CW ordena mais OTH, Melrose e Diaries

Setembro 24, 2009

Sem títuloSegundo o TVGuide.com, a The CW quer ver mais de One Tree Hill, Melrose Place e The Vampire Diaries.

A emissora ordenou uma temporada completa de One Tree Hill constituída por 22 episódios. Neste momento a série está na sétima temporada e constitui uma das melhores audiências do canal, ficando à frente de Gossip Girl e 90210, por exemplo. Quem também ganhou uma temporada completa de 22 episódios foi The Vampire Diaries, que neste momento é o programa mais visto da emissora, que tem como público alvo raparigas adolescentes. Por fim, Melrose Place, apesar das baixas audiências que tem conseguido ao longos destes primeiros três episódios mas tendo uma crítica razoável, ganhou seis episódios adicionais, que totaliza dezanove para esta primeira temporada.


One Tree Hill (7.01) – 4:30 AM

Setembro 21, 2009

normal_othess7e01003As vezes a mudança dá medo, alguns encaram as mudanças como um fim e outros encaram como um novo começo. A verdade é que nem sempre se agrada a todos… One Tree Hill retorna com sua sétima temporada. E olha que é muito bom ver uma série que se estende assim, demonstra que ela tem fãs fieis. E esta nova temporada já começa bem dividida, alguns dizendo que sem o casal Peyton e Lucas a série não será a mesma e outros falando que os dois não fazem falta nenhuma.

Em minha opinião é muito cedo para dizer. Foi apenas o primeiro episódio. E este me agradou, algumas horas nem parecia One Tree Hill, tinha um ar diferente. E pelo jeito a casa de Haley e Nathan vai estar movimentada como nunca, já que os dois novos personagens estão ligados diretamente a eles. A irmã da Haley, Quinn, recém separada e muito simpática, e o agente do Nathan, Clay, viciado em trabalho, gatão e mulherengo, começaram bem, eu acredito que eles vão render muita história. A Brooke e o Julian lindos como sempre, a insegurança da Brooke foi um pouco chatinha, mas tudo certo… Mouth e Skills disputando a permanência no apartamento peladões foi muito engraçado.

Dan me parece super bem, no último episódio que vimos, ele estava a beira de se suicidar e agora virou apresentador ou talvez pastor, sei lá. Também achei o final muito bom, a foto do Nathan com a moça misteriosa foi muito legal, deixou todos ansiosos. Quando ela pediu a ele se lembrava dela eu já fiquei desconfiada. Episódio leve, mas agradável de assistir, os personagens estavam ótimos e a Haley cantando, sem comentários, não da pra ficar sem One Tree Hill.

84


One Tree Hill: Promos da sétima época

Agosto 10, 2009

Sem títuloOne Tree Hill sobreviveu, pelo menos até agora, à saída de Chad Michael Murray e Hilarie Burton. O bom disso é que vão apostar mais nos outros três protagonistas, que por sinal sempre tiveram melhores histórias que os outros dois.

Hoje a CW divulgou três vídeos promocionais que apesar de pequenos (vindo da CW, nunca poderíamos esperar algo de grande publicidade para One Tree Hill e Supernatural, não é?) sempre dá para matar um pouco a saudade, já que é uma das estreias que estou mais curioso para ver.

A sétima época de One Tree Hill estreia a 14 de Setembro e terá reviews semanais pela Manola.


Rachel volta a One Tree Hill porque…?

Agosto 2, 2009

danneel_harris_one_tree_hillEste artigo contém spoilers da sétima temporada de One Tree Hill. Caso não queiras saber nada sobre o regresso da Rachel, aconselho a leres outro artigo!

Rachel irá ter um filho do avô Dan?

Parece que Nathan (James Lafferty) e Lucas (Chad Michael Murray) podem ter agora um outro irmão. Segundo algumas pessoas que estiveram nos bastidores de gravações da sétima temporada de One Tree Hill, o avô Dan teve uma namorada grávida, namorada essa que tem a idade dos seus dois filhos (Lucas e Nathan).

A mulher em questão é a ex-colega do Brooke – Rachel -, que passou a ser regular nesta próxima época após ter ficado desaparecida durante duas temporada (apesar das pequenas participações). Se antes a personagem de Danneel Harris já era odiada, agora deverá ser ainda mais. Mas as novidades não ficam por aqui…

Ainda segundo essas fontes, ela usava um anel de diamantes, mas não se sabe se foi o Dan que o deu. Agora a questão que fica é se o Dan irá conseguir recuperar da sua condição cardiovascular, ou irá perder o crescimento do suposto novo filho. Também é importante refletir se ele continuará a ser o vilão da história, e existe pessoas que apostam para esse lado!


One Tree Hill – Sexta Temporada (2008)

Julho 20, 2009

7d13899b-e4c7-47cb-b7c8-4775daa28564one tree hillQuentin Fields was a basketball player. He was also a son. A brother. Somebody’s teammate. Somebody’s friend. I never knew Quentin Fields and I guess now I never will. Did you ever wonder what it would be like if you weren’t you anymore? If you were suddenly gone how would your world react? Whatever you imagined was wrong. There’s nothing romantic about death. Grief is like the ocean: it’s deep and dark and bigger than all of us. And pain is like a thief in the night. Quiet. Persistent. Unfair. Diminished by time and faith and love. I didn’t know Quentin Fields but I’m jealous of him because I see how his absence has affected the people that did know him so I know that he did matter to them. And I know he was loved. People say Quentin Fields was a great basketball player. Graceful. Fluid. Inspiring. They say on a good night it almost seemed as though he could fly. And now he can. (Samantha Walker)

Evolução. Essa é a palavra correcta para descrever o crescimento de One Tree Hill desde há seis anos atrás até hoje. Em 2003 estreou mais uma série adolescente e até ao final da quarta temporada acompanhámos a vida de cinco jovens, os seus dilemas e decisões, amores e desamores, surpresas e desilusões. Após esse tempo do secundário, passaram-se quatro anos e nada era igual: Nathan estava paralítico, Lucas e Peyton separados e a Brooke sentia-se mais só que nunca. Mas apesar dessas mudanças, a quinta temporada não foi fabulosa, parecia que algumas história já estavam mais que gastas e a criatividade dos argumentistas estava no fosso. Felizmente para mim e para todos os fãs, a sexta época serviu como uma forma de redenção, tornando-se na minha favorita de toda a série. Divertida e emotiva são dos adjectivos que facilmente identificam-se com esta época!

Muita gente é fã do casal Lucas e Brooke, mas eu sempre preferi ver ele com a Peyton, personagem essa que eu gosto (ao contrário de 99% das pessoas que vê a série). Acho a Hilarie Burton uma actriz com talento, ao contrário do Chad Michael Murray que, à semelhança de outros actores como o Tom Welling (Clark Kent, Smallville), tem representado cada vez pior ao longo dos anos. O casal Leyton finalmente fica junto e a sua relação acabou por ser bastante satisfatória nesta sexta temporada, mas também já estava na altura de deixarem de engonhar, não é? Como devem saber, eles não voltarão para a já em produção sétima temporada, decisão tomada pelos próprios protagonistas e que gerou alguma polémica nos meses passados. Eu preferia que a série terminasse após a exibição da season finale deste ano, até porque parecia mesmo um final de série.

A Brooke, além de ser a personagem que é interpretada pela actriz mais talentosa e bonita do elenco (Sophia Bush), é aquela que mais cresceu e que mais adulta se tornou. Após a tentativa fracassada de ser mãe na recta final da quinta época, Brooke desenvolve uma relação extraordinária com Sam, uma jovem adolescente que foi abandonada pela mãe. Não sei se é porque a Sophia Bush e a Ashley Rickards são fabulosas nas cenas em que contracenam juntas, mas o facto é que esta foi a minha storyline favorita no meio de todas as que aconteceram. É claro que a morte de Quentin foi uma das melhores ideias que se teve na série, sendo o episódio ‘Get Cape. Wear Cape. Fly.’ o meu favorito. Ainda hoje lembro-me da cena do funeral, ao som dos Civil Twilight, uma das cenas mais emocionantes que alguma vez vi na televisão. Não esquecerei tão cedo a capa do Jamie.

No meio de tantas coisas boas que aconteceram, é difícil apontar tudo. Tenho a perfeita noção que destaque o que mais gostei, mas isso nunca é suficiente para descrever o meu agrado por esta temporada. Contudo, existe uma coisa que não gostei: o episódio escrito pelo Chad Michael Murray. Aliás, para ver esse sexto ano com melhores olhos do que já vejo, prefiro ignorar que alguma fizeram uma coisa tão afastada, em termos de qualidade, dos restantes episódio. Não deixou de ser um episódio divertido, mas não teve a chama que era pedido para essa produção diferente. Por fim, também quero dar destaque ao excelente desempenho de Jackson Brundage, no papel do pequeno Jamie, e de Jaden Harmon, como Andre Fields (irmão de Quentin).


One Tree Hill: The bitch is back!

Junho 29, 2009

Sem títuloSegundo o Ausiello, um representante de One Tree Hill confirmou que a Rachel está de volta.

Dannell Harris fechou um acordo para voltar a dar vida à personagem Rachel Gatina em, pelo menos, sete episódios da nova temporadas, começando pelo segundo da mesma.

Harris entrou para a série na terceira temporada como uma inimiga de Brooke no secundário, mas nunca fez parte do elenco regular até à quarta época. Ela não foi uma das apostas quando a série deu um salto temporal de quatro anos entre a quarta e quinta temporada.

Vale a pena ainda lembrar que hoje ainda foi publicada outra notícia acerca da série: Jana Kramer, de 90210, vai interpretar Alexis, a modelo que vai ser a cara da nova linha de roupa da Brooke. Robert Buckley e Shantel VanSanten completam o resto do elenco regular da sétima (e possível última) temporada, como o manager de Nathan e a irmã da Haley, respectivamente.


Novidades no elenco de One Tree Hill, 90210 e Burn Notice

Junho 29, 2009

Untitled-1

A actriz Jana Kramer, que participou recentemente em 90210, entrou para o elenco de One Tree Hill.

De acordo com o The Hollywood Reporter, Kramer irá interpretar a modelo e actriz Alexis, a cara da nova linha de roupa da Brooke. A sua personagem é descrita com uma adrenalina relacionada com drogas, adora festas e gosta de fazer as coisas à sua maneira. Shantel VanSanten e Robert Buckley também já foram adicionados ao elenco da sétima temporada.

Já 90210, depois de perder o actor Justin Milligan, já contratou um actor para o substituir. Trevor Donovan entra para a segunda temporada do novo drama teen da CW.

Donovam, que já fez parte da novela americana Days of Our Lives durante quatro meses em 2007, vai fazer o papel de Teddy, um rapaz inteligente, atlético, charmoso e naturalmente confidente. Teddy tem uma abilidade única de fazer com que as raparigas pensem que ele é a pessoa mais bonita. A sua personagem irá aparecer pela primeira vez no início da temporada.

Chris Vance, que neste momento é protagonista de Mental – nova série da FOX -, ganhou uma nova participação especial.

Fontes confirmaram ao Ausiello que o actor de Prison Break vai interpretar Gilroy por quatro episódios. Gilroy vai ser mais um vilão a fazer a vida negra a Michael Westen. O seu personagem só será apresentado na segunda metade da terceira temporada que deve ir ao ar no início de 2010 e não vai interferir com Mental, visto que as gravações da primeira (e provável única) temporada já terminam à meses atrás.