Burn Notice (3.07) – Shot in the Dark

BNPara quem lê, ou melhor, lia, os meus reviews de Dexter já saberá a causa do atraso. Mas volto a explicar. Com o PC a ser a principal ferramenta de trabalho, ficar sem ele é o pior pesadelo. E o pesadelo ocorreu, ficando sem o PC durante duas semanas, aproximadamente. E assim os episódios acumulados, os reviews consequentemente. E só agora consegui apanhar os episódios de Burn. Mas vamos ao que interessa.

Medo. O melhor incentivo para se fazer algo. Todos os medos são utilizados, mais cedo ou mais tarde, contra a pessoa. É o que este episódio demonstra. Mas, antes de falar sobre o episódio em si, tenho de referir uma coisa. Para aqueles que nunca pegaram em Burn Notice, não comecem pelos episódios iniciais, que deitam logo a vontade a baixo. Comecem por este, por exemplo, e só depois voltem ao inicio. Ficaram sem saber o que tem a ver o Strickler com isto, mas perceberão o que é o verdadeiro BN.

E o que é o verdadeiro BN? Uma série cheia de acção, truques e, por fim, humor. É a mistura disto tudo que faz Burn Notice uma série diferente. E isto viu-se neste episódio. Truques é o exemplo o do sangue, numa das melhores cenas que esta temporada teve. Mas já se vai lá. Vamos situar o caso.

Um rapaz que sofre, e que é o maior activista contra o padrasto, que tenta ganhar a custódia, é o último cliente que chega a Michael. E claro que o coração do espião quando encontra uma personalidade tão próxima consigo desfaz-se, e a ajuda surge logo. Mas a solução não passa pela morte. Começa pela intimidação, pela tentativa que a sua fuga faça surgir a solução. E mais uma vez o camaleão de Westen surge. Surge agora com um comprador com a morte a subir-lhe à cabeça. E tudo torna que o padrasto também tenha a cabeça a prémio.

Mas a fuga está difícil. É uma coisa permanente em Burn Notice. A dificuldade. E o que parecia ser fácil, torna-se difícil. E truques são precisos. E sangue também. A cena é genial, tornando a fuga muito mais convivente. Mas claro que não é nada claro como o sangue. Quando parecia tudo resolvido, surge novo problema. O irmão, bandido como muitos que existem em Miami, leva a sua a avante, e torna a tarefa de Michael muito mais difícil. Mas o camaleão ainda tem muitos truques na manda, o que torna a tarefa difícil em genial, e numa das melhores cenas da série. De bradar aos céus aquela interpretação do padre, que deixou-me perdido no riso, muito mais que em algumas séries de humor.

Mas não só do caso vive Burn Notice. O regresso de Michael parece estar cada vez mais próximo, pois as suspeitas confirmam-se: Strickler é o ponto de viragem na vida. Mas para que isto ocorra, o espião tem de fazer alguns sacrifícios, o que poderá tornar ainda mais difícil o seu regresso. Vamos ver se Michael continua a surfar pelas praias e ruas, mais estas últimas, de Miami, com a sua equipa.

Nota: 9,7

0 respostas a Burn Notice (3.07) – Shot in the Dark

  1. Sérgio diz:

    Mais um exelente episódio, de uma série que muita gente não lhe atribui grande valor, mas que o tem. A cena final improvisada foi maravilhosa.

  2. sofia diz:

    Concordo tototalmente com este review. Qnd começei a ver burn notice pensava que não ia gostar, mas lá continuei a ver (e não me arrependo msm nd!). De facto, a serie tem vindo a melhorar cada vez mais e este episódio é um exemplo disso. Foi mt divertido, gostei mt!! Tb adorei a parte em que o michael piscou o olho,,,espectacular

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: