Hawthorne (1.03/04) – Yielding/All the Wrong Places

Agosto 5, 2009

Episódio 3 – Yielding

hawt 3Os problemas de Christina com Camila parece que não tem fim, agora depois de resolver escrever num teste em forma de rap, está prestes a chumbar o ano. Falando nos diferentes casos que nos são apresentados ao longo do episódio temos o caso dramático de um filho que tem de colocar um ponto final numa espera, desligar as máquina das mãe. Christina acaba por não o conseguir convencer a desligar nesse dia prometendo-lhe 24h, agora terá de arranjar um espaço para colocar a paciente. A solução passou pela remodelação de um depósito, nada que não esteja ao alcance da vontade de Christina. Mas a chegada da filha da paciente acaba por complicar a vida a Christina e Tom que se vem obrigados a desligar as máquinas antes das 24h prometidas a Edie. Num momento de comoçao Christina e Tom acabam por desligar as máquinas sem a presença da filha que não consegue assistir ao momento. Temos ainda um caso de um bebé que tem uma convulsão, aparentemente provocada pela ingestão de álcool, logo as suspeitas se voltam para a mãe. A única a acreditar na inocência da mãe é Kelly que se recusa a envolver e entrega-la às mãos da polícia. No entanto as análises acusam a ingestão de álcool e a mãe acaba detida, Kelly convicta da sua primeira impressão acaba por descobrir a verdadeira origem do álcool e provar a inocência da mãe. Ray por seu lado passa o episódio dividido entre a sedução a Candy e o tratar de Dolores, uma paciente muito exigente. Parece que a relação destes dois está-se a desenvolver. Um bom episódio de Hawthorne, a série consegue cativar, a interacção e as personagens são interessantes e os dramas envolventes. Foi interessante ver o video feito por Camila que passou o dia a diambular pelo hospital pelo menos algo bom ficou.

Nota: 9.0

Episódio 4 – All the Wrong Places

hawt4Neste episódio voltamos a ter notícias de David, um dos aspectos bons da série é a continuidade, depois de tentar o suicídio parece que a vida resolveu ser bondosa com David e depois de uma biopsia e análises o linfoma de Hodgkins terá regredido e desaparecido, preparando-se para ter alto e ir para o centro de reabilitação. Quem se recusa a acreditar no suposto milagre é Tom que para ter a certeza resolve pedir novos exames. Neste episódio depois de alguns avanços na relação entre Ray e Candy, Ray passa por uma crise de ciúmes, depois de saber que Candy vai almoçar com Rich ainda tem de ouvir os comentários dos pacientes sobre uma enfermeira muito prestativa. Bobbie também passa por uma situação difícil, tem de lidar com uma paciente que se recusa à amputação do braço reclamando por uma alternativa de tratamento. Bobbie acaba por ir contra as normas do hospital pedindo uma consulta, quando Hawthorne é confrontado por Tom acaba por retirar a razão a Bobbie que fica furiosa com a atitude de Hawthorne. Ela mais do que ninguém sabe o sofrimento que uma amputação pode causar e este caso mexe com a parte emocional dela mais do que qualquer outra até agora, acabando por ser retirada do caso. Bobbie após reflectir acaba por seguir os conselhos de Christina e não desistir da paciente, insistindo que esta faça a amputação. Por seu lado Kelly encontra-se perdida com Sr. Fleming acabando por desabafar os seus problemas com este. Como eu gosto da interacção entre Tom e Christina, quem sabe num futuro próximo não darão um casal interessante, neste episódio houve um momento mais tenso entre os dois quando Christina após descobrir o que Sang tinha entra abruptamente na sala de operação onde se encontra a mãe de Sang cancelando a operação. Tom não gosta da atitude mas acaba por cancelar a operação seguindo as ordens de Christina, o que acabaria por se revelar como a decisão mais acertada. Camila parece não dar sossego nenhum a Christina e todos os episódios inventa uma nova chatice, desta vez resolve inventar uma visita a DC. Outro óptimo episódio de Hawthorne.

Nota: 9,3

Anúncios

Nurse Jackie (1.05-08) – Resumo

Agosto 5, 2009

Mil desculpas pelo atraso nos reviews, mas com o fim do estágio e o acumular do cansaço foi-me impossível escrever os reviews, assim sendo e para colocar os reviews em dia antes de partir rumo às merecidas férias resolvi fazer um review conjunto dos episódios em atraso.

Episódio 5 – Daffodil

nurse jackie 5O caso principal do quinto episódio de Nurse Jackie retrata a vida de uma paciente com lúpus e de sua filha que embora criança acarreta o pesado fardo de cuidar da mãe debilitada. A vida dupla de Jackie continua dividida entre o marido e o recente problema da filha e Edie. Mas neste episódio os encontros amorosos com Edie vão encontrar em Coop um obstáculo de peso, este torna-se num verdadeiro emplastro boicotando todas as tentativas do casal em estar junto. Mais uma vez Dr. Cooper brilhou quando tentou apresentar-se a Stephanie, a filha da paciente, foi hilariante a maneira como este a resolve tratar, e para terminar em beleza resolve atacar de novo com o seu tique nervoso. Jackie resolve ter mais um acto de bondade e resolve fazer um assalto consentido à farmácia para doar medicamentos a Stephanie com vista ao tratamento da mãe, no final do episódio vemos Stephanie a ligar para Jackie aparentemente a mãe tomou um medicamento e deixou de conseguir mover o braço. Outro assunto que ficou pendente foi o problema de Grace, parece que ainda vai dar muitas dores de cabeça a Jackie e ao marido. Outro momento cómico do episódio foi proporcionado pelo jantar entre a estagiária, Zoey e Ellie, a directora também acabou por protagonizar bons momentos. Um episódio em que teve alguns momentos cómicos, embora a história das personagens e da sua vida pouco ou nada evolui-se e os casos médicos fossem apresentados muito ao de leve, embora a série tenha só 30 e tal minutos podiam explorar melhor as suas potencialidades.

Nota: 8,3

Episódio 6 – Tiny Bubbles

nurse jackie 6Neste episódio Jackie encontra-se com uma amiga, uma antiga enfermeira demasiado debilitada e fraca para lutar pela vida, entregando-se à morte devido a um cancro dos pulmões. Mas nem mesmo assim perde a malícia que durante muitos anos infernizou os outros enfermeiros. E nada melhor para o episódio que Dr. Cooper entrar em acção, desta vez as suas mães resolvem fazer-lhe uma visita inesperada ao hospital devido a uma indisposição e dor de barriga. A infância de Coop parece não ter sido das mais fáceis. Mas o episódio acaba por ser centrado no caso da enfermeira Paula, com a ajuda dos restantes enfermeiros e a pedido de Paula, Jackie resolve cometer eutanásia. Num brinde final e depois de distribuir pelos enfermeiros os seus bens, resolvendo dar a chave do seu apartamento a Jackie, Paula ainda consegue ser benzida pelo padre antes de fechar os olhos pela última vez. Pensei que o caso da semana passada pode-se ter algum desenvolvimento neste episódio mas parece que em Nurse Jackie um caso começa num episódio e acaba nesse mesmo episódio. Um episódio com menos momentos hilariantes, que para mim são um dos aspectos positivos da série, se bem que Zoey, seja em que situação for traz sempre bons momentos. Neste episódio a vida pessoal de Jackie também foi deixada um pouco de lado.

Nota: 8,2

Episódio 7- Steak Knife

nurse jackie 7Parece que a solução para o problema de Grace passa pelo ingresso numa nova escola “Virgem Imaculada”. A relação de Jackie e Edie passa agora por momentos conturbados, depois de um aniversário esquecido e de um presente mal aceite por Jackie, Edie resolve descarregar tudo o que vem acumulando ao longo dos tempos, chegando mesmo a acusar Jackie de o usar para obter vicodin. No fim de contas quem acaba lucrando é Coop que acaba por ficar com a pulseira. Depois da discussão Jackie deparasse com um pedófilo, acabando por fazer justiça com as próprias mãos. Quanto à sempre divertida directora, foi engraçado vê-la passear pelos corredores do hospital reclamando a paternidade de uma criança que aparentemente foi abandonada no hospital. Ellie também passou por um mau dia, desde calçar sapatos diferentes, a deixar cirurgias a meio, até a doar os muffins a Coop. No final depois de esta ir dormir a casa de Jackie percebe-se que o seu problema está relacionado com o padrasto. O episódio clínico apresentado trata-se de um jovem que acabou por ser esfaqueado pelo ex-marido da sua companheira do primeiro encontro. Jackie resolve então agir como casamenteira e entregar o presente de Edie ao paciente. Um episódio que para mim acabou por ser um pouco mais fraco que os anteriores tanto pelos casos clínicos como pela histórias em que o elemento que mais gosto em Nurse Jackie foi um pouco esquecido, a comédia, poucos foram as gargalhadas que este episódio me conseguiu arrancar.

Nota: 8.0

Episódio 8- Pupil

nurse jackie 8A vida dupla de Jackie parece ficar curta demais e as coisas vem ao de cima, depois de uma discussão acesa com Coop, Jackie enquanto fala ao telemóvel acaba por confessar que tem uma filha. Coop que apesar de jurar que não irá revelar o segredo a ninguém, acaba por contar à pior pessoa possível Edie, que como seria de esperar acata a notícia com surpresa e decepção. No entanto depois de conversar com Jackie, Edie diz-lhe que aceita a situação e que não a irá pressionar, que espera ela estar pronta. Um episódio em que os casos clínicos passaram totalmente ao lado do desenrolar da acção. Este para mim foi o episódio mais fraco até agora o ponto alto do episódio foi mesmo a descoberta de parte da vida dupla de Jackie, daqui para a frente tudo promete ser mais complicado e a descoberta total da vida dupla fica mais perto de acontecer. O episódio termina com Jackie a fazer karaoke. Nurse Jackie continua a ser uma grande estreia no entanto a qualidade que se esperava que fosse aumentando ao longo do tempo, acabou apenas por se manter, e em alguns episódios a ser inferior à do piloto. Aguardamos pelos novos episódios. Durante o mês de Agosto como me vou ausentar os reviews de Nurse Jackie vão estar a cargo de outro elemento da equipa para não ficarem sem novidades de Jackie até ao final de Agosto.

Nota: 7,8


Paris Hilton vai participar em Supernatural

Agosto 5, 2009

paris-hiltonFontes disseram em exclusivo ao E!Online que a celebridade cor-de-rosa Paris Hilton vai fazer uma participação especial no episódio cinco desta quinta temporada de Supernatural.

Devemos ficar preocupados? Ela vai ser um interesse amoroso para algum dos irmãos?” O E!Online dá mais algumas dicas…

Detalhes sobre a participação de Paris Hilton estão ainda por revelar, mas o site avisou para não se aborrecerem pois não vai ser necessário. Uma fonte perto da produção disse: “Os fãs devem confiar no criador Eric Kripke.

O E! já sabe o que vai acontecer e disse que quando nós vermos o que está por vir, vamos morrer! “É extraordinário!

E tu, o que achas da participação da protagonista de ‘The Simple Life’ em Supernatural. De lembrar que esse episódio é aquele em que fantasmas de celebridades aparecem, tais como Abraham Lincoln.

A quinta temporada de Supernatural estreia no dia 10 de Setembro.


FOX lança fotos promocionais do elenco de Fringe

Agosto 5, 2009

fs2pA segunda temporada de Fringe, do mesmo criador de Lost, Alias e Star Trek – JJ Abrams – chega no dia 17 de Setembro e é uma das estreias que estou mais ansioso nesta fall season. A série começou morna mas a segunda metade da temporada mostrou o porquê de ela ser o novo sucesso da FOX americana e ter uma das melhores audiências da emissora. A seguir podem ver várias fotos do elenco da série que foram lançadas hoje na Internet. Apesar de Kirk Acevedo sair logo no início desta segunda época, ele também foi uma das personagens que tirou as fotos.


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Meias-Finais]

Agosto 5, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistirá numa série de eliminatórias, entre as quais haverá um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que terá a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficarão para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa poderá votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciona. Têm até às 23h59 do dia de sábado para votarem nas meias finais (Top 4). No domingo será anunciada a grande final e a última votação desta edição começará.

Espero que participem tal como participaram na primeira edição e deixem comentários acerca das vossas escolhas. E agora, toca a votar!

NOTA IMPORTANTE: Votem naquela que acham que é o cancelamento mais injusto e não a série favorita!

mf1

[poll id=”68″]

mf2

[poll id=”69″]

Untitled-3


CW quer mais remakes!

Agosto 5, 2009

dawsonscreek2A presidente de entretenimento da CW revelou que ela está a pensar desenvolver mais remakes.

De acordo com o The Hollywood Reporter, Dawn Ostroff disse que esse tipo de séries é algo que a emissora gostaria de explorar mais no futuro.

“Existem outras séries que estamos a observar,” disse. “Quando tu fazes um remake, já existe um grupo de fãs construído e isso é uma grande vantagem para nós.”

A CW já tem duas séries baseadas em outras dos anos 90 na sua programação: 90210, que está prestes a entrar na sua segunda temporada e Melrose Place, que estreia em Setembro.

Com o Kevin Williamson na CW (por ‘The Vampire Diaries’), será que existe a possibilidade de num futuro próximo ter um remake de ‘Dawson’s Creek’? Por favor, não!


Bailey vai para 'Private Practice'

Agosto 5, 2009

tough-loveUm novo crossover está a ser planeado para Grey’s Anatomy e Private Practice, duas séries médicas com uma criadora em comum: Shonda Rhimes.

Chandra Wilson vai se mudar para Los Angeles por um ou dois episódios, local onde se passa o Private Practice, no início desta sexta temporada quando a sua personagem (Dr.ª Miranda Bailey) visitar o Oceanside Wellness.

Este é o segundo crossover que existe entre as duas séries, sendo que o primeiro aconteceu mais ou menos a metade da quinta temporada de Grey’s Anatomy.

No início deste ano, Kate Walsh (a protagonista de Private Practice) disse ao DigitalSpy que um novo crossover era uma possibilidade e acabou mesmo por acontecer. Resta saber se este vai resultar tão bem como o primeiro.