Supernatural (5.02) – Good God, Y'all

Setembro 18, 2009

Sem títuloSupernatural chegou mesmo para matar toda a gente. O primeiro episódio da quinta temporada foi um excelente começo, mas a nível de acção deixou um pouco a desejar. Tal como o segundo episódio da temporada anterior, aqui também temos o regresso de personagens anteriormente vistas na segunda época: Ellen, Jo e o Rufus.

O episódio começou já com uma grande revelação (pelo menos para aqueles que não lêem spoilers): Deus está vivo e desaparecido. Foi também Deus que ressuscitou Castiel e salvou o Dean e o Sam de morrerem quando Lúcifer foi libertado. O objectivo principal é, neste momento, achar Deus, o único que além de Miguel pode acabar com a mais poderosa força do Mal. Certamente grande parte da temporada será explorada nesta busca pelo Todo-Poderoso mas também espero que não demore os vinte episódios restantes. Adorei toda aquela cena do hospital, adoro quando o Bobby fica mal disposto e desata a disparar as mágoas a torto e direito. Quando os imãos já se preparavam para esta missão, o Bobby lá recebe um telefonema que estraga os planos dos rapazes que já merecem um pouco de descanso.

Colorado. A cidade perfeita para começar o fim dos dias. O ambiente que se vive em Supernatural é do mais negro possível, mas o Eric Kripke (criador da série) insiste que esta é a ‘temporada mais optimista de todas’, em que a força pela sobrevivência vai ser colocada nos limites. Rufus, Ellen e Jo estão no meio de uma confusão tremenda onde um dos Cavaleiros do Apocalipse começa a tornar os humanos uns contra os outros. O elemento surpresa foi um pouco estragado quando eu já sabia que seria aquele actor a interpretar um dos cavaleiros (na altura até me lembrei de Lost, pois tanto o Jacob como o seu inimigo estão compinchas agora na série da CW), mas mesmo assim foi criado um clima excelente à volta desta personagem. Para quem não sabe, existem quatro Cavaleiros do Apocalipse, sendo que cada um tem uma cor e simbolismo específico. Esse que conhecemos agora é o Cavaleiro Vermelho (tal como o carro), que representa o sangue de uma batalha, a Guerra propriamente dita. Os outros três ‘irmãos’ devem aparecer mais à frente e representam a Fome, Morte e Conquista.

Eu já sabia que iriam aparecer os Cavaleiros, mas nunca pensei que fosse tão cedo. Depois de uma luta intensa, cheia de momentos de grande adrenalina, os irmãos lá conseguem tirar o anel que dava o poder ao Cavaleiro Vermelho, mas ele não deve ter morrido e quase de certeza que irá voltar mais à frente. Ao mesmo tempo que essa luta aconteceu, Sam quase teve uma recaída e teve perto de beber sangue de demónio (quer dizer, não era sangue de demónio, mas era isso que ele pensava). O inevitável acontece e os irmãos lá seguem caminhos diferentes, algo que aconteceu na segunda temporada e que acabou por resultar muito bem. Espero que o Ellen e a sua filha voltem mais uma vez antes da série acabar, pois não tiveram nenhuma conclusão neste episódio, nem uma despedida com os Winchester foi mostrada. Em suma, este foi um episódio muito bom mesmo e esta temporada de Supernatural está a caminhar para um nível épico. Vamos ver como as coisas se vão encaminhar, mas eu tenho quase a certeza que não me vou desiludir.

84


Supernatural (5.01) – Sympathy for the Devil

Setembro 12, 2009

snapshot20090912114003‘Pilot’, ‘In My Time of Dying’, ‘The Magnificent Seven’ e ‘Lazarus Rising’. Estas são os episódios que abriram cada uma das quatro temporadas anteriores de ‘Supernatural’. Todos eles são grandes momentos de televisão (ok, o ‘The Magnificent Seven’ não é assim tão bom, mas foi um dos meus favoritos da terceira e irregular temporada) e esperava-se que este ‘Sympathy for the Devil’ não fosse a excepção à regra. Depois de uma quarta temporada de fazer inveja a muitas outras séries de televisão, é normal que a expectativas estivessem altas, o pior é quando há desilusão… Se isso já aconteceu com outras séries, por que não acontecer com ‘Supernatural’? Mas será que foi isso mesmo que aconteceu? Das duas uma: ou eu gostei realmente do episódio e do rumo que as coisas estão a tomar, ou então foi uma autêntica porcaria o que aconteceu!

Então pessoal, quem é que pensou realmente, depois desse primeiro parágrafo, que havia sequer a remota hipótese de ter desiludido? Quem viu o episódio sabe que isso é quase impossível, principalmente quem gostou da história principal da quarta temporada. Esta mesma temporada terminou com um grande cliffhanger que foi logo resolvido no primeiro minuto, com Lucifer a conseguir sair do Inferno. Os Winchester estavam ali, mesmo na ‘Boca do Inferno’, prestes a serem as primeiras vítimas do verdadeiro diabo, mas é então que alguém os salva. Ficou explícito no episódio que não foi nem os anjos nem os demónios a terem tal compaixão pelos irmãos, logo, na minha opinião, só resta um ser: Deus! A verdade é quem quer que seja, não quer que eles morram nem passem perto da morte, pois não foi só uma vez que isso aconteceu. Sãos e salvos, eles vão fazer uma visita a Chuck, o tal escritor que consegue sonhar o que vai acontecer no futuro da série. Com eles, uns convidados muito especiais, os melhores amigos de Dean: Zacarias e os seus companheiros. Lá se conseguem livrar deles com aquele truque que o Castiel ensinou ao Dean, mas não por muito tempo.

A primeira arma que deve conseguir mandar Lucifer de volta para o Inferno (mas nunca o matar, pelo que percebi, o que nem sequer faria sentido) é mencionada e é a Espada de Miguel. Miguel, para quem não percebeu muito bem, foi o anjo que mandou, através dessa mesma espada, Lucifer para o Inferno. Como sabem, Lucifer era um anjo igual aos outros mas que não se quis ajoelhar perante os Homens. Mas para infelicidade dos Winchester, eles descobrem que Dean é essa espada e que Miguel precisa do corpo dele para conseguir lutar contra Lucifer, pois Dean é o ‘recipiente’ de Miguel. Espero que surja uma melhor explicação do porquê de Dean ser a Espada de Miguel e, principalmente, a sua relação com toda essa mitologia. Entretanto, temos grandes momentos cómicos com aquela rapariga que é fã do trabalho de Chuck. O que eu me ri com a cena em que ela chega ao Hotel e conhece os dois irmãos. É sempre bom ver que o Kripke tem um carinho especial pelo público fã da série (que é o responsável por ela ainda estar no ar, visto que já teve em risco de cancelamento), e isso comprovou-se a 100% no episódio dezoito da temporada anterior.

O Bobby, a minha personagem secundária favorita da série, voltou para entregar o carro dos rapazes mas foi logo possuído por um demónio. Felizmente a sua força interior conseguiu ser mais forte e esfaqueou-se a si mesmo só para matar o demónio que estava prestes a acabar com Dean. Outro facto interessante dessa cena é o regresso de Meg, que mesmo estando-se sempre a meter no caminho dos Winchester, lá se vai safando. A filha do Demónio dos Olhos Amarelos deverá ter (espero eu) um papel importante em toda essa guerra entre o Céu e o Inferno, caso contrário ela já tinha sido morta nas várias oportunidades que já tiveram para isso. Por falar em mortes, descobrimos que Castiel está mesmo morto, mas que voltou misteriosamente com uma figura mais forte. Depois de Zacarias torturar Sam e Dean, lá aparece o anjo com uma autoridade que mais parecia ser Deus no corpo de Castiel. Será? Já agora, repararam como o Sam tem tanta resistência e aguentou todo esse tempo sem respirar?

Não podia deixar de comentar a possessão de Lucifer pelo seu recipiente. Não sei se existe algum mistério em ser essa pessoa (o Jacob de Lost) e não outra qualquer, mas parece-me que este é o recipiente do diabo porque é uma figura magoada com Deus depois de tudo o que o Todo-Poderoso fez com a sua família. Toda esse trabalho mental que Lucifer fez sobre o homem deu resultado e foi magnífico ver que ele não precisou de mentir descaradamente para conseguir convencê-lo a entrar no seu corpo. Depois desse momento, temos um mais calmo, mas bastante esclarecedor. Todos os finais dos episódios de Supernatural são onde os irmãos conseguem ter a conversa mais sincera e onde dizem o que sentem em relação às atitudes um do outro. Quem pensou que as divergências entre os dois acabava com o início do Apocalipse enganou-se, e acho muito bem que explorem mais essa ‘guerra entre irmãos’. Dean conseguiu ser o mais sincero possível para com o irmão até ao ponto de dizer-lhe que não confia mais nele. Quem confiaria em alguém que escolheu um demónio ao invés do seu próprio irmão?

88


Supernatural 5.02: Promo, fotos e sinopse

Setembro 11, 2009

Supernatural regressou ontem à televisão americana com a estreia da quinta temporada. Eu já vi o episódio e posso dizer que foi um regresso espectacular. A seguir podem ver a sinopse, fotos e o vídeo promocional do segundo episódio da temporada, intitulado “Good God Y’all”, que terá o regresso de algumas personagens bem conhecidas da segunda época.

Sinopse:

Castiel conta a Sam e Dean que está indo à procura de Deus, pois ele será capaz de lutar contra e derrotar Lúcifer. O velho amigo de Bobby, Rufus, está apavorado por causa de demónios que estão a atacar a sua cidade, e pede ajuda a ele. Sam e Dean chegam à cidade e descobrem que existem um feitiço lançado sobre a cidade, que faz com que os seus habitantes pensem que estão a ser atacados por demónios e se matem uns aos outros.

Fotos promocionais:

Vídeo promocional:

Para mais notícias sobre a série, podem visitar o nosso parceiro Supernatural Fans Portugal.


MiniCast #3 – Especial Supernatural

Setembro 8, 2009

cast3Depois do segundo MiniCast ter sido lançado ontem pela Mariana Barros, estou aqui para lançar o terceiro que, tal como prometi, é um especial de Supernatural.

Decidi fazer este especial porque a estreia da quinta temporada é já daqui a dois dias e também porque é das minhas séries favoritas da actualidade. No MiniCast foram falados assuntos como temporadas favoritas e também falei um pouco sobre a coluna que fiz o mês passado, da repercussão que a mesma teve, deixando alguns agradecimentos pelo meio.

O som ficou um pouco com ruído, não sei porquê, mas mesmo assim decidi publicar pois está bastante audível. Também neste terceiro MiniCast foi anunciado um passatempo para o pessoal do Brasil. Descubram o que é no final do mesmo.

E pronto, é isso. O quarto MiniCast está previsto para o final desta semana.


WOW! Novo vídeo de Supernatural!

Setembro 4, 2009

supernatural-banner-ano2-01-300x1111Saiu um novo vídeo promocional de Supernatural, desta vez pelo canal Space, onde são mostrados trinta segundos de cenas novas. Entre as novas cenas, uma bem curiosa é ver que o Bobby pode ter sido mortalmente atingido e que o Castiel supostamente está morto. A quinta temporada de Supernatural estreia na próxima quinta-feira e terá reviews semanais feitos por mim.


Eu tinha de partilhar isto!

Agosto 29, 2009

BannerSupernatural750x150

Depois de ter mostrado dois vídeos muitíssimos bem feitos de Battlestar Galactica, chega a vez de Supernatural ser, como sempre, o homenageado nesse ramos dos vídeos feitos pelos fãs. Maria ‘Loki’, da Rússia, volta a presentear-nos com três excelentes vídeos que se juntam à sua extensa colecção. Um deles tem como música de fundo ‘Oh, Death’, música essa que foi composta especialmente para promover a quinta temporada da série que estreia a 10 de Setembro nos Estados Unidos e que terá reviews semanais feitos por mim.


Supernatural: Isso sim é promover!

Agosto 21, 2009

BannerSupernatural750x150

Não ficaram satisfeitos com o que foi mostrado nos dois primeiros vídeos promocionais de Supernatural? Então não se preocupem, pois a CW acabou de lançar um novo vídeo com algumas cenas da quinta temporada que já mostra o clima que se vai viver nesse último arco desta história dos irmãos Winchester. Isso sim é promover!