupto do FBI. Tom volta a trabalhar para a firma, Ellen fica salva e satisfeita pela confissão de Patty. Dois fios da história parecem acabados, mais um que outro. A UNR já ficou tratada, mas a relação de amor ódio entre Patty e Ellen poderá ter repercussões na próxima temporada. Quem não deveremos ver na próxima temporada é Daniel Purcell, que parece que pagará por um homicídio que não cometeu, mas ajudou a cometer. Outra porta que permanece entreaberta, mas parece mais próximo de fechar.damages-213-2

O que terá tratamento na próxima temporada será a vingança que Ellen prepara para Frobisher. O caminho começa a ficar muito confuso, cada vez há menos pessoas que demonstrem a relação entre os dois, após a morte de Rick Messer. Parece que a vingança vai ser complicada de acontecer, e por agora o único elo é Wes, que não me parece que vai contar a Ellen esta informação. Frobisher parece salvo, mas a próxima temporada nos dirá sedamages-213-32 a segurança que ela agora demonstra será eterna.

Falando de Wes Krulik. Parece que a Ellen ganhou um novo aliado, um homem que a protege do perigo, que a salva das mais variadíssimas situações. Aposto que vai ser importante para a próxima temporada. E assim se chegou ao final de mais uma temporada de Damages, só faltando falar de duas coisas. Primeira é se Ellen voltará para Patty. Eu não tenho nenhuma dúvida que o regresso acontecerá. A segunda é a excelente interpretação de Glenn Close. Para aqueles que querem ser actores, vejam a cena na qual ela está sobre a mira da arma. Soberba.

Nota: 9,8

Season Finale