Dexter (2.11) – Left Turn Ahead [FOX PT]

Dexter5Com uma temporada mais regular, esta segunda vida de Dexter é melhor que a primeira. E este episódio vem demonstrar isso. Primeiro porque temos mais imprevisibilidade que na temporada anterior. Temos dois tabuleiros onde se joga a vida do assassino. Como ouvi no outro dia, a pessoa não é a soma das suas características. Nem o resultado desta soma. A pessoa é formada por tudo o que lhe rodeia, como amigos e inimigos, amores e desamores, risco e segurança. A pessoa é o resultado da soma disto tudo, e se os outros no influenciam, nós também influenciamos os outros.

É esta a vida de Dexter. Ele não é mais que a soma de pessoas. Primeiro Harry, o cabecilha. Mas este parece estar a perder a sua importância. Depois do choque que foi saber que a morte do pai se deveu a si mesmo, Dexter perde o rumo, algo que não é benéfico para Doakes.

A segunda pessoa é Deb. Debra é o novo porto de abrigo de Dexter. Se ele foi o apoio da irmã na altura mais importante da sua vida, quando sai do trauma, agora Deb é a sua compincha. Teria tratamento parecido se fosse com o ITK. Nunca saberemos. Mas se calhar Dexter não estava em Miami com a morte de Deb e a sobrevivência de ITK.

A terceira pessoa é Rita e, consequentemente, os filhos. Rita já foi mais importante na vida de Dexter, agora que a relação está reatada poderá recuperar a posição. Mas Dexter nunca esteve preparado, nem nunca estará, para uma relação como a que tem com Rita. E é isso que o constrói.

Depois temos os inimigos. Começando pelo crocodilo Doakes. A vida do sargento não parece nada famosa. Teve para morrer, já este quase salvo, quando Dexter se decide entregar, mas não esperava que Deb tivesse tanta influência no irmão. Aquela conversa vem por em ordem as ideias de Dexter, e, consequentemente, de nós próprios, que não queremos que o assassino seja apanhado. Mas, para além disso, Doakes já este livre. Mas desta vez parece que não se safará. Só se for Lila.

E, já que falei em Lila, temos a loba a atacar. Parece que o problema principal de Dexter não é Doakes, não é Lundy, é mesmo Lila. É ela que causa mais danos nas pessoas que envolvem o serial killer, é ela que é o perigo maior para a vida de Dexter. Mesmo com a conversa de Deb, o perigo que Dexter está a sofrer é demasiado, ainda por cima com Lila a chegar a sua essência, a descobrir o verdadeiro Dexter. Vamos ver o que saí daqui. Será que o problema será parte da solução?

Para acabar, falar da excelente imaginação de Dexter. Aquelas cenas quando Dexter imagina as reacções da irmã ao dizer que ele é o BHB são pérolas. Parabéns ao Michael C.Hall e a Jennifer Carpenter.

Nota: 9,8

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: