Glee (1.01) – Pilot

glee11

Com muito prazer inicio mais um review aqui no Portal. Confesso que quando começei a procurar sobre Glee, três coisas me deixaram preocupadas: o tema, o criador e a comparação. Quanto ao tema, retrata um coral excêntrico em um colégio público norte-americano. Quanto ao criador, Ryan Murphy, criador da antiga Popular(também sobre o high school universe) e da atual Nip/Tuck(série bizarra sobre o cotidiano de dois cirurgiões plásticos). Quanto as comparações: junte a dança, a cantoria e o universo High School. O que passa na sua mente?? Seria Glee uma versão transformadamente excêntrica de High School Musical, o megahit do Disney Channel?! Roupas vermelhas, um garoto que é esportista e ama cantar, os amigos que vão contra seu sonho, a garota que persegue a todo custo o doce sabor do reconhecimento e da fama. Tudo isto a olhos comuns faz Glee parecer-se com muito que já foi produzido, não somente com HSM. Porém Glee talvez venha a surpreender muitos com seu formato diferente e por que não único. Poucos criadores de série conseguem trabalhar num tema já comum e transformá-lo de maneira peculiar em algo que pode sim fazer diferença na próxima fall-season. Por trás das músicas, coreografias e citações modernas, Glee mostra um universo decadente, de pessoas que a todo custo tentam chamar atenção e se destacar. E quando um protagonista que parece ser perfeito e sem problemas diz que todos ali no colégio são LOSERS, já conseguimos ver qual o propósito de criar tal história.

Vamos pensar além das comparações e frases prontas. Deixo claro que darei uma grande chance para Glee me conquistar cada vez mais, assim como conquistou com sua estréia. Ryan Murphy a seu modo, deixa registrado em seus trabalhos sua visão crítica sobre a sociedade americana, por vezes de forma simples como em Popular, explícita como em Nip/Tuck e sútil como em Glee. Brilhantemente o até então desconhecido elenco, trouxe uma particularidade diferente a série, pois essa mesma característica faz tudo soar de forma mais natural, sem aquela ofuscação do rostinho perfeito dos protagonistas. Com um elenco carismático, roteiro atual e divertido, interações interessantes entre personagens, que mesmo sendo tão diferentes compartilhar um mesmo sonho: O amor pela música. Como fã incondicional de musicais e dança no geral(não que eu saiba fazer ambos, confesso), vejo que esse gênero comumente veem a agradar mais o público feminino. Mas adianto, não veja Glee somente como um musical, pois atrás daquele palco existe uma idéia interessante e que tem tudo para dar certo através do direcionamento correto. Torço para que não a superestimem devido ao marketing excessivo, pois ela tem potencial para tornar-se uma das maiores surpresas da televisão nos últimos tempos. Posso estar exagerando mas esses são os votos de uma fã incondicional do gênero.

Falando agora propriamente do piloto, consegui sentir empatia pelos protagonistas, algo que geralmente não costumo fazer, ainda mais tratando-se do garoto popular jogador de futebol americano e da estranha garota que busca freneticamente a fama. Neste aspecto, por mais clichê que os dois pareçam ser, eles conseguem expressar nitidamente aquela boa impressão inicial de suas personagens, algo que fica evidente quando ambos cantam separadamente e belissimamente quando cantam juntos. Lea Michele provavelmente faz sua estréia na televisão, pois é um jovem atriz conhecida por alguns papéis na Broadway, entre eles, no renomado musical teen vencedor de 8 Tony Awards, “Spring Awakening”, no qual uma de suas músicas(“Mama Who Bore Me”) foi cantada pelas “atrizes” de 90210 em um dos episódios da série. Dispenso apresentar os personagens, pois o Marco e o Aguerra já fizeram isto muito bem por sinal. Destaco além dos protagonistas, o importante elo com o professor de espanhol e agora tutor do Glee Club, Will e claro a fundamental a DRAMA-ticidade de Kurt, a DIVA-licidade de Mercedes, a NERD-icidade de Arty e a INTEN-sidade de Tina.

Como fazer alguém que não tem auto-confiança lutar pelo que deseja? Como colocar sua alma e sua paixão em algo, sem se importar com quem o está julgando? Como escolher uma caminho quando todos os puxam para outra direção? Como fazer sua voz ecoar na multidão? Como arrancar um sorriso, uma lágrima, um aplauso, uma vaia, um incentivo ou mesmo um puxão de orelha. Acho que essas são as lições que podemos tirar, sei que novamente posso estar equivocada para alguns. Senti e ainda sinto algo muito revigorante todo vez que escuto a versão emocionante da música “Don’t Stop Beliving” do Journey e a animadissima versão de “Rehab” da Amy Winehouse.

Confesso estou ansiosa pelo segundo episódio da série dia 16 de setembro.

100

0 respostas a Glee (1.01) – Pilot

  1. João diz:

    Ah carago, nota 10 4566521

    Eu já vi o episódio e também gostei mto🙂

  2. Epah nota 10, é pena eu n ter muito tempo mas se continuar assim com essas notas qnd tiver tempo dou uma chance à série.

  3. Também adorei o piloto de Glee! É uma série que certamente não irei perder na próxima temporada. É difícil encontrarmos pilotos perfeitos, portanto a nota alta realmente é bem merecida. =D

  4. Marcelo diz:

    Olá autora. Obrigado pelo teu texto.
    Confesso que à partida estava reticente quanto ao género e surpreso por o Ryan Murphy se voltar para os teens, quando tão birlhantemente tratou de Nip/Tuck. Gostei do texto. Aconselho a ver nip/tuck sem juizos de valor prévios. Somos todos bizarros, somos todos seres-humanos

    • Olá Marcelo! Não há de que!!
      Brigada pelo elogio e quanto a Nip/Tuck realmente é um olhar estranho que coloco sobre a série.Mas posso deixar meu juizo de lado e vir a assistir sim!! Pq afinal sei bem o quanto somos excentrimamente bizarros rsrsrsrsrs

  5. Joao Gellar diz:

    Vi ontem e ADOREI!!!!!!! A review está fanstastica…tens toda a razão!!!Nota :10

    Vamos ver agora o resto da temporada…..será tão boa como o PILOT???????

  6. LR diz:

    Apesar de me ter lembrado High School Musical, e eu odiar High School Musical e isto não fazer muito bem o meu género… até achei razoavelmente bom! E os covers estavam muito bons🙂

  7. ELAINE diz:

    Adorei o review. Parabéns! Também sou fã deste gênero. A Fox está fazendo propaganda da pré estréia de Glee para Domingo 06/09 as 22 horas? Alguém pode me confirmar se é verdade?

  8. Camila Oliveira diz:

    A princípio nem me animei para ver está série, mas fui mudando de ideia e assisti na semana que passou nos Estados Unidos. O que dizer, adorei! Vi o piloto inteiro duas vezes e os melhores momentos, já perdi as contas. Don’t Stop Believing virou hit no meu mp4 e ouvir Rehab nunca mais foi o mesmo. Agora é torcer para manter o nível.

  9. Anónimo diz:

    Li o primeiro parágrafo e fui baixar o episódio, com medo de ler tudo e superestimar a série. Mas depois que assisti e, então, terminei de ler o texto, descobri que está tudo condizente com o que Glee realmente é. Sinceramente tneho medo das comparações com High School Musical, mesmo sendo muito diferente e, aparentemente, muuuito melhor. Quero muito o próximo episódio. E que todos os outros sejam tão bons quanto o pilot (:

    • Todos queremos isso com ctz!! Que bom que não superestimou a série. Com ctz tenho escutado mto isso, todos estão mto esperançosos que a série cumpra com seu papel e entregue excelente nível a cada episódio

  10. tkau diz:

    Com nota 10 ela tem que ser muito boa mesmo. Resolvi não assistir o Pre-air, vou esperar mais alguns dias e ver o “original”. Estou esperando que seja uma ótima série porque estou ficando sem muita coisa pra assistir com os cancelamentos que ocorreram.
    Quando assistir o episódio pretendo fazer um comentário mais inteligente, mas espero que valha a pena toda essa espera pra ver a série.

    • Com ctz assista, a série estreou oficialmente semana passada e nesta quarta(09/09) teremos o tão aguardado segundo episódio!
      SIm eu daria 10 novamente se fosse necessario!!! Dps comente oq achou sim, eh importante!

  11. ‘Porém Glee talvez venha a surpreender muitos com seu formato diferente e por que não único’

    ‘atrás daquele palco existe uma idéia interessante e que tem tudo para dar certo através do direcionamento correto’

    Glee foi uma boa aposta, um formato arriscado por ser típico do canal Disney Channel, mas ele possui uma autenticidade que vai além de High School.

    Sou muito suspeito, porque adoro esse tipo de formato.

    Senti uma temporada toda em um único episódio. Isso é raro. Bom. Muito bom.

    Que venha o próximo episódio.

    Parabéns pelo review.
    =D

    • Valeuzz Gui pelo coments..Espero ansiosamente por esse segundo episodio, pois já perdi as contas de qtas vezes vi o piloto rsrsrssr! Don’t stop belivin, hold on to the feeling….Ainda me faz chorar toda vez q eu escuto!!!!
      Vamos lá que venha o segundo!!!

  12. Sofyzitahh diz:

    AMEI! Perfeito mesmo! Então o final do episodio foi fantástico! Nota 10 mesmo, parabens pela Review!

  13. Ja vi e adorei a serie, mt boa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: