A ciência por detrás de Fringe!

hair11Fringe foi das séries que mais facilmente causou uma volta na barriga nesta última temporada. Para além disso, a série consegui-nos ver coisas que nunca imaginamos, desde monstros impensáveis para a mente humana até pormenores que nos mostra como ainda somos ignorantes. A vida de Fringe foi entrando. E foi quando decidi procurar alguma coisa sobre a ciência em que se apoia Fringe que dei de caras com um artigo da revista “Live Science”. Assim decidi partilhar com vocês o artigo, devidamente traduzido. Para mostrar que as séries de J.J.Abrams não são feitas às três pancadas. O artigo tem pequenos spoilers, mas nada assim algo de muito significativo.

Por Emilie Lorditch, Inside Science News Service

Injectar o mesmo corante usado para fabricar os M&Ms em pessoas para reparar lesões da espinha soa mais a ficção cientifica que algo retirado das páginas de uma revista cientifica. No entanto, são estas mirabolantes ideias que são a fonte de material para os argumentistas de Fringe.

“Todas as pessoas da equipa encontram artigos que fornecem pequenas informações para os episódios”, diz o argumentista Robert Chiappetta, um dos principais “science guys” por trás da série. “ Todos os argumentistas encontram novo material para se trabalhar de uma perspectiva diferente. Por vezes ajuda que tenhamos uma familiaridade com um tema em especial, e daí retirarmos material.”

A série tem uma parte de aventura cheia de adrenalina, uma parte cerebral, no que toca aos crimes, e uma parte de ficção científica. Logo, quanto mais conhecimentos existirem sobre ciência, mais interessante as narrativas se tornam.

“ Com o evoluir da ciência a série evolui e, consequentemente, as narrativas”, diz Glen Whitman, também argumentista e outro “science guy” da série. Tal como séries como Law & Order e CSI tiram algumas ideias em manchetes sobre crime, nós retiramos as nossas de revistas científicas”.

A segunda temporada explorará algo mais familiar, assim como algo proveniente de um domínio mais exótico.
“ A memória irá ter um papel importante nesta nova temporada, mas não serão unicamente as memórias de Olivia Dunham que serão utilizadas” diz Chiappetta. “ Quanto mais soubermos sobre o cérebro, a maneira como funciona como um computador e como dispositivo de armazenamento, mais poderemos brincar com a narrativa e claro, introduzir novas direcções neste campo.”

Novos rumos que revelam que existem dois lados para cada história. “ A ciência é um elemento neutro, com benefícios e resultados negativos. Assim poderemos ver a mesma tecnologia ser usada tanto para o bem como para o mal” diz Chiappetta.

“ Para além disso, estamos a aprofundar os conhecimentos sobre universos paralelos, vendo o que na realidade alternativa é diferente e o que é igual; algumas coisas são melhores e outras piores” acrescenta Whitman.

“Esperemos que a série promova um interesse pelo mundo científico e pelo mundo tecnológico” conclui Chiappetta.

No dia 17 de Setembro (já amanhã) Fringe regressa a antena da Fox com a sua segunda temporada com Olivia Dunham (Anna Torv), Walter Bishop (John Noble) e Peter Bishop (Joshua Jackson) a expandir os limites da ciência como entretenimento, com uma atenção especial para os verdadeiros cientistas, que cada vez mais empurram os limites da investigação para algo próximo da ficção.

Um dos mais desejados regressos acontece já amanhã. Continuaremos a ver em Fringe a ciência mais extravagante que foi descoberta. E continuaremos a ver em Fringe não só entretenimento, mas sim sempre uma nova descoberta.

0 respostas a A ciência por detrás de Fringe!

  1. Sérgio diz:

    Este arranque de segunda temporada é o espelho desse texto. É bom saber que toda aquela informção e acção não provém apenas de teorias inventadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: