Pushing Daisies (2.10) – The Norwegians

Dezembro 28, 2008

snapshot20081228145008Custa-me tanto a acreditar que nos Estados Unidos esta série é vista pela mesma quantidade de espectadores do que o novo reality show da TVI em Portugal. Às vezes começo a pensar como Bryan Fuller e a sua equipa consegue ter tanta imaginação. Cada vez mais odeio a decisão do cancelamento por parte da ABC. The Norwegians é mais uma pérola de Pushing Daisies que se tornou numa das séries favoritas desse que vos escreve.

A única coisa que eu menos gostei (eu não disse que ‘não gostei’) é o facto de demorarem tanto tempo para o pai de Ned voltar. A três episódios do derradeiro final, temos ainda muitas histórias pela frente o que só joga a favor da qualidade dos mesmos. Imaginem um episódio para o pai do Ned, um para o pai da Chuck e o último para a descoberta de que Chuck está viva por parte das tias. Imaginem só! Se for assim, vai ser excelente!

Ainda não se sabe quando estes três últimos episódios vão ao ar, mas existem duas hipóteses que já se falam: a primeira, e mais provável, é que eles sejam transmitidos numa única noite na ABC em inícios de Janeiro. A outra é que apenas saem no DVD da segunda temporada. Mas torcer que seja a primeira!

Nota: 9,2

Anúncios

Pushing Daisies (2.09) – The Legend of Merle McQuoddy

Dezembro 18, 2008

snapshot20081218195428Nem mesmo num dia de tempestade, onde o medo assombra um episódio de Pushing Daisies, a série consegue tirar-nos o sorriso habitual. E quando pensamos que Bryan Fuller e toda a sua equipa não conseguem criar algo mais original, eis que nos somos presenteados pela surpresa, uma surpresa positiva. O meu medo é que com apenas quatro episódios restantes, as histórias não fiquem totalmente fechadas como a da filha de Emerson ou a de Charles (que não deve ter acabado ainda). A Olive é uma personagem genuinamente deliciosa. Depois de um grande momento musical no episódio anterior, temos a melhor dupla da série: Emerson Cod e Olive Snook.

E como se isso ainda não bastasse, temos um caso da semana bem interessante, com muito suspense e a comédia habitual. A cena do faról, quando a mulher morre e a luz projecta a sua imagem, está genial. O que eu me ri com a história de ‘terror’ contada pela Olive. O que eu me ri com o pequeno maroto a aproveitar-se da Olive e Chuck! O que eu me ri com o cumprimento barriga-a-barriga de Emerson e Olive. Grande Bryan Fuller! Grande Produção! Grande Elenco! Pobre ABC!

Nota: 9,4


Final de Pushing Daisies é alterado e Fuller fala de Heroes

Dezembro 11, 2008

_7260720O sempre informado Michael Ausiello trouxe-nos na sua coluna Ask Ausiello uma das melhores notícias da semana: Pushing Daisies terá final decente. A série deveria terminar, inicialmente, com um cliffhanger para um possível filme ou banda desenhada, mas a ideia era péssima para os fãs que vivem fora dos Estados Unidos, pois não teriam acesso à continuação da história e não saberíamos como terminaria a história de Ned e Chuck. Contudo, só o início e o fim do episódio é que será refilmado, mas já é muito bom tendo em conta que nem isso podíamos ter.

Bryan Fuller, o criador de Pushing Daisies, confirmou o seu contrato com a NBC para ser um dos produtores de Heroes. Conhecido por ser a mente do melhor episódio da série até agora, Company Man, Fuller deu uma entrevista onde fala um pouco do futuro da série. O seu trabalho na série de super heróis começa no episódio 19, numa altura em que, segundo ele, a série estará em grande. Quanto às possíveis histórias que compõem o quarto volume que estreia no dia 2 de Fevereiro nos Estados Unidos, Fugitives, Bryan disse que teremos um Peter de regresso à sua profissão de enfermeiro e uma Claire a ir para a Universidade.


Pushing Daisies (2.07) – Robing Hood

Dezembro 1, 2008

Com todo o entusiasmo para ver o que me faltava de Battlestar Galactica, até acabei por esquecer de fazer o review de mais um excelente episódio de Pushing Daisies. Se na primeira temporada tínhamos apenas casos soltos em que os personagens principais eram mais ou menos apenas investigadores, na segunda temporada estamos com casos verdadeiramente fabulosos e como uma cereja em cima do bolo, vai-se desenvolvendo uma história principal com o regresso de Dixon, um amigo do pai de Chuck. E é por isso que esta temporada está sensacional!

Desta vez, o trio maravilha, que cada vez fica mais quadrado, investiga a morte de um milionário. O que eu me ri com a cena em que a Olive vai disfarçada àquela agência com o seu porco de estimação. Hilariante! E que final foi aquele?! Vão desenterrar o pai de Charlotte? Como será que ela vai reagir? Outra coisa que me faz adorar esta temporada de Pushing Daisies é a rapidez com que um segredo é descoberto. Primeiro foi a Chuck a descobrir que Lilly era afinal sua mãe e agora Dixon a descobrir a verdadeira identidade da filha de Charles.

Nota: 9,4


Pushing Daisies (2.06) – Oh Oh Oh… It's Magic

Novembro 24, 2008

Sendo este o primeiro episódio exibido depois da terrível confirmação oficial de que Pushing Daisies está cancelada e não ganhou temporada completa, é com uma ponta de tristeza que estes episódios finais são vistos. Bryan Fuller diz querer acabar a segunda temporada com um cliffhanger porque está a pensar continuar a história em Banda Desenhada ou até um filme. Mas agora eu pergunto: será essa a melhor opção? Filme até podia ser, mas BD não, até porque nós aqui em Portugal (e no Brasil) não iremos ter acesso e ver duas temporadas para depois não ver um final decente é muito mau. Mas acredito que a volta vai ser dada por cima.

‘Oh Oh Oh… It’s Magic’ é apenas mais um excelente episódio de Pushing Daisies. Eu simplesmente adorei! O melhor de tudo é o regresso das tias… ups… tia e mãe de Chuck à série. Elas são perfeitas! Aliás, todo o elenco/personagens de Pushing Daisies é fenomenal. Não há aquele personagem que possamos dizer que não é simpático e divertido. A Olive é a melhor deles todos e foi bom ver ela se juntar ao trio maravilha de detectives. Também estou a gostar bastante da história dos meios-irmãos de Ned. Isso é Pushing Daisies no seu melhor.

Nota: 9,3


'Pushing Daisies' e 'Dirty Sexy Money' canceladas; 'Eli Stone' continua!

Novembro 14, 2008

Foi anunciada finalmente a grelha de programação da ABC para a mid-season e com isso podemos concluir que Pushing Daisies e Dirty Sexy Money vão ser canceladas após o 13.º episódio, mas também que Eli Stone ganha, assim, temporada completa. Srubs voltará com a oitava temporada na companhia de Lost e Life on Mars, que cedeu o seu lugar de quinta-feira a Private Practice.

Mondays
8:00/7:00c – “The Bachelor” (New Season)
9:30/8:30c – “Samantha Who?”
10:00/9:00c – “True Beauty” (New Series)

Tuesdays
8:00/7:00c – “Border Security USA” (New Series)
9:00/8:00c – “According to Jim” (New Season)
9:30/8:30c – “According to Jim” (New Season)
10:00/9:00c – “Eli Stone”

Wednesdays
8:00/7:00c – “Scrubs” (New Season)
8:30/7:30c – “Scrubs” (New Season)
9:00/8:00c – “Lost” (New Season)
10:00/9:00c – “Life on Mars” (New Time Slot)

Thursdays
8:00/7:00c – “Ugly Betty”
9:00/8:00c – “Grey’s Anatomy”
10:00/9:00c – “Private Practice” (New Time Slot)

Fridays
8:00/7:00c – “Wife Swap”
9:00/8:00c – “Here Come the Newlyweds” (New Season)
10:00/9:00c – “20/20”

Saturdays
8:00/7:00c – “Saturday Night Movie”

Sundays
7:00/6:00c – “America’s Funniest Home Videos”
8:00/7:00c – “Extreme Makeover: Home Edition”
9:00/8:00c – “Desperate Housewives”
10:00/9:00c – “Brothers & Sisters”


Pushing Daisies (2.05) – Dim Sum Lose Some

Novembro 5, 2008

Pushing Daisies tem mantido um nível excelente nesta segunda temporada. Eu gostei da primeira temporada, mas acho que a qualidade elevou-se ainda mais neste segundo e último ano da série de Bryan Fuller. Como é possível uma série deste calibre terminar tão cedo? Não me entra na cabeça como é que os americanos não têm um gosto refintado em programas de telvisão. Tudo bem que CSI e Grey’s Anatomy são boas séries, mas existem outras caros americanos. Vejam Pushing Daisies e sejam felizes!

Este episódio mostra duas histórias distintas, em que uma é muito interessante e outra nem por isso. A família de Ned está de volta à história (já não era sem tempo) quando um amigo do pai de Ned chega à Pie Hole e tenta reencontrá-lo. A partir daí descobrimos que Ned tem dois irmãos gémeos, dois personagens carismáticos como a série sabe tão bem construir. Por outro lado, o caso da semana não foi assim tão interessante, pois achei algumas coisas elaboradas demais, até mesmo para o padrão da série.

Nota: 8,5