'Persons Unknown': O trailer

Agosto 29, 2009

puProvavelmente nunca ouviste falar desta série, por isso antes de mostrar o trailer vou falar um pouco sobre ela. Comprada pela NBC e escrita por Christopher McQuarrie, a mente por detrás do filme ‘Os Suspeitos do Costume’ (‘The Usual Suspects’), a série foca-se num grupo de pessoas que estão numa espécie de Big Brother, mas que não sabem como nem porquê de irem parar a esta vila misteriosa e inabitada. A série ainda não tem data de estreia prevista, mas já ganhou o trailer oficial que já deixa um certo apetite para depois dar uma vista de olhos ao piloto. A premissa é interessante, agora resta esperar que seja bem aproveitada.

Anúncios

FlashForward: Novos vídeos promocionais

Agosto 29, 2009

Sem título

A ABC está mesmo a apostar forte naquela que é a nova série mais antecipada pelos fãs de séries. Neste artigo poderão ver vários vídeos promocionais que foram lançados pela emissora do alfabeto. FlashForward seguirá a vida da humanidade após esta ver o seu futuro por dois minutos e dezassete segundos.

A série estreia no dia 24 de Setembro e terá reviews semanais feitos por mim.


Lista: As melhores coreografias de SYTYCD – Season 5

Agosto 29, 2009

key_art_so_you_think_you_can_dance3

Com o término da quinta temporada, cujo os reviews aqui no Portal foram feitos pelo Marco, resolvemos apresentar, aquelas que na nossa opinião foram as mais inesquecíveis e bonitas coreografias desta temporada. Para aqueles que acompanham também esse reality show, deixamos espaço para pronunciarem suas favoritas. Vale lembrar que dia 09 de setembro, SYTYCD fará seu debut no fall-season, desta forma Marco passou o cargo a mim, Mari. Para visualizar as coreografias, clique em cima das imagens.

1 – Kayla & Kupono – Top 12 – “Contemporânea” por  Mia Michaels

dance01

A  coreografia, juntamente com a música, os dançarinos e quem a criou, compõem uma história. Mia Michaels sempre mostrou-se genial em suas peças e sem dúvida essa é sua mais bela obra de arte. Contando a história de uma pessoa que faz nitidamente mal a outra, mas esta não consegue se libertar, causando então a “Addiction”, tema que se encaixa perfeitamente com a letra da canção “Gravity” de Sara Bairelles. Este foi sem dúvida o melhor momento de Kupono, pois ele capturou a essência necessária, mesmo estando muito fragilizado com a história da coreografia.

2 – Janette & Brandon – Top 12  – “Tango Argentino” por “Miriam Larici & Leonardo Barrionuevo”

dance01

O Tango é considerado o “Kiss of Death” para aqueles que não o executam de forma precisa. É o estilo mais intenso e difícil dentre todos, exigindo total conexão entre os dançarinos além dos movimentos que beiram a perfeição. Janette é especializada em dança latina e Brandon mostra sua intensa força e precisão necessária para conduzi-la. Desde o primeiro momento, o palco parecia estar pegando fogo. Todos estavam presenciando o Tango mais perfeito do programa, motivo comprovado quando os jurados e a platéia os aplaudiram de pé.

3 – Jeanine & Philip – Top 20 – “Hip Hop” por Tabitha & Napoleon D’Umo

dance01

NappyTabbs consagraram-se na quarta temporada com as melhores coreografias de Hip Hop da história do programa, fato que os levou a merecida nomeação deste ano ao Emmy. Philip saiu de Vegas como um dos competidores mais carismáticos e Jeanine por sua vez era um rosto até então desconhecido. Bem sincronizados e esbanjando química ao som de “Mad” de NeYo, é deles a melhor rotina de Hip Hop dessa temporada, que aliás foi a mais fraca de boas apresentações neste gênero.

4 – Jeanine & Brandon – Top 8 – “Pop Jazz” por Laurieann Gibson

dance01

Jeanine a esta altura já tinha deixado pra trás a imagem de desconhecida perante os jurados e público e junto com Brandon entrega uma das performances mais fortes  do programa. Dois verdadeiros soldados, ao som de “Battlefield” da Jordin Sparks(American Idol)  mostram quão fortes e favoritos eles são na competição. A expressividade e compromentimento de Jeanine roubam a cena e claro que o atleticismo e força física de Brandon contribuem para essa excelente coreografia. Impossível agora ouvir a música e não lembrar deste momento.

5 – Kayla & Brandon – Top 6 – “Disco” por Doriana Sanchez

dance01

Muitos elegeram o Disco de Brandon com Janette como melhor, porém em técnica e  dificuldade, essa foi a coreografia mais trabalhosa preparada por Doriana Sanchez. Nitidamente esse é o casal perfeição, pois Kayla sempre foi primeira classe ao olhos dos jurados(apesar de não cair no gosto do público) e Brandon também recebia constantemente honrosos elogios em tudo que fazia. Movimentos periogosos e elevações de corpo marcaram essa enérgica coreografia que deixou até quem estava assistindo cansado. Acrescentando o elemento “personalidade” creio que eles terão muito mais sucesso.

6 – Randi & Evan – Top 16 – “Contemporâneo” por Mia Michaels

dance01

Como os próprios jurados disseram “O bumbum mais visto e comentado de todos”. Realmente a história criada novamente por Mia Michaels mostrava uma mulher com incrível magnetismo e um homem totalmente hipnotizado por “ela”. Novamente acertada a escolha da música “Koops Island Blues” da Koop, a dança flui de maneira leve e descontraída, um pouco diferente do estilo intenso e devastador das rotinas da Michaels.  Randi e Evan eram um dos casais mais graciosos de se ver e mesmo ela sendo casada, ele consegui cumprir com o desafio do “bumbum”.

7 – Melissa & Ade – Top 14 – “Classical Pas-de-Deux” por Thordal Christensen

dance01

Melissa e Ade tiveram marcantes momentos no programa, inclusive o mais emocionante deles foi a coreografia sobre o cancro e toda a simbologia do momento. Porém não escolhemos essa para os dois e sim o ballet Romeu e Julieta,  que mostrou Melissa como uma verdadeira bailarina e um surpreendente Ade, que incorporou este precursor estilo de dança, aclamado ao redor do mundo. Belísimos movimentos e total comprometimento nos acompanhamento, mesclando a dança clássico junto a diversidade presente em SYTYCD.

8 – Kayla & Jeanine – Finale – “Contemporâneo” por Mia Michaels

dance01

SYTYCD sempre marcou jornadas e desafios na busca do aperfeiçoamento profissional e pessoal de seus competidores. Quando vivenciamos uma experiência como esta na final, conseguimos entender do que se trata este programa. Brilhantemente estruturada por Mia Michaels, as Top 2 Girls, Jeanine e Kayla deixam claro  por que estão na final desta temporada. Sutilidade e intensidade nos movimentos, expressividade corporal e facial, além do belissimo truque das listas coloridas que vão sendo retiradas gradativamente durante a coreografia. Se juntarmos essas duas competidoras numa só, teriamos uma grande força da natureza. Sempre falam masculinidade e precisão do Top 2 Guys nas finais(excessão desta final), mas sem dúvida essa é a melhor apresentação feminina que o programa já teve.

9 – Jeanine & Brandon – Finale – “Paso Doble” por Louis Van Amstel

dance01

Jeanine e Brandon chegaram na final como os favoritos ao título e suas apresentações somente comprovaram tal fato. Com incríveis solos, esses dois sempre deixavam todos sem reação, sendo Brandon com sua força sobrenatural e Jeanine com sua energética e hipnotizante performance. Numa final morna sem grandes momentos, eles conseguiriam abalar todas as estruturas com o impactante Paso Doble ao som da trilha sonora de Matrix. Ele sempre conseguiu mais uma vez impressionar com sua firmeza e segurança de movimentos e condução de sua parceira e ela se entrega de corpo, mente e alma na coreografia e no comprometimento com quem está dançando.

10 – Karla & Jonathan – Top 18 – “Contemporâneo” por Stacey Tookey

dance01

Todos sabemos que existem versões do programa ao redor do mundo, dentre elas na Australia, na qual Bonnie (esposa de Nigel) trabalha como uma das juradas. Diretamente da terra do canguru, Stacey Tookey aterriza nos EUA, apresentando uma tocante e bem contada performance, transformando Jonathan, um dançarino de salsa num verdadeiro dançarino contemporâneo. Karla o faz muito bem, porém sempre foi questionada sobre a falta de segurança relacionada ao seu potencial.  Houve sem dúvida uma outra apresentação contemporânea de destaque, criada por Travis Wall(Season 2) para o casal Jeanine e Jason, porém como Jeanine esteve muito presente por aqui, foi interessante colocar uma dupla que a tempos já deixou o programa mas que mesmo assim consegui ter seu grande momento no palco.

A sexta temporada de ‘So You Think You Can Dance’ terá reviews semanais por mim, Mariana Barros.


The Closer (5.11/12) – Maternal Instincts / Waivers of Extradition

Agosto 28, 2009

511The Closer (5.11) – Maternal Instincts

Assim como o próprio título indica, o episódio focou-se numa Brenda maternal, com instintos maternais, e talvez por isso, The Closer mostrou que não é só um policial, com um pouco de drama ou um pouco de comédia; é tudo ao mesmo tempo e ainda, é romance, histórias familiares e histórias pessoais. Este episódio foi, sem dúvida, o melhor desta temporada. Brenda levava a sua sobrinha, Charlie, para a escola e quando lá chegam, após terem discutido mais uma vez e Charlie estar a ser severamente castigada, encontram imensos alunos a correrem e é-lhes dito que um tiroteio está a decorrer. Brenda encontra um aluno morto e outro, ferido, escondido debaixo de um carro.

Brenda fica intimamente conectada com este jovem e acompanha-o até ao hospital, deixando depois a sua sobrinha a fazer-lhe companhia. Entretanto, o jovem e Charlie ficam próximos e Brenda, que como sempre usa técnicas pouco ortodoxas, grava a conversa deles e percebe que ele era a vítima do tiroteio pois tinha engravidado a sua ex-namorada, cujo pai estava revoltado com ele. Essa conversa proporcionou, também, grandes momentos cómicos, principalmente quando Charlie fala das suas experiências com droga e sexo no quarto dos seus pais, deixando Brenda envergonhada em frente a toda a sua equipa.

O jovem, ferido, começa a piorar e Brenda faz-se passar por sua mãe, para que ele possa descansar em paz. Assim, o jovem morre após admitir que o seu ex-sogro tinha motivos para se vingar dele. Numa visita a casa do dito homem, os detectives descobrem que o atirador tinha sido o filho do homem, ou seja, o irmão da rapariga que estava grávida, pois ela tinha dito que havia sido violada. A cena final, em que Brenda conta a Charlie que a sua ajuda foi fundamental e que o jovem ferido tinha morrido foi muito tocante e bonita, um grande momento e, talvez, mais um que separou as duas, que segundo Fritz, são mesmo da mesma família.

Nota: 9,5

512The Closer (5.12) – Waivers of Extradition

Cá está o Season Finale, ou Summer Finale, e devo dizer que assim como neste episódio, e nos anteriores, The Closer tem optado por inovar e mostrar casos sempre diferentes, até bizarros, e interessantes. O caso deste episódio começa quando uma rapariga é esfaqueada até à morte, por um homem disfarçado de ninja e que era canhoto. A princípio, o marido da falecida torna-se suspeito por ser, também, canhoto. Mas à medida que as investigações prosseguem, Brenda conclui que este crime está ligado a outros 15 crimes que ocorreram entre Texas e Califórnia. Assim sendo, Brenda recebe o detective Landry, equivalente a ela no Texas e que tem trabalhado nos outros casos, para a ajudar.

No decorrer das investigações, os detectives conseguem finalmente descobrir o serial killer e Sanchez proporciona uma cena de grande emoção, ao agarrar-se ao camião do assassino e, depois, lutar contra ele, até que consegue parar o camião e recebe reforços. Como o assassino cometeu crimes no Texas e em Califórnia, Brenda e Landry querem ambos ficar com o assassino na sua jurisdição, só que após a confissão do serial killer, Brenda, enojada, recua e entrega-o para Landry para ser julgado no Texas, para que seja submetido à pena de morte, o que nunca pensei que ela fosse capaz, mas felizmente foi.

Quanto à vida pessoal de Brenda, esta recebeu a visita do seu pai, que foi buscar Charlie, e a teve a difícil escolha de mandar Charlie embora, ou continuar com ela em casa. A decisão foi, então, tomada no final do episódio, quando Brenda, após o seu pai ter decidido que não interferiria na decisão e Fritz ter aconselhado que ela fosse embora, conversa com Charlie e faz-lhe ver que ela já teve a sua segunda oportunidade e como tal, devia de dar uma nova oportunidade aos seus pais. E até mesmo, uma nova oportunidade a Brenda.

Nota: 8,9


Portal de Séries presenteia os melhores comentadores!

Agosto 28, 2009

Untitled-1O Portal de Séries juntou-se às editoras Casas das Letras e Estrela Polar para sortear doze livros sobre séries, sendo eles oito de Dr. House e quatro de outra série ainda por revelar.

Sendo assim, cinco desses oito livros do Dr. House (sendo quatro ‘A medicina segundo Dr. House’ e quatro ‘Dr. House – Guia para a vida’) serão utilizados para serem oferecidos àqueles que fazem do nosso trabalho algo recompensador quando comentam os artigos que fazemos diariamente. Por razões mais que óbvias, a equipa (excepto o Tiago Duarte, que entrou recentemente e antes de entrar demonstrou merecer o prémio) do site está excluída deste prémio que presenteia os comentadores mais fiéis e assíduos do Portal de Séries.

Quem são afinais os vencedores destes prémios? Confira já a seguir:

  • cristiano (cristian*****@hotmail.com)
  • DMM (dm***@sapo.pt)
  • an.drew (andre*****o18@msn.com)
  • Tiago Duarte (tiga****@hotmail.com)
  • João (J***S@sapo.pt)

Todos os cinco vencedores serão contactados por e-mail ao mesmo tempo e depois responderão qual dos dois livros querem. Caso toda a gente queira o mesmo livro, a última pessoa a responder ganha o outro.

Como podem ver, comentar no Portal de Séries tem as suas vantagens. Esperemos que com o início das séries em Setembro possam comentar ainda mais porque estamos a intensificar muitas das nossas parcerias. Só para abrir o apetite, temos seis (!!!) DVDs de séries para sortear a partir da próxima semana. Aproveitem, nunca se sabe quando poderão ser recompensados por um simples comentário.

E se pensas que por seres do Brasil podes sair prejudicado por nunca haver passatempos para o país, estás muito enganado. Já temos um passatempo garantido que deve arrancar daqui a algumas semanas e mais alguns em andamento. Fiquem atentos!

DSC04741

DSC04742


Weeds (5.12) – Glue

Agosto 28, 2009

512Mais um episódio divertido e engraçado, com algumas surpresas, que deverão ser resolvidas no último episódio desta temporada, que será o próximo. Após Esteban ter sido detido pelas autoridades, Nancy passa a noite a beber e como ela própria disse, não foi por falta de esforço que não conseguiu ficar bêbada. Celia protagoniza o momento mais estranho do episódio, ao adaptar-se ao estilo de Nancy, desde a cor do cabelo, às roupas e até a beber milkshakes (o que parecia uma verdadeira sátira à série). Entretanto, Nancy decide procurar pelo seu marido (o que lhe soa sempre tão estranho) e conta com a ajuda de Andy e Cesar. A história de Andy pedir o anel de noivado a Nancy, para propor Audra em casamento e de que, supostamente, estaria apaixonado por ela, não convenceu, muito menos a Nancy.

As “crianças” ficam fechadas em casa e Adelita chama um par de amigos para uma “festa”, à qual convida Silas para participar. Nessa festa, Adelita e companhia fumam heroína, fazendo com que Silas e Shane protagonizem um verdadeiro momento heróico ao protegerem a meia-irmã e expulsem as más companhias. Enquanto Cesar tenta encontrar Esteban na esquadra da polícia, Nancy e Andy competem num concurso sobre o verdadeiro amor, que está num revista de 1974. E obviamente, o resultado demonstra que Andy está apaixonado e Nancy não. O plano de Dean, Doug e Isabelle – de fazerem Dean passar-se por um inspector da polícia que anda atrás de Celia – faz com que Celia entre em paranóia, peça ajuda a Nancy, que em nada resulta, e acabe por decidir largar o negócio da erva, recorrendo a Doug para esvaziar o stock.

No fim, Nancy, Shane e Andy vêem Esteban, na televisão, acompanhado de Pilar e a fazer propaganda à sua campanha, o que leva Nancy a apoiar Andy no casamento e que se sinta realmente traída. O melhor do episódio foi a conversa entre Andy e Nancy, onde Andy diz tudo aquilo que todos nós gostaríamos de lhe dizer, que foi uma péssima mãe, uma péssima influência e que não fez sacrifícios em função da família, mas sim, sacrificou a família. A reviravolta, inexplicável, de Esteban deixou a todos perplexos e espero que seja esclarecida no próximo episódio. Veremos que desfecho terão as histórias desta 5ª, cómica, temporada.

Nota: 8,8


The Closer (5.10) – Smells Like Murder

Agosto 28, 2009

510A alternância, cada vez mais visível, entre episódios mais engraçados e episódios dramáticos, faz desta temporada, uma das melhores, ou a melhor, tendo em conta, ainda para mais, que é a 5ª, e a detective Daniels já não faz parte. Este episódio é, portanto, um episódio que acarreta uma grande carga humorística, com alguns momentos mais fortes, principalmente os da vida familiar de Brenda. A história inicial do episódio, do estudo para o exame de promoção a detectives, foi pouco aproveitada e um pouco sem propósito, até porque só dizia respeito ao sargento Gabriel, contudo, acredito que nos próximos episódios volte a ser abordada.

O caso, ainda mais peculiar e bizarro que o habitual, centrou-se em Courtney, que foi enviado, numa caixa, para a esquadra de Brenda e acabou por deixar um rasto de “cheiro a morte”, principalmente no seu escritório. O que também se diferenciou, foi que, ao contrário do normal, onde não há fortes suspeitos, neste caso haviam 3. A ex-namorada, que havia sido enganada, traída e roubada; o senhorio, que havia sido burlado; e um ex-melhor amigo, que também havia sido extorquido. Como seria de esperar, a sobrinha de Brenda, Charlie, começa a dar dores de cabeça a Fritz, quando prepara bolos de chocolate que incluíam erva, e que foram ingeridos por Brenda, deixando-a completamente alterada. Apesar disso, foi assim que Brenda conseguiu desvendar o caso, o que não foi muito credível. Para comprovar a sua teoria, Brenda envia uma caixa, vazia, a todos os suspeitos e aquele que decidisse não abri-la, seria seguido e considerado culpado. E, vá-se lá saber como, Brenda estava certa.

Um deles, o ex-melhor amigo, foge para o deserto com a caixa, para a esconder e como havia um GPS dentro, Brenda e a sua equipa seguem-no e conseguem a confissão. O amigo havia morto Courtney, pois este tinha ganho 15 milhões de dólares na lotaria, com o seu dinheiro e para encobrir, sempre que viajava, mandava uma carta, à mãe do falecido. Na conversa com a dita mãe, Brenda tem consciência que não pode abandonar a sobrinha e resolver os problemas, escondendo-os debaixo do tapete, assim, impede que Fritz mande Charlie de volta para casa e mostra que está mais do que pronta para o papel de mãe.

Nota: 9,1