True Blood (2.06) – Hard-Hearted Hannah

Julho 31, 2009

tb206Esta segunda temporada de ‘True Blood’ já chegou a metade, mas ainda estamos no momento que antecede a guerra, o que não é mau de todo, pois as coisas estão a construir-se de uma forma sólida. No início tínhamos três acções distintas, mas agora que a Irmandade do Sol cruzou-se com a Sookie tudo começa a ficar mais interessante.

Começando exactamente por essa personagem, novamente reforço o talento da Anna Paquin. Agora que estou a ler o segundo livro tenho a perfeita noção que Paquin é uma actriz escolhida a dedo para interpretar Sookie Stackhouse. Tal como tinha sido dito no episódio anterior, a amada de Bill infiltrou-se na Irmandade do Sol para descobrir o que eles andam a tramar. É numa reunião com o Steve a Sarah, fingindo que se vai casar com o namorado de uma vampira, que ela percebe que o mentor de toda essa guerra que etsá para acontecer é de Steve! Contudo, existem outros pontos que despertam, certamente, o interesse dos fãs. Algo que está subentendido é que talvez exista um vampiro que anda a trair a sua espécie e ao mesmo tempo que está do lado de Eric e companhia, anda a trai-los com a Irmandade do Sol. Afinal de contas, como é que a Irmandade iria saber que a Sookie chegaria no avião naquele momento (episódio 3 ou 4) e que ela era uma infiltrada?

Em Bon Temps, os acontecimentos também criam um certo nível de suspense. O Eggs e a Tara vão dar uma volta de carro e algo de muito estranho acontece: ele é atraído para um lugar que já esteve antes e esse sítio tem sangue! Eu fiquei com uma dúvida e espero que seja respondida em breve: será que ele sabe o que se passa com a Maryann e está a ajudá-la no que ela quer da Tara ou ele é um pobre ignorante igual à rapariga? Quem também corre perigo de vida é o Sam! Aquela cena final foi mesmo fabulosa: numa espécie de orgia tropical, Maryann coloca uma máscara de um minotauro e prepara-se para matar Sam… com a ajuda de Daphne. Como eu disse nos reviews anteriores, ela não estaria na série caso não tivesse um papel importante para o desenvolvimento da história. Finalmente conhecemos qual o seu objectivo, embora ainda existem algumas perguntas no ar…

E como se essa cena final não tivesse sido boa o suficiente, ainda somos contemplados com um flashback do Bill e da sua criadora: Lorena. Quem iria imaginar que o vampiro sabia cantar? Mas a cena que mais me chocou foi aquela em que eles devoram os dois humanos que seduzem! Sangue! Que seria dessa série se não tivesse num canal por cabo? Ainda bem que foi a HBO que decidiu adaptar, pois caso fosse um canal aberto, não teríamos sequer metade do que Alan Ball e a sua equipa nos oferecem. Só tenho um defeito a apontar nesse episódio: o Lafayette deprimido! Nós queremos ele vivo e com as suas piadas sarcásticas, ao estilo da primeira temporada. Vamos ver como tudo corre agora que ele está de volta nos negócios.

Nota: 8,8


So You Think You Can Dance (5.16-19) – Top 10/8

Julho 31, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande dançarino dos Estados Unidos: o público. Devido ao grande atraso dos reviews de ‘So You Think You Can Dance’, decidi fazer um que conjuga as últimas duas semanas e assim estar actualizado para a final que está quase aí.

Primeiro, como é óbvio, vou começar pelo Top 10. Com a mudança de pares, acho que houve menos benefícios para os concorrentes do que quando estavam com os pares antigos. É estranho ver, por exemplo, a Randi com o Kupono ou o Jason com a Jeanine, mas o concurso é feito disso e se querem vencer a competição têm que se dar, ter química e dançar bem com qualquer um dos outros que ainda estão em jogo. Uma das melhores performances desta temporada, senão a melhor de todas, foi a que abriu o episódio dos resultados, com a dança chinesa. Parecia tudo tão natural e se devemos agradecer aos concorrentes por dançarem assim tão bem, toda a equipa técnica, desde a coreografia até à maquilhagem, está de parabéns.

Como devem ter percebido pelo que disse acima, houve alguns casais que não gostei, mas mesmo assim houve surpresas agradáveis, tais como o Evan e a Kayla, que fica muito melhor com ele do que o Kupono! Quanto à eliminação, foi muito difícil ver a Randi ir-se embora, mas a verdade é que a performance dela com o Kupono foi a pior do Top 20. Já em relação ao Kupono, já estava mais que na altura dele ir-se embora, apesar de com aquele vídeo final, o da despedida, ter melhorado a minha opinião em relação a ele. Eu sei que esse tipo de vídeos só mostra os melhores momentos e tal, mas mesmo assim pensei que fosse ficar com uma opinião mais negativa acerca da sua participação no reality.

snapshot20090731133224O Top 8 foi um momento especial para o programa porque ‘So You Think You Can Dance’ comemora o centésimo episódio. Uma data como essa é normalmente comemorada com um episódio especial nas séries de televisão (ainda hoje fico muito desiludido por ‘House’ não ter feito o mesmo, criando apenas mais um episódio) e ao que parece, os reality shows não são diferentes. Mas antes de falar no episódio cem, vamos ao noventa e nove. As performances foram agradáveis e neste momento já começa a ser muito difícil a dizer que é o melhor lá dentro. Contudo, o Brandon apesar de ter uma personalidade bastante peculiar, é aquele que, para mim, merecia ganhar o programa. Eu sei que mudo de opinião todas as semanas, mas não tem como negar que ele é aquele que menos desilude a nível da dança e também é o que está sempre a crescer como dançarino. Outra coisa que gostei bastante foi a dança do Ade e da Melissa sobre o cancro. Tão simples… tão bonita!

E agora vamos então falar do episódio cem! Primeiro que tudo, é importante dizer que eu não vi as temporadas anteriores, mas adorei o facto de recordarem três casais e voltarem a trazê-los ao palco. Aquela performance do banco de jardim é genial! Mas como o jogo nunca pára, tinha de sair mais dois concorrentes, sendo eles o Jason e a Janette! O Jason, tal como o Kupono, já estava a ter sorte a mais e não faz falta nenhuma ao programa, mas a Janette era uma dançarina fabulosa, tão boa que era aquele que o júri achava que ia vencer o programa. Neste momento ninguém está a salvo quando é o público a votar! Não posso deixar de dizer o quão surpreendido fiquei por ver o Brandon nomeado e a Kayla vencer a Janette. Já agora, quem não adorou o solo do Brandon? Aquilo é que é dançar!

Por fim, não posso deixar de comentar a participação especial da Katie Holmes, mais conhecida por ser a mulher do actor Tom Cruise e pelo seu papel Joey Potter numa das melhores séries adolescentes de sempre: Dawson’s Creek. Estava à espera de algo melhor, notava-se que ela estava um pouco nervosa, mas mesmo assim foi bom vê-la outra vez na televisão. Por falar nisso, desde o final de Dawson’s Creek que ela não tem tido grandes projectos nem na televisão nem no cinema. Uns dizem que o marido não a deixa trabalhar, mas uma cara tão bonita como essa (e ela até tem talento como actriz) devia estar em alguma coisa.

Faltam duas semanas para o grande final e a nova temporada começa já em Setembro. Apostas de quem sai vencedor?


Vídeo e poster da segunda temporada de Fringe

Julho 31, 2009

fs2pA segunda temporada de Fringe, do mesmo criador de Lost, Alias e Star Trek – JJ Abrams – chega no dia 17 de Setembro e é uma das estreias que estou mais ansioso nesta fall season. A série começou morna mas a segunda metade da temporada mostrou o porquê de ela ser o novo sucesso da FOX americana e ter uma das melhores audiências da emissora. A seguir pode ver um vídeo promocional e poster que foram lançados ontem. Infelizmente a qualidade da imagem não é grande coisa, mas já dá para satisfazer alguns fãs.

fs2p2


Dexter (2.07) – That Night a Forest Grew [FOX PT]

Julho 31, 2009

GetAttachment.aspxDe novo Dexter tem um grande episódio. Nota-se um Dexter diferente, mudado, um Dexter novo. Já não tão confuso, mas claro do que tem a fazer. Dexter já passou a fase dos porquês, agora começam a aparecer as primeiras borbulhas. Daqui a pouco temos um novo ser humano.

Falando em borbulhas, e consequentemente adolescência. É a fase mais clara na mente do assassino. Com as hormonas aos saltos, apaixona-se por Lila, gosta de Rita, preocupa-se com os filhos da última. O triângulo amoroso adensa-se. Mas Lila têm-no na mão. Tornar-se um perigo, agora que vemos a verdadeira face de Lila. Uma pessoa muito vingativa, muito emotiva. Se Dexter encontrou o local onde descansa, no colo da sua amante, parece que Lila não gosta que o controle lhe fuja da mão. E como encontrou o parceiro perfeito (Dexter, mesmo no sexo, deixa-a comandar) não abre a mão dele. Nem que tenha de queimar a sua casa.

Mas Dexter percebe que o seu ponto de abrigo é Rita. É lá que se sente seguro, é lá que se sente humano. E é lá que tem alguém que o ama. Um amor que sofreu bastantes rombos, mas suporta. Um amor de ferro. Algo que parece que ninguém conseguia quebrar. Mas Lila, com o seu maçarico, lá conseguiu quebrar a ligação entre Dexter e a família de Rita. Vamos ver se não é o mesmo maçarico a restaurar e fortalecer a ligação. Os filhos de Rita, principalmente Cudy (que tem um destino bem diferente nos livros que deram origem a série), não se importavam nada.

Quem está de novo apaixonada é Deb. Agora é com alguém mais calmo. O que é interessante é que Deb passa sempre por alguém mais explosivo no inicio da temporada, acaba com ele e vai para algo mais seguro. Vamos ver qual a segurança que Lundy dará a irmã mais nova de Dexter (pois ele teve um mais velho).

E para acabar, vamos lá falar da peça mais importante da temporada. BHB lança um manifesto, algo que confunde os detectives durante todo o episódio. Se Dexter só fez copy paste, o trabalho de recolha foi bem feito, foi bem escolhido, pois consegui enganar quase a equipa. Claro que a experiência de Lundy não é pouca, mas Dexter consegui ter na mão. Consegui ter o poder. E deixou um aviso. Alguém muito próximo deles é o BHB.

Para acabar, Dexter fecha a janela que anteriormente falei. Consegue eliminar Doakes, cortar o mal pelo caule. Vamos lá ver se chega, se não é preciso cortar pela raiz. Coisa para ver nos próximos episódios.

E acabo com uma citação, proveniente de Doakes: “Não há nenhuma pista sobre o passado de Dexter Morgan”. As pistas sobre o futuro estão a surgir. Vamos lá ver o que Dexter se tornará.

Nota: 9,4


FOX HD chega hoje a Portugal

Julho 31, 2009

Logo FOX HDA FOX International Channels (FIC) lança em Portugal, hoje dia 31 de Julho, o canal FOX HD, em exclusivo no operador MEO, através da plataforma de IPTV – MEO (ADSL) e MEO Fibra (Fibra Óptica). A versão em alta definição do canal FOX estará acessível a todos os clientes do pack temático ‘Entretenimento’ (que pode ser incluído como parte do pacote base, sem qualquer custo adicional) ou aos que tenham a oferta de 100 canais, na posição 61.

A FOX HD será emitida em simulcast (emissão em simultâneo) e coexistirá com a versão standard da FOX, que passará a ocupar a posição 62. Portugal é o terceiro mercado a lançar a FOX HD, depois da Itália e da América Latina. Este canal junta-se ao NGC HD no bouquet de alta definição da FIC em Portugal. Também o MEO – o primeiro operador a lançar HD em Portugal – reforça assim a sua oferta HD, passando a ter 8 canais em alta definição.

85% da programação entre as 21h30 e as 23h00 vai ser emitida em full HD, prevendo-se que todo o prime-time – compreendido entre as 21h30 e as 00h30 –, atinja os 95% em HD nativa em Setembro (não contemplado apenas a série ‘Os Simpson’). Os conteúdos não produzidos originalmente em HD serão transmitidos em upconversion/upscale para HD, um formato inovador nos canais de séries e entretenimento HD emitidos em Portugal e que permite homogeneizar a imagem ao longo de toda a emissão, conseguindo assim minimizar o impacto para o espectador.

Não perca a última estreia da FOX, ‘A Ilha’, em alta definição, em exclusivo na FOX HD. Palpite ainda mais ao acompanhar o empolgante último episódio da 5.ª temporada de ‘Perdidos’ em full HD e viva uma arrebatadora experiência ao assistir às suas séries de eleição – ‘House’, ‘Mental’ e ‘Ossos’, entre outras – num registo mais real e vivo, o da alta definição nativa.

Os espectadores e fãs da FOX, que sejam clientes MEO, vão poder viver e desfrutar a experiência “emoção em série” (tagline FOX) de um modo mais real, como se estivessem cara-a-cara com as suas estrelas de eleição. Os conteúdos da FOX agora com uma resolução superior: imagens mais vibrantes e nítidas, cores mais vivas e um maior detalhe.

Com o full HD (um sinal progressivo) ganha-se uma maior fluidez dos movimentos e amplitude da imagem, que devido à sua extraordinária definição (5 vezes superior à imagem em SD) revela qualquer pormenor. A imagem ganha em “volume”, os segundos planos ficam mais nítidos e a perspectiva de imagem alarga-se.

A FOX, e agora a FOX HD, são canais de entretenimento generalistas concebidos para um público 18-35 anos, early adopter, urbano e que procura algo de novo, ousado e inovador, oferecendo as melhores séries internacionais de ficção do momento.

Informação enviada pelo grupo FIC


HBO renova True Blood, Entourage e Hung

Julho 31, 2009

hbo

Uma pessoa já não pode ir acampar por um dia que quando chega a casa perde logo as grandes novidades da televisão americana… e que novidades!

O grande sucesso da HBO desde ‘The Sopranos’ – True Blood – ganhou uma terceira temporada onde, tal como o criador Alan Ball disse, deve introduzir o mítico lobisomem. Com 3.8 milhões de telespectadores por episódio e 11.2 no total (com gravações, on demand e repetições), essa renovação era mais que esperada.

A nova comédia do canal americano – Hung – também teve a mesma sorte e vai voltar para uma segunda temporada. 3.1 milhões por episódio e 10.2 no total foi a audiência conquistada. Nem True Blood se conseguiu sair assim tão bem no seu ano de estreia.

Por fim, Entourage, que mesmo após seis anos de exibição, continua a trazer audiências muito boas para o canal (3 milhões por episódio e 7.4 no total) e é normal que tenha ganho uma sétima temporada.

O futuro de In Treatment ainda não foi decidido. Já Curb Your Enthusiasm volta com a sétima temporada em Setembro, a quarta de Big Love em Janeiro e a nova minissérie sobre a segunda guerra mundial – The Pacific – chega em Março.


Desperate Housewives: Um sai… outro volta!

Julho 29, 2009

Sem títuloShawn Pyfrom saiu da séries Desperate Housewives após cinco anos.

O actor de 22 anos, que interpreta Andrew Van De Kamp na dramédia da ABC, vai apenas aparecer por pouco tempo na sexta temporada.

“Shawn não vai ficar em toda a temporada, mas vai voltar e fazer algumas participações especiais,”, disse uma fonte à People, acrescentando que “a sua decisão não foi fácil, mas ele quer renovar um pouco o seu trabalho e ter novas oportunidades na televisão ou cinema.”

Enquanto que Pyfrom vai, outro actor volta. Jesse Metcalfe retorna no papel do jardineiro John Rowland, que agora está divorciado. A sexta temporada de Desperate Housewives estreia a 27 de Setembro na ABC.


Dexter (2.06) – Dex, Lies and Videotape [FOX PT]

Julho 29, 2009

3501548491_cae46de919_oPrimeiro explicar o bastante atraso dos reviews, que teve o seu ponto extremo neste episódio, e consequente review. Isto deve-se as minhas “mini-férias” tiradas na praia (a maior parte das férias são passadas no campo) sem Internet em casa. Assim tenho de fazer “ginástica” para vos enviar o review. Para além disso, pois, como percebem, não há muito tempo para ver episódios e escrever reviews. Mas, se não basta-se, tive um contratempo, o que me levou a ficar 2 dias na cama. E por isso é que só chega agora o review do 2.06, já transmitido na sexta.

Agora vamos lá ao que interessa. A meio da temporada a vida de Dexter continua um remoinho. Remoinho em duas vertentes: em movimento rapidíssimo e confusa. A temporada vai a meio e Dexter ainda não sabe o que é o novo ele, o que o novo ele quer. É ainda uma pessoa por descobrir, na fase dos porquês, na adolescência, tudo misturado num ser humano. E num ser humano adulto. Com mais algumas preocupações, e bastantes preocupantes.

A descoberta do Dexter, sem Morgan como sobrenome, é um rodopio. A descoberta do caso entre o seu pai adoptivo e a sua mãe é um pormenor no qual Dexter tem de pensar, mas é dos mais importantes. Deita tudo segundo o qual Dexter sempre se regeu, o código de Harry sofreu um contratempo que parece que não vai recuperar. Dexter percebe que as bases do código foram incumpridas pelo próprio criador, Harry não cumpriu o seu próprio código. Então porque que ele irá cumpri-lo? A confusão está instalada na cabeça de Dexter, já não pensa correcto, mas isso não é o seu maior problema.

BHB. O problema que afecta a cabeça de Dexter. O maior e o pior problema que Dexter passou. Sempre que parece se safar de uma situação, parece que aparecem outras. Diz-se que sempre que se fecha uma porta abre uma janela. Isto acontece no caso de Dexter. Sempre que consegue fechar uma porta para a sua vida, abre-se uma janela para o seu interior. Depois de confirmar que continua racional no que toca a esconder provas, parece que a janela se abriu prontamente. A câmara é a nova janela que Dexter tem de fechar. E lá tem de Dexter voltar a colocar o fecho na janela. Claro que as janelas para a vida de Dexter são bastantes, como para cada ser humano. Assim abre-se o portão, aquilo que Dexter levou mais tempo a fechar. Doakes está de novo na pista. E o perigo espreita. Conseguirá Dexter livrar-se do detective? Para descobrir no resto da temporada.

O que temos para descobrir no resto da temporada é o triângulo amoroso entre Rita – Dexter – Lila. Parece que é um caso bicudo, pois Lila está-se a tornar uma peça importante na vida de Dexter, algo que Dexter não deve dispensar. Mas Rita é Rita. Alguém que dá a humanidade que Dexter precisa, o apoio de Dexter como ser humano. Lila é a luz que ilumina esta descoberta. Alguém tem de sair. Já vimos Dexter livrar-se de alguém que lhe era imporatente, que estava a ajudá-lo na descoberta. O psicólogo teve o que Dexter prometeu. Vamos lá ver quem é que Dexter escolhe.

Nota: 9,3


Estreias TVP: Oito dias; Quatro Surpresas!

Julho 29, 2009

simEntre os dias 04 e 11 de Agosto, o canal FOX tem reservados quatro emocionantes momentos para os seus telespectadores e fãs: a emissão do primeiro episódio de ‘Os Simpson’ (dia 06, às 20h40); as estreias da mini-série britânica ‘Humanos’, na terça-feira, 04 de Agosto, e de ‘Buffy, Caçadora de Vampiros’, no dia 11; e a chegada de mais uma temporada, a terceira, de ‘Dexter’ – o serial killer mais amado da televisão –, também no dia 04.

‘Mês Amarelo – 20 Anos com Os Simpson’ é o lema/tagline do canal FOX no mês de Agosto. Para celebrar o 20.º aniversário desta que é a mais longa e famosa série de animação da história da televisão, a FOX veste-se a rigor e emite o primeiro episódio desta saga, seguindo-se os restantes. As três primeiras temporadas têm estreia marcada no canal durante o mês mais quente do Verão – 1.ª temporada: Sábado, dia 06, às 20h40; 2.ª temporada: quarta-feira, dia 12, às 21h05; e 3.ª temporada: Domingo, dia 23, às 21h05 –, todos os dias às 20h40, em episódio duplo.

Na próxima terça-feira, dia 04 de Agosto, pelas 22h15, o canal FOX estreia ‘Humanos’, uma mini-série britânica, composta por seis episódios, que conquistou um alto e consistente nível de audiências durante a sua recente exibição no país da rainha-mãe. ‘Being Human’ (título da versão original) aborda temáticas como o sobrenatural, vampiros, lobisomens que, nos dias de hoje, são bastantes populares principalmente devido ao sucesso da série Moonlight (já emitida, em exclusivo, na FOX). Juntamente com a 3.ª temporada de ‘Eureka’ – que estreou recentemente, no dia 25 de Julho, às 21h30 –, ‘Humanos’ dá vida ao bloco sci-fi das noites de terça-feira.

Também neste dia, 04 de Agosto, mas às 23h50, a FOX estreia a terceira temporada de ‘Dexter’. A série vencedora de dois Emmy Awards é interpretada por Michael C. Hall, que veste a pele de Dexter Morgan, um personagem complexo cujo código moral pode ser chocante para alguns ou totalmente injustificável para outros. Técnico da divisão de homicídios durante o dia e serial killer durante a noite, ‘Dexter’ promete sangue novo e revelações surpreendentes nesta nova temporada. Nos Estados Unidos da América, o primeiro episódio da terceira temporada foi assistido por 1,2 milhões de espectadores.

A 11 de Agosto é dia da estreia de mais uma nova série no canal: ‘Buffy, Caçadora de Vampiros’, com emissão de segunda a sexta-feira, às 17h00. Esta série é baseada no filme com o mesmo nome e deu a conhecer a actriz Sarah Michelle Gellar, na pele da protagonista Buffy Summers. ‘Buffy, Caçadora de Vampiros’ conta as aventuras de uma adolescente de 16 anos que deseja ser normal apesar de ter o rótulo de “A Escolhida”. Esta heroína – dotada de força e capacidades para perseguir e caçar vampiros –, tenta cumprir o seu destino de combater as forças ameaçadoras da escuridão; ela luta continuamente para salvar o seu mundo dos demónios sobrenaturais.

Informações enviadas pelo grupo FIC


Burn Notice e Royal Pains renovadas!

Julho 29, 2009

Royal-Pains-Jill-Flint-as-JillO canal americano USA Network renovou duas das suas séries para novas temporadas. À medida que Monk caminha para a sua temporada final, a oitava, é importante investir em novos sucessos e a verdade é que Burn Notice tem colocado a emissora num patamar muito acima daquele que é normal para os canais por cabo.

Com uma média de mais seis milhões de telespectadores por episódio, a série protagonizada por Jeffrey Donovam acabou de ganhar uma quarta temporada que vai estrear no Verão de 2010. A terceira época foi dividida em duas partes, tal como aconteceu o ano passado, sendo que a primeira está a ser transmitida agora e a outra começa em Janeiro do próximo ano.

Royal Pains, que tem tido níveis de audiências mesmo muito bons para um ano de estreia, também conseguiu ser renovada. A série tem sido acarinhada pela crítica e essa renovação era mais que esperada.

O futuro de Psych ainda não foi decidido, mas a série também deve ser renovada.


'Family Guy' volta a provocar polémica!

Julho 28, 2009

family-guyUm dos episódios da próxima temporada de Family Guy, sobre o aborto, não vai ser exibido no canal FOX.

A emissora recusou transmitir o controverso episódio, mas não vai proibir deste ser lançado em outras plataformas, tal como no lançamento de DVD, disse o The Hollywood Reporter.

“A FOX não vai colocar no ar ‘Partial Terms Of Endearment’ [título do episódio], mas apoia a 100% os produtores na elaboração do mesmo e na distribuição em qualquer outro modo que eles queiram”, argumentou um dos executivos do canal americano em relação a esse assunto.

Seth MacFarlane, criador da série animada, falou sobre isso na Comic-Con: “20th Century FOX, como sempre, permitiu que nós fizéssemos o episódio e só depois é que dizem que ‘Sabes que mais? Nós estamos assustados para c*ralho, portanto não vamos exibir'”.

Mais tarede, Seth clarificou aquilo que disse num email para a comunicação social, acrescentando: “Nós tivemos autorização para ‘quebrar’ esta história e isso é suficiente para mim.”

A série animada foi nomeada para melhor série de comédia, sendo a segunda animação na história dos Emmy a conseguir esse feito!


10 Things I Hate About You (1.03) – Won't Get Fooled Again

Julho 28, 2009

snapshot20090727195057 “She’s my little flower and you’re my big tough cactus.  Great Dad: I’m green, spine and falic!”. Repito novamente que a interação pai e filha tem sido um dos momentos chave da série, tornando este relacionamento o mais real de todos. “Dad Stratford” sempre teve um jeito peculiar de cuidar de suas filhas, ainda mais depois que ficara viúvo. Engraçado quando este faz o teste do bafômetro(medidor do teor alcóolico)  e o teste de urina depois que Bianca chega atrasada do jogo da escola, fato que a deixa de castigo pelo resto da semana. Outro relacionamento que veem sendo abordado é o da “Big Spine Cactus” e o “Capitan Intensite“, que novamente reforça minha opinião: flui de maneira acelerada, mas confesso que gostei da cena em que ele diz que tem que mostrar algo a ela e levanta a camisa, deixando-a totalmente embaraçada, porém o rapaz somente queria dizer que eles estavam usando a mesma camisa e falar sobre o festival/show que haveria na cidade.

Cameron por sua vez continua sendo o “Nice Puppet Guy”, tentando sempre sem sucesso conquistar a “Little Wannabe Popular“, que agora tenta desesperadamente descobrir onde será a próxima grande festa da escola e como ela mesmo diz, existe a linguagem da popularidade, na qual Cameron deverá se adequar se quiser descobrir onde será a tal festa. Bianca tenta escapar do castigo, agradando seu pai no horário do jantar, tentando assim convencê-lo a deixá-la ir na festa. Kat que anteriormente conseguiu uma fake ID para ir num festival de cinema/show, local que Patrick também estará, considerando que foi ele que a estimulou a ir. Depois de toda a cena “The Oscar goes to….Bianca Stafford for “Lying for her father”, Bianca não consegue o quer e Kat acaba ficando com peso na conciência, decidindo levá-la a festa, porém sua Little Sister já havia escapado, valendo a pena por um lado: podemos ver o inflamado lado Big Sister da Kat.

Temos pela primeira vez uma interação intensa longe do Padua High School entre Kat e Patrick e digo que me surpreendi bastante com a química entre os dois, que nitidamente atingem outro nível, diferente dos conflitos e das frases ácidas que Kat despeja nele durante o período escolar. Ainda fico um pouco confusa com o ritmo deles, mas tratando de uma série de aproximados 22 minutos por episódio, podemos talvez entender o porque. Kat mostra mesmo sem querer demonstrar uma atração pelo bad boy e mesmo com todo o clima no ar, ela consegue colocar-se por cima da situação, soltando suas  frases características. Porém no momento do “possível beijo”, ela recebe uma ligação da Little Sis pedindo socorro, pois ela e Cameron foram parar numa casa onde não havia festa alguma, comprovandodo que o “Nice Puppet Guy” é péssimo com a linguagem da popularidade.

Encerrando com uma bela discussao entre as irmãs, Kat se vê encuralada quando sua irmã descobre que ela estava num lugar impróprio para menores de 21 anos, ou seja, ela tinha uma fake ID.  Novamente o Dad Starfford obriga a filha fugitiva a fazer o teste de urina, porém numa sincera conversa, Kat revela ao pai que também fez algo errado naquele dia, pois saiu sozinha num lugar proibido para menores. Agora resta a dúvida, pois todos conhecemos Kat por sua personalidade única, que foge totalmente dos padrões, porém ela evidencia ao pai: ” I don’t want to be a cactus” e assim vemos um lado mais vulnerável e sensível dela. Acho que com esse episódio podemos definir bem a linha que separa a série do filme e simplesmente apreciar a série como uma série, fazendo então juz ao que ela propõe.

Nota: 8,5


Lista: Os melhores amigos da TV

Julho 27, 2009

l0

O que seria dos nossos personagens favoritos sem os seus amigos? Provavelmente seriam mais amargurados, aborrecidos e tristes do que são! Esta lista foi uma ideia da Mary e elaborada por ela e por mim, Marco. É importante relembrar que é uma lista pessoal portanto é normal que surjam opiniões diferentes por todos aqueles que visitam este artigo e espero que a partilhem nos comentários. Também queremos saber quais os próximos temas que gostariam de ver retratados num top 10 desse género.

l1

l1

l1

l1

l1

l1

l1

l1

l1

l1


Coldplay em 'The Simpsons? Sim!

Julho 27, 2009

COLDPLAYO vocalista dos Coldplay, Chris Martin, tornou-se na mais recente celebridade assegurada para fazer uma participação especial em ‘The Simpsons’, de acordo com o site Entertainment Weekly,

O responsável pelo sucesso ‘Viva La Vida’ vai fazer uma aparição de si mesmo depois de Homer Simpson ganhar um milhão de dólares na lotaria e contratar Martin para cantar num conserto privado dele e do seu filho Bart.

O produtor executivo Al Jean disse que este episódio vai mostrar Martin a parar de cantar cada vez que o Bart vai à casa de banho.

Outras celebridades que foram contratadas para a vigésima primeira temporada são a comediante Sarah Silverman, que vai interpretar a nova namorada de Bart, e Anne Hathaway, que vai emprestar a voz a uma princesa que vai ser introduzida no programa de Krusty, O Palhaço.

Seth Rogen, Jonah Hill, Neve Campbell e Eartha Kitt, que gravou um segmento antes de morrer em Dezembro do ano passado, também vão aparecer.


Eric Kripke fala da sexta temporada de Supernatural

Julho 27, 2009

Kripke1O criador de Supernatural, Eric Kripke, falou sobre os rumores de que a série deve ter uma sexta temporada.

O produtor executivo disse anteriormente que tinha um plano de cinco anos para o drama da CW, mas recentemente os protagonistas Jensen Ackles (Dean) e Jared Padalecki (Sam) foram contratados para um sexto ano.

Ao conversar com o E!News na Comic-Con que terminou ontem, ele disse: “Existe um plano de cinco anos e estamos no quinto dessa história. Este é o último capítulo deste volume e nós planeamos contá-lo bem, mas estamos também com outras ideias em mente e não existe uma razão pela qual não possamos fazer outro volume”.

“Não existe uma regra que diga que não podemos começar outra história épica. Não vamos esticar esta história ao máximo e colocá-la num lugar onde não pertence. Vamos continuar esta história como é suposto ser contada e a verdade é que ela está a chegar ao fim, mas isso não impede que outra possa começar. E é isso que estamos a planear, mas primeiro veremos como esta temporada corre.”

Quando perguntado se ele estaria numa possível sexta temporada, Kripke disse que ainda sobre o seu futuro em Supernatural. “Neste momento estamos no episódio seis da quinta temporada, portanto é muito cedo para falar se eu estarei na sexta. Eu estou muito interessado e tudo é possível… veremos. Eu primeiro preciso de ver como esta temporada vai se desenrolar.”

E então, gostaram das novidades? Eu, como já disse em artigos anteriores, sou contra a renovação de Supernatural, mas agora fiquei mais animado ao saber que esse capítulo da história vai mesmo acabar na quinta temporada. Supernatural é uma das poucas séries que se pode gabar que o risco de cancelamento é o menor dos seus problemas, visto que é o terceiro programa mais visto da CW, perdendo apenas para o reality show ‘America’s Next Top Model’ e ‘Smallville’.

E qual é a vossa opinião acerca desse assunto?