So You Think You Can Dance (5.16-19) – Top 10/8

Julho 31, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande dançarino dos Estados Unidos: o público. Devido ao grande atraso dos reviews de ‘So You Think You Can Dance’, decidi fazer um que conjuga as últimas duas semanas e assim estar actualizado para a final que está quase aí.

Primeiro, como é óbvio, vou começar pelo Top 10. Com a mudança de pares, acho que houve menos benefícios para os concorrentes do que quando estavam com os pares antigos. É estranho ver, por exemplo, a Randi com o Kupono ou o Jason com a Jeanine, mas o concurso é feito disso e se querem vencer a competição têm que se dar, ter química e dançar bem com qualquer um dos outros que ainda estão em jogo. Uma das melhores performances desta temporada, senão a melhor de todas, foi a que abriu o episódio dos resultados, com a dança chinesa. Parecia tudo tão natural e se devemos agradecer aos concorrentes por dançarem assim tão bem, toda a equipa técnica, desde a coreografia até à maquilhagem, está de parabéns.

Como devem ter percebido pelo que disse acima, houve alguns casais que não gostei, mas mesmo assim houve surpresas agradáveis, tais como o Evan e a Kayla, que fica muito melhor com ele do que o Kupono! Quanto à eliminação, foi muito difícil ver a Randi ir-se embora, mas a verdade é que a performance dela com o Kupono foi a pior do Top 20. Já em relação ao Kupono, já estava mais que na altura dele ir-se embora, apesar de com aquele vídeo final, o da despedida, ter melhorado a minha opinião em relação a ele. Eu sei que esse tipo de vídeos só mostra os melhores momentos e tal, mas mesmo assim pensei que fosse ficar com uma opinião mais negativa acerca da sua participação no reality.

snapshot20090731133224O Top 8 foi um momento especial para o programa porque ‘So You Think You Can Dance’ comemora o centésimo episódio. Uma data como essa é normalmente comemorada com um episódio especial nas séries de televisão (ainda hoje fico muito desiludido por ‘House’ não ter feito o mesmo, criando apenas mais um episódio) e ao que parece, os reality shows não são diferentes. Mas antes de falar no episódio cem, vamos ao noventa e nove. As performances foram agradáveis e neste momento já começa a ser muito difícil a dizer que é o melhor lá dentro. Contudo, o Brandon apesar de ter uma personalidade bastante peculiar, é aquele que, para mim, merecia ganhar o programa. Eu sei que mudo de opinião todas as semanas, mas não tem como negar que ele é aquele que menos desilude a nível da dança e também é o que está sempre a crescer como dançarino. Outra coisa que gostei bastante foi a dança do Ade e da Melissa sobre o cancro. Tão simples… tão bonita!

E agora vamos então falar do episódio cem! Primeiro que tudo, é importante dizer que eu não vi as temporadas anteriores, mas adorei o facto de recordarem três casais e voltarem a trazê-los ao palco. Aquela performance do banco de jardim é genial! Mas como o jogo nunca pára, tinha de sair mais dois concorrentes, sendo eles o Jason e a Janette! O Jason, tal como o Kupono, já estava a ter sorte a mais e não faz falta nenhuma ao programa, mas a Janette era uma dançarina fabulosa, tão boa que era aquele que o júri achava que ia vencer o programa. Neste momento ninguém está a salvo quando é o público a votar! Não posso deixar de dizer o quão surpreendido fiquei por ver o Brandon nomeado e a Kayla vencer a Janette. Já agora, quem não adorou o solo do Brandon? Aquilo é que é dançar!

Por fim, não posso deixar de comentar a participação especial da Katie Holmes, mais conhecida por ser a mulher do actor Tom Cruise e pelo seu papel Joey Potter numa das melhores séries adolescentes de sempre: Dawson’s Creek. Estava à espera de algo melhor, notava-se que ela estava um pouco nervosa, mas mesmo assim foi bom vê-la outra vez na televisão. Por falar nisso, desde o final de Dawson’s Creek que ela não tem tido grandes projectos nem na televisão nem no cinema. Uns dizem que o marido não a deixa trabalhar, mas uma cara tão bonita como essa (e ela até tem talento como actriz) devia estar em alguma coisa.

Faltam duas semanas para o grande final e a nova temporada começa já em Setembro. Apostas de quem sai vencedor?


So You Think You Can Dance (5.14/15) – Top 12

Julho 18, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande dançarino dos Estados Unidos: o público. Numa apreciação geral deste Top 12, tive algumas surpresas agradáveis por parte do Kupono e da Kayla, enquanto que o Phillip começa a desiludir um bocado. Como já devem ter reparado, os reviews estão a demorar uma semana para saírem, mas quanto a isso não posso fazer nada. Espero que compreendam a situação e para ver se eles são publicados mais rápido, adoptei uma nova técnica de imagens, como poderão a seguir.

y1

y1

y1

y1

y1

y1

y1


So You Think You Can Dance (5.12/13) – Top 14

Julho 12, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande dançarino dos Estados Unidos: o público. Numa apreciação geral deste Top 14, achei que mais ou menos como o passado, ou seja, mediano. Como já devem ter reparado, os reviews estão a demorar uma semana para saírem, mas quanto a isso não posso fazer nada. Espero que compreendam a situação!

d1

O Brandon e a Janette continuam a surpreender pela positiva, contudo, a nível de personalidade, continuam os mesmos convencidos. Eu sei que eles são assim, mas não tem que negar que eles são um dos casais que melhor dançam dentro do programa, e se estão ainda no mesmo, é porque fizeram por isso. Eles têm imensa energia e isso viu-se bem nessa performance. Continuo a não engolir o casal Kayla e Kupono! Eles ficam tão mal juntos e acho que são tão estimados pelo júri que até dá um certo desejo que eles saiam logo do programa. E sim… ela tem umas pernas lindas, mas de resto, não a acho tão bonita como querem fazer. Por último, temos a Randi e o Evan em mais uma dança muito, mas mesmo muito, boa e divertida, como só esse casal sabe apresentar. Espero mesmo que eles, ou então o casal Ade-Melissa, ganhem o programa.

d2

Mas porque raios é que a Caitlin e o Jason ainda não saíram? Eles continuam a ser criticados pelo júri, nomeados para o Top dos três menos votados pelo público, mas mesmo assim ainda continuam em So You Think You Can Dance. Essa dança só comprovou, uma vez mais, que eles já não trazem nada de bom ao programa e que devem sair o mais depressa possível. O Phillip e a Jeanine continuam a surpreender com os seus movimentos corporais, mas também continuam a sofrer algumas críticas por parte do júri. É verdade que ele tem tido sorte pois o género que ele tem dançado está relacionado com o seu estilo, além disso, ele começa a mostrar sinais de desagrado e discordância com o que o júri diz sobre ele, e isso não é bom. O Ade e a Melissa, como disse acima, é um dos meus casais predilectos para ganhar o programa e a suavidade com que eles dançaram é esplêndida. E eles têm uma química excelente, ao contrário do mais recente casal formado: o Vitolio e a Karla. Eu sei que eles dançaram bem, mas como casal eles ficam tão ‘feios’ juntos!

d3


So You Think You Can Dance (5.10/11) – Top 16

Julho 4, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande dançarino dos Estados Unidos: o público. Numa apreciação geral deste Top 16, achei que foi bem mediano comparado com as duas galas anteriores. O review só pode ter sido publicado hoje porque estive de viagem e, como é óbvio, viagens são para descansar e não ‘trabalhar’. Esperemos que o do Top 14 não demore assim tanto tempo, mas não prometo nada.

d3

Em primeiro lugar, temos o Phillip e a Jeanine, um dos meus casais favoritos, como já disse anteriormente. Gostei muito da dança deles e achei as críticas menos positivas do júri um pouco injustas, mas felizmente o público não foi pela opinião do júri e acabaram por não fazer parte dos três menos votados. O salto do sofá, o visual da Jeanine e a química entre os dois fazem desta dança uma das melhores da noite. Enquanto que a deles é uma das melhores, a performance da Caitlin e do Jason foi má! Eu não gosto muito desse casal, parece que não se identificam-se muito um com o outro, por isso espero que sejam dos próximos a saírem. E pelos vistos não sou o único a achar isso, pois estiveram entre os três menos votados pelo público. Já o Evan e a Randi continuam a surpreender pela positiva e, neste momento, é o casal que eu torço para que ganhe o programa. A ‘dança do rabo’ foi absolutamente divertida e provocante, características que combinam muito bem com o casal. Por fim, o Kupono e a Kayla também são dos casais que eu menos gosto e não consegui encontrar química nenhuma entre os dois, ou seja, discordo a cem por cento da opinião do júri.

d2

Nesse segundo bloco de concorrentes, começamos com o Brandon e a Janette, que mesmo sendo um casal que eu detesto, tenho plena consciência que eles dançam bem. A força de ambos é espantosa e eles só ficam prejudicados, a meu ver, pela sua personalidade de casal convencido e com ar de superioridade. Está mais que na altura de levarem um susto por parte do público e fazerem parte do Top 3 menos votados. Melissa e Ade continuam a mostrar o porquê de serem dos casais mais humilde da competição. A sua dança não foi particularmente excelente, mas a forma como eles interagem um com o outro é fenomenal. Jonathan e Karla, depois de um Top 18 muito bom, acabam por desiludir um pouco nessa performance. Concordei com o júri quando eles disseram que ambos foram fracos a interpretar o bad boy/ bad girl que era necessário para a dança ter mais impacto. Por fim, Asuka e Vitolio também tiveram uma semana anterior melhor que esta em questão. A dança teve os seus bons momentos, mas nada mais que isso.

d1

O Top 3 dos menos votados era mais que esperado e as expulsão foram justas, apesar de eu pensar que a Karla era a que ia sair. Não há muito mais a dizer, por isso, espero por vocês no review do Top 14 (que ainda não vi).


So You Think You Can Dance (5.08/09) – Top 18

Junho 26, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande daçarino dos Estados Unidos: o público. Numa apreciação global do que aconteceu nesse Top 18, acho que foi melhor que o Top 20, mas mesmo assim teve algumas performances, como poderão ver a seguir, que ficaram aquém das expectativas. Também queria dizer que era impossível publicar este review mais cedo pois foi uma semana complicada a nível de tempo.

1

Podem não compreender, mas ainda não decorei os nomes de todos os participantes, apesar de já os conhecer a algumas semanas. O primeiro casal deste bloco é um dos meus favoritos do programa, pois são muito humildes e simpáticos, além de ser um dos casais com mais química e que dança melhor. No Top 20 eles conseguiram uma das melhor actuações da noite e aqui também não desiludiram com um género completamente diferente. Já a Caitlin e o Jason desiludiram no seu Hip Hop, mas não dançaram mal. Na minha opinião esse é um dos casais mais sobrevalorizados pelo júri e não acho que eles sejam assim tão bons como querem parecer. Por fim, temos a Randi e o Evan, o casal mais divertido desta temporada. Podem não ser os melhores a dançar do concurso, mas são aqueles que mostram uma maior simplicidade na sua forma de ser.

2

Começo a não gostar do Brandon e da Janette, acho que eles têm uma espécie de superioridade em relação aos colegas. Contudo, não tem que negar que se formos a ver como eles dançam, são um dos melhores casais de lá, por isso as críticas positivas que recebem são justas. Contudo, aposto que na primeira ocasião que eles não forem muito elogiados pelo júri e o público não gostar que se vão embora. O Vitolio e a Asuka sairam muito beneficiados pela forma como a dança foi apresentada e a verdade é que deu para perceber que os dois dançaram com gosto e emoção. Porém, numa lista das minhas preferências este casal está nos últimos lugares. Outro que eu não gosto é o Max e a Kayla, nem acho que ela dance tão bem como o júri diz. A dança deles teve os seus momentos bons e originais, mas não é daquelas que se pode dizer que são memoráveis.

3

O Phillip e a Jeanine é, à semelhança da Randi e do Evan, um dos casais que simpatizo bastante, mas tiveram azar com o estilo que lhes foi dado. Não dançaram mal, mas temos de ter em consideração o crescimento e em relação à gala passada, essa foi piorzinha. Depois temos o Jonathan e a Karla que têm uma química excelente. A dança deles foi mesmo muito bonita e parecia até que eles eram namorados na vida real, ou seja, não só dançaram muito bem como também interpretaram perfeitamente um casal de namorados que estavam chateados. Foi, sem dúvida, o melhor momento da noite e uma das melhores performances desde o início do programa. Por fim, o Kupono e a Ashley. Não consigo simpatizar com esse casal, não me perguntem porquê. Acho que eles não ficam bem um com o outro e os estilo escolhidos até agora não foram os melhores.

4

No episódio nove foram conhecidos os três casais menos votados e não houve assim muitas surpresas, logo não tenho muito que dizer. Achei um pouco injusta a saida do Max pois, para mim, o solo dele foi bem melhor que o dos seus dois colegas. Já a da Ashley foi justa e única coisa que tenho pena é o Kupono não ter ido feito companhia a ela.


So You Think You Can Dance (5.06/07) – Top 20

Junho 17, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. A parte de escolher os melhores das seis cidades já passou e agora está na hora de enfrentar aqueles que vão decidir quem é o próximo grande daçarino dos Estados Unidos: o público. Numa apreciação global do que aconteceu nesse Top 20, estava à espera de algo mais convencional, mas acabei por me surpreender pela positiva. Vamos ver agora como tudo corre para os dezoito restantes e é já amanhã que descobriremos quem serão os próximos dois eliminados. Mas enquanto esse dia não chega, vamos lá comentar o que aconteceu na semana passada…

1

Tem como não dizer que a noite abriu em grande? Estes dois concorrentes dançaram algo com tanta química que mesmo se enganassem, nós não daríamos por isso. Não é novidade para ninguém que o rapaz é um dos favoritos do público para esta temporada, mas a rapariga não lhe ficou nada atrás, por isso ambos completaram-se, parecia até que estava a ser contada uma história, com princípio, meio e fim. Em segundo lugar, temos uma performance que não agradou assim tanto. Eu sei que ele cumpriram o seu papel, mas tenho que ser justo e em termos de comparação, não acho que tiveram no mesmo grau de eficiência que os outros dois casais do bloco. Contudo, a asiática é uma das minhas favoritas para chegar ao final e espero que ela consiga. Por fim, este casal de jovens surpreendeu-me pela positiva e isso porque não tiveram muito destaque (pelo menos é a impressão com que fiquei) nas audições. Achei muito injusto o facto de eles terem sido um dos três menos votados.

2

Neste segundo bloco, começamos com uma música conhecida a todos aqueles que viram o ‘Slumdog Millionaire’. Também gostei muito do espectáculo que eles deram, principalmente da parte em que ela faz o pino, demonstrando uma grande capacidade de equilíbrio. Depois temos o Tony e a Paris, os dois eliminados da noite. Na minha opinião, eles foram muito prejudicados com o estilo que lhes foi dado, e apesar de terem dançado bem, não foi o suficiente. Falarei um pouco mais deles dois abaixo, quando for para comentar o Top 18. Em terceiro lugar, temos algo que me suscita alguma dúvida. Apesar de ser um casal com que eu simpatizo bastante e que parecem ter excelentes personalidades, não acho que foram assim tão bons quanto poderiam ser. Mais uma vez, também acho que podem ter sido prejudicados pela dança que lhes foi escolhida. Para terminar este bloco, temos o Brandon mais a sua parceira que cumpriram para o que foram, mas não surpreenderam como outros casais. Acho que a opinião da Mia ainda não mudou.

3

A última actuação da noite foi, numa primeira impressão, razoável. Contudo, quando revi a samba deles, a minha opinião mudou e gostei mais, sendo uma das minhas favoritas da noite. Também é um casal que me surpreendeu pela positiva, mais ele do que ela (pois ela já tinha mostrado que sabia dançar, mas ele nem me lembrava de onde ele vinha), por isso acho os elogios e gritos da júri muito justos. Depois temos a actuação que menos gostei da noite, e quando digo actuação, não estou a dizer que eles tenham dançado mal. Apenas acho que o facto de eles terem tido esse estilo para mostrarem ao público foi puro azar e tenho quase a certeza que muita gente concorda comigo. Mas é importante dizer mais uma vez que não estou a desmerecer o talento do casal, mas sim a má escolha da dança. Para completar o Top 20 desta temporada, temos mais um casal cheio de personalidade e humilde (pelo menos é essa a percepção que eu tenho) que também surpreendeu pela positiva. Sendo qualquer sombra de dúvidas, uma das melhores, senão a melhor, performances da noite.

4

E para terminar este review, vou comentar o episódio 5.07, pois não faria sentido fazer um novo artigo quando tivemos apenas poucas actuações. Apesar de gostar muito do Top 20, não tem como negar que esta actuação de Hip-Hop não foi surpreendente como deveria ser, logo a escolha do júri não foi injusta. De todos os que foram menos votados, Paris e Tony são aqueles que menos conseguiram, até mesmo no ‘Dance For Your Lives’. O que não me agradou nada foi ver o terceiro casal do primeiro bloco de imagens nos três menos votados, mas quem decide é o público americano e quanto a isso não podemos fazer nada. Vamos ver agora como tudo corre para a semana e espero que o programa continue a trazer aquilo que é necessário: boa dança!


So You Think You Can Dance (5.05) – Vegas Callbacks #2

Junho 7, 2009

so_you_think_you_can_danceEste é o primeiro reality show que eu me aventuro a escrever reviews semanais. Já tinha pensado em fazer isso com Survivor, mas como no início de 2009 estava cheio de trabalho já para fazer, deixei de lado. A quinta temporada de So You Think You Can Dance é a primeira que eu vejo, por recomendação da Mary Barros, autora dos reviews de Brothers and Sisters, Glee, Kyle XY e Greek. Depois das audições em seis cidades diferentes, chegou altura dos melhores serem selecionados para chegarem ao tão ambicioso lugar no Top 20. O episódio anterior acabou com 32 dançarinos a lutarem por um entre vinte lugares disponíveis. Chegou a hora de saber quem conseguiu e quem foi para casa. À semelhança das audições, não vou falar de todas as performances, mas sim daquelas mais importantes. Agora que eles já se conhecem e estão a conviver e lutar uns contra os outros por um lugar apropriado, a história já é diferente!

d12

O Top 20 teve surpresas, e uma delas foi ver o rapaz que está na imagem a passar. Quem viu o episódio anterior sabe que ele teve à beira de se ir embora, mas depois de uma segunda oportunidade do júri ele conseguiu ficar. Na minha opinião, é um dos lugares mais merecidos deste Top 20, e é por isso que concordo inteiramente com a opinião do júri. Também estou a favor da passagem da rapariga do meio para a próxima fase. A sua audição na cidade foi muito boa e em Las Vegas também demonstrou que estava ali para dançar bem. Deve ter sido muito difícil para ela ter sido a primeira a saber o destino que reservava os vinte melhores, mas depois de saber que passou, não deve haver sensaão melhor. Digo isso porque a espera que as duas concorrentes do final do primeiro bloco deve ter sido mesmo angustiante. Pior que saber que estão a lutar o lugar uma da outra, é mesmo ir para casa quando se estava tão perto de brilhar no programa. Contudo, apoio, mais uma vez, a decisão do júri e sou a favor da escolha da asiática.

d22

O segundo bloco de quatro participantes, e último deste review, foi mais virado para as escolhas difíceis. Tal como aconteceu com as duas raparigas que falei anteriormente, este dois participantes também estavam a concorrer um contra o outro. Mas para piorar essa situação que por si só já é difícil, existe uma pequena particularidade: eles são irmãos e estiveram juntos desde o início. Tal como o júri disse, ambos têm um estilo muito próprio, logo os dois deveriam passar para a próxima fase, mas apenas os melhores dos melhores são escolhidos. O dançarino do meio sofreu a maior injustiça deste Top 20: não passou porque tem um contrato a cumprir com aulas de ballet. Deve ser horrivelmente difícil de ouvir que se não fosse esse contrato, poderia cumprir o sonho da sua vida. O júri disse para não sentir remorsos da escola de ballet, mas claro que ele vai ter (se eu tivesse na mesma situação, também teria). Por fim, o concorrente que desperta mais diferenças de opinião no júri. É tão bom ver eles contra as opiniões uns dos outros, onde alguns têm razão e outros não. Mas, como seria de esperar, ele conseguiu passar para a próxima fase e tem mais uma oportunidade de mudar a opinião da Mia acerca de si.

Os vinte melhores estão escolhidos e agora é altura de darem o seu melhor caso não queiram ir para casa. Além de saber dançar, nesse tipo de reality shows é necessário ter personalidade, e é nisso que eles também têm que apostar. Vamos ver como se saem a partir da próxima semana!