Skins acaba de ganhar versão americana!

Agosto 24, 2009

skins_460A MTV anunciou que está a planear desenvolver uma versão americana do drama adolescente ‘Skins’.

A série, que foi criada por Brian Elsley e o seu filho Jamie Brittain, já tem três temporadas exibidas na sua versão original inglesa, sendo que a quarta época estreia no início de 2010.

A MTV disse que vai continuar a usar adolescentes para ajudar a escrever os guiões e desconhecidos a entrarem para o elenco. Elsley ficará como argumentista (roteirista) e produtor executivo na versão americana que se deve passar em Baltimore, Maryland.

Liz Gateley, da MTV, disse: “Skins é uma rara série que aborda histórias autênticas numa escrita única e um elenco que o Bryan criou. Estou realmente feliz por trazer Skins numa versão americana e a nossa intenção é preservar a autenticidade da série britânica. Estamos fascinados por desenvolver esta versão com a equipa original.

E vocês, o que acham desta versão americana já confirmada da série Skins? Será que conseguirão ser tão irreverentes quanto a original? Eu confesso que nunca fui a favor desta ideia quando surgiram rumores há muitos meses atrás, mas o facto de estar na MTV já ajuda um bocado. Imaginam isso na televisão aberta? Claro que não!


Skins – Terceira Temporada (2009)

Julho 21, 2009

skins

Queria começar este review com uma citação marcante desta nova temporada que estreou em Janeiro de 2009, mas não encontrei nada. E isso porquê? Simplesmente porque o diálogo que era excelente das duas primeiras épocas perdeu-se quando a geração foi substituída. Na minha opinião se fizessem uma série diferente com essas personagens era a melhor opção, ao menos não estragava o nome ‘Skins’ que já foi reconhecido por mim como a melhor série adolescente da actualidade. Neste momento não passa de uma grande desilusão e vão perceber porque através dos factores que apontarei de seguida.

Em primeiro lugar, tal como disse acima, o guião está desprezível. O que antes era um factor que me fazia adorar Skins e devorar os primeiros vinte episódios, agora é pouco mais que uma forma de chocar os telespectadores de uma forma barata. Eu sei que a série retrata a rebeldia adolescente, mas tudo tem limites e a cidade de Bristol não é diferente. Se a ideia dos produtores para esta quarta temporada for continuar a seguir essa vertente, então deixo de ver a série, pois não gostei do rumo que as coisas tomaram. Um exemplo disso é como os pais têm uma relação tão aberta e sem responsabilidade para com os filhos, até cair no ridículo que foi um pai sentir-se atraído pela sua própria filha (episódio 3.02 – Cook).

E se o guião já é mau, os actores não ajudam muito. A primeira geração tinha grandes talentos, mas essa tem alguns elementos bem fracos. Luke Pasqualino no papel de Freddie e as gémeas Prescott são os que mais se destacam pela negativa, apesar de termos surpresas positivas, como a Lisa Backwell e a Lily Loveless, respectivamente Pandora e Naomi. Quanto aos personagens em si, gostei da forma como foi abordada a relação lésbica entre a Naomi e uma das gémeas e também o amor entre a Pandora e o Thomas.

Expectativas para a quarta temporada estão baixas mas mesmo assim tenho medo de me desiludir ainda mais. Preferia estar a acompanhar a vida universitária do antigo elenco do que esses que têm a mania que são rebeldes, mas infelizmente isso não é possível. ‘Skins’ entrou por um caminho nada favorável e vai se insistir muito nisso corre o risco de cair no esquecimento dos fã. Agora resta esperar pela quarta época que estreia em 2010 e, principalmente, pela quinta que vai renovar o elenco. Já deviam era ter feito isso!


Skins recicla elenco outra vez!

Julho 20, 2009

VA - Skins The Soundtrack (OST)A quarta temporada ainda nem sequer estreou mas o canal Channel 4, que exibe Skins no seu país de origem, já fala de um quinto ano em Bristol.

À semelhança dos anos anteriores, caso a série ganhe mesmo uma quinta temporada a estrear em 2011, o elenco vai ser todo renovado. Essa é a decisão mais acertada e que já chega tarde, por mim a quarta época poderia ter novas personagens, pois a da segunda geração não convenceram.

Skins volta no início do próximo ano e vai trazer, de novo, as história de Effy, Cook, Freddie, JJ e os restantes amigos na famosa cidade de Bristol. Além disso, a série ainda poderá ganhar um filme independente, tal como anunciado aqui.

E tu, concordas com a renovação do elenco ou tal como eu preferias que isso já tivesse acontecido antes da produção da nova temporada começar?


Skins: O Filme? Sim… é possível!

Maio 23, 2009

081229-02

Nos últimos dias tem surgido rumores de um possível filme de Skins. Ainda tudo está muito nublado, mas ao que parece, a Film4, produtora cinematográfica da emissora em que é transmitida a série teen (Channel4) já foi contactada sobre isso. Eu confesso que seria bom ter um filme de Skins mas com os antigos personagens, na primeira geração, pois se for para fazer com os actores da terceira temporada, prefiro que deixem isso no papel. A seguir segue-se o artigo publicado no blog do site oficial da série.

Existe um filme de Skins a ser planeado? É muito, muito, mas mesmo muito cedo, contudo a Film4 está em uma conversa preliminar sobre um filme de Skins, o que significa que nada ainda foi acertado tanto pode acontecer como não acontecer. Mas, vamos especular de qualquer forma…

Já temos uma celebridade de Hollywood, o Dev (Patel), e Skins já tem 48 minutos de duração (sem a publicidade); e isso não é suficientemente longo, tendo em conta os comentários dos fãs (o que consideramos como A LEI). Nós conseguimos pensar em quatro filmes que saíram da TV e foram um sucesso, no momento: Os Simpsons, South Park, In the Loop (da hilariante Thick of It, com participação do pai do Sid, Malcolm Tucker) e Sex and the City; mas dois desses foram desenhos animados. E Sex and the City foi uma porcaria.

O que poderia acontecer em Skins: O Filme? E quem participaria? Seria/deveria ser ainda em Bristol? Uma mistura da geração antiga com a da 3ª temporada, ou deveria ter caras conhecidas de Hollywood? Se sim, quem? Por exemplo, poderiam ver a Scarlett Johansson como a Naomi, ou a pequena Miss Lily Loveless é a única capaz para o projecto? Duvidamos que uma série que se orgulha do argumento e é realista trocaria os adolescentes por estrelas de Hollywood de 20 e poucos anos; mas é divertido teorizar.

E vocês, o que acham de um filme de Skins?


Lista: Os piores elencos das séries

Março 29, 2009

familyguy

Nesta segunda parte dos melhores e piores elencos, chega a vez de destacar quem são os piores da actualidade. Mais uma vez repito que esta é uma lista pessoal, apenas retratando o meu gosto. Como disse no artigo dos melhores elencos, tive dificuldade em escolher os dois últimos classificados, mas depois decidi que era bom colocar uma referência nacional. No final do post, tem uma votação para eleger o pior elenco, espero que participem. Em breve, mais listas desse tipo, pois é algo interessante de se fazer.

SMALLVILLE

smallville1

Sem dúvida, esta é uma das séries que tive menos dificuldade em escolher. Aliás, quando fiz esta lista lembrei-me logo da fraca interpretação do Tom Welling (Clark). Se nas primeiras temporadas ele ainda sabia minimamente o que fazia, agora a falta de expressividade é deve irritar a maioria dos que assistem a série, principalmente quando ainda falam que ele pode ser o próximo super-homem do cinema. Por favor, já basta em Smallville! Também Allison Mack (Chloe), é criticada por alguns fãs, mas eu não acho que ela seja tão má actriz como o Justin Hartley (Green Arrow).

HEROES

heroes

Em vou ser criticado por isso, mas o elenco de Heroes é fraco! Hayden Panettiere (Claire) e Milo Ventimiglia (Peter) são dois actores que forçam imenso a sua representação, já para não falar que o movimento da cabeça para ouvir pensamentos do Greg Grunberg está a ficar cada vez mais tosco. Felizmente, ainda temos o Zachary Quinto (Sylar), a Cristine Rose (Angela) e o Jack Coleman (Noah), mas a questão é ‘até quando?’. Faço essa pergunta porque os melhores actores já sairam da série, como a Kristen Bell e a Brea Grant (Elle e Daphne, respectivamente). Ainda bem que este volume conta com o Zeljko Ivanek para melhorar as coisas.

90210

90210

Série adolescente tem sempre os seus maus actores, como One Tree Hill e Gossip Girl. Mas 90210 consegue ser pior que estas duas juntas, com uma protagonista (Shenae Grimes) e mais alguns membros que não têm assim muito vocação para tal. Como sabem, 90210 é um remake de Beverly Hills e conta com duas caras conhecidas da série original, o que melhora, significativamente, o quadro geral: Jennie Garth e Shannen Doherty. Mas quem se destaca dentro de 90210, até onde eu vi, era a Jessica Walter (Tabitha).

SKINS (SEGUNDA GERAÇÃO)

skins

A segunda geração de Skins, liderada por Effy, tem os seus actores fracos. Na primeira e segunda temporada, tivemos um elenco que foi excelente, com Joseph Dempsie (Chris), Nicholas Hoult (Tony), Hannah Murray (Cassie) e até o protagonista do premiado Slumdog Millionaire, Dev Patel (Anwar). Na segunda geração, o Jack O’Connell (Cook) e Luke Pasqualino (Freddie) não convencem, ao contrário da Lily Loveless (Naomi) e do Ollie Barbieri (JJ). Esperemos que nesse intervalo entre a terceira e a quarta temporada, eles invistam em cursos desse género.

MORANGOS COM AÇÚCAR

mca

Por fim, uma série nacional. Actualmente na sexta temporada e com mais de 1500 episódios (acho eu), o elenco normalmente é renovado a cada ano que se passa. Eu adorei o primeiro ano dos Morangos, a contar a história entre a Joana e o Pipo, e acho que toda a gente concorda comigo quando eu digo que foi o ano que teve o melhor elenco. No segundo ano, também não foi mau, mas a partir do terceiro, começam a investir mais em modelos que seja em actores e as críticas começaram a cair por cima da produção. Ainda hoje, continuam a ir por este caminho e se antes eu ainda via a série juvenil, agora já nem ligo a televisão para tal. Para os brasileiros que querem saber mais ou menos o que são os Morangos com Açúcar, diria que é a Malhação em versão portuguesa.

[poll id=”8″]

E para si, quais as séries que para além dessas representadas, tem um elenco realmente mau?


Skins (3.10) – Finale

Março 28, 2009

snapshot20090328122439Depois de uma temporada cheia de desilusões, finalmente chegamos ao último episódio. Confesso que se tornou quase que uma obrigação ver Skins e estou em séries dúvidas se hei-de ver a quarta época, que deve começar em 2010. O balanço que eu faço desta nova geração não é nada positivo (como poderão ver pela crítica à temporada que sai em Abril)! O décimo episódio começa com Effy e Cook a serem expulsos da discoteca, numa sequência de cenas muito bem montadas. Esta season finale parecia ser uma boa conclusão para o triângulo amoroso Freddie, Effy e Cook, mas novamente os exageros estragaram tudo.

Quem já viu o episódio, sabe quais são os exageros que estou a falar. O mais evidente é a relação de Cook com o seu pai, um homem completamente depravado e quem o próprio filho respeita. A cena em que ele come mostarda só para ganhar uma cerveja é de uma estupidez autêntica, do pior que Skins consegue fazer. Os palavrões, o fumar com o pai, o facto de os dois se atirarem à mesma rapariga (Effy) são outro tipo de coisas que não me agradaram. Talvez seja eu que não estou habituado a ver estas situações no local onde moro, mas continuo a achar isso algo do tipo ‘Skins tem de ser irreverente, logo temos de colocar tudo isso’.

Por fim, temos a chegada de Freddie e JJ para irem buscar o Cook e a Effy, após esta lhes telefonar. Cook e Freddie fazem uma corrida para ver quem fica com ela (cliché!), mas quem acaba por ganhar é o JJ. Quando se viu que ele ia participar na corrida, deu para perceber que o vencedor seria ele. No meio de tantas coisas más, algo que me surpreendeu pela positiva foi a conversa que o JJ teve com eles três. A última cena, a do barco, teve a sua piada, mas mesmo assim não conseguiu ser melhor que as últimas da primeira e segunda temporadas. A banda sonora e os cenários continuam a destacar-se muito bem!

Nota: 7,4

SEASON FINALE


O Portal Comenta… 26 de Março

Março 26, 2009

26mar


O Portal Comenta… 14 de Março

Março 10, 2009

14mar


Skins (3.06) – Naomi

Março 2, 2009

snapshot20090302204101Na geração passada tivemos o homossexual assumido Maxxie e esse tema continuou mesmo após os antigos personagens despedirem-se por meio da Naomi. Mas ao contrário do Maxxie, Naomi não assume que gosta de pessoas do mesmo sexo o que gera uma certa revolta em Emily pois esta faz de tudo para agradá-la, mas Naomi apenas quer manter tudo como está, mesmo depois de ter tido relações sexuais com ela… duas vezes. Tal como em Maxxie, Naomi é uma personagem que está a ser tratada muito serenamente.

Mas será que nenhum adolescente de Bristol tem uma família minimamente normal? É que nenhum escapa mesmo! E isso não é necessariamente mau pois se transmitirem os problemas de forma coesa e que faça sentido, eu até gosto. Mas como devem saber, nem sempre acontece isso e mais uma vez o exagero bateu à porta de Skins, mais propriamente da casa da família de Naomi. Mas vamos falar de coisas mais felizes (porque raios é que nunca aparece uma mulher com o rabo de fora?).

Leia o resto deste artigo »


Skins (3.05) – Freddie

Fevereiro 24, 2009

snapshot20090224103313Freddie era um dos personagens que eu menos gostava desta nova geração, mas com esse episódio até que deu para ver que ele tem uma boa história. Depois da mãe ter morrido, o jovem sente-se mais sozinho que nunca pois o pai vê na sua irmã a sua preferida entre os dois filhos. Só para termos uma noção de que a família de Freddie é uma das mais normais de toda a série, tivemos a proeza do pai dele chegar a dizer que não gosta que ele diga palavrões. Finalmente existe alguém que pensa como os pais de 99% da população mundial.

Mas se numa casa temos cenas coesas e oportunas, noutra voltamos ao Skins exagerado que marcou o primeiro episódio desta temporada. Desta vez não é Cook, mas sim Effy, que depois de fumar no carro enquanto o pai discutia com a velha, agora fuma à mesa com os pais. Quais são os pais que deixam uma miúda de dezasseis anos fumar à frente deles? Eu sei que eles agora estão separados e tal, que devem poupar a sua pobre filhinha, mas continua a ser exagero. Ou talvez sou eu a implicar!

Leia o resto deste artigo »


Skins (3.04) – Pandora

Fevereiro 16, 2009

snapshot20090216160502Sempre que penso que uma personagem de Skins é normal, por mais secundária que seja, acabam sempre por provar o contrário. É normal uma mãe preocupar-se com a filha, ‘protegendo-a’ dos rapazes e avisando-a dos perigos que a rodeia. Para mim, a mãe da Pandora era apenas uma mãe normal, mas Effy e Cook acabam por descobrir que ela andava a dormir com o vizinho que também parecia minimamente normal quando disse que a juventude de hoje em dia já não é a mesma. Isso é um dos pontos fracos dessa série que quer que todos sejam rebeldes, viciados em sexo, drogas e bebidas.

Pensei que o pai da Effy só iria descobrir a traição no episódio centrado nela. Foi engraçado ver a irmã de Tony mais em baixo que o costume, demonstrando que essa nova geração também pode ter sentimentos, algo bem explorada na segunda temporada e que até então tinha sido esquecido. A festa da Pandora teve momentos bem hilariantes! O JJ é, por vezes, mais engraçado que o Sid. O ar de assustado dele é mesmo divertido.

Leia o resto deste artigo »


Skins (3.03) – Thomas

Fevereiro 7, 2009

snapshot20090207153746Quando ia ver o episódio estava com a ideia fixa que se o episódio fosse minimamente mau eu deixava a série, lembrando-a apenas como um grupo de jovens liderado por Tony à procura da juventude perfeita. Contudo, o novo elemento da segunda geração de adolescentes de Bristol chegou e trouxe consigo um episódio bom de se ver. Ainda assim, não é tão bom como os das duas primeiras temporadas, mas a comparar com o péssimo 3×02 (“Cook”), esse episódio é sem dúvida muito melhor.

Thomas é um africano que vem para Inglaterra primeiro que a sua mãe. Já em Bristol, ele tenta arranjar um emprego para, pelo menos, pagar o aluguer do  espaço medíocre onde está a viver. Foi bom ver que a história daquele homem da máfia não durou muitos episódios e a forma como acabou foi muito divertida. O que será que os argumentistas da série têm a ver com peidos? Alguma obsessão? É que em todos os episódios desta terceira temporada aparece uma pessoa a se peidar/’cagar’.

Leia o resto deste artigo »


Skins (3.02) – Cook

Janeiro 30, 2009

snapshot20090130222514Depois de ver este episódio centrado em Cook, realmente tenho a sensação que estes personagens não têm gabarito para terem um episódio centrados em si. Posso estar enganado, e espero estar, mas tenho a dizer que foi uma grande desilusão esses 45 minutos da vida de Cook. É nessas alturas que eu tenho saudades do elenco da primeira geração, que não deixavam a desejar em diversos aspectos que vão ser abordados mais a frente nesse review.

Eu sei que devemos evitar comparações, mas nesse caso elas são inevitáveis. Começando pela interpretação, alguns dos actores desta nova temporada ficam muito atrás dos da passada, principalmente o que faz de Freddie e as duas gémeas. Eu não queria que isso se torna-se num Morangos com Açúcar mais apimentado e rebelde, mas os directores de casting têm de ter mais atenção em quem escolhem para entrar na série.

Leia o resto deste artigo »


Skins (3.01) – Everyone

Janeiro 24, 2009

snapshot20090124112427

Welcome to Roundview College. Last year, we had some intolerable incidents… so, I want to make this easy for you. The following will result in instant expulsion: smoking on the premises, setting fire to the premises, consumption of alcohol on the premises, consumption of drugs on the premises, consumption of pornography on the premises, teacher abuse, glue abuse, self abuse, sexual intercourse with any other student, teacher or animal or combination of the above including oral sex and/or use of sex toys, on the premises.

É com essas palavras que se dá as boas vindas aos novos alunos da escola, quando começa o novo ano. Tony, Michelle, Sid, Cassie, Maxxie, Anwar e Jal estão na sua vida universitária ou então a trabalhar, e os produtores decidiram que uma nova geração marcaria esta terceira temporada. É difícil dizer adeus aqueles personagens que nos acompanharam durante duas temporadas, sabendo que não os veremos outra vez. E com isso, a grande questão que se punha, era se os novos adolescentes de Bristol estão aptos a ocuparar o lugar que foi deixado pelos seus antecessores.

Do que eu vi até agora, gostei bastante. Skins é a minha série teen favorita, uma série que não tem medo de arriscar, de mostrar a verdade nua e crua de alguns adolescentes do Reino Unido. A nova geração, comandada por Effy, é tão irreverente como a anterior. Ela é composta por Effy, irmã de Tony (protagonista da geração passada), duas gémeas – Emily e Katie), Pandora, amiga de Effy que já tinhamos visto na temporada passada, Naomi, uma rapariga que aparenta ser lésbica e três rapazes: Cook, Freddy e JJ, cada um pior que o outro.

Leia o resto deste artigo »


Especial MS: Terceira Temporada de Skins

Janeiro 2, 2009

Uma das melhores surpresas do ano que findou foi Skins. Esta série retrata a vida de um grupo de adolescentes de Bristol em que a drogas, sexo e festas fazem parte do seu quotidiano. A terceira temporada vai conter um novo grupo de alunos, comandados pela já conhecida Effy, irmã do líder do geração anterior, Tony. Reviews semanais vão ser feitos por mim, fã que já está ansioso para o regresso, ainda sem data definida.

A seguir segue uma galeria com as fotos promocionais dos personagens e ainda o trailer que saiu ontem, primeiro dia de Janeiro. Recomendo o site Skins Brasil para quem quiser ler um pouco sobre cada personagem (eu ainda não li com medo de apanhar spoiler), através desta página. O vídeo promocional é mais uma obra-prima (à semelhança do da casa a ruir na segunda temporada) e já deu para perceber que estes adolescentes serão tão rebeldes como os da primeira geração.

Vamos ver o que nos aguarda esta temporada de Skins. Por aqui, desejo que seja tão polémica como as anteriores. Para quem ainda não viu a série, pode ler os meus comentários da primeira e segunda temporadas. Confesso que já tenho saudades do grupo da primeira geração, composto pela Cassie, Tony, Michelle, Maxxie, Sid, Anwar, Chris e Jal. Umas participações especiais seria o ideal!