Greek (2.11) – Take Me Home, Cyprus Rhodes

Abril 20, 2009

snapshot20090420153305Depois de alguns meses, voltamos a assistir novos episódios de Greek. Como deixei bem claro em meu último review, daria uma chance para a série me conquistar novamente, algo que não ocorria desde o término da primeira temporada. Já adianto que meus olhos não brilharam novamente com este retorno. Mesmas tramas, trapaças e relacionamentos massantes. Claro que a série ainda preserva uma das qualidades que a tornaram especial, utilizando citações referentes a filmes, seriados, livros, músicas e celebridades. Penso que posso ser dura demais em meus reviews e simplesmente não visualizar que a proposta de criação talvez seja de uma série despretenciosamente comum que não se leva a sério, porém a constância de acontecimentos repetidos tem me deixado inconformada.

No anterior “Hell Week”, vemos as personagens tomarem importantes decisões, principalmente Casey referente ao seu relacionamento com Max e seu estágio em Washington. “Evil Frannie” por sua vez decidi abrir (financiada por seu “Boy Evan Chambers Toy”) sua própria fraternidade e com ela arrastar algumas das garotas da ZBZ, entre elas Rebecca.  Casey recebe em Washington a visita de Max, que definitivamente decidiu largar sua bolsa de estudos para poder continuar com ela. Em conversa entre dois, fica evidente que Casey planeja algo extremamente radical para seu retorno a Cyprus Rhode. De volta ao sistema grego, os Kappa Taus nunca mudam seu dia a dia e a nova IKI (fraternidade Evil Frannie) tenta marcar território. Alguém me explica Jesse McCartney entrando na série como Andy, o atleta bom aluno com potencial excelente para as fraternidades. Ainda me lembro dele quando assistia a fraca Summerland, onde interpretava um dos filhos que se mudara radicalmente para a casa da tia na praia após a morte acidental dos pais. Agora se Rusty achou que depois de passar seu primeiro ano como candidato as coisas iriam mudar, o fato de buscar tranquilidade para dormir em um celeiro cheio de animais não mostra muitas mudanças em sua vida.

O famoso “Girls Aloud Fight” continua, mesmo com uma despreparada e submissa Ash no comando das ZBZ e uma pretenciosa e sem escrúpulos Frannie no comando das IKI. Casey em meio a todos os acontecimentos decidi evoluir e ter seu próprio espaço, ou seja, deixar a casa de uma vez por todas e realmente seguir seu caminho, pensando em seu futuro. Pela primeira vez vi sinais de mudanças em um personagem que nunca imaginei que veria. Festas apelativas para chamar atenção, incluindo bebidas, músicas e garotos da Omega Chi, trazem a credibilidade necessária para as IKI, considerando que elas podem fazer o que quiserem pois ainda não fazem parte do sistema das fraternidades. As ZBZ não deixam pra trás e boicotam as IKI’s e os Omega’s na festa do lago, com a ajuda dos sempre presentes Kappa Taus. Quando achei que as coisa iam se mostrar diferentes, Casey volta atrás e decidi que crescer e ter responsabilidades é muito chato, continuando com as ZBZ. Ao término, a bombástica revelação de Rebecca, que atua como infiltrada na casa de Frannie.

Nota: 6,8


Audiências EUA: Sit Down, Shut Up começa mal

Abril 20, 2009

6a00d83451d69069e2011570304e3a970b-800wi

AUDIÊNCIA DE DOMINGO, 19 DE ABRIL

A nova série animada da FOX, que eu pretendo acompanhar, não estreia tão bem como eu previa. Sit Down, Shut Up se continua com esses números, não vai além da sua primeira temporada, mesmo tendo a famosa mente que foi o criador de Arrested Development, uma série precocemente cancelada pela mesma emissora da comédia animada. Já The Simpsons e Family Guy continuam com bons números no demo e é compreensível a renovação de ambas. Também Desperate Housewives regressa em bom estado, apesar de ter descido muito nesta quinta temporada (nas primeiras temporadas, era uma série na casa dos 20 milhões de telespectadores por episódio).
.

Time Net Show 18-49 Rating 18-49 Share 18-34 Rating 18-34 Share Viewers Live+SD (000s)
7:00 ABC America’s Funniest Home Videos 2.0 7 1.6 6 6,944
CBS 60 Minutes 1.8 6 1.0 4 11,431
FOX American Dad (repeat) 1.1 4 1.2 5 2,492
NBC Miss USA Pageant 1.0 3 0.8 3 3,727
UNI Hora Pico 0.5 2 0.5 2 1,172
CW Jericho (repeat) 0.2 1 0.2 1 628
7:30 ABC America’s Funniest Home Videos 2.4 7 1.8 6 8,323
CBS 60 Minutes 1.9 6 1.1 4 12,309
FOX King of the Hill 1.6 5 1.8 6 3,344
NBC Miss USA Pageant 1.1 4 1.1 4 4,108
UNI Hora Pico 0.5 1 0.5 2 1,319
CW Jericho (repeat) 0.2 1 0.2 1 590
8:00 FOX The Simpsons 3.0 9 3.4 11 6,500
CBS Amazing Race 2.9 8 2.0 6 10,409
ABC Extreme Makeover: Home Edition (repeat) 2.0 6 1.5 5 7,006
NBC Miss USA Pageant 1.5 4 1.5 5 5,382
UNI Nuestra Belleza Latina 0.8 2 0.8 3 2,287
CW At First Sight (movie) 0.3 1 0.2 1 1,112
8:30 CBS Amazing Race 3.0 8 2.0 6 10,395
ABC Extreme Makeover: Home Edition (repeat) 2.5 6 1.9 6 8,110
FOX Sit Down, Shut Up (premiere) 2.3 6 2.7 8 5,210
NBC Miss USA Pageant 1.9 5 2.0 6 6,708
UNI Nuestra Belleza Latina 1.0 3 1.1 3 2,924
CW At First Sight (movie) 0.2 1 0.1 0 1,034
9:00 ABC Desperate Housewives 4.6 11 4.0 11 13,455
FOX Family Guy 3.8 9 4.7 13 7,404
NBC Celebrity Apprentice 2.9 7 2.0 5 7,746
CBS Courageous Heart of Irena Sendler (movie) 1.5 4 0.9 2 10,243
UNI Nuestra Belleza Latina 1.1 3 1.1 3 3,186
CW At First Sight (movie) 0.3 1 0.2 0 1,020
9:30 ABC Desperate Housewives 4.9 11 4.1 11 13,841
NBC Celebrity Apprentice 3.2 7 2.2 6 8,161
FOX American Dad 3.0 7 3.5 9 5,758
CBS Courageous Heart of Irena Sendler (movie) 1.5 4 1.0 3 9,772
UNI Nuestra Belleza Latina 1.2 3 1.2 3 3,320
CW At First Sight (movie) 0.3 1 0.2 0 1,046
10:00 ABC Brothers & Sisters 3.6 9 3.1 9 10,169
NBC Celebrity Apprentice 3.2 8 2.3 7 8,501
CBS Courageous Heart of Irena Sendler (movie) 1.6 4 1.0 3 9,798
UNI Zone de Guerra 0.9 2 0.9 3 2,697
10:30 NBC Celebrity Apprentice 3.3 9 2.3 7 8,877
ABC Brothers & Sisters 3.1 8 2.6 8 9,094
CBS Courageous Heart of Irena Sendler (movie) 1.5 4 1.0 3 9,459
UNI Zone de Guerra 0.9 2 0.9 3 2,421

Fonte: TVbyNumbers


O Portal Comenta… 20 de Abril

Abril 20, 2009

20abr

A PARTIR DE AGORA NÃO SAIRÁ MAIS NENHUM PORTAL COMENTA, MAS SIM REVIEWS COMPLETOS, POIS JÁ NÃO SÃO MUITAS SÉRIES PARA FAZER. APENAS THE SIMPSONS É QUE NÃO TERÁ REVIEWS E, POR ISSO, TERÁ UM PORTAL COMENTA NO FINAL DA TEMPORADA!


Lie to Me (1.09) – Life is Priceless

Abril 20, 2009

lie-to-me1Primeiro tenho de dizer que, após ter passado o fim-de-semana a ver policiais atrás de policiais o último episódio que restava na lista era Lie to Me. Muito contrafeito lá vi, pensando eu que fosse boa escolha deixar a série de Lightman para o final pela sua qualidade. Não foi arrependimento que senti, mas também não foi alegria. O episódio foi mais do mesmo e para uma série que começou a pouco tempo não fugir das rotinas é mau. Não quero que saia da mentira, mas podia arranjar pelo menos um caso contínuo, uma narrativa que se aguentasse durante toda a temporada. Sei que deve ser difícil para uma série que trate a mentira, uma situação de resolução espontânea, fique com ela suspensa durante todos os episódios. Mas este é só um dos caminhos que a série poderá seguir.

Mas também não foi tão mal como isso. Não tivemos um homicídio, mas sim um acidente. Cal Lightman é chamado para resolver a situação de três homens presos debaixo de destroços. Esquisito? Não se pensarmos que o grupo de Lightman resolve mistérios e não crimes. O mistério desta vez é descobrir, primeiro, o culpado, segundo o perigo que as pessoas encurraladas correm. A partir daí o caso desenrola-se normalmente, com diálogos interessantes entre os dois investigadores, estando desta vez o protagonista acompanhado de Foster, para além dos interrogatórios. As reviravoltas lá vão decorrendo, o caso vai decorrendo, o problema vai se parecendo cada vez mais complicado. A série não deixa o espectador a espera das respostas que se vão colocando, mas sim a narrativa ganha uma rapidez que torna o episódio fluido. Não há tempo para descanso, a vida de pessoas está em perigo. Finaliza-se o caso, salve-se parte dos soterrados, prendem-se os culpados.

Segundo caso é mais para preencher espaços. Torres e Loker não é uma dupla que goste e ainda por mais num caso tão mal tratado. Foi mais um para mostrar que a série tem uma versatilidade. Neste caso trata-se de um homem de negócios que pretende saber se a sua noiva está a casar com ele pelo dinheiro. Foi um aperitivo ao caso principal.

E assim se conta o episódio de Lie to Me. A série anda com bons episódios, mas ainda não se tornou um caso excepcional. Mas já não a deixo de ver.

Nota: 8,2