Hung (1.07) – The Rita Flower or the Indelible Stench

Agosto 23, 2009

hung107Uma das coisas mais interessantes de Hung é que a série nunca tem pressa de contar uma história, tanto que no episódio três da série o desenvolvimento da trama foi tão lento que desagradou, porém, tirando essa exceção, essa demora não costuma incomodar muito — pelo menos a mim.

Assim, depois de um episódio que jogou uma pergunta no ar — estaria Ray se apaixonando por Jemma? —, seguimos “The Rita Flower or the Indelible Stench” sem que o casal fosse muito abordado. Claro que vimos os dois juntos novamente, e tivemos a resposta de que Ray está realmente gostando dessa mulher, porém a maior parte do episódio foi centrada em Tanya e seu bloqueio criativo como poeta, além da apresentação de um novo personagem à trama, Pierce — uma paquera de bar que acabou se tornando uma nova companhia para a solitária cafetina.

Não direi que o episódio foi ruim, mas certamente os dilemas de Tanya não são os temas mais interessantes da série, mas tudo foi um pouco amenizado pela presença de Pierce, um personagem ainda desconhecido, mas interessante, que se tornou o par perfeito para aguentar as neuroses da mulher. O episódio também foi beneficiado da praticamente ausência da ex-mulher de Ray, ou seus filhos, que realmente só empacavam a história.

Por fim, ficou uma pergunta no ar: será que é só Ray que se sente envolvido nessa relação com Jemma? Pois a impressão que tivemos é que ela não está tão interessada assim no treinador, a não ser, é claro, por seus serviços sexuais. Vocês acham que o casal tem futuro?

Nota: 7.9


Fotos da segunda temporada de Merlin

Agosto 23, 2009

Merlin foi uma das estreias de maior sucesso do ano passado conquistando mais de 6.3 milhões de telespectadores por episódio no Reino Unido e a compra para dezenas de países pelo mundo fora.

Tendo em conta isso e muito mais, a BBC One decidiu dar uma segunda temporada que inicialmente não iria acontecer, visto que Merlin estava a ser catalogada como ‘uma minissérie de treze episódios’.

Ainda sem data de estreia certa, surgem rumores que o regresso pode estar marcado para o dia 26 de Setembro ou 3 de Outubro. Foi confirmado que Lancelot, personagem mal aproveitada na primeira época, irá voltar para pelo menos um episódio. Agora podem ver fotos da segunda temporada da série inglesa.


A TVI anda a evoluir… ou não!

Agosto 23, 2009

the-storm-nbc-tv-shows

Quatro semanas depois de ter estreado na NBC (Estados Unidos), ‘The Storm’ chega a Portugal.

A TVI, que exibe séries como House, Harper’s Island, Knight Rider e The Office comprou os direitos da mesma e vai exibi-la toda (?) hoje a partir das 16h20 (horário de Portugal Continental).

Apesar de ser uma boa aposta, a forma como a TVI a publicita é minimamente risonha. Primeiro diz, orgulhosamente, que mais de quatro milhões de telespectadores assistiram a séries nos Estados Unidos, quando sabemos muito bem que quatro milhões é considerado um fracasso. Por outro lado, dizer que esta é a ‘maior produção da temporada’ é ridículo!

Enfim, nós que estamos por dentro do mundo das séries, conseguimos detectar essas ‘enganações’, enquanto que o restante público português continua a ser manipulado pela televisão nacional. Já agora, sabiam que ‘The Storm’ foi um fracasso a nível de crítica? Pois é, resumindo e concluindo, esta minissérie não presta, mas mesmo assim vou tentar ver um pouco e ter uma opinião mais formada!


True Blood (2.09) – I Will Rise Up

Agosto 23, 2009

snapshot20090822121325

Father, brother, son… Let me go.
I won’t let you die alone.
Yes, you will. As your maker I command you.

I’ll stay with him. As long as it takes.

Incrível a capacidade continua que True Blood tem de surpreender e conseguir ter um episódio melhor que o seu antecessor, não é? Eu já o vi três vezes (sendo que a primeira foi ao vivo num stream com a companhia da colega já habitual dessas aventuras, a Marcia) e parece sempre que é a primeira vez. E isso é bom sinal!

‘Timebomb’, o episódio da semana passada, terminou com uma bomba a ser explodida e neste episódio o arco da Irmandade do Sol é resolvido. Quem esperava mais uma grande batalha entre os Newlins e os vampiros enganou-se e esta acaba por ser a melhor decisão, visto que apesar da conclusão ser algo aberta, dá sempre a oportunidade deles voltarem. Além disso, o que seria uma série de vampiros sem uma força contrária para os fazer frente? Só para finalizar esse assunto, repararam no pormenor da testa do Steve por causa da bala de paintball que ele levou do Jason? Por falar no Jason, aquela conversa que ele teve com a Sookie foi tão verdadeira que parecia que os actores estavam mesmo a sentir aquilo que diziam. Grande dupla essa da Anna Paquin com o Ryan Kwanten!

Do you believe in God?
Yes, I do.
If you’re right, how will he punish me?
God doesn’t punish, he forgives.
I don’t deserve it. But I hope for it.
We all do.

‘I Will Rise Up’ deve ter sido uma verdadeira surpresa para os fãs do casal Sookie e Eric. Desde à armadilha do Eric até à cena de nudez, todos os fãs devem ter delirado principalmente por ser inesperado, visto que a relação entre os dois ainda não avançou muito. Eu confesso que gosto de a ver com o Bill, mas não odiei vê-la com o Eric. Isso faz-me lembrar Buffy, sendo que era totalmente a favor da relação dela com Angel, mas que depois dele sair, o casal Buffy-Spike também foi bem explorado (pelo menos no início, mas isso é conversa para o review da sexta e muito mediana temporada de ‘Buffy, the Vampire Slayer’).

Em Bon Temps, tudo continua muito agitado com a fuga de Sam após ele saber que Maryann quer usá-lo para um sacrifício. Houve uma coisa que me despertou um pouco a atenção, principalmente quando vi ao vivo: sabem aquela mosca que o Sam encontrou na cela? Eu pensei logo que podia ser o homem careca que está com a Maryann, pois quando a mosca apareceu novamente na casa da Sookie e mesmo na prisão, o homem nunca aparecia. Claro que tudo pode ser uma coincidência, tendo em conta que o Sam é quem estava na casa da Sookie e aquela da prisão era uma mosca normal, mas não deixa de ser estranho. Caso a primeira teoria esteja certa, isso deve ser respondido em breve. Caso não esteja e seja a segunda, não me incomoda nada, continua a ser uma fuga bem pensada por parte dos produtores. Aquela chegada da Maryann ao bar foi esplêndida! Agora é que Sam se deve preocupar a sério!

Are you very afraid?
No. No. I’m full of joy.
But the pain?
I want to burn.
I’m afraid for you.
A human with me at the end, and human tears. 2,000 years and I can still be surprised. In this I see God.

O Hoyt e a Jessica continuam a avançar a sua relação com um novo desafio pela frente: a vampira conhecer a sua futura sogra! Claro que isso não correu muito bem e o pobre rapaz lá se chateou com a mãe casmurra! Adoro essa mentalidade que as pessoas de Bon Temps têm! Como o melhor foi guardado para o fim, chegamos à melhor cena de toda a série: o suicídio de Godric. Esse foi o diálogo mais bonito, emotivo e inteligente que a série alguma vez teve. As altas performances do trio que estava no telhado fizeram desta cena algo realmente fantástico! Interessante que apesar de ter tido uma passagem curta, Godric marcou mesmo muito a série com a sua evolução a nível de pensamento que acabou por originar o seu término da vida. Foi um excelente final para essa história de Dallas, que correu muito bem. Indiscutivelmente melhor que a primeira, esta segunda temporada de True Blood está mais que impecável e arrisco a dizer que o melhor ainda está por vir. Agora com todas as histórias reunidas em Bon Temps, iremos ver finalmente como tudo se vai relacionar. Eu estou ansioso!

Goodbye, Godric.

Nota: 9,8