24 (7.24) 07am-08am

7x24i-300x169A segunda hora do episódio season finale 7.24 – 07am-08am, finalmente descobrimos o desfecho desse dia para ser esquecido da vida de Jack Bauer (Kiefer Sutherland) e da Presidente Taylor (Cherryl Jones) em 24 Horas. Falando primeiramente de Jack, após ele conseguir escapar do esconderijo, não conseguiu ir muito longe devido ao seu estado debilitado de saúde, e assim ele foi facilmente capturado por Tony (Carlos Bernard). Enquanto conversava com Jack, Tony finalmente revelou que tudo o que fez nesse dia foi motivada pelo sentimento de vingança, já que após muito tempo Tony descobriu que Alan Wilson (Will Patton), o homem por trás da organização responsável pelos ataques daquele dia, também havia conspirado os eventos da 5ª temporada, com a morte de David Palmer (Dennis Haysbert), Michelle Dessler (Reyko Aylesworth) e o envolvimento de Charles Logan (Gregory Itzin) nos atos daquele dia. Em busca de vingança Tony estava disposto a fazer de tudo para encontrar Wilson e matá-lo para vingar a morte de Michelle, que descobrimos somente agora que ela estava grávida na época, usando até mesmo seu amigo Jack para conseguir isso. Quando Wilson chegou ao local, Tony teria a primeira e única chance para concretizar sua vingança, mas a chegada de Renee (Annie Wersching) e seus homens do FBI atrapalharam os planos iniciais, fazendo até mesmo com que Tony matasse Cara (Amy Price-Francis) para ter o seu momento, mas a chegada de Renee e Jack acabou com as chances de Tony e ele e Wilson foram levados em custódia. Após Wilson chegar ao FBI para seu interrogatório, Renee está bastante propensa a fazer com que ele confesse todos os atos de sua organização, atos esses que levaram à morte de Larry (Jeffrey Nordling) e que para ela conseguir extrair essa confissão, estaria disposta a sacrificar sua carreira fazendo coisas que ela jamais pensou em fazer antes, graças ao seu convívio com Jack.

Finalmente acabou a ameaça, Tony e Wilson estavam presos, a população estava à salvo, e assim Jack poderia morrer em paz. Vale lembrar que ele e Renee tiveram uma conversa emocionante aonde vimos Jack se abrindo como nunca vimos antes, como o fato dele dizer que salvando vidas ele estaria salvando a ele mesmo e que não se arrependeu de nada do que fez até hoje. Pelo que entendi, Jack queria passar por todo o doloroso processo, que levaria a sua morte, sem nenhum remédio para amenizar sua dor e a única coisa que ele queria era “perdoar a si mesmo”, e em razão disso ele chamou Gohah (Ravi Kapoor) para conversar e aliviar sua alma. Achei legal essa atitude porque por muitas temporadas Jack perseguiu muçulmanos terroristas na série e em razão disso ele sempre foi desconfiado com essas pessoas, mas ao buscar uma redenção ele encontrou na figura de um “amigo muçulmano” ele encontrou tranqüilidade e uma palavra amiga para ter em seus últimos momentos. É claro que Kim (Elisha Cuthbert) não iria permitir que seu pai se entregasse daquela forma e para isso ela pediu que a Dr. Macer (Christina Chang) fizesse os arranjos para que eles realizassem o tratamento experimental que ela havia comentado antes, e agora fica a expectativa para descobrir o que aconteceu com eles durante esse período.

Agora falando dos atos de Olivia Taylor (Sprague Grayden), que foram descobertos por Ethan Kanin (Bob Gunton), isso acabou colocando a Presidente Taylor em uma situação complicadíssima. Olivia foi obrigada a contar a verdade para sua mãe sobre a morte de Jonas Hodges (Jon Voight) e seu envolvimento com ela, e dessa forma ela tomaria uma decisão sobre seu futuro. De um lado estava a “mãe Allison”, com sua família bastante abalada, primeiro com a revelação dos responsáveis pela morte de Roger, depois por terem sequestrado e tentado matar Henry Taylor (Colm Feore) e agora com essa descoberta de que Olivia teria ordenado a morte de Hodges. Em outra posição estava a “Presidente Taylor”, que jurou defender a constituição a todo custo, não importando quem seja ou o que fez, e mesmo com os pedidos de Henry para que ela não acabasse com sua família daquela forma, ela decidiu que a melhor e mais correta maneira de lidar com essa situação seria entregando Olivia para que Aaron Pierce (Glenn Morshower) a encaminhasse ao Departamento de Justiça para responder pelos seus atos. Essa atitude colocou a situação entre ela e Henry em perigo, e naquele momento em que tudo parecia estar perdido para ela, foi na figura de seu amigo Ethan que ela encontrou apoio para continuar. Meu destaque final vai para a cena legal de despedida entre Janis (Janeane Garofalo) e Chloe, essa dupla de analistas inteligentes e de temperamento forte que eu adoraria ver trabalhando novamente na próxima temporada, e também digo que esperava mais dessa season finale, pelo que pude acompanhar de toda a 7ª temporada, já que esse episódio final não teve a dose perfeita de “ação-emoção” que vimos anteriormente, principalmente na metade final da temporada, mas que na verdade teve apenas uns 10 ou 15 minutos de ação e o restante se concentrou na emoção de vermos Jack Bauer sucumbir à morte e aceitar seus pecados, mas conforme vimos Kim não irá deixar isso acontecer tão facilmente.

Nota: 9,3

0 respostas a 24 (7.24) 07am-08am

  1. Tiago diz:

    Ótima temporada….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: