Gossip Girl (2.24) – Valley Girls

nair-timeFinalmente um dos episódios mais esperados da temporada foi ao ar, aquele em que conhecemos um pouco mais da adolescência de Lily Van der Woodsen na agitada Los Angeles dos anos 80. O spin-off pode não ter acontecido – a CW abriu mão de Valley Girls para investir em outras séries –, mas isso não significou um episódio ruim, pois apesar de ser claramente um filler – nos preparando para uma grande season finale –, os acontecimentos ocorridos no flashback foram agitados o bastante para não nos sentirmos entediados até a chegada do grande clímax no final do episódio: o baile de formatura.

O gatilho para Lily voltar seus pensamentos para o passado veio justamente no fim do episódio anterior, quando Rufus sugeriu uma semelhança entre o comportamento de Serena e o de sua mãe ainda na adolescência. Com isso mergulhamos em suas memórias e descobrimos uma Lily Rhodes nem tão diferente assim do que estamos acostumados a ver: uma menina extremamente rica, mimada, fútil e um tanto quanto chata – não que Lily seja tudo isso hoje, porém ficou mais que evidente que desde cedo ela foi instruída a viver a vida dentro das regras da sociedade do Upper East Side.

A história começa justamente em um momento crucial na história de Lily: após ser expulsa do colégio, e ter sido proibida de morar com seu pai, a solução para seus problemas foi buscar por sua irmã, Carol – que se livrara das garras da mãe das meninas, Cece, em uma versão muito mais insuportável que a atual, interpretada por Cynthia Watros (Libby de Lost) –, pois afinal viver com sua mãe seria insuportável. Visitando um lado mais popular da cidade, Lily conhece Owen, um garçom que passa o episódio inteiro estranhando as frescuras e as caretices de Lily, mas que, mesmo assim, sente uma atração por ela. Com isso a história se desenrola até o momento final, onde acabamos conhecendo outro personagem importante de sua história: Keith Van der Woodsen! Exato, o futuro pai de Serena e Eric. Porém ele é muito diferente do que imaginávamos, certo? Extremamente arrogante e prepotente, Keith acaba mandando Lily para trás das grades, o que a faz refletir mais sobre sua vida, confrontar sua mãe e receber o apoio de sua irmã, com a quem passaria a morar daquele momento em diante.

Uma história bem apresentada e até divertida, seria realmente um bom piloto para o spin-off da série. Porém a maneira como ela foi inserida em Gossip Girl gerou algumas incoerências, não acham? Quer dizer, após a jovem Lily ter abdicado de sua vida chique ao lado de sua mãe, como pôde, mesmo assim, ter voltado a ser a velha Lily de sempre? Isso não faz o flashback soar um pouco inútil ao considerarmos que no fim das contas, mesmo com o passar dos anos, ela permaneceu a mesma? O mesmo pode ser dito de Keith Van der Woodsen, de longe o candidato menos apropriado para ser pai de seus futuros filhos. Até mesmo a reconciliação de Lily com sua mãe no presente não soou verdadeira ou mesmo necessária, mais como uma maneira frouxa de ligar os eventos das duas tramas. Até mesmo a cor dos olhos de Lily mudaram com o passar dos anos!

Apesar desses pequenos problemas, volto a dizer que a história até foi bastante divertida, mas serviu apenas de trampolim para o momento que todos mais aguardavam, ou seja, o baile de formatura, onde pudemos realmente ver um conto de fadas se realizando a cada cena de Blair e Nate, com o melhor clímax possível, com Chuck dizendo que armou aquela noite perfeita – e sabotou o plano sujo de Penelope – apenas para ver sua amada feliz. Mais fofo impossível, não é? Com isso acabamos esse excelente episódio, com um grande gancho e clima de despedida no ar. O ensino médio realmente acabou, e a vida adulta de Blair pode começar agora mesmo, bastando que ela aceite a chave em posse de Serena, a mensageira de um convite tentador do gentleman Chuck.

Nota: 9.5

0 respostas a Gossip Girl (2.24) – Valley Girls

  1. Otemo episódio!!! Gostei dos flashbacks, Britanny interpretou mto bem a LIly…Mas realmente é incoerente o fio logico entre essa e a Lily que ela tornou-se novamente, um espelho perfeito de sua neurotica e botoxizada mãe!

  2. rcaz diz:

    Até mesmo a cor dos olhos de Lily mudaram com o passar dos anos!
    uma grande fail mesmo! também reparei.
    Adorei o facto de VD Woodsen ser assim, por que nos deixa intrigados: como é que eles acabaram casados?

    • exato! Ele é tão arrogante q para aquela Lily que conhecemos fica impossível ela casar com esse cara… por isso que como piloto de um spin-off o flashback foi ótimo, mas realmente n se encaixou muito bem no contexto atual de gg. =/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: