House (5.23) – Under My Skin

house-523Depois da tempestade bem sempre a bonança. House já teve uma grande tempestade durante a temporada, ou melhor, um dilúvio para esta série, que já muito foi comentado. Mas a bonança vem chegando aos poucos. Teve algumas quebras, mas vem chegando. E este episódio é mais um sinal que House está a regressar ao normal, através da anormalidade. Confusos? Eu já explico.

Começando pelo caso. Tem sido um dos problemas desta temporada, um caso que se mantenha interessante. Têm-se tirado alguns coelhos da cartola, mas após cinco temporadas, a série cai cada vez mais na monotonia. Mas os últimos já não são coelhos, já conseguimos ver regularmente um bom caso. House ganhou neste caso com uma transmissão do real, sem artifícios, numa maneira de filmar diferente. A saída da pele relembra-me o episódio final da terceira temporada, em que vemos “as tripas” (para utilizar uma linguagem popular) a sair do paciente. Ver a pele a desfazer-se foi chocante, mas era necessário. O caso da bailarina também foi interessante, para ver que a equipa se vai safando sem House. Foi o único propósito para que este caso seja introduzido, para além de que House sem caso não existe. Mas devido a este aspecto e a sua visão real da realidade, foi dos mais interessantes que andou pela temporada.

Passando para Chase e Cameron, antes de ir para o grande momento da temporada. O casal dos C’s não sabe o que há-de fazer. Tanto avanço e recuo já chateia, e mais um problema surge no casamento entre ambos. Os produtores/argumentistas prometeram dar mais importância as personagens, mas estes avanços e recuos já começam a chatear. Serviu para ver que Cameron ainda não tem o receio que trás da morte do seu primeiro marido e que Chase não compreende. Uma situação que encheu as pontas do episódio, sendo unicamente mencionado no início e no fim.

house-523-2

E agora lá vamos para o grande momento. Amber continua a fazer das suas, e após passar de pesadelo para sonho, durante o episódio anterior, e ter regressado a ser o pesadelo também no último, House decide retirar o fantasma da sua cabeça. E aqui começa o episódio a desenrolar-se verdadeiramente e vemos que a morte de Kutner não serviu só para que ele fosse ajudar Obama, mas sim serviu para um propósito maior. A chegada de Wilson de novo para ajudar House foi mais um acto amizade, e os dois compinchas foram desbravando caminho por entes todas as possibilidades que a alucinação de Amber traz. Temos um House à House, a levar ao extremo a sua obsessão de liberdade, mas depois o momento que descobre que nem da maneira mais drástica conseguiu é perfeita. Uma salva de palmas (é pouco, mas prontos…o que conta é a intenção) para o britânico Hugh Laurie, não só por esta cena, mas principalmente por esta. Fantástico.

Mas depois de a causa ser descoberta, Wilson sai de cena, e deixa entrar Cuddy. Vicodin era a causa, e numa noite mal dormida, House acaba com o vício. Já vou as incoerências, mas agora estou quase a chegar ao momento esperado. E após a liberdade ser atingida, House consegue ter aquilo que mais queria. Ir para a cama com Cuddy já era muito esperado, e ficamos felizes. Agora as incoerências. House numa noite conseguir fugir dos comprimidos é demasiado forçado, mas também não acho que seja permanente. Depois temos o relacionamento de House e Cuddy. Foi um pouco forçado a utilização daquela cena, mas era necessária para a acção dar um abanão. Foram necessários 109 episódios para que a tensão que existia entre eles fosse liberta.

Foi aqui que House regressou a normalidade. Um House mais simpático, mais empenhado, mais humano. Um House anormal, que regressa a normalidade, pois fica sem Amber na cabeça. E assim se resume um excelente episódio de House, e com um desenvolvimento já há muito esperado. E agora que venha o final de temporada, que depois só teremos de novo o sarcástico médico em Setembro.

Nota: 9,4

0 respostas a House (5.23) – Under My Skin

  1. DMM diz:

    Bom episódio…
    Não concordo com isto:
    “House está a regressar ao normal”
    penso que já regressou à normalidade desde o episódio 16 7754575

  2. Matheus diz:

    Já faz um tempo que House está tendo bons epsiódios.
    O problema é que os episódios dessa temporada estão apenas bons, eu queria incríveis, como os da 3ª temporada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: