Desperate Housewives (5.22) – Marry Me a Little

snapshot20090515215403Desperate Housewives é uma série que consegue entreter com facilidade, mas há episódios em que não tem ponta que se lhe pegue e esse foi, infelizmente, um deles! Se ter um episódio fraco já me deixa um bocado aborrecido, pensar que estou a ver isso a dois episódios do final torna as coisas ainda piores. Além do mais, quando se vê algo que não se gosta, torna-se muito mais difícil escrever um review, pois falar de coisas que gostamos torna sempre mais fácil e natural o acto de escrever, como acontece em Lost e Supernatural, por exemplo.

Mais uma vez, o melhor do episódio é o seu início. Num estilo Pink Panter, acho que me lembrei disso por causa da música, o advogado e a sua cliente discutem os pormenores do seu caso. Ela concorda. Ela concorda uma segunda vez. E na terceira proposta, ela concorda novamenta. Quando o advogado olha nos olhos da sua cliente desesperada, e conta que o quarto ponto é assaltar a sua casa, a mulher não concordo, mas num acto de estupefacção, cospe a bebida que estava a beber! Esse foi mais um início bem bom, pena que não continuou nas outras storylines!

A história envolvendo a Gaby, apesar de ser uma lição de moral para todos nós, acabou por ser enfadonha, principalmente porque ela até costuma ser muito engraçada. Já o casamento entre a Susan e o Jackon também não trouxe algo de novo, reforçando mais que a Katherine está mesmo desesperada para se casar com o Mike. Por fim, a Lynette tem de aturar mais uma crise de meia idade do Tom, a milésima desde que a série começou. Realmente a história da plástica também foi aborrecida.

Agora espero que a season finale de duas horas seja recompensadora depois de 22 episódio com muitos altos e baixos. A quinta temporada demonstrou que o salto de cinco anos não fez nada bem à série. Espero que mude um pouco de opinião no próximo domingo.

Nota: 7,1

0 respostas a Desperate Housewives (5.22) – Marry Me a Little

  1. Matheus diz:

    7,2 (WTF)?!?!
    Eu discordo totalmente, achei o episódio muito bom.

  2. dana diz:

    penso que este episódio não foi de forma alguma medíocre.
    teve um excelente começo com a bree entregando-se ao abvogado do diabo…
    devo concordar que a history line da gaby não foi das mais hilariantes, mas serviu de exemplo a personagem, que pelo que temos vistos, ultimamente têm gastado fortunas em inutilidades…
    o assalto a casa da bree foi hilariante…
    apesar de o tom realmente irritar com toda a suas crises, a cara que ele fez ao ver os resultados da cirurgia do colega da lynett, foi impagável…
    como disseste e muito bem, desperate housewiwes consegue entreter, e neste episódio o fez muito bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: