Heroes (3.23) – 1961

heroes-1Pelo título já sabíamos onde íamos parar: Coyote Sands, 1961. Para uma série que tem os melhores episódios no futuro, um episódio que se passa no passado poderia ser mau presságio. E a previsão cumpriu-se.

Coyote Sands (a partir de agora passo a tratar por C.S.) até agora tinha sido uma única coisa: escavações. As escavações continuam, os ossos vão se acumulando, e a explicação tarda. Primeira dúvida: eu pergunto a todos os leitores se a sua mãe/avó manda-se escavar, e ficasse sem explicação durante várias horas, continuaria a escavar. Parece que Peter é que tem alguma cabeça (e logo ele…) e vai perguntar, depois de muitas horas, a sua mãe. E a partir deste momento regressamos ao passado. Primeiro tenho de dizer que gosto muito de preto em branco. Continuando. Angela lá retorna ao passado, e temos a entrada de ela e a sua irmã numa coisa, que a primeira vista, me lembrou a Dharma Initiative.

Desde as casinhas, a recepção, e um estrangeiro (a “imitações” de outras séries foi uma coisa habitual neste episódio). Com Angela chega Alice a um centro que é um local de isolamento de heróis, numa operação governamental (os ficheiros sobre esta ficaram aonde?). Quem aparece por lá é Charles Deveaux, Linderman, Bob Bishop, os criadores da companhia, ainda muito jovens. O que levou Angela para lá são os seus famosos sonhos, e isto leva-a a ver que a culpa do que aconteceria em C.S. cairia sobre Dr. Chandra Suresh. Quem parece começar a ver que também possui poderes é Alice. Comandar o tempo (metrologia) era uma coisa que eu adorava fazer.

Alice ainda não consegue controlar o seu poder, dependendo do seu humor. Ao tentar libertar os moradores, Angela e o seu grupo foge para tentar encontrar ajuda, ficando Alice sozinha em casa. Suresh vai, nesse momento, buscar Alice, e esta, ao ver-se pressionada, faz com que uma tempestade ocorra, o que leva a desgraça. Agora tenho de referir umas coisas. Como é que Suresh sénior não notou a falta de Angela e do seu grupo (principalmente da primeira, quando foi buscar a sua irmã) e colocou uma caça ao homem? E como Suresh fugiu? Onde estavam os pais de Angela e Alice?

Angela e o seu grupo comprometem-se a que a tragédia nunca mais acontece, e assim criam uma companhia para proteger os heróis. E assim o passado fica explicado. Regressando ao presente. Angela teve um sonho onde vê a sua irmã viva. Isto faz com que regresse ao sítio donde ocorreu a desgraça para procurar o esqueleto dela (ela consegue fazer uma impressão dentária e reconhecer a sua irmã automaticamente, não é?). Mas a prova de que a irmã está viva chega quando uma tempestade nasce do nada. HRG é apanhado do meio e o super-homem Suresh é quem o vai buscar (timing perfeito). Suresh chega também a C.S. a procura de respostas, mas este sobre o trabalho que o seu pai fazia naquele lugar.

Angela é que não consegue ficar parada, e sai cá para fora a procura da sua irmã. É apanhada por ela e desaparece misteriosamente, e fica sem se saber o paradeiro dela (A Claire é lenta a correr. Deve ser do cansaço que ela não pode ter devido ao seu poder de estar a cavar). A caça a mulher começa e consegue-se chegar ao paradeiro. Angela a pedir desculpas a sua irmã por causa de a ter deixado sozinha, ela percebe a verdade e coloca de novo uma tempestade a rolar e foge. Então para que serviu esta procura? Vejo algumas respostas: conhecer-se o passado para prevenir o presente (a Angela andou a ver BSG), a constituição de uma nova Companhia, o conhecer de Alice. Ah! E para o Peter, Nathan, HRG e Claire ficarem em forma física.

Agora o pior do episódio do episódio aconteceu no final. O Sylar tem um novo poder ou Heroes está muito mal (inclino-me mais para a segunda). Ele pode ter o poder da invisibilidade ou a forma como nos foi apresentado shape shifter é muito incorrecta ou Heroes continua com os famosos erros de continuidade. Inclino-me para a terceira. Como é que o Sylar consegue tocar no Nathan? (de uma forma muito irónica, pode-se ter transformado num passarinho, ir tocar no Nathan e recuperar a sua forma original de humano)

Mais um episódio com muitos erros, contradições e coisas mais. Resumindo: um desprezo enorme para aqueles que gostam de uma série coerente e não de tiros sem razão aparente. Faltam 2 episódios para o final (assim até podia ser de série), mas nada se muda, quer em termos de narrativa (parece que Hiro desacelerou o tempo) quer em termos de erros. Espera-se que estes episódios sejam um oásis num longo deserto que está metido Heroes.

Nota: 7,3

Advertisements

0 respostas a Heroes (3.23) – 1961

  1. Tiago diz:

    Perfeito o review. Disse tudo!

  2. lolzim diz:

    43534554 385721 1485687 lol 789887 3126355

  3. DMM diz:

    lixo autentico… 385721

    então o chandra não estava perto de descobrir o primeiro dos “heroes” quando foi morto pelo sylar?
    se ele já sabia então porque andava a tentar provar?
    parem já com esta série e esqueçam que alguma vez existiu season 2 e 3 porque estão a estragar a única coisa que fizeram de bom (a season 1)

  4. Elle diz:

    Ta encomodado colega?
    E so não asistir .

  5. Sim, estou incomodado. Apesar de não ser um fã incondicional de Heroes, sei dar valor a série. Mas acho que a série tem, em quase todos os episódios deste volume, erros de palmatória. Parece que os produtores e argumentistas se esquecem do que fizeram atrás e refazem a história (passada, diga-se). E para um fã que gosta de uma narrativa coerente, com poucos erros, torna-se difícil apreciar a série.

    Para além disso, não sou daqueles que parei de assistir a Heroes. Sei que a série pode fazer muito melhor, e por isso fico incomodado quando nós dão episódios com estes. Espero ainda estar a ver a série quando ela tiver na mó de cima, para a poder elogiar.

    Cumprz

  6. DMM diz:

    concordo com o António Guerra!
    e acredito que Heroes com o Brian Fuller a planear a temporada desde o inicio e não apenas a aparecer em certos episódios pode dar efeito na próxima temporada
    é o único motivo pelo qual vou assistir a season 4, se houver

  7. Thiago diz:

    Review fraco pra caramba. Leigos querendo comentar o que não sabe da nisso…review sem interpretação nenhuma. Imagino vc assistindo Lost que tem a trama mais cabeluda que essa.

  8. Primeiro assino por baixo o que o Marco comentou no review do episódio 3.24 . Este site é, e cito, “um lugar onde se expressa a opinião pessoal de várias pessoas e quem está incomodado, mude-se e vá ler reviews a outros lugares”. Não tenho de estar de acordo com a sua opinião, nem você com a minha. Isso é que torna a arte, entre as quais se incluem (algumas) séries, uma coisa subjectiva.

    E depois não percebo esse comentário sobre Lost. Comparar Heroes a Lost, para mim, não tem comparação. Para além disso, como se viu no comentário do 3.24, tenta justificar o injustificável, não consegue ver os problemas da série. Mais outra opinião pessoal.

    Terceiro: Se o review é fraco é a sua opinião, mas só lhe cito outro comentário deste post, proveniente do Tiago: “Perfeito o review. Disse tudo!”.

    E acabo como comecei. O Portal é uma publicação de opiniões pessoais, subjectivas por isso. Se não concorda com as opiniões tem duas coisas a fazer: comentar a discordar, mas sem ofender. Acho que isso é desnecessário. Segundo: se continuar a não gostar, existem muitos sites por aí que publicam reviews de Heroes. Se encontrar outro no qual concorde com as notas e com os reviews, vá aviando as malas.

    Cumprz

  9. Tiago Duarte diz:

    António, opiniões de desagrado é o que há mais por esta net fora, o que há a fazer é responder de forma correcta e em que se mostre o quão superior se é a criticas absurdas. Conseguiste isso. Parabens. E obrigado por dares a tua opinião em público e de forma coerente, obrigado tambem aos restantes elementos da equipa e fica-se por aqui nas discussões de heroes. A série não tem merecido tanta atenção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: