Maura Tierney tem cancro da mama!

Julho 13, 2009

183Uma das médicas de ER está agora doente na vida real. Maura Tierney anunciou que ela irá fazer uma cirurgia para remover um tumor no peito.

A actriz que deu vida a Abby Lockhart no drama médico de longa duração disse qual o seu estado de saúde após a NBC revelar que as filmagens da sua nova série – Parenthood – ficarão interrompidas por oito semanas devido ao estado de saúde da actriz.

“Eu descobri um tumor no meu peito que requer cirurgia. Eu não saberei o meu diagnóstico exacto ou como será o tratamento até que a cirurgia esteja completa. Os meus médicos disseram-me que esta é uma condição verdadeiramente tratável. Estou muito optimista e quero agradecer a todos os que me enviaram mensagens positivas e de suporte. Espero voltar ao trabalho em breve.”

A actriz de 44 anos ia começar a filmar Parenthood no dia 27 de Julho, mas agora o drama médico Mercy é que vai substituir a série enquanto a Tierney não volta.


'The Simpsons' ganha documentário em 3D

Julho 13, 2009

simpsonsUm comentário especial d’Os Simpsons em 3D está a ser planeado para marcar o vigésimo aniversário desta séries de animação de sucesso.

De acordo com o The Hollywood Reporter, o episódio, que será realizado por Morgan Spurlock, deverá ir ao ar a 14 de Janeiro do próximo ano. O episódio piloto foi ao ar a 17 de Dezembro de 1989 e o segundo a 14 de Janeiro de 1990.

Um anuncio aformou que “[Spurlock] irá examinar o fenómeno cultural d’Os Simpsons no seu estilo distintivo e inovador. O especial irá documentar como o mundo vê a animação e como a família mais amarela da televisão foi vista no mundo por duas décadas.”

Spurlock ainda adicionou: “Quando elas falaram comigo pela primeira vez sobre isso, eu pensei que era uma brincadeira e desliguei. Mas quando o meu agente me ligou, ele disse ‘Não, não… não é uma bricadeira’, e foi então que desmaiei. Quando acordei, eu telefonei a toda a gente que conhecia porque isso é a melhor coisa que me podia acontecer na carreira.”

Tal como foi dito acima, o documentário será em 3D, mas ainda não se sabe como vai processar-se a entrega dos óculos especiais. Eu gostei da ideia e acho que é uma boa forma de celebrar os vinte e merecidos anos desta divertida família.


Harper's Island (1.12/13) – Gasp/Sigh

Julho 13, 2009

snapshot20090713173000E assim chegámos ao final de uma das séries que mais me divertiu nesse momento de abstinência. As expectativas eram altas e talvez seja por isso que fiquei com um pé como o modo em que as coisas foram resolvidas. Divididos em duas partes de quarenta minutos cada, Harper’s Island encerra da mesma forma como começou: cumprindo mais do que prometeu!

‘Gasp’ começa com a captura de Wakefield por parte de Abby. Ao longo do episódio ele é mantido preso e é numa conversa esclarecedora com Abby que algumas perguntas são respondidas. Segundo ele, não é ela o filho dele com Sara (sua mãe)! E foi aí que uma dúvida cresce: quem será o tal desconhecido filho de John Wakefield? Tudo parecia indicar que o cúmplice e suposto filho seria o Jimmy, mas isso era demasiado óbvio e certamente teríamos mais uma surpresa antes da série terminar. O problema é quando a surpresa tem um sabor amargo…

A questão não é o facto do Henry ser o filho do Wakefield, mas sim as razões que fê-lo matar toda aquela gente. Eu sei que a mente humana pode ser complicada e a obsessão por qualquer coisa pode levar às maiores loucuras, mas aquele os flashbacks que surgiram para explicar a relação de Henry com Abby foram muito desapontantes. Mas afinal ele fez aquilo tudo porque à quase vinte anos a amiga disse a ele que ela queria viver sozinha com ele? WFT? O que se passou na cabeça dos argumentistas para resolverem essa storyline com uma explicação dessas? Eu sei que a série teve os seus erros de continuidade, muitos até para apenas treze episódios, mas sempre aceitei porque ela divertia-me acima de tudo! Era o meu guilty-pleasure favorito do momento, mas desceu muitos pontos em consideração com tudo isso.

Outra explicação que não me agradou muito foi como o Wakefield e o Henry se conheceram e a suposta ‘ligação especial’ que os dois tinham. Mas pronto, essa lá se aceita, apesar de também haver a sensação que podiam ter arranjada mais e melhor. Depois da Trish e do Sully terem sido mortos pelo Henry e o Danny pelo seu pai, apenas restavam seis pessoas. O Henry acaba por matar o principal assassino, mas a Abby também assassina o próprio irmão. Madison e Shea acabaram por sobreviver graças a Sully mas perderam a família toda! Já a Abby ainda conseguiu salvar o Jimmy e numa cena ‘à Titanic’, que compensa o desastre das anteriores da casa em que estava presa, consegue finalmente sair daquela ilha. Para finalizar, devo dizer que gostei da forma como decidiram terminar a série com as gravações da festa do noivado.

Nota: 8,1