CW ordena mais OTH, Melrose e Diaries

Setembro 24, 2009

Sem títuloSegundo o TVGuide.com, a The CW quer ver mais de One Tree Hill, Melrose Place e The Vampire Diaries.

A emissora ordenou uma temporada completa de One Tree Hill constituída por 22 episódios. Neste momento a série está na sétima temporada e constitui uma das melhores audiências do canal, ficando à frente de Gossip Girl e 90210, por exemplo. Quem também ganhou uma temporada completa de 22 episódios foi The Vampire Diaries, que neste momento é o programa mais visto da emissora, que tem como público alvo raparigas adolescentes. Por fim, Melrose Place, apesar das baixas audiências que tem conseguido ao longos destes primeiros três episódios mas tendo uma crítica razoável, ganhou seis episódios adicionais, que totaliza dezanove para esta primeira temporada.


One Tree Hill (7.01) – 4:30 AM

Setembro 21, 2009

normal_othess7e01003As vezes a mudança dá medo, alguns encaram as mudanças como um fim e outros encaram como um novo começo. A verdade é que nem sempre se agrada a todos… One Tree Hill retorna com sua sétima temporada. E olha que é muito bom ver uma série que se estende assim, demonstra que ela tem fãs fieis. E esta nova temporada já começa bem dividida, alguns dizendo que sem o casal Peyton e Lucas a série não será a mesma e outros falando que os dois não fazem falta nenhuma.

Em minha opinião é muito cedo para dizer. Foi apenas o primeiro episódio. E este me agradou, algumas horas nem parecia One Tree Hill, tinha um ar diferente. E pelo jeito a casa de Haley e Nathan vai estar movimentada como nunca, já que os dois novos personagens estão ligados diretamente a eles. A irmã da Haley, Quinn, recém separada e muito simpática, e o agente do Nathan, Clay, viciado em trabalho, gatão e mulherengo, começaram bem, eu acredito que eles vão render muita história. A Brooke e o Julian lindos como sempre, a insegurança da Brooke foi um pouco chatinha, mas tudo certo… Mouth e Skills disputando a permanência no apartamento peladões foi muito engraçado.

Dan me parece super bem, no último episódio que vimos, ele estava a beira de se suicidar e agora virou apresentador ou talvez pastor, sei lá. Também achei o final muito bom, a foto do Nathan com a moça misteriosa foi muito legal, deixou todos ansiosos. Quando ela pediu a ele se lembrava dela eu já fiquei desconfiada. Episódio leve, mas agradável de assistir, os personagens estavam ótimos e a Haley cantando, sem comentários, não da pra ficar sem One Tree Hill.

84


One Tree Hill: Promos da sétima época

Agosto 10, 2009

Sem títuloOne Tree Hill sobreviveu, pelo menos até agora, à saída de Chad Michael Murray e Hilarie Burton. O bom disso é que vão apostar mais nos outros três protagonistas, que por sinal sempre tiveram melhores histórias que os outros dois.

Hoje a CW divulgou três vídeos promocionais que apesar de pequenos (vindo da CW, nunca poderíamos esperar algo de grande publicidade para One Tree Hill e Supernatural, não é?) sempre dá para matar um pouco a saudade, já que é uma das estreias que estou mais curioso para ver.

A sétima época de One Tree Hill estreia a 14 de Setembro e terá reviews semanais pela Manola.


Rachel volta a One Tree Hill porque…?

Agosto 2, 2009

danneel_harris_one_tree_hillEste artigo contém spoilers da sétima temporada de One Tree Hill. Caso não queiras saber nada sobre o regresso da Rachel, aconselho a leres outro artigo!

Rachel irá ter um filho do avô Dan?

Parece que Nathan (James Lafferty) e Lucas (Chad Michael Murray) podem ter agora um outro irmão. Segundo algumas pessoas que estiveram nos bastidores de gravações da sétima temporada de One Tree Hill, o avô Dan teve uma namorada grávida, namorada essa que tem a idade dos seus dois filhos (Lucas e Nathan).

A mulher em questão é a ex-colega do Brooke – Rachel -, que passou a ser regular nesta próxima época após ter ficado desaparecida durante duas temporada (apesar das pequenas participações). Se antes a personagem de Danneel Harris já era odiada, agora deverá ser ainda mais. Mas as novidades não ficam por aqui…

Ainda segundo essas fontes, ela usava um anel de diamantes, mas não se sabe se foi o Dan que o deu. Agora a questão que fica é se o Dan irá conseguir recuperar da sua condição cardiovascular, ou irá perder o crescimento do suposto novo filho. Também é importante refletir se ele continuará a ser o vilão da história, e existe pessoas que apostam para esse lado!


One Tree Hill – Sexta Temporada (2008)

Julho 20, 2009

7d13899b-e4c7-47cb-b7c8-4775daa28564one tree hillQuentin Fields was a basketball player. He was also a son. A brother. Somebody’s teammate. Somebody’s friend. I never knew Quentin Fields and I guess now I never will. Did you ever wonder what it would be like if you weren’t you anymore? If you were suddenly gone how would your world react? Whatever you imagined was wrong. There’s nothing romantic about death. Grief is like the ocean: it’s deep and dark and bigger than all of us. And pain is like a thief in the night. Quiet. Persistent. Unfair. Diminished by time and faith and love. I didn’t know Quentin Fields but I’m jealous of him because I see how his absence has affected the people that did know him so I know that he did matter to them. And I know he was loved. People say Quentin Fields was a great basketball player. Graceful. Fluid. Inspiring. They say on a good night it almost seemed as though he could fly. And now he can. (Samantha Walker)

Evolução. Essa é a palavra correcta para descrever o crescimento de One Tree Hill desde há seis anos atrás até hoje. Em 2003 estreou mais uma série adolescente e até ao final da quarta temporada acompanhámos a vida de cinco jovens, os seus dilemas e decisões, amores e desamores, surpresas e desilusões. Após esse tempo do secundário, passaram-se quatro anos e nada era igual: Nathan estava paralítico, Lucas e Peyton separados e a Brooke sentia-se mais só que nunca. Mas apesar dessas mudanças, a quinta temporada não foi fabulosa, parecia que algumas história já estavam mais que gastas e a criatividade dos argumentistas estava no fosso. Felizmente para mim e para todos os fãs, a sexta época serviu como uma forma de redenção, tornando-se na minha favorita de toda a série. Divertida e emotiva são dos adjectivos que facilmente identificam-se com esta época!

Muita gente é fã do casal Lucas e Brooke, mas eu sempre preferi ver ele com a Peyton, personagem essa que eu gosto (ao contrário de 99% das pessoas que vê a série). Acho a Hilarie Burton uma actriz com talento, ao contrário do Chad Michael Murray que, à semelhança de outros actores como o Tom Welling (Clark Kent, Smallville), tem representado cada vez pior ao longo dos anos. O casal Leyton finalmente fica junto e a sua relação acabou por ser bastante satisfatória nesta sexta temporada, mas também já estava na altura de deixarem de engonhar, não é? Como devem saber, eles não voltarão para a já em produção sétima temporada, decisão tomada pelos próprios protagonistas e que gerou alguma polémica nos meses passados. Eu preferia que a série terminasse após a exibição da season finale deste ano, até porque parecia mesmo um final de série.

A Brooke, além de ser a personagem que é interpretada pela actriz mais talentosa e bonita do elenco (Sophia Bush), é aquela que mais cresceu e que mais adulta se tornou. Após a tentativa fracassada de ser mãe na recta final da quinta época, Brooke desenvolve uma relação extraordinária com Sam, uma jovem adolescente que foi abandonada pela mãe. Não sei se é porque a Sophia Bush e a Ashley Rickards são fabulosas nas cenas em que contracenam juntas, mas o facto é que esta foi a minha storyline favorita no meio de todas as que aconteceram. É claro que a morte de Quentin foi uma das melhores ideias que se teve na série, sendo o episódio ‘Get Cape. Wear Cape. Fly.’ o meu favorito. Ainda hoje lembro-me da cena do funeral, ao som dos Civil Twilight, uma das cenas mais emocionantes que alguma vez vi na televisão. Não esquecerei tão cedo a capa do Jamie.

No meio de tantas coisas boas que aconteceram, é difícil apontar tudo. Tenho a perfeita noção que destaque o que mais gostei, mas isso nunca é suficiente para descrever o meu agrado por esta temporada. Contudo, existe uma coisa que não gostei: o episódio escrito pelo Chad Michael Murray. Aliás, para ver esse sexto ano com melhores olhos do que já vejo, prefiro ignorar que alguma fizeram uma coisa tão afastada, em termos de qualidade, dos restantes episódio. Não deixou de ser um episódio divertido, mas não teve a chama que era pedido para essa produção diferente. Por fim, também quero dar destaque ao excelente desempenho de Jackson Brundage, no papel do pequeno Jamie, e de Jaden Harmon, como Andre Fields (irmão de Quentin).


One Tree Hill: The bitch is back!

Junho 29, 2009

Sem títuloSegundo o Ausiello, um representante de One Tree Hill confirmou que a Rachel está de volta.

Dannell Harris fechou um acordo para voltar a dar vida à personagem Rachel Gatina em, pelo menos, sete episódios da nova temporadas, começando pelo segundo da mesma.

Harris entrou para a série na terceira temporada como uma inimiga de Brooke no secundário, mas nunca fez parte do elenco regular até à quarta época. Ela não foi uma das apostas quando a série deu um salto temporal de quatro anos entre a quarta e quinta temporada.

Vale a pena ainda lembrar que hoje ainda foi publicada outra notícia acerca da série: Jana Kramer, de 90210, vai interpretar Alexis, a modelo que vai ser a cara da nova linha de roupa da Brooke. Robert Buckley e Shantel VanSanten completam o resto do elenco regular da sétima (e possível última) temporada, como o manager de Nathan e a irmã da Haley, respectivamente.


Novidades no elenco de One Tree Hill, 90210 e Burn Notice

Junho 29, 2009

Untitled-1

A actriz Jana Kramer, que participou recentemente em 90210, entrou para o elenco de One Tree Hill.

De acordo com o The Hollywood Reporter, Kramer irá interpretar a modelo e actriz Alexis, a cara da nova linha de roupa da Brooke. A sua personagem é descrita com uma adrenalina relacionada com drogas, adora festas e gosta de fazer as coisas à sua maneira. Shantel VanSanten e Robert Buckley também já foram adicionados ao elenco da sétima temporada.

Já 90210, depois de perder o actor Justin Milligan, já contratou um actor para o substituir. Trevor Donovan entra para a segunda temporada do novo drama teen da CW.

Donovam, que já fez parte da novela americana Days of Our Lives durante quatro meses em 2007, vai fazer o papel de Teddy, um rapaz inteligente, atlético, charmoso e naturalmente confidente. Teddy tem uma abilidade única de fazer com que as raparigas pensem que ele é a pessoa mais bonita. A sua personagem irá aparecer pela primeira vez no início da temporada.

Chris Vance, que neste momento é protagonista de Mental – nova série da FOX -, ganhou uma nova participação especial.

Fontes confirmaram ao Ausiello que o actor de Prison Break vai interpretar Gilroy por quatro episódios. Gilroy vai ser mais um vilão a fazer a vida negra a Michael Westen. O seu personagem só será apresentado na segunda metade da terceira temporada que deve ir ao ar no início de 2010 e não vai interferir com Mental, visto que as gravações da primeira (e provável única) temporada já terminam à meses atrás.


Escolhida a actriz que vai interpretar Quinn, a irmã da Haley em One Tree Hill

Junho 17, 2009

Sem títuloSempre cheio de novidades exclusivas, é mais uma vez o Ausiello que nos trás informações fresquinhas acerca de One Tree Hill. Depois de terem achado Robert Buckley, de Lipstick Jungle, para interpretar Clayton (manager desportivo de Nathan), chega a vez de Quinn ganhar também uma actriz. Shantel VanSanten foi a escolhida para esse papel que, de certa forma, espera-se que substitua a falta que o casal Lucas e Peyton farão.

Quinn irá ser uma das irmãs mais velhas de Haley que chega a Tree Hill para algo novo. Esta é uma das três novas personagens regulares da série nesta nova temporada que estreia no dia 14 de Setembro na CW. Quinn junta-se a Haley, Brooke, Nathan, Julian e Alex, esta última sem actriz escolhida ainda. VanSanten poderá ser vista no remake de Final Destination, depois de uma trilogia com relativo sucesso.


Escolhido substituto de Brian Austin Green em One Tree Hill

Junho 11, 2009

sem-titulo9Depois dos rumores da sua entrada para o drama teen começarem a fervilhar na Internet, a reacção dos fãs de Brian Austin Green não foi das melhores. Isso porque eles não querem que o actor volte a fazer parte de uma série adolescente, o mesmo género que o tornou famoso (devido a Beverly Hills, 90210) e que ele se esforçou tanto para sair da pele da personagem. Não se sabe se essa foi a decisão mais acertada do ex-Derek de Terminator: TSCC, até porque o salário não era nada mau (ganharia o mesmo que Chad Michael Murray, anterior protagonista, recebia): 75 mil dólares por episódio.

Mas apesar da não aceitação de Green para o papel de Clayton, os produtores não desistiram de tentar achar alguém já conhecido pelo público. Foi então que se depararam com Robert Buckley, conhecido por entrar em séries como Lipstick Jungle e Privileged, ambas canceladas nesta temporada. Relembro que Clayton será o agente desportivo de Nathan que, como vimos no final da sexta temporada, conseguiu finalmente entrar para a NBA. Este é apenas um dos três novos personagens que compensará (ou não) a perda de Lucas e Peyton, sendo que os outros dois serão a irmã mais velha da Haley e uma modelo para as roupas da Brooke. Ainda nada se sabe acerca das actrizes que interpretação esses papéis.


One Tree Hill, Ghost Whisperer e 24 avançam anos na história

Junho 9, 2009

untitled-1

Chega mais uma temporada e com ela decisões importantes para as nossas séries favoritas. Enquanto que umas matam personagens e outras mudam de local de filmagens, existem sempre aquelas que seguem o exemplo de Desperate Housewives (que não resultou nada bem) e avançam anos para o futuro. Começando por One Tree Hill, a série que já teve um avanço de quatro anos com a estreia da quinta temporada, saltando a parte da faculdade, vai voltar a ter um salto temporal. Contudo, desta vez é só de um ano e deve servir mais para explicar a introdução das três novas personagens importantes, assim como a saída de Chad Michael Murray e Hilarie Burton da série. Também é importante referir que Brian Austin Green, ao contrário do que foi dito aqui, já não vai participar na série, pois segundo dizem, ele não ficou contente com a reacção dos fãs quando souberam desta história.

Outra série a seguir a mesmas pisadas é Ghost Whisperer. Ao contrário de One Tree Hill, esta é a primeira vez que os argumentistas da série sobrenatural apostam nesse tipo de técnica, mas o salto vai ser muito maior. A decisão de avançar cinco anos após Melinda descobrir que está grávida parece ser a decisão mais apropriada para mostrar o filho dela e de Jim já em criança, e não em bebé. Será que a equipa de produção está a preparar uma espécie de história paranormal para o miúdo ou apenas será uma criança normal? Eu não vejo a série (a minha mãe adora), mas parece uma opção viável, não é? Já estão a ser feitos castings para achar o actor que dará vida ao filho do casal protagonista.

Por fim, temos a veterana dessa técnica: 24. A série protagonizada por Kiefer Sutherland deve avançar mais ou menos quatro anos para o futuro na sua oitava (e possível última) temporada. Enquanto que os saltos temporais de One Tree Hill e Ghost Whisperer foram confirmados pelo Ausiello, este de 24 é apenas especulação minha devido às fotos dos bastidores onde mostra a neta de Jack Bauer no seu colo, com mais ou menos quatro anos. Inicialmente eu pensei que o oitavo dia seria para explicar a sobrevivência de Jack depois de ter estado exposto à arma biológica. A sua recuperação deve ser explicada por palavras no decorrer do oitavo dia, que vai contar com a grande Katee Sackhoff (a Starbuck de Battlestar Galactica).


The CW ridiculariza as suas séries!

Junho 2, 2009

season9promo1

Estava hoje a navegar pelo Série Maníacos, um excelente blog sobre séries, quando me deparo com uma notícia sobre o novo poster de Smallville. Confesso que já tinha visto as imagens, mas depois de ler que no da série protagonizada por Tom Welling, o Clark está metade sexta temporada e metade oitava (cabeça da oitava juntamente com o corpo da sexta) e a Lois Lane está com uma montagem feita em que a sua cabeça encaixa com o corpo da Lana Lang, fiquei completamente abismado. Como é possível que uma emissora aberta, que está entre as cinco mais famosas dos Estados Unidos, faça coisas dessas?!

Mas não foi só Smallville que está com um poster mesmo mau. Outro exemplo bem claro é Supernatural, poster esse que está extremamente pobre a nível de imagem e ainda usaram fotografias de há quatro anos atrás. O de One Tree Hill também está muito ridículo, com apenas três personagens. Eu sei que o casal protagonista saiu, mas custava colocar o Julian (que tornou-se fixo) e o Jamie?  É nesses momentos que dou graças a Deus ter uma ABC que promove excelentemente as suas séries. E para aqueles que duvidam que esses posters são oficiais, podem sempre ir aqui e confirmar. Deve ser da crise!


Brian Austin Green em One Tree Hill?

Junho 2, 2009

6a00d8341bf6c153ef01156fc1b4c2970c-800wiDepois da saida de Chad Michael Murray e Hilarie Barton, que interpretavam o casal protagonista da série, o importante era conseguir novos actores bem conhecidos para integrarem o elenco da próxima época. E estão perto de conseguir a primeira pessoa! Fontes confirmaram ao Ausiello que Brian Austin Green está em negociações avançadas para entrar, como regular, no elenco da sexta temporada. Um pessoa dentro da equipa de One Tree Hill disse que ‘ainda estão a arrumar as últimas questões, mas que é um acordo quase certo’. A grande questão que se coloca é quem Austin Green interpretará!

Clayton é a personagem que ele dará vida após Derek Reese em Terminator. Ele será o agente desportivo de Nathan que, como vimos no final da sexta temporada, conseguiu finalmente entrar para a NBA. Essa contratação deve-se ter tornado mais fácil após o actor já estar assinado com a CW, pois era para interpretar um papel em Body Politic, série que não passou do episódio piloto. Clayton é apenas um dos três novos personagens que compensará (ou não) a perda de Lucas e Peyton, sendo que os outros dois serão a irmã mais velha da Haley e uma modelo para as roupas da Brooke. Ainda nada se sabe acerca das actrizes que interpretação esses papéis.

Ficaram mais entusiasmados para ver esta segunda versão de One Tree Hill?


One Tree Hill (6.24) – Remember Me As a Time Of Day

Maio 25, 2009

Acredite nos seus sonhos todos os dias, porque eles se realizam! É neste clima que One Tree Hill encerra sua sexta temporada. Que mais parecia uma despedida da séria, afinal não ficou nem um gancho para trás, nem uma história mal resolvida, todos com seus finais felizes. Algo especial neste episódio foi rever Karen e Withey, impossível não dar saudades dos velhos tempos.

Para a felicidade de todos, Peyton que muito se destacou nos últimos episódios conseguir ter sua filha, Sawyer Brooke Scott, nome meio estranho, mas tudo bem, pois é um lindo neném. Brooke arrumou sua vida, ficou sem Sam, que não apareceu mais, resolveu os problemas com sua mãe, que foi uma cena muito bonita e o melhor de tudo, resolveu assumir seu amor por Julian.

Vivas para Nathan Scott, ele finalmente está na NBA, nem dá para acreditar, e quando o pequeno Jamie fica sabendo da novidade então, é de arrepiar. Também temos Mia e Chase, Mili e Mouth, só faltou Skills e a professorinha. A única exceção dos felizes para sempre foi Dan, que sobreviveu a mais uma temporada, o personagem carrega toda a culpa e desprezo possível, as cenas dele foram profundas.

Acredite que os sonhos se realizam todos os dias, porque eles se realizam… O sonho de muitos fãs é voltar a ver Lucas e Peyton na série. Li comentários indignados com a saída do casal. Muitos até acham que uma sétima temporada é bobagem, que a série deveria acabar com esta sexta temporada. Eu fico curiosa para saber o que virá nesta próxima temporada e acredito que One Tree Hill ainda pode nos trazer bons momentos.

Nota: 9,6


Lista: Personagens que cresceram a olhos vistos

Maio 24, 2009

p0

As séries são recheadas de personagens que nos fazem rir, chorar, irritar e aprender. São centenas e centenas de actores que dão vida às mais diferentes pessoas, mas nem todas as personagens têm a proeza de crescer ao longo do tempo. Esta lista explora mesmo isso: estão representados, de seguida, as dez personagens que cresceram a olhos vistos. Como podem observar, a quinta temporada de Grey’s Anatomy contribuiu muito para isso, assim como a terceira de Friday Night Lights. E a principal conclusão que podemos tirar deste top 10 é que os personagens crescem em todo o género de séries, desde dramas, comédias ou séries teen.

p1

1 – Sawyer (Lost) – de refilão passa para um homem responsável, capaz de gerir o futuro dos Oceanic 6 e dos que ficaram na ilha. Assumiu o papel de líder nesta quinta temporada, mas também o papel de “marido” dedicado. Um Sawyer que depois de ter a atitude altruísta de se jogar ao mar, cresce muito como pessoa e passa a demonstrar um Sawyer mais humano, a armadura de homem forte e despreocupado com os demais finalmente cai e revele uma pessoa melhor. É por isso mesmo que ele fica no primeiro lugar desta lista!

2 – Meredith (Grey’s Anatomy) – uma personagem muito conturbada, muito por culpa dos constantes altos e baixos que sofreu ao longo das diferentes temporadas. Das indecisões e constantes dúvidas por que passava, parece finalmente firme nas suas decisões e opções e deixou as reservas de lado em relação ao comprometimento, aceitando finalmente uma vida a dois à muito pretendida por Derek. Resolve lutar também por aquilo que acredita mesmo indo contra a opinião de terceiros, apreendeu a defender os seus valores e a deixar os receios para trás.

3 – Karev (Grey’s Anatomy) – quem diria que algum dia o Karev da primeira temporada iria virar um dia um marido capaz de um discurso de emocionar até os corações mais duros, um marido que está lá nas piores fases e embora por vezes se encontre perdido, rapidamente acha o caminho. Conseguindo dar um apoio necessário a quem precisa, a quinta temporada de Grey’s Anatomy fortaleceu a personagem. Karev surpreendeu tudo e todos este ano, passando de playboy convencido a marido dedicado.

p2

4 – Brooke (One Tree Hill) – a menina da primeira temporada não tem nada a ver com a Brooke das duas últimas temporadas. Brooke cresceu, de menina irresponsável, inconsequente embora com um coração de manteiga, tornou-se uma mulher de negócios, uma mãe responsável, uma amiga pronta para o que der e vier. A sua relação com a Sam só veio fortalecer ainda mais esta personagem.

5 – Tim Riggins (Friday Night Lights) – um personagem que sempre demonstrou ter um bom coração embora muito trapalhão pelo caminho. Consegue na terceira temporada de Friday Night Lights finalmente entrar nos eixos e decidir lutar pelo seu futuro ao lado de Lyla e consegue inclusive a entrada na faculdade. Ninguém diria que o apaixonado por cerveja e futebol americano algum dia conseguiria realmente empenhar-se por uma entrada no ensino superior.

6 – Sara Tancredi (Prison Break) – de médica inocente que acaba por se apaixonar por um prisioneiro, Sara vê a sua vida complicada por esse romance. Passa de menina tímida disposta a ver sempre o lado bom das pessoas e a não haver maldade em ninguém, incapaz de ferir uma mosca a uma mulher destemida, mais perspicaz e capaz de matar para salvar as pessoas amadas.

7- Izzie (Grey’s Anatomy) – surpreendeu na maneira como reagiu à doença de que padece. Com coragem de leoa, Izzie deu uma lição a todos no início da sua doença em que ninguém sabia como reagir. Nunca se deixou abater, a partir do momento que decidiu lutar pela vida contra todos os prognósticos menos positivos. Uma história que permitiu desenvolver muito a força da personagem que sempre pareceu frágil e fácil de quebrar, neste fim de temporada conhece-se uma Izzie forte com capacidades de luta.

p3

8 – Justin (Brothers and Sisters) – com um passado conturbado, manchado pelas drogas e a guerra no Iraque, Justin parece ter encontrado o seu porto seguro ao lado de Rebeca. Depois de vaguear por um caminho sem destino. Justin cresceu e achou a sua direcção, tornando-se mais responsável, e consciente dos seus actos. A guerra traz traumas mas com esforço conseguiu erguer-se.

9 – Jason Street (Friday Night Lights) – de estrela de futebol americano, torna-se um pai extremo disposto a enfrentar as dificuldades que a vida lhe colocou pela frente. Acaba numa cadeira de rodas mas nunca desiste embora sofra vários percalços no caminho. No final está com a mulher e o filho, e tem um bom emprego. Um adeus à série em grande de uma personagem que deu muito a Friday Night Lights.

10 – Morgan (Chuck) – trapalhão como ele não há outro, fugindo das responsabilidade, mas neste final de temporada resolve assumir as consequências dos seus actos, assumir o seu amor por Anna e partir rumo à realização do sonho que tem mas que nunca teve coragem de lutar por ele. Chegou a altura de Morgan brilhar, nem que seja por breves momentos, como a saída em glória que fez da Buy More.

E PARA SI, QUAIS AS PERSONAGENS QUE CRESCERAM AO LONGO DOS TEMPOS?

Lista elaborada pela Filipa Silva e formatação por Marco Braga.

Lista: Séries famosas que terminarão em 2010!

Maio 24, 2009

jacksE nem sequer começou a próxima temporada e eu já estou a pensar nos finais que vão acontecer na mesma. 2010 será o ano de muitas das grandes séries da actualidade se despedirem, e não falo só de Lost, claro. Eu sou defensor que mais vale acabar uma série cedo e bem do que tarde e mal, por mais que goste da mesma, por isso é com grande agrado que vejo os argumentistas das mesmas a planearem, com muito tempo de antecedência, como irão terminar as mesmas. Existem séries que tal esforço não é exigido, como por exemplo as comédias de meia hora (temos este ano o exemplo de Everybody Hates Chris e Worst Week), mas há outras que isso é mesmo necessário. No final sempre podem comentar quais das seguintes séries é que sentirão mais falta, assim como quais são as que merecem ser canceladas.

lost

A série sobre os sobreviventes do voo 815 entra para a última temporada entre Janeiro e Fevereiro de 2010, terminando em Maio do mesmo ano. Lost é, como devem saber, a minha série favorita e é com grande pena minha que vou vê-la partir. Contudo, a recordação do hit que foi (e irá continuar a ser, acredito eu), assim como os DVDs das mesmas, não deixarão que eu me esqueça dela. Provavelmente este é, de todos os finais, o mais aguardado dos fãs de séries e tenho a certeza que será polémico (esperemos que no bom sentido). Estou bem curioso para saber como tudo vai terminar! E espero que façam o mesmo que fizeram com a última temporada de ‘Os Sopranos’, ou seja, muitos prémios de modo a valorizar a série.

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 15.69 milhões
  • Season 2 – 15.50 milhões
  • Season 3 – 15.05 milhões
  • Season 4 – 13.40 milhões
  • Season 5 – 10.94 milhões

24

Ainda nada é oficial, mas tudo indica que a oitava temporada seja a última da série. As audiências continuam boas, apesar de ter descido em relação às duas temporadas anteriores. Para uma série de acção, com grande custo de produção, ficar abaixo dos 10 milhões de telespectadores por episódio é arriscado, e nos episódios finais da sétima época, já se notava uma certa descida em relação ao início. O oitavo dia de Jack Bauer terá lugar em Nova Iorque e deverá retratar, acima de tudo, a sua luta pela sobrevivência e é provavel que a Kim o ajude, pois esta não está pronta para deixar partir o pai. Também existe a possibilidade deste (suposto) último dia se passar algum tempo depois do sétima e a recuperação de Jack ser explicada apenas por palavras. Eu prefiro ir pela primeira opção!

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 8.60 milhões
  • Season 2 – 11.73 milhões
  • Season 3 – 10.30 milhões
  • Season 4 – 11.90 milhões
  • Season 5 – 13.78 milhões
  • Season 6 – 13.00 milhões
  • Season 7 – 11.07 milhões
  • Telefilme ‘Redemption’ – 12.12 milhões

supernatural

Questionada nos upfronts desde ano sobre a continuidade de Supernatural depois da quinta temporada, Dawn Ostroff (presidente do canal The CW) elogiou a equipa de Supernatural pelo aumento das audiências e a positiva quarta temporada, dizendo que a próxima época não é, necessariamente, a última (pelo menos, para já). Quem acompanha notícias da série sabe que o desejo de Eric Kripke é de terminar Supernatural após o final da quinta temporada, que vai ao ar em 2010. Ele é apologista da mesma ideia que eu referi acima, ou seja, prefere acabar a série mais cedo, mas no auge. Os próprios protagonistas já disseram que apoiam o criador nesta decisão, partilhando-a também. Também Jeffrey Dean Morgan disse que, como o próximo ano será provavelmente o último, poderá voltar a dar vida ao John Winchester.

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 4.52 milhões
  • Season 2 – 3.28 milhões
  • Season 3 – 2.92 milhões
  • Season 4 – 3.19 milhões

oth

Esta é outra série da CW que até vai bem nas audiências (é a terceira com maiores números, perdendo apenas para Supernatural e Smallville), mas que corre o risco de ser cancelada após a exibição da sétima temporada. Enquanto que nas anteriores séries eu tinha factos concretos para acreditar que as mesmas vão fechar as temporadas com um series finale e não season finale, no caso de One Tree Hill é pura especulação. A saída de Chad Michael Murray e Hilarie Burton, os dois protagonistas, certamente não vai ajudar a audiência e adivinha-se uma descida considerável. A longevidade da série (sete anos já é muito) também deverá condicionar a decisão em relação a uma oitava temporada. Pessoalmente, desejava que a série nem fosse renovada, pois o episódio 6×24 serviu muito bem como series finale. Infelizmente, a CW não voltou com a sua decisão atrás!

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 3.50 milhões
  • Season 2 – 4.30 milhões
  • Season 3 – 2.80 milhões
  • Season 4 – 2.90 milhões
  • Season 5 – 3.30 milhões
  • Season 6 – 2.80 milhões

uglybetty

Esta comédia da ABC é uma das séries mais estimadas da emissora. Apesar de ser reconhecida nas principais cerimónias de prémios, como os Emmy Awards e os Golden Globes, a verdade é que Ugly Betty é muito criticada pelo fãs de séries. Confesso que vi as duas primeiras temporadas e ainda um bocado da terceira, mas a essência que a tornou famosa foi-se perdendo. O principal factor que põe a série em risco de cancelamento é o facto da ABC ter abdicado do seu lugar nas quintas e passar para o dia mais temido da semana: as famosas sextas-feiras. À semelhança de One Tree Hill, esta é apenas mais uma especulação, mas tendo em conta o novo horário e o facto da quarta temporada ter quase sido encomendada por ‘favor’, tenho quase a certeza que será a última. E está mais que na hora de terminar!

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 11.30 milhões
  • Season 2 – 9.40 milhões
  • Season 3 – 7.90 milhões

dollhouse

A nova criação de Joss Whedon não teve um primeiro ano fácil. Aliás, Whedon não tem sorte nenhuma com a emissora, tendo em conta o historial de Firefly. Dollhouse teve o seu piloto regravado, e o décimo terceiro episódio nem chegou a ser exibido (felizmente vai para ao DVD da primeira temporada da série), mas apesar disso, a FOX teve a decente atitude de renovar a série para uma segunda temporada. Tendo a Eliza Dushku como protagonista, não consigo deixar de fazer uma conexão de Dollhouse e Tru Calling, que também foi renovada ‘à rasquinha’ para uma segunda e curta temporada, onde acabou por ser cancelada após oito episódio. Treze episódios estão garantidos, e para que isso fosse possível foi necessário cortes no orçamento. A segunda época continuará nas sextas-feiras e com um lead in nada bom, as audiências tendem a não subir. E algo me diz que não vai haver uma segunda oportunidade…

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 3.7 milhões

niptuck

Ora aí está uma série que merece mesmo acabar! Quem vê Nip Tuck sabe que a qualidade apresentada nas primeiras temporadas não foi mantida nas duas últimas, sendo a quinta o cúmulo da esquisitice. Ryan Murphy substituiu o bom drama pelo choque barato e isso só prejudicou esta série que foi, alguns anos atrás, considerada perfeita. A sexta temporada será a última e começa na em principios de 2010, mas na verdade a série só termina em 2011, pois a temporada será dividida em duas partes, tal como aconteceu o ano passado. Eu ainda não sei se vou continuar a ver a série, mas tendo em conta que é o último ano, acho que vou fazer um esforço. Estas informações sobre a sexta ser a última época foram divulgadas pelo FX, canal em que é transmitido o drama médico, portanto é oficial.

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 3.25 milhões
  • Season 2 – 3.80 milhões
  • Season 3 – 3.90 milhões
  • Season 4 – 3.90 milhões
  • Season 5 – 3.60 milhões

smallville

Por fim, a série do Clark Kent, que tem vindo a salvar a série do cancelamento ao longo dos anos. A qualidade caiu bastante, os actores são maus, as histórias previsíveis e gastas, a escrita é pobre em diálogos cativantes, mas mesmo assim a série continua a ser renovada! Mas porquê? Simples: as audiências são boas! Felizmente (para os verdadeiros fãs, é infelizmente), a CW tomou a iniciativa de colocar a série às sextas-feiras na próxima temporada. Tendo em conta que às sextas os jovens querem é sair e o público alvo é esse mesmo, é óbvio que a série não se vai aguentar tão bem como havia feito nos anos anteriores. Também é um facto que a audiência caiu bastante na segunda metade da temporada, mas apesar disso, continua a ser a série mais vista da emissora. Diria que a probabilidade da nono ano de Smallville ser o último é de 50%, visto que apesar destes pontos que indicam o cancelamento, a verdade é que já se fala numa décima temporada!

Audiências por temporada (média por episódio, em milhões de telespectadores):

  • Season 1 – 5.90 milhões
  • Season 2 – 6.30 milhões
  • Season 3 – 4.96 milhões
  • Season 4 – 4.40 milhões
  • Season 5 – 4.70 milhões
  • Season 6 – 4.10 milhões
  • Season 7 – 3.77 milhões
  • Season 8 – 3.74 milhões