Contacto

Anúncios

11 Responses to Contacto

  1. Henrique diz:

    Olá, gostaria de perguntar-lhe se sabe se há o livro “Dexter, um pesadelo raiado de negro” em português-Brasil.
    Você sabe me dizer!

    Será que eu consigo ler o do português Portugal?

    LINK da página no blog: http://portal-series.com/series/01/24/hoje-comprei-um-livro-dexter/#comments

    Obrigado!
    Henrique Orsi.

  2. Marco diz:

    henrique, acho que ainda não está a venda, mas se comprares a versao pt- de portugal ach q vais perceber 🙂

  3. rogerio rosa diz:

    será que ha alguem capaz de dar a tao esperada oportunidade como actor,k ha tanto espera e mt tem lutado para o merecer?

  4. marcos diz:

    gostaria de saber se vcs tem a segunda temporada da serie roswell. to atras faz um tempao, agradeceria muito se fosse postado ou somente os links ativos para poder baixar, pois os que acho na net tao todos desativados e eu odeio torrents. obrigado

  5. “Zé Fucim” um vira-latas que vai revolucionar o mundo

    O Personagem Vira-lata chamado “Zé Fucim”, será um revolucionário Cãozinho que está sendo projetado pelo Escritor, Palestrante e Ator voluntário Bibiano Alex Rocha, autor do Livro (Nos Bastidores da PM) “O efeito de um ideal” Exemplares estes de vendas já esgotadas. Segundo Bibiano: Zé Fucim terá sua própria identidade, nascido em Manhuaçu interior de Minas tendo residido à rua Serafim Tibúrcio da Costa, o Cachorrinho virá para bater frente a frente com o lendário de sucesso Mundial das histórias em quadrinhos, um Papagaio chamado Zé Carioca.

    Zé Carioca é o apelido do papagaio José Carioca, criado no começo da década de 40 pelos estúdios Walt Disney em uma turnê pela América Latina, que fazia parte dos esforços dos Estados Unidos para reunir aliados durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Historicamente esse esforço na América Latina foi chamado de “Good Neighbor Policy” ou Política da Boa Vizinhança.

    O Cachorrinho “Zé Fucim” virá para contradizer o “Zé Carioca”, passando para o Mundo, o que é a verdadeira característica do brasileiro. Segundo o escritor Bibiano Alex Rocha, O Revolucionário e contestador “Zé Fucim” terá dois amigos inceparáveis (Banguelo e Certeza)que cairão na graça e agrado das criaças e dos adultos.

    Bibiano Alex Rocha, protocolará o projeto junto ao Governo do Estado, para captação de recursos para externá-lo ao Brasil e no Mundo.

    Reportagem: Teógenes Nazaré.

    TV Catuaí afiliada a Rede Minas…
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/ze-fucim-um-vira-latas-que-vai-revolucionanr-o-mundo/#more-522

  6. Teógenes Nazaré diz:

    CRIANÇA DEFICIENTE ESTÁ PASSANDO FOME COM TODA FAMÍLIA,VAMOS ABRAÇAR ESTA CAUSA POSTANDO ESTA MATÉRIA COM VÍDEO, DEUS AGRADECE.
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/crianca-deficiente-com-familia-e-ajudada-por-vizinhos/#more-548

  7. VEREADORES QUEREM JUSTIÇA SOBRE O ROUBO DE 700 MIL REAIS DESVIADOS DOS COFRES PÚBLICOS PARA CONTAS PARTICULARES.
    IMPORTANTE QUE PUBLIQUE VÍDEO.
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/verba-desviada-do-samal-pode-ultrapassar-700-mil/#more-558

    ESPECIALISTA EM VACINAS FALA SÔBRE A INFLUENZA A (H1NI) E ORIENTA POPULAÇÃO ATRAVÉS DE VÍDEO.
    VAMOS FAZER NOSSA PARTE.PUBLIQUE.
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/gripe-suina-especialista-em-vacinas-alerta-populacao/#more-553

  8. MATÉRIA INÉDITA – MADRINHA DE EX. COMBATENTES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL LANÇA LIVRO FRAGMENTOS DA HISTÓRIA
    POSTE AÍ MATÉRIA ESCRITA COM DOCUMENTÁRIO VÍDEO 9 MINUTOS.
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/ivone-almeida-e-fragmentos-da-historia-de-manhuacu/#more-560

  9. A República Do Silêncio Será Lançado Em Manhuaçu
    Escrito por admin em 12 de setembro de 2009
    O escritor e mestre em história social Flávio Mateus dos santos, foi o entrevistado desta semana no programa raízes.
    Flávio lançará neste dia 19 de setembro às 20hs na casa de cultura Ilza campos Sad em Manhuaçu o livro “A República do Silêncio”. Emocionado o escritor disse que não sabia que sua obra fosse ter tanta aceitação do público. Através dos sites e blogs que tiveram a cortesia de divulgar a matéria, o retorno pôde vir de imediato, por isso gostaria de agradecer a todos que me deram essa força, e fizeram com que o trabalho tomasse dimensão a nível nacional. Por se tratar de um trabalho científico, vários empresários estão interessados a darem propagação ao evento do livro.
    A república do silêncio retratará 51 municípios mineiros que emanciparam de Manhuaçu, por isso tenho convicção de que Irá satisfazer todo o público, o que já envolve uma grande expectativa regional inclusive do leste de minas. O livro não é somente uma realização pessoal, é a concretização de um sonho por se tratar de uma obra inteiramente profissional. A República do Silêncio terá 300 páginas com papel especial, e será vendido pelo preço da gráfica no valor de 35 reais. O escritor Flávio Mateus diz não pensar em lucro, parte da renda será encaminhada a uma instituição de caridade. O assessor de comunicação de Flávio Mateus-Rafael Fernandes Corrêa, em entrevista ao programa raízes, revelou parte da vida sofrida do escritor.
    Reportagem: Teógenes Nazaré
    IMPORTANTE POSTAR O VÍDEO QUE ESTÁ NO LINK, ENTREVISTA COM FLÁVIO MATEUS E IMAGENS EXCLUSIVAS DE MANHUAÇU ANTIGA.
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/a-republica-do-silencio-sera-lancado-em-manhuacu/#more-576

  10. “Polícia Militar” Os Bastidores Em Um Livro”Ele só queria reivindicar os direitos da PM”
    Escrito por admin em 30 de outubro de 2009

    bibianoPrecursor da Greve da Polícia Militar de Minas Gerais em 1997, O escritor Bibiano Alex Rocha é mineiro natural de Manhuçu – MG, por pura paixão vocacional entrou para Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, seguindo os mesmos passos do seu pai e do seu irmão. Na PM ostentou a graduação de Cabo PM onde deixou uma ficha coroada de elogios e meritórias pelo seu desempenho operacional nas atividades exercidas como comandante de viatura e no Serviço de Inteligência da PM.

    Bibiano foi o primeiro Policial Militar da atividade operacional a manifestar sua indignação com o descaso aos profissionais de Segurança Pública ( com uma matéria feita no Jornal Estado de Minas, em 05/05/ 1997, quase dois meses antes do início do Movimento Reivindicatório dos Praças da PM ). Por hombridade, no mesmo dia apresentou-se ao Comando Geral da PM para dar ciência e, ao mesmo tempo, alertar sobre os problemas vividos pelos milicianos. Antes mesmo de eclodir o Movimento, foi punido e transferido.

    Após o Movimento, novamente começaram as perseguições com seguidas transferências para mais diversas cidades distantes de sua região. Em entrevista, Bibiano Alex Rocha fala dos momentos angustiantes que viveu na Greve da Polícia Militar em busca de melhorias, onde perdeu um de seus amigos com uma bala na cabeça, e em depoimento fala porque deixou a Assessoria do Dep. Cabo Júlio.

    Veja tudo isso com exclusividade neste vídeo com o Escritor, Palestrante, Ator Voluntário e Ex. Cbo. PMMG Bibiano Alex Rocha
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/policia-militar-os-bastidores-em-um-livro/#more-700

    Reportagem: Teógenes Nazaré – TV CATUAÍ – Manhuaçu MG

  11. Matéria inédita para divulgação.
    Chegou “Zé Fucim” o Cachorro Revolucionário.
    Escrito por admin em 6 de novembro de 2009

    capa-livro-ze-fucimÉ sabido que a Disney criou o personagem Zé Carioca para tentar simbolizar a essência do brasileiro. Agora, um cachorro vira-lata e sua turma são os mais novos revolucionários para um mundo melhor.

    O personagem Zé Fucim, (Forças Unidas Contra as Injustiças do Mundo) foi criado pelo escritor, palestrante e ator voluntário Bibiano Alex Alves, segundo o autor, o livro já está pronto e será agendado o dia do lançamento através da AML, Academia Manhuaçuense de Letras José Lins do Rego, na Fundação Manhuaçuense de Cultura em Manhuaçu MG. As ilustrações do livro são de Camila Sena Hott, uma ilustradora de Brasília.

    Palavras do autor:

    bibianoO livro Zé Fucim, escrevi com o objetivo de demonstrar para o público infantil/infanto-juvenil, utilizando como personagem, um cachorro vira-lata e sua turma, para através de suas aventuras, no desenvolvimento da história, alcançar e fortalecer o leitor, através do exemplo do Zé Fucim e sua Turma, a formação do cidadão, com conteúdo e desenvolvimento, fazendo uma analogia, e, um estímulo a familiarizar, de maneira divertida, com o princípio da dignidade do ser humano e os fundamentos/princípios dos Direitos Humanos e da Constituição Federal Brasileira.

    Proponho através do personagem Zé Fucim e sua Turma, oferecer aos leitores as aventuras recheadas de informações relevantes, para explicitar um caminho para a conquista da cidadania, além da preocupação com o meio ambiente. Pois, o livro, de forma clara, divertida e criativa, consegue transmitir uma compreensão da realidade social e dos direitos e responsabilidades em relação à vida pessoal, coletiva e ambiental. Nessa perspectiva é que foram incorporados valores como conhecimento histórico regional e global, ética, pluralidade cultural, meio ambiente, sociedade organizada, tudo através da participação coletiva, a começar pelo auto-conhecimento, balizado pelo tripé: Conhecimento, conscientização e atitude de cidadão.

    O personagem principal, o Zé Fucim, é um humilde cachorro vira-lata. A expressão vira-lata significa cão de rua, sem raça determinada. Melhor, uma mistura de várias raças, ou todas, a ponto de ser impossível, eu disse, impossível saber qual raça. Então, um cachorro vira-lata, na verdade, tem todas as raças, porque carrega um pouco de cada raça em sua existência. Podemos dizer, em comparação, que é igual ao brasileiro. O brasileiro que é fruto de uma grande mistura de raças, ou melhor, de povos. O vira-lata Zé Fucim conjuntamente com sua turma, vários cachorros de variadas raças, vão compreender e defender em comum, a cidadania como participação social e política, assim como o exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais, adotando no desenrolar das aventuras narrada, com atitudes de solidariedade, cooperação e repúdio às injustiças, vão provocar uma verdadeira rebelião pacífica do bem.

    banner_Ze-Fucim

    Os motivos principais que me levou a propor este livro, além, claro, do nascimento e origem do Zé Fucim, foi, também, de mostrar através do exemplo dos personagem Zé Fucim e sua Turma, para o público infantil/infanto-juvenil, que está começando a posicionar-se para vida, que tal posicionamento seja de maneira crítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais, utilizando o diálogo como forma de mediar conflitos e de tomar decisões coletivas. Além de conhecer as características fundamentais do Brasil nas dimensões sociais, materiais e cultutars como meio para construir progressivamente a noção de identidade nacional e pessoal e o sentimento de pertinência ao País; conhecer e valorizar a pluralidade do patrimonio sociocultural brasileiro, bem como aspectos socioculturais de outros povos e nações, posicionando-se contra qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais; perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente, identificando seus elementos e as interações entre eles, contribuindo ativamente para a melhoria do meio ambiente; desenvolver o conhecimento ajustado de si mesmo e o sentimento de confiança em suas capacidades afetivas, físicas, ética, de inter-relação pessoal e de inserção social, para agir com perseverança na busca de conhecimento e no exercício da cidadania; saber utilizar diferentes fontes de informações e recursos tecnológicos para adquirir e construir conhecimentos, principalmente o livro; conhecer e familiarizar com as leis principais que regem o País, a sociedade e, principalmente, cada individuo, com direitos e deveres; e por ultimo, questionar a realidade formulando-se problemas e tratando de resolvê-los, utilizando para isso o pesnsamento lógico, a criatividade, a intuição, a capacidade de análise crítica, bucando sempre o respeito ao meio, como um todo.

    Portanto, O Zé Fucim é extraido do melhor fruto do Brasil: “O verdadeiro Brasileiro”, então sejamos Fucim (Forças Unidas Contra as Injutiças no Mundo) sejamos verdadeiro Zé Fucim!!!

    Zé Fucim e sua turma apóiam a Marcha Mundial pela Paz e Pela Não Violência.

    No vídeo veja reportagem com matéria completa e imagens de “Zé Fucim e sua turma” o cachorro revolucionário:
    http://www.programamaoamiga.com.br/blog1/chegou-o-ze-fucim/#more-736

    Reportagem: Teógenes Nazaré – TV Catuaí – Manhuaçu – MG

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: