Emmys 09: And the Emmy goes to… [Act.]

Setembro 21, 2009

emmy_statue-797829Foi mais uma noite no Nokia Theatre com mais do mesmo. Os Emmys não trouxeram grandes surpresas, pois os vencedores da noite foram a AMC e 30 Rock. Poucas surpresas houve, e maioria das que houve foram, para mim, uma desilusão (falo claramente do melhor actor em comédia e o melhor actor secundário também em comédia). Mas aqui ficam os vencedores e agora os comentários de alguns vencedores:

Melhor Série (Drama): Mad Men

Nada esperado! (ironia) Mad Men sai com o segundo Emmy em dois anos. Não estou a criticar a qualidade da série, pois tenho de reconhecer que, apesar de não ser muito o meu gosto, qualidade não lhe falta. Mas percebe-se. Se no ano transacto a série tinha pela frente séries como House, Damages ou Dexter, que tiveram as melhores temporadas até agora das suas séries, sem estes pesos pela frente só restava ultrapassar um adversário, que também deu luta no ano transacto: Lost, que se não subiu, pelo menos manteve a qualidade. O resto eram estreantes: Breaking Bad e Big Love. Mad men saiu com um Emmy mais fácil de ganhar que o do ano transacto, para mim.

Melhor Série (Comédia): 30 Rock

Outra surpresa. (outra ironia) Também o mesmo caso de Mad Men: dois anos significam 2 emmys. Quanto a 30 Rock não posso fazer uma análise tão profunda como fiz a primeira categoria, mas, como foi visível na cerimónia, Family Guy tentou de tudo para bater o Mad Men das comédias. Mas ficou na mesma. Eu, aqui, fico triste pela série de Seth MacFarlane. How I Met Your Mother, a outra que acompanho da lista de nomeados, não teve uma temporada brilhante, por isso já não é tanta a desilusão.

Melhor Minissérie: Little Dorrit

Melhor Filme feito para Televisão: Grey Gardens

Melhor Actor (Drama): Bryan Cranston (Breaking Bad)

Outro 2 em 2. Do trabalho de Bryan Cranston esperarei poder falar já em Outubro, mas agora não poderei dar a opinião. Mas temos de ver que o actor de Breaking Bad tinha pela frente Hugh Laurie ou Michael C.Hall. O primeiro já está a espera de um Emmy desde 2005, sem nunca ter sido premiado. O segundo só desde o ano transacto, mas a qualidade demonstrada em Dexter já lhe devia ter dado um Emmy. Aqui não critico a qualidade do actor, mas sim ser a repetição. A que premiar outros e não sempre os mesmos (falo isso também para Mad Men e 30 Rock).

Melhor Actriz (Drama): Glenn Close (Damages)

O Bryan Cranston disse uma das maiores verdades no discurso: Graças a Deus que a Glenn Close é mulher, pois se não o fosse o Emmy não ira parar-lhe as mãos. Apesar de ter um guião mais fraco que na primeira temporada, Glenn Close voltou a mostrar uma representação de outro mundo. Aqui não tenho de dizer nada, pois a lista era a mesma do ano passado (só tinha entrado Elisabeth Moss) e Glenn Close manteve o ritmo, a qualidade. Está lá tudo. E não estou a ver ninguém atingir aquele nível. Ponto final parágrafo.

Melhor Actor (Comédia): Alec Baldwin (30 Rock)

Surpreendeu a alguém este prémio? A mim não. Não vejo em Alec Baldwin um grande actor, ainda por cima após ter visto a cena de natal do Jim Parsons. É outro caso de 2 em 2. Mas não é esse o problema. É que Alec Baldwin (eu não vi a segunda nem terceira temporadas de 30 Rock) não demonstrou na primeira ser digno dos dois Emmys que já recebeu. E logo quando tem pela frente Jim Parsons. Mas é o que vale ter na frente do nome “30 Rock”.

Melhor Actriz (Comédia): Toni Collette (United States of Tara)

Aqui fui surpreendido. Não estava a espera que Toni Collette (como disse no primeiro post) que ela sai-se com um Emmy debaixo do braço. Mas prontos. Pelo menos alguma vez os Emmys tinham de dar a alguém a luz da ribalta para além de 30 Rock. Toni Collette é uma vencedora justa, apesar de o bigode da Sarah Silverman merecer também um Emmy.

Melhor Actor (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Brendan Gleeson (Into the Storm)

Melhor Actriz (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Jessica Lange (Grey Gardens)

Melhor Actor Secundário (Drama): Michael Emerson (Lost)

“Foi desta” terá dito Michael Emerson após ouvir o seu nome como o vencedor. 3 anos a espera, três grandes ano como actor, três anos que lhe faltou o Emmy. Foi desta. Foi triste por não ter visto Boston Legal ser reconhecido, mas Michael Emerson merecia. E William Shatner não se tem que queixar. Pode não ter ganho nenhum Emmy em 4 nomeações seguidas, mas no primeiro ano já o tinha ganho.

Melhor Actriz Secundária (Drama): Cherry Jones (24)

Outro prémio pelo qual não tenho muito a dizer. Gostava que tivesse ganho a Rose, mas a Cherry este muito bem este ano. Bem entregue, e não há mais nada que se possa comentar.

Melhor Actor Secundário (Comédia): Jon Cryer (Two and a Half Men)

Talvez a segunda maior injustiça dos Emmys. Neil Patrick Harris parece sofrer do mesmo problema de actores que já foram enunciados durante os comentários. 3 anos nomeado, três anos fica sentado a ver outro subir ao palco. Não sei o trabalho de Jon Cryer, por isso disso não posso falar, mas NPH (que esteve formidável como apresentador, algo que é difícil encontrar nestes dias, e como Dr.Horrible) merecia sair com um Emmy do Nokia Theatre com um Emmy e não unicamente com um pin. Um ano fantástico para NPH que não ficou coroado.

Melhor Actriz Secundária (Comédia): Kristin Chenoweth (Pushing Daisies)

Aqui não posso comentar, mas o Marco está felicíssimo. Não conhecendo nenhum dos trabalhos profundamente (só de Jane Krakowski, e é a primeira temporada) não posso discordar. Mas também, segundo sei, não haverá muito por onde discordar.

Melhor Actor Secundário (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Ken Howard (Grey Gardens)

Melhor Actriz Secundária (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Shohreh Aghdashloo (House Of Saddam)

Melhor Actor Convidado (Drama): Michael J. Fox (Rescue Me)

Melhor Actriz Convidada (Drama): Ellen Burstyn (Law & Order)

Melhor Actor Convidado (Comédia): Justin Timberlake (Saturday Night Live)

Melhor Actriz Convidada (Comédia): Tina Fey (Saturday Night Live)

Melhor Elenco (Drama): True Blood

Melhor Elenco (Comédia): 30 Rock

Melhor Argumento (Drama): Meditations In An Emergency (Mad Men)

Mad Men. Quem mais. Deu para brincar um bocado com a situação antes de sair o vencedor, mas é muito Mad Men junto. Só o ano transacto é que Lost não apareceu nomeado, e ainda não conta com nenhum Emmy nesta categoria. Será no último ano?

Melhor Argumento (Comédia): Reunion (30 Rock)

O elenco de HIMYM apresentou o prémio assim: 30 Rock, Flight of the Conchords, 30 Rock, 30 Rock and 30 Rock. Alguém me é favor explicar o que faz ali Flight of the Conchords? Para estragar a surpresa? Prontos. Quem não sabia que ganharia 30 Rock ponha a mão no ar? Quem?? Ok. Next.

Melhor Argumento (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Little Dorrit

Melhor Realização (Drama): And In The End (ER)

Não ganhou Mad Men? Ganhou ER? Porreiro. Aleluia alguém consegui dar um prémio a uma série sem ser Mad Men. Sem discussão, pois só vi o final de Battlestar Galactica e Boston Legal e, apesar da grande realização, parece que ER saiu com um prémio merecido.

Melhor Realização (Comédia): Stress Relief (The Office)

Não ganhou 30 Rock? Ganhou The Office? Então parabéns, pois deverá ter sido um grande episódio em termos de realização para conseguir ultrapassar 30 Rock.

Melhor Realização (Minissérie ou Filme feito para Televisão): Little Dorrit

Melhor Programa de Variedades, Musical ou de Comédia: The Daily Show With Jon Stewart

Nada a discutir. Jon Stewart teve um ano de eleições. Terreno propício para o seu humor

Melhor Realização para Programa de Variedades, Musical ou de Comédia: Bruce Gowers (American Idol)

Melhor Escrita para Programa de Variedades, Musical ou de Comédia: The Daily Show With Jon Stewart

Igual a categoria que venceu. Ano de eleições significa Jon Stewart. Ponto final.

Melhor Programa Real: Intervention

Melhor Programa de Competição Real: The Amazing Race

Melhor Apresentador de Programa Real ou Programa de Competição Real: Jeff Probst (Survivor)

Melhor Série Animada: South Park

Melhor Guarda-Roupa: Pushing Daisies


Emmys 09: Aceitam-se apostas…

Setembro 20, 2009

emmy-statuetteÉ já hoje que os Emmys vão decorrer (01h00 em Portugal e 21h00 em Brasília), e nada melhor que relembrar os nomeados. A par do post que o Marco fez, por altura da saída das nomeações, falarei das minhas apostas e das minhas preferências. Vamos lá às apostas.

Melhor Série (Drama):
Big Love
Breaking Bad
Damages
Dexter
House
Lost
Mad Men

Daqui a minha preferência é Lost. A série teve uma 5ª temporada excelente, com uma construção que ficamos a desejar pela sexta. Mas, e se não fosse Lost (e não vendo nem Big Love nem Breaking Bad, logo sem poder opinar) não me importava que fosse Dexter. Eu sou um fã fervoroso da série de Michael C. Hall e, apesar da terceira temporada ter sido inferior a primeira e, principalmente, a segunda, acho que esteve melhor que a de Damages e de House. Quanto a minha aposta de vencedor, esta vai para Mad Men. Ainda não espreitei a segunda temporada (vou ainda na primeira), mas já sabemos que Mad Men é muito apreciada pela crítica.

Melhor Série (Comédia):
Entourage
Family Guy
Flight of the Conchords
How I Met Your Mother
The Office
30 Rock
Weeds

Aqui não existem muitas dúvidas. Apesar de ter visto alguns episódios de Family Guy, de ter acompanhado parte da carreira de Flight of the Conchords, a única pela qual posso dar a minha opinião é How I Met Your Mother. Assim sendo, esta era a minha preferência, apesar de não me importar nada que a série animada da Fox, Family Guy, sai-se da cerimónia com um Emmy. Mas a minha aposta vai para 30 Rock. Não sei como foi a temporada, mas é outra série que está na preferência dos críticos norte-americanos. E com isso não há nada a fazer.

Melhor Actor (Drama):
Bryan Cranston (Breaking Bad)
Michael C. Hall (Dexter)
Jon Hamm (Mad Men)
Simon Baker (The Mentalist)
Hugh Laurie (House)
Gabriel Byrne (In Treatment)

Esta é outra categoria onde tenho variedade por onde escolher. Dos quatro que conheço o trabalho, para mim o vencedor seria o Michael C. Hall. O Dexter é fabulosamente interpretado, ainda por cima para uma personagem tão difícil de caracterizar. Dexter é alguém que não tem uma base, não existe algo para imutável na personagem. E Michael C. Hall consegue fazer isso com a maior das facilidades, pelo menos para quem vê de fora. Mas a minha aposta vai para o Hugh Laurie. A par do Simon Baker e do Michael C. Hall, os três são a alma da série, e a locomotiva que a fazem andar. Para além disso, o Hugh esteve sempre perfeito como House e ainda não recebeu nenhum prémio, apesar de esta ser a quarta nomeação. Vamos ver se sai de lá agora com o prémio.

Melhor Actriz (Drama):
Elizabeth Moss (Mad Men)
Glenn Close (Damages)
Sally Field (Brothers and Sisters)
Kyra Sedgwick (The Closer)
Mariska Hargitay (Law & Order: Special Victims Unit)
Holly Hunter (Saving Grace)

Cá está uma categoria onde só posso falar de uma senhora: Gleen Close. A Cruella de Vil é a minha preferência e aposta. Primeiro, é a minha preferência porque não conheço o trabalho de nenhuma delas, sem ser a Elizabeth Moss, que não acho ser brilhante como Peggy. Segundo, porque o brilhantismo que atingiu na segunda temporada ultrapassou a primeira, e a cena que me ficou na memória este ano foi na Season Finale de Damages. E assim sendo, não estou a ver que nenhuma das outras atingisse a perfeição de Patty Hewes. Se for um prémio, nada melhor merecido. Se não for, há Emmys para o ano.

Melhor Actor (Comédia):
Jemaine Clement (Flight of the Conchords)
Steve Carell (The Office)
Jim Parsons (The Big Bang Theory)
Alec Baldwin (30 Rock)
Tony Shalhoub (Monk)
Charlie Sheen (Two and a Half Men)

Outra categoria onde me posso remeter a um actor. Apesar de ainda não ter chegado ao final da segunda temporada de The Big Bang Theory, Jim Parsons é a minha escolha. Brilhante como Sheldon, Jim Parsons é a minha preferência. Mas a aposta é Alec Baldwin. Porquê? Porque tem duas palavras a frente: 30 Rock. Acho que deverá chegar para ganhar o Emmy. Espero que me engane, pois entre estes, era o último que queria que sai-se de lá com o prémio.

Melhor Actriz (Comédia):
Toni Collette (United States of Tara)
Tina Fey (30 Rock)
Mary-Louise Parker (Weeds)
Sarah Silverman (The Sarah Silverman Program)
Christina Applegate (Samantha Who?)
Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures Of Old Christine)

Outra categoria que tenho pouca diversidade de escolha. Toni Collette teve uma magnífica como Tara e as suas personalidades, mas não a estou a ver receber um Emmy. Era a minha preferida, mas não me parece que tenha hipóteses. Quanto ao resto, só posso dar uma pequena opinião sobre a Mary-Louise Parker, que pelo pequeno conhecimento do trabalho, seria a segunda hipótese. Mas o Emmy irá (isto não é aposta, é, para mim, quase certeza) para Tina Fey. Não estou a ver ninguém a fazer-lhe sombra, e assim sendo só uma grande surpresa é que lhe retirará o Emmy.

Melhor Actor Secundário (Drama):
William Shatner (Boston Legal)
Christian Clemenson (Boston Legal)
Aaron Paul (Breaking Bad)
William Hurt (Damages)
Michael Emerson (Lost)
John Slattery (Mad Men)

Está é das categorias que estou mais dividido. Por um lado gostava que ganha-se Michael Emerson. O Ben de Lost rouba a cena quando está a contracenar com alguém. Mas, como fã incondicional de Boston Legal, não ficava nada triste que um dos actores nomeados sai-se com um Emmy de baixo do braço. E dos dois nomeados, a minha Christian Clemenson. A construção de uma personagem como é Jerry Espenson é simplesmente arrebatadora, com aqueles tiques todos e com a maneira de andar. Mas a minha aposta vai para Aaron Paul. Pelo que li, a sua personagem este simplesmente perfeito na caracterização de Jesse, batendo bastantes barreiras. Mas esta categoria é das mais difíceis de prever, para mim, pelo menos.

Melhor Actriz Secundária (Drama):
Cherry Jones (24)
Hope Davis (In Treatment)
Dianne Wiest (In Treatment)
Chandra Wilson (Grey’s Anatomy)
Sandra Oh (Grey’s Anatomy)
Rose Byrne (Damages)

Esta é uma categoria, se não a única, que não tenho dúvidas. Como vi unicamente o trabalho de Rose Byrne, é a minha preferência para o Emmy. Claro que das outras tenho algum conhecimento sobre o trabalho, mas nada que posso dizer com uma opinião própria. Assim sendo, e não tendo por onde escolher, a minha aposta também vai para a Rose.

Melhor Actor Secundário (Comédia):
Tracy Morgan (30 Rock)
Jack McBrayer (30 Rock)
Jon Cryer (Two and a Half Men)
Kevin Dillon (Entourage)
Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother)
Rainn Wilson (The Office)

Outra categoria onde não tenho dúvidas na preferência. Neil Patrick Harris é a minha preferência, apesar de saber que Jon Cryer ser um excelente actor. Mas o Barney é a alma da série HIMYM, e o actor merece sair com um Emmy debaixo do braço. A minha preferência e aposta.

Melhor Actriz Secundária (Comédia):
Kristin Chenoweth (Pushing Daisies)
Amy Poehler (Saturday Night Live)
Kristin Wiig (Saturday Night Live)
Vanessa Williams (Ugly Betty)
Jane Krakowski (30 Rock)
Elizabeth Perkins (Weeds)

Cá está uma categoria que não tenho opinião. Daquilo que vi, ou seja, pilotos e mais 2/3 episódios, e pelo que li, acho que a vencedora será Kristin Chenoweth. Se não ganhar, a minha segunda será Jane Krakowski, pois, para além de ter 30 Rock a frente, gosto da actriz. Quantoa ao resto, de SNL conheço pouco para dar opinião, o mesmo acontecendo com Ugly Betty.

As minhas apostas estão lançadas. Agora é esperar por logo a noite para confirmá-las.

E as vossas, quais são?


Michelle Forbes insulta premiações!

Setembro 12, 2009

tbs2maryannpromoMichelle Forbes, de True Blood, demonstrou recentemente o seu descontentamento pela série ter sido ignorada nas nomeações dos Emmy Awards.

A actriz, que interpreta Maryann Forrester no drama vampírico da HBO, disse que não existe honra nas premiações de televisão, acrescentando, polemicamente: “Desculpem lá, mas que se f*da as premiações. O verdadeiro prémio está na audiência. É para a audiência que é escrita uma série, não para, como todo o respeito, os críticos e as premiações.

A actriz de 44 anos revelou que, na sua opinião, a Maryann não é uma vilã. O final da segunda temporada vai ao ar no dia 13 de Setembro por parte da HBO.


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Resultado]

Agosto 15, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistiu numa série de eliminatórias, entre as quais houve um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que teve a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficaram para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa pôde votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funcionou. Têm até às 23h59 do dia de quarta-feira para votarem na série que teve o cancelamento mais injusto. Obrigado a todos os que participaram nesta edição!

Mais uma vez, agradeço a participação de todos. À semelhança do que pedi na primeira edição, peço novamente para dizerem nos comentários temas que gostariam de ver figurados numa votação como essa. E agora é a altura de saber qual o cancelamento mais injusto segundo os visitantes do Portal de Séries.

E O CANCELAMENTO MAIS INJUSTO DAS SÉRIES É…

veronica


Teen Choice Awards 2009: Os (péssimos) vencedores

Agosto 10, 2009

sophia_bush_2008_teen_choice_awards_2.0.0.0x0.660x489Dizia eu no dia 17 de Junho, quando foram apresentados os nomeados, o seguinte:

“Como já vem sendo habitual todos os anos, os Teen Choice Awards voltam mais uma vez com os seus nomeados digamos… diferentes. Eu sei que é normal escolheres a Miley Cyrus ou os Jonas Brothers como melhores actores, mas não acham que é uma falta de respeito colocarem eles na mesma posição que o Steve Carell ou a Eva Longoria? Na minha opinião, os Teen Choice Awards são completamente inúteis para a indústria americana e se querem criar uma votação direccionada aos adolescentes, ao menos que escolham bem os candidatos. Porquê o Tom Welling ao invés do Sam Witwer? E se estes prémios são actuais, como é que temos o Michael Rosembaum nomeado este ano se ele nem sequer participou na oitava temporada de Smallville? E na categoria Melhor actriz de série drama, eles não quereriam dizer, talvez, actriz mais bonita (sim, porque das cinco, apenas a Summer Glau é que se destacou mesmo… como actriz)? Deveria também haver uma categoria apenas para Gossip Girl e Heroes, não?! A cerimónia que vai ser transmitida pela FOX nos Estados Unidos vai ser apresentada pelos cantores Jonas Brothers no dia 10 de Agosto. Enfim, vamos aos nomeados…”

Com a divulgação dos resultados, vejo que o gosto dos adolescentes é pior daquilo que eu pensava. Enfim, esse é o tipo de premiações que eu não dou qualquer valor! E vocês o que acham dos vencedores? Não acham que esses adolescentes que votaram tiveram a habilidade de escolher os piores entre os já péssimos nomeados? Digam sa vossa opinião e revolta nos comentários, ao menos aqui no Portal de Séries temos bom gosto!

Série de Drama

90210
Gossip Girl
Grey’s Anatomy
House
The Secret Life of the American Teenager

Série de Acção e Aventura

24
Heroes
Lost
Smallville
Terminator: The Sarah Connor Chronicles

Série de Comédia

Hannah Montana
How I Met Your Mother
iCarly
The Office
Ugly Betty

Série de Animação

American Dad
Family Guy
The Simpsons
South Park
SpongeBob SquarePants

Actor de Série Drama

Penn Badgley por Gossip Girl
Ken Baumann por The Secret Life of the American Teenager
Chace Crawford por Gossip Girl
Joshua Jackson por Fringe
Dustin Milligan por 90210

Actriz de Série Drama

Minka Kelly por Friday Night Lights
Blake Lively por Gossip Girl
Leighton Meester por Gossip Girl
Olivia Wilde por House
Shailene Woodley por The Secret Life of the American Teenager

Actor de Série de Acção ou Aventura

Thomas Dekker por Terminator: The Sarah Connor Chronicles
Matthew Fox por Lost
Josh Holloway por Lost
Milo Ventimiglia por Heroes
Tom Welling por Smallville

Actriz de Série de Acção e Aventura

Kristen Bell por Heroes
Summer Glau por Terminator: The Sarah Connor Chronicles
Kristen Kreuk por Smallville
Ali Larter por Heroes
Hayden Panettiere por Heroes

Actor de Série Comédia

Steve Carell por The Office
Neil Patrick Harris por How I Met Your Mother
Jonas Brothers por JONAS
Charlie Sheen por Two and a Half Men
Jerry Trainor por iCarly

Actriz de Série Comédia

Miranda Cosgrove por iCarly
Miley Cyrus por Hannah Montana
America Ferrera por Ugly Betty
Jenna Fisher por The Office
Eva Longoria Parker por Desperate Housewives

Série Revelação

90210
Fringe
Glee
JONAS
The Secret Life of the American Teenager

Actriz Revelação

Demi Lovato por Sonny with a Chance
AnnaLynne McCord por 90210
Lea Michele por Glee
Chelsea Staub por JONAS
Anna Torv por Fringe

Actor Revelação

Frankie Jonas por JONAS
Daren Kagasoff por The Secret Life of the American Teenager
Danny McBride por Eastbound & Down
Cory Monteith por Glee
Tristan Wilds por 90210

Melhor Vilão

Spencer Pratt por The Hills
Zachary Quinto por Heroes
Michael Rosenbaum por Smallville
Ed Westwick por Gossip Girl
Vanessa Williams por Ugly Betty

Melhor Parceiro de Herói

Jake T. Austin por Wizards of Waverly Place
Allison Mack por Smallville
Jennette McCurdy por iCarly
Emily Osment por Hannah Montana
Michael Urie por Ugly Betty

Melhores Pais da TV

Billy Ray Cyrus por Hannah Montana
Rob Estes e Lori Loughlin por 90210
Tony Plana por Ugly Betty
Molly Ringwald e Mark Derwin por The Secret Life of the American Teenager
Matthew Settle por Gossip Girl


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Final]

Agosto 9, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistiu numa série de eliminatórias, entre as quais houve um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que teve a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficaram para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa pôde votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funcionou. Têm até às 23h59 do dia de quarta-feira para votarem na série que teve o cancelamento mais injusto. Obrigado a todos os que participaram nesta edição!

Espero que participem tal como participaram na primeira edição e deixem comentários acerca das vossas escolhas. E agora, toca a votar!

NOTA IMPORTANTE: Às 23h59 de ontem (sábado – hora dos Açores) eu vi os resultados e Pushing Daisies estava a ganhar por um voto, por isso é a que passou para a final, apesar de hoje de manhã Prison Break estar à frente.

finalcanc

[poll id=”70″]

Untitled-3


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Meias-Finais]

Agosto 5, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistirá numa série de eliminatórias, entre as quais haverá um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que terá a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficarão para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa poderá votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciona. Têm até às 23h59 do dia de sábado para votarem nas meias finais (Top 4). No domingo será anunciada a grande final e a última votação desta edição começará.

Espero que participem tal como participaram na primeira edição e deixem comentários acerca das vossas escolhas. E agora, toca a votar!

NOTA IMPORTANTE: Votem naquela que acham que é o cancelamento mais injusto e não a série favorita!

mf1

[poll id=”68″]

mf2

[poll id=”69″]

Untitled-3


TCA Awards – Os Vencedores

Agosto 2, 2009

TCA_AwardDurante a noite de ontem os jornalistas, actores, guionistas e equipa técnica da televisão americana juntaram-se para uma festa especial onde se divulgaria os vencedores do TCA Awards (Television Critics Association), premiação em que quem decide são os críticos e não um conjunto de pessoas específicas como acontece nos Emmys.

A grande vencedora da noite foi The Big Bang Theory, ganhando como melhor série de comédia e pelo prémio de Jim Parsons como actor. Mad Men continua a brilhar na categoria de drama e Battlestar Galactica finalmente tem o reconhecimento que merece e ganha como melhor série do ano.

True Blood como melhor nova série e Bryan Cranston (por Breaking Bad) são outros dois vencedores mais que merecidos. Se ele ganhasse o Emmy também não me importava nada, assim como o Aaron Paul como actor de drama secundário. Vejam agora a lista completa:

Programa do Ano:

“Battlestar Galactica” (Sci Fi)
“Lost” (ABC)
“Mad Men” (AMC)
“Saturday Night Live” (NBC)
“The Shield” (FX)

Melhor série de comédia:

“30 Rock” (NBC)
“The Big Bang Theory” (CBS)
“The Daily Show” (Comedy Central)
“How I Met Your Mother” (CBS)
“The Office” (NBC)

Melhor série de drama:

“Breaking Bad” (AMC)
“Friday Night Lights” (NBC)
“Lost” (ABC)
“Mad Men” (AMC)
“The Shield” (FX)

Melhor Minissérie, Telefilme ou Especial:

2008 Summer Olympic Coverage (NBC)
“24: Redemption” (FX)
“Generation Kill” (HBO)
“Grey Gardens” (HBO)
“Taking Chance” (HBO)

Melhor nova série:

“Fringe” (Fox)
“The Mentalist” (CBS)
“No. 1 Ladies’ Detective Agency” (HBO)
“True Blood” (HBO)
“United States of Tara” (Showtime)

Melhor actor/actriz de comédia:

Alec Baldwin (”30 Rock”)
Steve Carell (”The Office”)
Tina Fey (”30 Rock”)
Neil Patrick Harris (”How I Met Your Mother”)
Jim Parsons (”The Big Bang Theory”)

Melhor actor/actriz de drama:

Glenn Close (”Damages”)
Bryan Cranston (”Breaking Bad”)
Walton Goggins (”The Shield”)
Jon Hamm (”Mad Men”)
Hugh Laurie (”House”)

Melhor programa infantil:

“Camp Rock” (The Disney Channel)
“The Electric Company” (PBS)
“Nick News” (Nickelodeon)
“Sid the Science Kid” (PBS)
“Yo Gabba Gabba” (Nickelodeon)

Melhor programa de informação:

“60 Minutes” (CBS)
“The Alzheimer’s Project” (HBO)
“Frontline” (PBS)
“The Rachel Maddow Show” (MSNBC)
“We Shall Remain” (PBS)

Prémio de importância na televisão:

“ER” (NBC)
“M*A*S*H” (CBS)
“Saturday Night Live” (NBC)
“The Shield” (FX)
“Star Trek” (NBC)

Menção honrosa de carreira: Betty White


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Quartos de Final]

Agosto 1, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistirá numa série de eliminatórias, entre as quais haverá um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que terá a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficarão para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa poderá votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciona. Têm até às 23h59 do dia de terça-feira para votarem no quartos de final (Top 8 ). Na quarta-feira serão anunciados as meias finais e uma nova votação decorrerá.

Espero que participem tal como participaram na primeira edição e deixem comentários acerca das vossas escolhas. E agora, toca a votar! Peço desculpa pelo atraso deste artigo, pois deveria ter saído terça-feira.

p1

[poll id=”64″]

p1

[poll id=”65″]

p1

[poll id=”66″]

p1

[poll id=”67″]

Untitled-3


Qual o cancelamento mais injusto das séries? [Top 16]

Julho 24, 2009

Untitled-1

Depois do sucesso que foi a primeira edição, com a votação da mulher e homem mais sexy da televisão, chega a vez de apostarmos numa segunda edição com o tema ‘Qual o cancelamento mais injusto das séries?’. Os dezasseis escolhidos foram seleccionados pela equipa do Portal de Séries e agora cabe a vocês, visitantes, votarem nos vossos favoritos. As séries abaixo representadas foram escolhidas baseado na repercussão do cancelamento e/ou qualidade que a série apresentava na altura em que foi terminada. Séries como ‘Battlestar Galactica’, ‘The Shield’ e ‘Boston Legal’ não figuram na lista porque tiveram uma última temporada já vista como final season, mesmo antes de estrear.

O concurso consistirá numa série de eliminatórias, entre as quais haverá um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que terá a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficarão para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa poderá votar tanto nas em todas os confrontos, mas unicamente num de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciona. Têm até às 23h59 do dia de segunda-feira para votarem no Top 16. Na terça-feira serão anunciados os quartos de final e uma nova votação decorrerá.

Espero que participem tal como participaram na primeira edição e deixem comentários acerca das vossas escolhas. E agora, toca a votar!

c1

[poll id=”55″]

c1

[poll id=”56″]

c1

[poll id=”57″]

c1

[poll id=”58″]

c1

[poll id=”59″]

c1

[poll id=”60″]

c1

[poll id=”61″]

c1

[poll id=”62″]

Untitled-3


Qual a personagem mais sexy da televisão? [Resultados]

Julho 22, 2009

int

Depois de uma conversa entre o Aguerra e a Filipa, uma ideia para uma nova lista surgiu “E que tal enriquecer os olhos dos novos visitantes?” Para tal, decidiram em conjunto com o Marco disputar uma luta, muito saudável por sinal, entre os sex symbols presentes na televisão americana. A escolha não foi fácil, resumir a beleza presente na TV americana a 16 personagens não é tarefa fácil, tal como nas outras listas tudo depende muito do gosto pessoal de cada um, há quem goste de loiras outros preferem as morenas, há quem ache um homem bem musculado charmoso, há quem os considere armários, mas certamente na lista encontrarão um ou uma que fará regalar os olhos e captar a atenção.

O Marco e o Aguerra trataram de produzir a lista das mulheres mais sexys da televisão enquanto que à Filipa coube elaborar a lista dos sex symbols. Muitos se queixarão que alguns/ algumas foram esquecidos mas seleccionar apenas 16 no mundo de milhares não é fácil e ainda temos de ter em conta as séries que cada um vê. Divirtam-se e votem nas vossas preferências.

O concurso consistiu numa série de eliminatórias, entre as quais houve um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que teve a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficou para trás, até chegarmos a esta final. Cada pessoa pôde votar tanto nas mulheres, como nos homens, mas unicamente num (a) de cada dupla.

Depois de quase nove centenas de pessoas votarem nos seus favoritos, a decisão foi tomada e Veronica Mars, interpretada por Kristen Bell, foi considerada a personagem mais sexy da TV a nível feminino. Já a nível masculino, o desejado lugar foi ocupado por Dean Winchester (Supernatural), personagem essa que é representada por Jensen Ackles. Abaixo podem ver dezoito fotos dos dois vencedores e ainda os quadro finais.

Muito obrigado a todos os que participaram e, por fim, quero dizer que a próxima edição , intitulada ‘Qual o cancelamento mais injusto da televisão?’, começa sexta-feira.

QUADRO FINAL FEMININO

QUADRO FINAL MASCULINO

NA PRÓXIMA EDIÇÃO…

Qual o cancelamento mais injusto das séries?

Untitled-3


Qual a personagem mais sexy da televisão? [Final]

Julho 19, 2009

int

Depois de uma conversa entre o Aguerra e a Filipa, uma ideia para uma nova lista surgiu “E que tal enriquecer os olhos dos novos visitantes?” Para tal, decidiram em conjunto com o Marco disputar uma luta, muito saudável por sinal, entre os sex symbols presentes na televisão americana. A escolha não foi fácil, resumir a beleza presente na TV americana a 16 personagens não é tarefa fácil, tal como nas outras listas tudo depende muito do gosto pessoal de cada um, há quem goste de loiras outros preferem as morenas, há quem ache um homem bem musculado charmoso, há quem os considere armários, mas certamente na lista encontrarão um ou uma que fará regalar os olhos e captar a atenção.

O Marco e o Aguerra trataram de produzir a lista das mulheres mais sexys da televisão enquanto que à Filipa coube elaborar a lista dos sex symbols. Muitos se queixarão que alguns/ algumas foram esquecidos mas seleccionar apenas 16 no mundo de milhares não é fácil e ainda temos de ter em conta as séries que cada um vê. Divirtam-se e votem nas vossas preferências.

O concurso consistiu numa série de eliminatórias, entre as quais houve um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que teve a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficou para trás, até chegarmos a esta final. Cada pessoa pôde votar tanto nas mulheres, como nos homens, mas unicamente num (a) de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciou. Têm até às 23h59 de terça-feira para votar na mulher e homem mais sexy da televisão. Esperemos que gostem, que ganha a mulher e o homem mais bonitos das séries. E desta vez deslumbrem-se com fotos maiores do que as anteriores!

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES:

  • Primeiro que tudo agradeço a todos os que participaram neste concurso. Está mais que claro que foi um sucesso e por isso também deixo os meus parabéns à Filipa e ao Aguerra pela ideia.
  • Em segundo quero dizer que a partir da próxima semana já temos um novo tema a ser lançado: Qual o cancelamento mais injusto das séries? Temos grandes nomes a serem disputados como Prison Break, Moonlight, Pushing Daisies, Kyle XY e mais doze que certamente conhecem.
  • Quanto a essa final, como disse acima, vai decorrer até ao final do dia de terça. Na quarta farei um post especial com a divulgação dos vencedores e ainda com fotos dos mesmos.

FINAL DAS MULHERES

fm

[poll id=”53″]

top2m

FINAL DOS HOMENS

fm

[poll id=”54″]

top2h

NA PRÓXIMA EDIÇÃO…

Qual o cancelamento mais injusto das séries?

Untitled-3


Produtores de Lost chocados com a nomeação ao Emmy

Julho 18, 2009

425.lindelof.cuse.050908Os produtores de Lost revelaram que estão ‘chocados’ com a nomeação da série para um Emmy de melhor série dramática.

Carlton Cuse e Damon Lindelof admitiram que não estavam seguros (nem eu) que a introdução das viagens temporais nesta quinta temporada iria chamar a atenção daqueles que escolhem os nomeados para a cerimónia.

“Nós estamos muito felizes e um pouco chocados. Ao explorar as viagens no tempo, nunca pensámos que pudéssemos ser nomeados”, disse Cuse. É necessário lembrar que normalmente as séries de ficção científica nunca recebem muita atenção por parte dos Emmys, e um exemplo claro disso é Battlestar Galactica.

Lindelof acrescentou: “A ideia de que fizemos isso juntamente com as limitações da emissão é muito excitante.”

A série foi nomeada para melhor série de drama enquanto que Michael Emerson, que interpreta o vilão manipulador Benjamin Linus, recebeu uma nomeação para melhor actor secundário de drama.

Cuse declarou que a nomeação de Emerson não foi nenhuma surpresa para a equipa da série, adicionando que “Michael é uma grande parte de Lost. A sua performance, principalmente no episódio ‘The Life and Death of Jeremy Bentham, é espectacular.”

A 61.ª edição dos Emmys vai ao ar no dia 20 de Setembro.


Emmys 2009: Nomeados e Apreciação

Julho 16, 2009

emmy-statuetteAntes de tudo quero apenas dizer que este artigo só foi publicado agora porque passei a tarde no cinema a ver o Harry Potter e o Príncipe Misterioso. Não é que me sinta na obrigação de dar explicações, apenas disse isso para mostrar o meu total agrado e surpresa pela mais recente adaptação da saga, que é, sem dúvida nenhuma, a melhor até agora. Os vencedores desta edição do Emmys serão anunciados na cerimónia que realizar-se-à no dia 20 de Setembro. E agora vamos lá aos nomeados e comentários.

Melhor Série (Drama):

Big Love
Breaking Bad
Damages
Dexter
House
Lost
Mad Men

Não houve grandes surpresas nesta categoria. Pelo que ouvi dizer, a terceira temporada de Big Love foi excelente e a nomeação é mais que justa. Fico muito feliz pelo grande reconhecimento que Breaking Bad está a ter, principalmente porque considero a segunda temporada uma das melhores coisas que apareceram este ano na televisão. Já Damages e House são duas que talvez não merecem a nomeação que lhes foi dada, mais a segunda do que a primeira. A quinta temporada de House foi má, pelo menos a primeira metade (que foi a que vi) e fico frustrado ao ver que roubou o lugar a uma série que tenha feito um trabalho melhor. Mad Men era mais que esperado e quanto a isso não há nada a fazer. Dexter também teve um terceiro ano inferior aos interiores e este lugar podia ser aproveitado por outras bem melhores. Por último, temos a nomeação de Lost pela terceira vez em cinco anos. Apesar de ter sido uma quinta temporada criticada, a verdade é os argumentistas cumpriram aquilo que prometeram: construir a ponte necessária para o grande ano final!

Melhor Série (Comédia):

Entourage
Family Guy
Flight of the Conchords
How I Met Your Mother
The Office
30 Rock
Weeds

Das sete nomeadas apenas posso falar sobre três: Family Guy, The Office e 30 Rock. Eu ainda tentei ver toda a sétima temporada desta animação da FOX, mas o que antes era pura comédia agora tornou-se no mais estúpido que existe. Eu sei que é uma série com muita crítica aos americanos, mas existem melhores por aí, tais como Pushing Daisies e The Middleman. The Office é uma boa série, mas ainda não vi a quinta temporada. Contudo, estou por dentro da competência do guião e dos actores. Já 30 Rock é o Mad Men da comédia, portanto nada a dizer a não ser que quero que a série seja cancelada de uma vez para dar oportunidade a outras.

Melhor Minissérie:

Generation Kill
Little Dorrit

Melhor Filme feito para Televisão:

Coco Chanel
Grey Gardens
Into the Storm
Prayers For Bobby
Taking Chance

Melhor Actor (Drama):

Bryan Cranston (Breaking Bad)
Michael C. Hall (Dexter)
Jon Hamm (Mad Men)
Simon Baker (The Mentalist)
Hugh Laurie (House)
Gabriel Byrne (In Treatment)

Esta é uma das listas de nomeados que mais deve dar trabalho a escolher. O Bryan Cranston criou um Walter White fantástico e não me importava nada que fosse ele a ganhar este ano. A segunda temporada de Breaking Bad deu, mais uma vez, a oportunidade de Cranston mostrar o seu grande talento e a diferença entre esta personagem e a de Malcolm in the Middle. Dexter teve uma temporada fraca, mas o Michael C. Hall não tem culpa do guião que lhe foi dado, portanto ele merece essa nomeação. Simon Baker está nomeado mesmo no seu ano de estreia e é claro que ele é a alma de The Mentalist, logo também concordo com a nomeação. Hugh Laurie sofre o mesmo que Michael C. Hall. Já o trabalho de Jon Hamm e Gabriel Byrne não conheço.

Melhor Actriz (Drama):

Elizabeth Moss (Mad Men)
Glenn Close (Damages)
Sally Field (Brothers and Sisters)
Kyra Sedgwick (The Closer)
Mariska Hargitay (Law & Order: Special Victims Unit)
Holly Hunter (Saving Grace)

Se existe actriz que eu admiro completamente é Glenn Close. Ela é “a” actriz das série de televisão e nem o segundo ano de Damages mais fraco que o primeiro a deitou abaixo. Aliás, gostei mais da Glenn Close deste ano, afinal quem não se passou com as cenas de raiva que ela teve que enfrentar na recta final? Sally Field é novamente nomeada pela seu papel de patriarca em Brothers and Sisters e pelo que oiço falar, ela é mesmo muito boa! A Kyra Sedgwick é outra actriz que admiro e tenho pena de nunca ter acompanhado The Closer desde o início. As restantes não conheço o trabalho.

Melhor Actor (Comédia):

Jemaine Clement (Flight of the Conchords)
Steve Carell (The Office)
Jim Parsons (The Big Bang Theory)
Alec Baldwin (30 Rock)
Tony Shalhoub (Monk)
Charlie Sheen (Two and a Half Men)

Flight of the Conchords deve ser alguma coisa de jeito, pois em termos de comédia saiu-se muito bem. Steve Carell, Baldwin, Shalhoub e Sheen não são nenhumas surpresas, mas nunca achei o Alec assim tão bom a ponto de ser nomeado. Se ele tivesse noutra série nem seria nomeado, se é que me faço entender. Eu posso não gostar muito de The Big Bang Theory (Marcia e Gerson, podem comemorar, eu vou dar uma segunda oportunidade), mas estou consciente do trabalho fabuloso do Jim Parsons e é com agrado que vejo a sua interpretação reconhecida.

Melhor Actriz (Comédia):

Toni Collette (United States of Tara)
Tina Fey (30 Rock)
Mary-Louise Parker (Weeds)
Sarah Silverman (The Sarah Silverman Program)
Christina Applegate (Samantha Who?)
Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures Of Old Christine)

Destas seis mulheres apenas não conheço o trabalho de Mary-Louise Parker e Sarah Silverman. Se fosse para escolher uma para ganhar, Christina Applegate seria a minha decisão. Ela passou por muito este ano a nível de saúde, mas conseguiu superar mas a ABC acabou por cancelar a série, uma das poucas comédias que já deu boas audiências na emissora (quando era exibida às segundas). A Tina Fey também é divertida, mas espero que não ganhe este ano. Já a Toni Collette também são duas grandes comediantes e não ficaria triste se fosse alguma delas a vencer, apesar de continua a preferir a Christina Applegate.

Melhor Actor (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Kevin Kline (Cyrano de Bergerac – Great Performances)
Brendan Gleeson (Into the Storm)
Sir Ian McKellen (King Lear – Great Performances)
Kevin Bacon (Taking Chance)
Kiefer Sutherland (24: Redemption)
Kenneth Branagh (Wallander: One Step Behind)

Não sou grande apreciador nem conhecedor desse tipo de categorias e apenas vi a prestação de Kiefer Sutherland em 24:Redemption e já que não foi nomeado para melhor actor drama pela sétima (e excelente) temporada de 24, ao menos que seja pelo telefilme.

Melhor Actriz (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Chandra Wilson (Accidental Friendship)
Shirley MacLaine (Coco Chanel)
Drew Barrymore (Grey Gardens)
Jessica Lange (Grey Gardens)
Sigourney Weaver (Prayers for Bobby)

Melhor Actor Secundário (Drama):

William Shatner (Boston Legal)
Christian Clemenson (Boston Legal)
Aaron Paul (Breaking Bad)
William Hurt (Damages)
Michael Emerson (Lost)
John Slattery (Mad Men)

Com o término da série, era normal que Boston Legal tivesse uma espécie de ‘homenagem’, tal como aconteceu com The Sopranos após a última temporada. Surpreende-me o facto da dramédia não ter sido nomeada para melhor drama, mas ainda assim dois actores conseguiram uma nomeação. Depois temos o Aaron Paul, a nomeação mais justa de todo esse Emmys 2009. O Jesse é uma personagem dramaticamente forte e muito vulnerável, perfeitamente interpretado por esse jovem actor. O William Hurt é o típico actor que se gosta ou que se odeia mas, como é o meu caso, às vezes pode-se odiar e gostar. Ele é um bom actor, mas há cenas em que ele me irrita um bocado. O que seria desta lista se não tivesse alguém de Lost? Já tivemos o Terry O’Quinn como vencedor e o Michael Emerson já tinha sido nomeado, mas foi em ‘Dead is Dead’ (na cena do julgamento do monstro) que Emerson brilhou de uma forma arrebatadora. Se o Emmy Não for para o Aaron Paul, espero que vá para ele.

Melhor Actriz Secundária (Drama):

Cherry Jones (24)
Hope Davis (In Treatment)
Dianne Wiest (In Treatment)
Chandra Wilson (Grey’s Anatomy)
Sandra Oh (Grey’s Anatomy)
Rose Byrne (Damages)

A Cherry Jones esteve muito bem neste papel importantíssimo que foi a Presidente de 24. As suas emoções e desespero no dia mais longo da sua vida são brutais e não consigo ver outra actriz como esse papel. Sobre In Treatment não posso comentar, mas sei que esta é uma série muito rica em interpretações e diálogo. Já as nomeações de Grey’s Anatomy seriam justas se fossem aplicadas noutras temporadas. A Sandra Oh e a Chandra Wilson são duas actrizes maravilhosas, mas foi a Katherine Heigl que brilhou e merecia levar essa nomeação. Será que isso foi um ‘castigo’ pelas declarações polémicas do ano passado por parte da estrela? Só pode ser, ou então esse ‘júri’ está cada vez com mais mau gosto. Por fim, devo dizer que é tão bom ver a Rose Byrne nomeada. As suas cenas com a Glenn Close são mais que excelentes e isso o mérito não é só da actriz nomeada a principal.

Melhor Actor Secundário (Comédia):

Tracy Morgan (30 Rock)
Jack McBrayer (30 Rock)
Jon Cryer (Two and a Half Men)
Kevin Dillon (Entourage)
Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother)
Rainn Wilson (The Office)

Não há muito por dizer, mas fico contente pelo Neil Patrick Harris e o Rainn Wilson. São dois excelentes actores (vi muito pouco de How I Met Your Mother ainda, mas deu para perceber que o protagonista ali é ele) e espero que seja um deles a vencer.

Melhor Actriz Secundária (Comédia):

Kristin Chenoweth (Pushing Daisies)
Amy Poehler (Saturday Night Live)
Kristin Wiig (Saturday Night Live)
Vanessa Williams (Ugly Betty)
Jane Krakowski (30 Rock)
Elizabeth Perkins (Weeds)

Só tenho uma coisa a dizer: GO KRISTIN CHENOWETH!

Melhor Actor Secundário (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Ken Howard (Grey Gardens)
Len Cariou (Into the Storm)
Bob Newhart (The Librarian: Curse of the Judas Chalice)
Tom Courtenay (Little Dorrit)
Andy Serkis (Little Dorrit)

Melhor Actriz Secundária (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Marcia Gay Harden (The Courageous Heart Of Irena Sendler – Hallmark Hall Of Fame Presentation)
Jeanne Tripplehorn (Grey Gardens)
Shohreh Aghdashloo (House Of Saddam)
Janet McTeer (Into the Storm)
Cicely Tyson (Relative Stranger)

Melhor Actor Convidado (Comédia):

Beau Bridges (Desperate Housewives)
Justin Timberlake (Saturday Night Live)
Steve Martin (30 Rock)
Jon Hamm (30 Rock)
Alan Alda (30 Rock)

Melhor Actriz Convidada (Comédia):

Christine Baranski (The Big Bang Theory)
Gena Rowlands (Monk), Betty White (My Name is Earl)
Tina Fey (Saturday Night Live)
Jennifer Aniston (30 Rock)
Elaine Stritch (30 Rock)

Melhor Actor Convidado (Drama):

Edward Asner (CSI:NY)
Ted Danson (Damages)
Jimmy Smits (Dexter)
Ernest Borgnine (ER)
Michael J. Fox (Rescue Me)

Prefiro ver o Ted Danson no ramo da comédia que seja no drama, mas mesmo assim gosto da personagem Arthur Frobisher e tenho pena que tenha sido tão mal desenvolvido no segundo ano de Damages. Jimmy Smits foi a escolha perfeita para interpretar o falso amigo de Dexter e Ernest Borgnine também esteve excelente nos últimos episódios de ER.

Melhor Actriz Convidada (Drama):

Sharon Lawrence (Grey’s Anatomy)
Ellen Burstyn (Law & Order: Special Victims Unit)
Brenda Blethyn (Law & Order: Special Victims Unit)
Carol Burnett (Law & Order: Special Victims Unit)
CCH Pounder (The No. 1 Ladies’ Detective Agency)

Melhor Argumento (Drama):

The Incident (Lost)
A Night To Remember (Mad Men)
Six Month Leave (Mad Men)
The Jet Set (Mad Men)
Meditations In An Emergency (Mad Men)

Mas isso é uma piada ou quê? Ter quatro nomeações para Mad Men é quase um insulto às outras séries de drama. Felizmente tem o The Incident de Lost a ser reconhecido e era mesmo bom que a série da ABC humilhasse a da AMC.

Melhor Argumento (Comédia):

Prime Minister (Flight of the Conchords)
Reunion (30 Rock)
Apollo, Apollo (30 Rock)
Mamma Mia (30 Rock)
Kidney Now! (30 Rock)

Faço a minhas palavras acima sobre Mad Men, mas agora com 30 Rock. O episódio ‘Reunion’ foi horrível, nem sei como foi nomeado!

Melhor Argumento (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Generation Kill
Grey Gardens
Into the Storm
Little Dorrit
Taking Chance

Melhor Realização (Drama):

Daybreak – Part 2 (Battlestar Galactica)
Made In China/Last Call (Boston Legal)
Trust Me (Damages)
And In The End (ER)
The Jet Set (Mad Men)

Finalmente Battlestar Galactica tem uma nomeação, embora seja apenas na categoria de realização. Pensei que como foi o último ano da série fossem dar mais algum mérito, mas mesmo assim esqueceram-se dela. Como é possível não se gostar do ‘Blood on the Scales’ ou ‘Sometimes a Great Notion’? Enfim, nem na banda sonora a série foi reconhecida, uma autêntico falha! ‘Trust Me’ e ‘And In The End’ são dois episódio também bem realizado, apesar de ter ficado desiludido com a season finale de Damages.

Melhor Realização (Comédia):

Tree Trippers (Entourage)
The Tough Brets (Flight Of The Conchords)
Stress Relief (The Office)
Apollo, Apollo (30 Rock)
Reunion (30 Rock)
Generalissimo (30 Rock)

Melhor Realização (Minissérie ou Filme feito para Televisão):

Generation Kill
Grey Gardens
Into the Storm
Little Dorrit
Taking Chance
Wallander: One Step Behind

Melhor Programa Animado (duração inferior a meia hora):

American Dad
The Simpsons
Robot Chicken
South Park

Melhor Programa Animado (duração superior a meia hora):

Afro Samurai: Resurrection
Destination Imagination (Foster’s Home For Imaginary Friends)

Melhor Programa de Variedades, Musical ou de Comédia:

The Colbert Report
The Daily Show With Jon Stewart
Late Show With David Letterman
Real Time With Bill Maher
Saturday Night Live

Melhor Programa Real:

Antiques Roadshow
Dirty Jobs
Dog Whisperer
Intervention

Melhor Programa de Competição Real:

The Amazing Race
American Idol
Dancing With The Stars
Project Runway
Top Chef

Entendo a não entrada de Survivor: T0cantins, pois não foi uma das melhores da série. Contudo, é necessário não esquecer que na temporada 2008-09 também tivemos o Survivor: Gabon, que para mim foi muito bom.

Melhor Apresentador de Programa Real ou Programa de Competição Real:

Phil Keoghan (The Amazing Race)
Ryan Seacrest (American Idol)
Tom Bergeron (Dancing With The Stars)
Heidi Klum (Project Runway)
Jeff Probst (Survivor)
Padma Lakshmi e Tom Colicchio (Top Chef)

Melhor Casting em Comédia:

Californication
The Office
30 Rock
United States of Tara
Weeds

Melhor Casting em Drama:

Damages
Friday Night Lights
Mad Men
True Blood

Parece que não se esqueceram completamente de True Blood, apesar de não ingerir a não nomeação da Anna Paquin para actriz de drama!

Melhores Efeitos Visuais:

Daybreak – Part 2 (Battlestar Galactica)
Pilot (Fringe)
Ghost In The Machine (Ghost Whisperer)
The Second Coming/The Butterfly Effect (Heroes)
Sanctuary For All (Sanctuary)

Heroes só mesmo nas categorias técnicas para ver o seu nome na lista de nomeados!

Programa curto de entreterimento:

Battlestar Galactica: The Face Of The Enemy
Bruce Springsteen Super Bowl Halftime Show
The Daily Show: The Daily Show Correspondents On Jon Stewart
Dr. Horrible’s Sing-Along Blog
30 Rock’s Kenneth the Web Page

Banda Sonora original para televisão:

Robert Duncan (Flowers From Your Grave, Castle)
Mark Snow (Leap Of Faith, Ghost Whisperer)
Joe LoDuca (Prophecy, Legend of the Seeker)
Gabriel Yared (Pilot, The No. 1 Ladies’ Detective Agency)
Alf H. Clausen (Gone Maggie Gone, The Simpsons)
Sean P. Callery (7:00AM – 8:00AM, 24)

E AGORA VOCÊS, QUAIS SÃO AS VOSSAS OPINIÕES?


Qual a personagem mais sexy da televisão? [Meias-finais]

Julho 14, 2009

int

Depois de uma conversa entre o Aguerra e a Filipa, uma ideia para uma nova lista surgiu “E que tal enriquecer os olhos dos novos visitantes?” Para tal, decidiram em conjunto com o Marco disputar uma luta, muito saudável por sinal, entre os sex symbols presentes na televisão americana. A escolha não foi fácil, resumir a beleza presente na TV americana a 16 personagens não é tarefa fácil, tal como nas outras listas tudo depende muito do gosto pessoal de cada um, há quem goste de loiras outros preferem as morenas, há quem ache um homem bem musculado charmoso, há quem os considere armários, mas certamente na lista encontrarão um ou uma que fará regalar os olhos e captar a atenção.

O Marco e o Aguerra trataram de produzir a lista das mulheres mais sexys da televisão enquanto que à Filipa coube elaborar a lista dos sex symbols. Muitos se queixarão que alguns/ algumas foram esquecidos mas seleccionar apenas 16 no mundo de milhares não é fácil e ainda temos de ter em conta as séries que cada um vê. Divirtam-se e votem nas vossas preferências.

O concurso consistirá numa série de eliminatórias, entre as quais haverá um confronto entre dois “concorrentes”. Em cada ronda, que terá a duração de quatro dias, metade dos escolhidos ficará para trás, até chegarmos a uma final. Cada pessoa poderá votar tanto nas mulheres, como nos homens, mas unicamente num (a) de cada dupla. Abaixo tem o quadro das votações que vos vai ajudar a perceber melhor como funciona. Têm até às 23h59 do dia de sábado para votarem nas meias-finais (top 4). Na domingo começará a votação para a grande finalíssima. Esperemos que gostem, que ganha a mulher e o homem mais bonitos das séries. E desta vez deslumbrem-se com fotos maiores do que as anteriores!

NOTA IMPORTANTE: Devido ao sucesso que foi esse concurso, a equipa do Portal de Séries pensou em fazer mais um, por isso digam nos comentários qual o tema que gostariam de ver retratado numa premiação desse género. A sua opinião é importante!

TOP  MULHERES – MEIAS-FINAIS

s1

[poll id=”48″]

s1

[poll id=”49″]

top4m

TOP HOMENS – MEIAS-FINAIS

s1

[poll id=”50″]

s1

[poll id=”51″]

top4h

ESTA É UMA LISTA IDEALIZADA POR FILIPA SILVA E ANTÓNIO GUERRA E FORMATADA POR MARCO BRAGA.