Lost (5.13) – Some Like It Hoth

c14701e5f87771e4ce77430f47d62361

Conhecer personagens pouco exploradas é algo que a equipa de Lost faz muito bem. Durante as primeiras três temporadas tívemos inúmeros flashbacks de modo a sabermos o passado daquele grupo de sobreviventes do voo 815 da Oceanic. A verdade é que esta estrutura inovadora foi alterada no final da terceira época e além dos flashbacks passámos a ter também flashfowards. Nas últimas duas temporadas (quarta e quinta), tivemos alternância entre os dois, logo os flashbacks passaram a ter menos destaque, mas mesmo assim são necessários para episódios como esse, que foi centrado em Miles.

Enquanto que a maioria achou o pior da temporada, eu achei que já houve outros que conseguem ser menos bons que esse. Aliás, eu nunca pensei que fosse gostar tanto desse ‘Some Like It Hoth’, pois como sabem, eu procuro sempre ver o feedback dos fãs quando demoro mais tempo para ver o inédito. Logo no início vemos como é que o Miles descobriu os poderes que tem, de ouvir os mortos. Estava acompanhado da senhora sua mãe que, ironia do destino (ou não), é a mesma que apareceu no início da temporada, ou seja, a mulher o Dr. Chang.

Eu já estava desconfiada, assim como outros fãs, desse parentesco entre os dois, mas esperava uma cena com mais impacto quando se fosse fazer a confirmação. Nunca pensei que isso fosse acontecer num simples diálogo entre o Miles e o Hurley. Por falar no Hurley, acho que a personagem está a regressar às origens e a tornar-se, outra vez, o cómico de Lost. Toda a história de Star Wars foi excelente, e isso fez-me lembrar o que eu faria se também fosse ‘projectado’, sem mais nem menos, para 1977. Talvez criava uma série no estilo de Lost, não? Assim teria a certeza que seria recordado mais tarde.

Outros mistérios foram respondidos, tais como o valor da quantia que Miles pediu a Ben na quarta temporada. A resposta é muito simples: 3,2 milhões é ‘apenas’ o dobro de 1,6 milhões, aquilo que o Miles recebeu para ir nessa missão para a ilha. Um mistério que começa a ganhar força vem por parte de uma nova personagem, Bram, que volta a fazer menção à sombra da estátua. O que é que essa sombra tem de tão importante e, acima de tudo, como é que Bram sabe tudo isso? Sexta temporada, espero que chegues depressa ou a minha cabeça vai queimar!

Por fim, temos referência a duas estações e o regresso de um personagem. A Cisne aparece a ser construída e para quem não prestou muita atenção, vale lembrar que é num território dos Outros. Eu não gosto do mistério dos números, não me perguntem porquê, mas para mim não tem explicação possível! Será que o Incidente que será retratado na season finale tem a ver com essa estação ou a outra mencionada: A Orquídea? O corpo levado por Miles até à dita estação foi parar ao deserto através das viagens espaço-temporais, tal como aconteceu com Ben e Locke? O que é que o Faraday esteve a fazer fora da ilha este tempo todo? Será que o Desmond terá, finalmente, mais atenção por parte dos argumentistas? Perguntas a serem (ou não) respondidas no episódio número 100, que vai ao ar daqui a duas semanas. Esta quarta, teremos um especial sobre os Oceanic Six. Infelizmente!

Nota: 9,1

Advertisements

0 respostas a Lost (5.13) – Some Like It Hoth

  1. DMM diz:

    Uma pergunta…
    onde andam a Rose e o Bernard?

  2. nao sei, mas possivelmente na praia, a fazer companhia ao pobre do vincent. LOL

  3. Rui diz:

    Uma semana sem Lost, ou pelo ménos semepisódio inérito vai ser difícil de suportar. Ainda por cima sabendo que no próximo episódio (Que ainda por cima é o 100.º da série) vamos ter Faraday, Desmond e certamente muitas revelações no episódio. Enfim… será uma longa tortura.

  4. Matheus diz:

    Mais um ótimo episódio de Lost.

  5. EU sei que estes episódios são necessários, mas achei um episódio inferior aos restantes. A série já entrou numa fase que os mistérios já se vão resolvendo se torna um pouco maçante ver um destes episódios. Mas, como já disse, é preciso que isto aconteça. Agora esperar mais uma semana que o normal para voltar a ver Lost e logo o 100º é tortura. Nunca mais chega 30/04…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: