Mental (1.11-1.13) – 3 em série

Após quatro episódios, aqui ficam os restantes, os três últimos da temporada, e presumivelmente da série. A renovação de Mental não deverá acontecer pois a série foi projectada para ser emitida em todo o mundo, com poucos dias de diferença, e unicamente a primeira temporada. Nunca se sabe o futuro, mas aposto para um não.

Mental (1.11) – Lines in the Sand

Mental - 1.11Mental pode ser considerada uma série futurista. Mas se isto for o futuro, eu deixo de ver séries médicas. Os casos interessantes, que esperamos toda a temporada, é dividido em, pelo menos dois episódios, podendo chegar aos três. Mas isso pode ser habito (o dos dois episódios) mas não é habitual haver um caso paralelo. Mental não consegue suportar um caso paralelo. E o episódio sai prejudicado pela excesso de casos. Mas, continuando, ambos os casos poderiam ser tratados num episódio. Se fosse os argumentistas, apostava tudo no caso do soldado neste episódio e os dois últimos dedicava a Rebecca. Mas, cá está , parece que eu não percebo já de televisão. Mas, e de resto, Mental continua com os mesmo problemas. Não serão solucionados até ao final, e isto não é aposta, é certeza. A falta de equipa fixa, a falta de um arco de temporada, variando por dois, e desaparecendo por vezes um deles durante dois/três episódios seguidos. E falta a ligação. E agora com o processo que Gallagher enfrentará trará mais confusão a série. Péssimas escolhas, num terreno tão batido que o caminho para o sucesso está muito bem demarcado. E Mental não segue as passadas disso.

Nota: 7,3

Mental (1.12) – Life and Limb

Mental - 1.12Para episódio anterior ao final de temporada pedia-se mais a Mental. Algo que prende-se, algo que me fizesse correr atrás do promo. Algo que me pusesse a pensar como seria o episódio. Agora acabarem o caso que mantinha a temporada em pé, e deixarem-nos com o mini-problema que é o estado psicológico do próprio psicólogo não lembra a ninguém. Foi mais um episódio que Mental que deu para encher 45 min. Foi melhor que o anterior, mas ainda não sai do razoável, pois a série não dá para mais. Mas pelo menos já resolveu um defeito. Já consegui juntar todas as personagens. Será para manter para a Season Finale. Algo para ver, pois Mental poderá surpreender. Quanto ao resto, o caso paralelo ao da irmã de Gallagher foi interessante, mas nada que viesse quebrar a monotonia dos casos desta temporada. Esperemos que a Season Finale surpreenda pela positiva.

Nota: 7,5

Mental (1.13) – Bad Moon Rising

Mental - 1.13A Season Finale pode concluir-se como positiva. Pelo que foi a série, durante toda a temporada, esta SF é melhor do que espectável. Apesar de não termos a irmã de Jack, temos um caso vem interessante, daqueles que Mental conseguiu melhor fazer. A melhor amostra da série é este episódio. Um caso que mistura o sobrenatural, mas com explicação racional. Algo que foi faltando a série. E, depois, aquilo em que a série foi-se suportando acaba por cair, para dar o final. Primeiro dizer que não gostei daquele psicólogo próprio de Gallagher. Podiam colocar alguém conhecido, mas percebe-se. Num elenco tão restrito, é difícil arranjar alguém carismático para tratar o próprio médico. E quem melhor que ele próprio. E depois temos a fuga, o termino da série. Se Gallagher apareceu despido, no episódio de estreia, acaba cheio de pelo, devido ao lobisomem. E é isso que fica da série. Algo que poderia sair uma boa série de verão, mas com erros infantis. Safou-se por ser a época baixa. Se fosse a Fall Season ocorria aquilo que ocorre a muitas dessas séries. Ficava pelo 3º/4º episódio.

Nota: 8,1

SEASON FINALE

0 respostas a Mental (1.11-1.13) – 3 em série

  1. Ana Martins diz:

    Gostaria de saber se Mental saiu do ar ou foi só o final da temporada?
    Se saiu, uma pena…..

  2. Gabriel Mule diz:

    Devo dizer que discorde em maior parte das analises dos episódios. Gostei da forma em que foram abordados os pacientes, e da mesma forma que a divisão de um episédio em mais de um paciente foi feita de forma bem tranquila, o que não o deixa ser maçante para 45 minutos num mesmo “limiar”… Acho uma pena essa série não ser continuada, é um prato cheio para um mundo cheio de doenças psicosomáticas e cada vez mais, que não possamos conhecê-las a fundo, o que pode acabar sendo um conhecimento para a vida toda, afinal podemos nos deparar com casos prósimos a nós, e não reconhece-los. Fico triste em saber que provavelmente não terá uma segunda temporada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: